Sociedade

Barricadas em Neves continuam de pé e já se regista falta de combustível na capital

Há 3 dias que toda a região norte da ilha de São Tomé está isolada do resto do país. As barricadas erguidas pela população na cidade de Neves. Cortou a circulação rodoviária entre a capital São Tomé e a região norte.

O protesto popular por causa da falta de energia eléctrica, já está a provocar consequências graves no país. Já se resgista rotura no stock de gasóleo nas bombas de combustível. O stock de petróleo para cozinha e a gasolina também pode entrar em rotura a qualquer momento.

O centro de stocagem de combustíveis que alimenta o país, está localizado na cidade de Neves. Desde terça feira que os camiões da empresa de combustíveis(ENCO), estão retidos na cidade de Neves sem hipóteses de circular rumo a capital para abastecer os postos de venda de combustíveis.

Habitantes da cidade de Neves e arredores relataram para o Téla Nón, o facto das barricadas terem sido erguidas desde as proximidades da comunidade de Ribeira Palma cerca de 1 quilómetro antes da entrada na cidade de Neves.

Toros de grande dimensão foram colocados na estrada, assim como pedras. Os habitantes da cidade de Neves são forçados a marchar até a Ribeira Palma, onde apanham transporte para chegar a cidade capital.

Neves está isolado, desde terça – feira. O fornecimento de combustíveis ao país está  condicionado, e está também em causa a actividade de empresas como a cervejeira Rosema, assim como as unidades hoteleiras localizadas na região norte da ilha de São Tomé.

Abel Veiga

    18 comentários

18 comentários

  1. arroz podre

    29 de Novembro de 2018 as 9:16

    Onde anda o Comandante da Polícia Nacional?
    Ele deve agir de acordo coma Lei.
    Onde anda o Comandante do exército?
    Deve tomar medida de acordo com a Lei.
    A população tem direito de manifestar mas não prejudicando a rotina do outros e a economia do País.
    Quem de direito deve tomar medida.

    • Residente em Cabo Verde

      29 de Novembro de 2018 as 22:13

      Em França, no Brasil fizeram o mesmo. Viva população de Neves. Não aceitamos falta de respeito.

  2. mezedo

    29 de Novembro de 2018 as 10:11

    Arroz podre,
    te pergunto a onde estão os mentores da desgraça de energia em STP?
    Porque não vem explicar a população o que se passa?

    A população deve manifestar e ninguém pode opor a esse direito.

  3. XINABÔ

    29 de Novembro de 2018 as 11:10

    Devem reclamar também a estrada que está num estado lastimável a anos e cortar a estrada em guadalupe!

  4. ANCA

    29 de Novembro de 2018 as 11:14

    Está será a realidade dos próximos tempos no País.

    Convulsões sociais, ao ler o jogo politico nacional, a sua composição, a ganancia.

    Haverá um disparar da criminalidade

    O País território/população, nunca produziu e não produz, a administração vive de ajudas externas

    Quem dá dinheiro é quem dita as regras, quer directa ou indirectamente

    A casa onde falta pão todos ralhão são vaidosos e ninguém tem razão

    É a miséria pobreza mental e material a reinar

    Necessário saber ler a conjuntura internacional

    Os nossos desafios são imensos

    De recordar que a população continua a crescer, as instituições continuam fracas de desprovidas de segurança e alicerces, não parece pela nossa forma de ser estar pensar fazer, que isso venha a mudar alterar num breve ex trecho.

    Temos que trabalhar e organizar

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tome e Principe

  5. Barão de Água Izé

    29 de Novembro de 2018 as 12:15

    O que está a acontecer pode ser sinal de convulsões sociais que poderão surgir no futuro em todo o País. Sem mudança do modelo econômico actual a pobreza irá agravar-se. Há limites que um povo pode suportar.

  6. MadreDeus.igreja

    29 de Novembro de 2018 as 12:57

    A culpa de tudo isto é Evaristo Carvalho.

    Com o ADI, no poder. Assinava tudo mais alguma coisa. Nunca se preocupou com a constituição ou seja, atropelou-os.

    A eleição foi dia 7/10, até hoje o país não tem governo. País está parado, moribundo, sem rumo.

    Agora, já existe constituição e pede respeito por ela. Assim sendo Senhor Evaristo Carvalho, vai havendo essas discórdia e lutas entre irmão.
    Coisa parva

  7. Gentino Plama

    29 de Novembro de 2018 as 13:24

    Eu não quero acreditar que as pessoas em Neves não ouviram o que terá dito o Srº Presidente da República. Não obstante a palavra do Presidente ser extemporânea, mesmo com a falta de energia a informação chegou a todos, porque passou de pessoa para pessoa. Essa prática não é nossa. Vemo-la noutras portas que não são as nossas. É baixo, e feio e nada como isso dignifica quem as faz. A partir deste meu pequeno texto quero que se ponha termo a esta atividade.

  8. SEABRA

    29 de Novembro de 2018 as 15:06

    …toda esta colera vinda da parte do POVO saotomense, é devido a acumulaçao de injustiça , de revolta , de abuso, em suma da falta de liberdade de expressao…o povo viveu pressionado durante anos, na miséria, sem direito à revolta, sem poder reclamar. Eis em que està dando agora.Toda a pressao està a sair agora, e é pena que o PT SUMIU, pois que ele sabe o maltrato que inculcou a o povo saotomense. O que o pvo exprime, diz tudo, jà que nao podem ter o PT por perto para fazer a justiça EMPIRICA…tarde ou cedo, o povo obterà justiça, a destruiçao paterial faz-nos compreender a que ponto um povo REVOLTADO pode ser perigoso.
    Quando houve ABUSO no tratamento, a reaçao da victima pode ser fatal junto daquele que ABUSOU.
    O PT sabia muito bem o que lhe esperava se tivesse ficado no territorio (STP), ele é COVARDE, abandonou a frente de combate deixando o seu exército em perigo.Como é possivel que os seus ADEPTES ainda lhe sao fieis? O PT é realmente um GURU, so pode ser isso, para que os outros lhe sigam de olhos fechados, sem refletir. O PT pensa e decide no lugar deles. Que é TRISTE!!!

    • Rapaz de reboque

      29 de Novembro de 2018 as 22:22

      Escreveu o homem mais inteligente de são tomé ah ah ah furo ministro dos negócios estrangeiros de são tomé

  9. original

    29 de Novembro de 2018 as 16:32

    Estão a ver quando se brinca com coisas sérias?

  10. Onde mesmo?

    29 de Novembro de 2018 as 17:57

    Da mesma forma que os de Neves barricaram os acessos a sua cidade, acho bem que os de Guadalupe e ou Conde devem barricar também a estrada não deixando passar os habitantes de Neves, assim saberão quanto custa a tosse.

  11. Tony

    29 de Novembro de 2018 as 18:42

    Falta de ordem pública.
    Falta de garantia da segurança do Povo
    Falta de decisão
    Falta de educação
    Falta de civismo
    Falta de democracia

    Isto não invalida a gestão maléfica da coisa pública, tal como a energia. Mas, mesmo em governo de gestão, a ordem pública tem que ser assegurada.

    Contudo estamos em Stp, e quem tem a responsabilidade de manter a ordem pública, reage à espera de salvar os seus tachos. Enfim tudo cobardes, sem qualquer consciência e dever profissional, è a demonstração da realidade de Stp. Não existe consciência de Nação nem muito menos de País.

    Vergonha

  12. Maria de Fátima Santos

    29 de Novembro de 2018 as 18:55

    Por mais que sejam legítimas as reivindicações deve-se levantar agora as barricadas. Já chega! A mensagem já foi passada e é hora de para e refletir. O ESTADO, zelar para que os culpados da situação gravissima da EMAE respondam pelos seus atos. E o ESTADO que arranje urgentemente uma saída para a crise social derivada do desespero pela falta de energia e de tantas outras falhas que se vive no meu país. Já cansa ter um ESTADO ausente à espera do que vai acontecer daqui a pouco. SOCORRO!!!

  13. Chang de Taiwan

    29 de Novembro de 2018 as 20:00

    Se a Equipa de Taiwan não foram espulso de STP no fim de 2016, O Central de Santo Amaro poderia funcionar normalmente, e fornece cerca de 7 Mega Watt de energia para a ilha. A situação de escuro de hoje, não teria acontecido. Uma pena!

  14. Maria de Fátima Santos

    30 de Novembro de 2018 as 5:08

    Já chega!

  15. Alligator

    30 de Novembro de 2018 as 8:44

    Com certeza que a mensagem foi passada, mas ja e hora de levantarem a barricada.Esta a tornar-se desordem publica.
    As autoridades policias devem tomar medidas.

  16. Sergio Boa Esperança

    30 de Novembro de 2018 as 9:17

    Muito bem Chang. Infelizmente

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo