Sociedade

Ex – Ministro Carlos Vila Nova impedido de viajar para Portugal  

O ex-ministro das Obras Públicas, Recursos Naturais e Ambiente, Carlos Vila Nova foi interpelado na noite de quinta – feira pela Polícia Judiciária no aeroporto internacional de São Tomé, quando se preparava para deixar o país no voo da TAP rumo a Lisboa.

Carlos Vila Nova terá sido conduzido até as instalações da polícia onde foi notificado a comparecer esta sexta feira na PJ, para ser ouvido.

A operação da Polícia Judiciária para esclarecer os casos de corrupção alegadamente praticados pelos membros do anterior Governo liderado por Patrice Trovoada, faz a actualidade informativa em São Tomé e Príncipe.

Abel Veiga

    18 comentários

18 comentários

  1. Vanplega

    4 de Abril de 2019 as 21:55

    Já há muito tempo que quis pedir ao meu ex- colega de trabalho para desistir desse governo do ADI

    Acho ele honesto, mais o dinheiro, a corrupção fala mais alto

    Um pena, mais deve assumir as suas responsabilidades

    Uma pena

  2. Boa Gente

    4 de Abril de 2019 as 22:35

    A polícia judiciária deve fazer seu trabalho cumprindo as leis. Os visados devem esclarecer e entregar os documentos, São Tomé não é propriedade de Patrice Trovoada nem de Jorge Bom Jesus, os membros dos governos devem fazer os seus trabalhos honestamente sem roubar o país. Quem comete erro sabe que vai para a cadeia.

  3. WXYZ

    4 de Abril de 2019 as 22:41

    CHIEI MINHA GENTE!!! Mas como foi que o libanes conseguiu viajar depois de ter esfaqueado um cidadao nosso com multiplos golpes. E que o mesmo ja estava dentro da esquadra da policia. Seria justo dizer que Jorge Bom Jesus deu cobertura a fuga do libanes. Ja que o deputado Antonio Barros atribuiu toda culpa ao Patrice Trovoada pela morte do rapaz de Monte Cafe.

    • Vanplega

      5 de Abril de 2019 as 7:34

      E não é verdade?

      Quem dava cobertura a esses Libanês?

      Quem é sócio desses Libanês?

      Quem os trouxe à S.tome e Príncipe?

      Quando esses ameaçava os Santomenses, até chamava polícia, tinham cobertura
      de quem?

      O Pinta Cabra, dava cobertura ao seus sócios

      Pinta Cabra, nunca gosto desse povo.

  4. Renato Cardodo

    4 de Abril de 2019 as 22:44

    Deve—se fechar o cerco e apurar responsabilidade por forma que os corruptos sejam presos.
    Porque os criminosos ainda exibem riquezas e gozam do povo que roubaram.
    Havendo provas meter na cadeia.

  5. Windows 11

    4 de Abril de 2019 as 23:41

    Esta ação esta sendo coordena pelo governo para caçar dirigentes do ADI e aniquilar o ADI e perpetuarem no poder.

    • CACAU

      5 de Abril de 2019 as 11:34

      Não defenda corruptos, seja ele do partido A ou B. Porque quando fazem porcarias é o país que fica a perder. Assim como neste momento é nos pedido os juros do empréstimo que nem usufruímos.

    • apavorado

      5 de Abril de 2019 as 12:17

      mentira ,mentira, mentira sr. Windows11. Temos sim que rezar e pedir longa vida ao JBS, que Deus lhe proteja na sua governação acabar com toda corrupção a medida que irá ser descoberta.
      Assim os nossos doadores nossos amigos saberão que este governo é diferente dos outros que já passaram em STP

  6. Pedro Costa

    5 de Abril de 2019 as 5:22

    Porque é que não fizeram o mesmo com o Patrice Trovada?
    Será que ainda o conseguirão apanhar? Ele não devia ter deixado o país como deixou sem sequer prestar conta ou passar a pasta.

  7. mario mendes

    5 de Abril de 2019 as 7:15

    A caça as bruxas já começou, nunca vi nada assim…….que também prendam o Pósser da Costa devido o envolvimento no caso dos aviões Embraier para a Linhas Aéreas de Moçambique…..

  8. Observador

    5 de Abril de 2019 as 12:02

    Actualmente em S.Tomé e Príncipe a perseguição política tornou-se numa prática vulgar.

    As autoridades no nosso país funcionam como marionetas, a ação realizada por parte das mesmas não passa de uma manobra com intuíto de manchar a imagem de pessoas honestas e trabalhadoras, sendo um cidadão e ex-ministro de um governo em que alegam ter sido governado por um líder corrupto, por que não colocarem as provas em cima da mesa, com argumentos válidos em vez de espalharem boatos?!

    A nação tornou-se numa nação em que o circo toma conta da assembleia e que um dos maiores corruptos é o Presidente da Assembleia Geral.

    Contesto, acrescentando que se a lei funcionasse corretamente os demais não estariam a exercer cargos políticos.

    A justiça falará por si, S.Tomé e Príncipe precisa de uma revolução ética, acredito de temos pessoas capazes de contribuir em prol do desenvolvimento.

    Deixemos de fofocas e calúnias,
    Temos muito para dar como nação.

    A justiça que seja séria e que trabalhe com fundamentos. Persiguição política e pessoal prova fragilidades.

    Os fracos atacam sempre os forte alegando injúrias e falsas acusações.

    Livrem-se dos maus hábitos, plantem harmonia e bem estar para o país.

    Olhemos a nossa volta, o que temos?

  9. EX

    5 de Abril de 2019 as 12:45

    o MP deve ainda verificar as riqueza adquiridas com dinheiro do Povo, tomar tudo e devolver aos Cofres do Estado, com Bloqueio das Contas, emitir um mandato internacional contra SR.PT, para ele voltar e dar explicações.

  10. jordão fernandes

    5 de Abril de 2019 as 14:41

    E quando será a prisão do Delfim Neves para clarificar os bilhões que levaram a falência do Banco Equador
    Jorge Bom Jesus. Não pode haver dois pesos duas medidas. Já que os policias estão a trabalhar com ordens superiores, então dê também ordens para Delfim Neves. Dê ordens para os envelopes que circularam no tribunal
    Sei que existem barões da praça que levaram bilhões de Banco do Equador para fazer campanhas e porque perderam eleições, não pagaram e hoje são os coitados depositários que não estão a poder levantar os seus suores.
    Então haja também, sob pena de ficar conotado como perseguição aos membros da oposição
    Bem Haja STP
    JF

    • Vedé

      8 de Abril de 2019 as 12:13

      Ordene ao PGR para detê-lo. Cabe ao Banco apresentar queixas para efeito e os tribunais agirem de conformidade com o pagamento coercivo.

  11. Carrolino Martinez

    5 de Abril de 2019 as 16:59

    A NOVA MAIORIA = câixa de ressonancia do MPLA em STP. Enquanto a impunidade espahava o seu perfume em Angola o MLSTP e os seus satellites dormiam ante roubalheira dos seus discipulos em STP. Agora que o MPLA simula combater a impunidade contra os seus discipulos, a NOVA MAIORIA Numa Clara demonstracao DE câixa de ressonanciancia do MPLA avanca famigeradamente contra a impunidade, so que contrariamente ao MPLA o a NOVA MAIORIA iniciou o espetaculo fora do seu quintal ou seja contra os seus adversarios o que demonstrate uma grosseira falta de seriedade e por isso reprovavel. E o timing escolhido nao foi por acaso. Grata-se do momento em o OGE viajaria do Parlamento a Presidencia para promulgacao. Send o ex-Ministro das Financas um truta e esperimentado em materia de OGEs e se do ele actual Conselheiro do Presidente da Republica, o timing foi acertado para imledir uma peneira minuciosa as falhas tecnicos do OGE a ni El da Presidencia que Poderia desembocar em dissabores justificaveis contra a NOVA MAIORIA a partir da Presidencia. Portanto foi uma opera ao cirurgica para desprover Presidencia de Gurus que pudessem analisar com profundidade as gralhas do OGE. E para escanmutear esta verdade nua e crua, adiciona-se ao caso ex-Ministro dos Recursos Natura is e o Pinta Cabra, para desviar as agencies dos contribuintes. Esta Nova Maioria se estivesse realm ente interessada em combater a corrupcao, teria o comecado intra-murros, ou seja teria comecado a educar os ladroes internos, autenticos jacares bem identificados, mandad-os para as merecidas jaulas, tâl como simolou o MPLA. Isto serviria de um balao de oxigenio para o combate contra os opositores. Comecar a luta contra a corrupcao atingindo os opositores deixando os discipulos de fora e muito mau exemplo. Agora o OGE vai a Presidencia num moment em que a Presidencia esta em agonia. GOLPE DE MESTRE.

  12. TonyexMk

    5 de Abril de 2019 as 17:56

    Prender:
    Pinto da Costa pelos danos causados ao País desde a Independência
    Todos os ministros e governantes deste período, que se encheram de terras e bens, e nada trabalharam para ter.

    Vergonha de País, que nem consegue manter 200 mil habitantes com vida digna, andaram sempre a roubar e nada fazer só destruir.

    Lógico que estes do Adi estão incluídos, mas os outros têm que ser chamados á responsabilidade sobre o que fizeram nestes anos. Assim é que é justiça. No tribunal internacional fazem julgamentos para estes senhores.

    País que não é País, é menor que freguesias de Lisboa. Mas conseguem que o Povo viva na miséria

  13. Pascoalinha Ferrao

    5 de Abril de 2019 as 21:24

    A perseguicao politica e sempre foi e sempre sera Arma dos politicos. Nao vao a NOVA inventar Roda pleno sec XXI. Ha que fazer Yuma coisa para escanmutear o descreddito da populcao em relacao a NOVA. VAI o OGE a Preesidencia para promulgacao. Sabendo NOVA que chegou o moment Dela se submeter ao crivo da Presidencia, sacou da cartola o seu trunfo para esvaziar as ompetencias tecnicos e analiticas dela, criando panic e apreensao a Presidencia. Numa so palavra, decapitando-a, desprovendo-a dos seus melhor es quadros tecnicos. Esta attitude de golpes baixo do MLSTP ja aconteceu com o Miguel Trovoada quando queria abrir o pais ao Mundo do turismo. Restado: 40 anos depois demos ra, ao ao homenzinho e esta os a colher tenuamentete os frutos do turismo que desperdicamos 40 anos atra, com perseguicao e prisao politi a do seu mentor.
    Diga-nos qual e a diferenca de vulto entre os OGEs do Pinta Cabra e o da NOVA?
    De vulto nada. Por isso faz sentido goda essa movimentacao. Nos proximos tempos so se falara das detencoes. Do OGE da incompetencia sera lavado. Ninguem se lembrara da sua sugidade
    Estou de acordo que se combata a corrupcao mas partindodo de fentro, ou seja primeiramente se do implacable para com os seus discipulos, para dar exemplo. Cmecando contra os opositores, quer queiram os quer nao, cheira a perseguicao politica. Grande golpe de meste. Venceu a accessoria da Nova. O tempo sera o melhor justice iro.

  14. Hugocruzcruz

    6 de Abril de 2019 as 2:03

    Se 8 quilos de cocaína desaparecem sem deixar rasto 47 milhões da muito bem para corromper todo o coletivo de juízes e não só?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo