Sociedade

Jovem morre nas mãos da força Governamental e tumulto agita Trindade

Jovem de cerca de 34 anos, Onésio Sacramento, que residia na roça Monte Café terá sido espancado até a morte no final da tarde de quinta feira. A notícia foi dada ao Téla Nón esta manhã pelos populares de Monte Café, que contactaram o jornal para anunciar que no momento decorria um grande tumulto na cidade da Trindade, capital do distrito de Mé-Zochi, onde se situa o comando da polícia do distrito.

Durante o contacto telefónico com um dos populares de Monte Café, o Téla Nón pôde escutar disparos de armas de guerra. Segundo o popular, revoltada a população de Monte Café, que desceu para a cidade da Trindade, tentava segundo a testemunha invadir o comando da polícia.

Outro grupo de habitantes de Monte Café concentrou-se na capital São Tomé, mais concretamente na porta de entrada do comando geral da polícia nacional em busca de explicações sobre o alegado assassinato do Jovem Onésimo Sacramento.

Segundo os populares de Monte Café, o jovem foi alegadamente detido pelas forças policiais acompanhadas por elementos da guarda do Governo, na localidade de Água Cola, próximo da vila de Batepá.

Segundo o relato da população, após a detenção foi conduzido ao comando da polícia da Trindade de onde acabou por sair sem vida, estando o corpo neste momento guardado na morgue do Hospital Ayres de Menezes.

As causas que levaram a detenção do jovem ainda não foram explicadas, segundo o popular que falou com o Téla Nón.

Mais pormenores deverão ser avançados nas próximas horas.

Abel Veiga

    13 comentários

13 comentários

  1. ONDE MESMO?

    5 de Outubro de 2018 as 10:07

    Sem comentários…

  2. Adeliana Nascimento

    5 de Outubro de 2018 as 10:11

    Que a sua lama descanse em paz. Tudo isto é fruto da irresponsabilidade deste Governo do ADI. A falta de humanismo também nos hospitais, também contribuiu para a morte de uma figura muito conhecida na nossa praça na Quarta Feira passada o senhor MALAGUETA. Que foi ignorado pelos serviços do Hospital Ayres de Menezes PORQUE LHE DERAM COMO BÊBADO, o que levou-lhe a ir-se embora para casa, onde viria a falecer horas depois.
    è para isso nos nos pedem MAIS ALÉM ???

  3. Democracia em perigo

    5 de Outubro de 2018 as 10:32

    Queremos explicações e já.Já vão somar mais uma morte nesse governo de Pinta Cabra. Isto é uma evidêncica,nimguém pode aqui contrariar.
    Aliás queremos explicaçoes e urgentes! Como é que alguém entra num posto de polícia e sai sem vida?
    Segundo os populares ele foi detido pelos polícias e acompanhados pelos guardas do governo e saiu sem vida.

    Senhores lambebotas e lambecus,o que é que isso significa? Nada justifica tirar a vida a alguém.

    Os nossos país lutaram na época colonial e se fôr preciso vamos lutar também.Ninguém é dono de S.Tomé,ou terão que matar muita gente! Muita merda nesse país!
    Senti-me triste,revoltado e já furioso com esta notícia.Isto está uma merda pá….

  4. Adeliana Nascimento

    5 de Outubro de 2018 as 10:33

    É para isto que se elegeu o ADI? Depois com falta de educação, de respeito e ignorando o sofrimento dos outros A expressão Doi lá, Doi mas passa, revela a falta de educação e sensibilidade para o sofrimento dos outros.
    Estou a sofrer de fome, tomaste o teu lado de jaca, deixaste a outra parte a apodrecer, estou a ver sem puder fazer nada, porque estou impossibilitado por estar excluido de tudo de a conseguir , vens me dizer PARA SOFRER E QUE HÁ-DE PASSAR?
    TENHA DÓ. STP É DE TODOS NÓS, E NÃO DEVE HAVER LUGAR PARA ESTAS MALCRIAÇÕES.
    Que Deus nos Abençõe!

  5. Rice Strategy

    5 de Outubro de 2018 as 10:33

    Nunca visto em Sao Tomé e Principe….A responsabilidade é de quem tem semeado ódio e divisão entre os santomenses. E ainda por cima quer levar esta prática mais além.

  6. jójó

    5 de Outubro de 2018 as 10:46

    Conforme reza a história, a Batalha dos 7 como figurado no acto do Florípes (Eleições do dia 7/10/2018), Os Mouros (ADI) serão derrotados pelos Cristãos (Povo Santomense) com a ajuda do nosso senhor Jesus Cristo, através das orações dirigidas à Deus todo poderoso (São Tomé e Santo António). Esta história se repetirá na República Democrática de S. Tomé e Príncipe com o voto contra a Ditadura de Patrice Trovoada-ADI (Almirante Balão), cujo seu Deus é Mafóma Barba, que adora o Diabo.

  7. Alligator

    5 de Outubro de 2018 as 10:51

    Agora,resta saber-se o que realmente aconteceu,portanto é prématuro tirar-se ilações ou conclusões.

  8. Seabra

    5 de Outubro de 2018 as 10:58

    Foi um acidente? Que coincidência esta morte MATADA (à espera de saber como se passou o sucedido), de um jovem de 34 anos, nas vésperas das eleiçoes, do 7 de outubro….estàmos todos ALERTAS!
    VIVA STP,
    VIVA O POVO SAOTOMENSE,
    VIVA A LIBERDADE,
    FIM DA DITADURA Trovoadista!

  9. Eliseu Nobre

    5 de Outubro de 2018 as 12:26

    Vota no ADI mas coisas virão.

  10. Cravid

    5 de Outubro de 2018 as 13:39

    Se tinha arma é bandido, logo o desfecho não poderia ser outro.

  11. Desespero Total

    5 de Outubro de 2018 as 13:57

    Todos vós estão a aproveitar-se deste momento triste para fazer política. Também não têm culpa da maneira como o Tela Non veiculou a notícia só deve dar mesmo nisso. Todavia, digo-vos a todos, sejamos mais humanos. Querer aproveitar-se de um momento triste para tentar tirar proveito para partidos de oposição é forma mais baixa de fazer política. Lamentemos a morte, mas não vamos perder o foco de uma maioria do ADI, votando no Quadradinho 2.

  12. Rapaz de reboque

    5 de Outubro de 2018 as 14:16

    Antes de tudo os meus sentimentos a todos os familiares e que descanse em paz. Que seja apurado as causas da morte do jovem, e responsabilizar quem causou a morte,com um justiça severa, que a família seja indeminizada embora nao haver dinheiro que pague a vida de ninguém, chamar o comandante geral da policia a prestar declarações ao público sobre o sucedido, nao defendendo ninguém apurar o responsável e punir severamente

  13. Arroz substância

    5 de Outubro de 2018 as 16:46

    Jovem morre na mão da força governamental isto é uma notícia dendeciosa e em nenhum momento o jornal refere que o jovem estava armado e recusou a a entregar a arma.
    Ja vi Oscarito a baliar um cidadão no santo Antonio e esta impune ate hoje na época do partido unico um jovem foi baliado no riboque durante uma manifestação.
    Para lembrar também que bem a pouco tempo no governo da troika a dirigente do MLSTP que o seu guarda matou um homem por roubar banana e nada aconteceu.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo