Sociedade

Roubam cacau e agridem o dono da roça com “palada de machim”

A roça Vista Alegre no centro da ilha de São Tomé, está a reviver a história dos 7 ladrões. Os agricultores que produzem cacau de alta qualidade em Vista Alegre denunciaram através da Televisão Santomense, as acções de 7 indivíduos devidamente identificados, que roubam o cacau nos lotes de terra dos agricultores.

Quando são apanhados em flagrante pelos agricultores, a equipa dos 7 ladrões agride o proprietário do cacau com “palada de machim”(ser açoitado com golpes da parte interior da catana, não da parte afiada).

O impacto de cada “Palada de machim”, nas costas ou em qualquer outra parte do corpo, pode ser comparado a uma palmatória de um objecto metálico.

É este o castigo que os produtores de cacau biológico de Vista Alegre recebem de cada vez que reclamam pelo roubo do seu cacau.

«Toda gente conhece esses indivíduos mas não há como pega-los e impor mãos rija sobre eles….eu mesmo já fui agredido por eles por causa do roubo do meu cacau..», desabafou um dos agricultores de Vista Alegre.

O agricultor que falava para a Televisão Santomense, explicou que só no seu lote de terra a equipa dos 7 ladrões já roubou mais de 150 quilos de cacau.

A mãe de um dos membros da quadrilha, também juntou a sua voz ao protesto dos agricultores. A mulher já de terceira idade disse à imprensa que tem advertido as pessoas a não comprarem o cacau que é vendido pelo seu filho. «Meu filho não trabalha, e não tem que roubar meu cacau e vender», afirmou.

Os agricultores que empunhavam cartazes com slogans anti-roubo do cacau nas suas parcelas, culpabilizaram a empresa SATOCAO pelo roubo desenfreado da produção de cacau em vista Alegre.

Acusaram a empresa SATOCAO de incentivar o roubo do cacau, porque tem bancas fixas para compra do cacau, quase 24/24 horas em todos os caminhos da roça.

Porque são produtores de cacau biológico com certificação internacional, os agricultores de Vista Alegre, colhem o produto de 15 em 15 dias. Tempo necessário para que as cápsulas do cacau fiquem devidamente maduras.

No entanto diariamente a equipa de 7 ladrões vende cacau para as bancas da SATOCAO espalhadas por todos os cantos da roça.

«Proponho ao ministro da agricultura que crie uma lei que fixa períodos para compra e venda de cacau. Assim o roubo poderá diminuir.», sugeriu um dos agricultores.

Para provar que o roubo do cacau, está ligado as actividades da SATOCAO na região, os agricultores de Vista Alegre, deram o exemplo do que aconteceu no ano passado, quando a SATOCAO, suspendeu a compra do cacau em São Tomé.

Segundo os agricultores, no ano passado com a suspensão das actividades da SATOCAO, a sua Associação designada Girassol registou um aumento da produção do cacau seco em 66 toneladas. A associação disse que no período antes da suspensão das actividades da SATOCAO,  só conseguia exportar 26 toneladas de cacau seco.

Dados divulgados pela Associações dos Agricultores produtores de cacau biológico da comunidade de Vista Alegre indicam que em cada 15 dias, a associação perde 20 toneladas de cacau em goma. Valor que no espaço de um ano representa perdas na ordem de 40% da produção de cacau.

Abel Veiga

    8 comentários

8 comentários

  1. Pedro Costa 2

    20 de Abril de 2021 as 21:37

    Mas ninguém mete ordem neste país!?
    Este país precisa de uma “mini-ditadura”; se não for desta forma as pessoas não entram no eixo. Tudo ou quase tudo vai mal neste país! Desde a delinquência, falta de respeito generalizado, etc, etc, msmo assim alguns dizem que o país está bom!
    Por outro lado é a ortografia deturpada nesta sociedade. Desde jornalistas, deputados, responsáveis máximo deste país fazem do “Brutuguês”. Mistura-se o tudo!
    O que é palada? Esta palavra existe como português! Açoites de machim!?
    Ou se escreve em português ou não. Não estraguem mais este país

    • Ralph

      21 de Abril de 2021 as 5:17

      Exatamente. Dado que os ladrões já foram identificados, não perçebo porquê a polícia não vai atrás destes criminosos e prendê-los. Não deveria ser tão difícil. A não ser que haja alguma razão para não agir.

      • Madame Jursita Psicologa do Nada

        21 de Abril de 2021 as 14:43

        A Satocao é mercenária.

        Já causou perdas de vida nesse País. Já contratou e contrata menores para trabalhar para eles. Um rapaz morreu aqui na roça porque caiu de trás de carrinha e até agora Tribunal não fez nada. Deram 2 quilos de café e 2 quilos de açucar para nojo de rapaz aqui na zona.

  2. Seabra

    20 de Abril de 2021 as 23:30

    Esta problemática de DEBANDADA desordenada que se tem vivido é STP é porque a justiça está de pés para o ar, na medida em que são serviços ocupados(já há alguns longos anos), por CRIMINOSOS, DELINQUENTES, CORRUPTOS desde o 1o até o último andar da HIERARQUIA.
    É de uma IMPORTÂNCIA CAPITAL de pôr um termo definitivo a este disfuncionamento, destruindo completamente a PJ, selecionar sériamente novos agentes, pois que é o pior serviço judiciário que existe em STP. Seguir em frente com a eliminação de juízes, de magistrados, de escrivãos e de todo o serviço judicial CORRUPTOS e vadios ( também há muitos, os tribunais abrigam muitos SAFADOS DESGRAÇADOS) que podem e têm destruído muitas vidas.
    Os dossiês de delitos dos menos graves aos + graves devem todos ser tratados e sancionados, os criminosos e delinquentes devem todos ser julgados segundo o grau dos atos cometidos e severamente se preciso fôr.
    Só tomanda estas medidas DRÁSTICAS( para começar), é que STP poderá sair desta crise criminosa que invade o país provocando muitos danos.

  3. SANTOMÉ CU PLIXIMPE

    21 de Abril de 2021 as 7:19

    PJ estão presos logo a criminalidade tomou lugar, é essa a escolha que fizemos. Uma troca.

    • Mepoçom

      21 de Abril de 2021 as 12:22

      Meu caro não vamos tapar o sol com pineira. Há duas semanas que elementos da PJ estão presos é que surgiu tanta criminalidade? Naturalmente você também faz parte dos mestres da partilha e dos bandos!!

  4. Boquito

    21 de Abril de 2021 as 7:28

    Jorge bom Jesus está dele só.
    Isso é um caso de polícia que não precisa de mais leis.
    É só a policia o ministério publico e os trabalharem que podem resolver isso.
    Andam a fazer leis para distrair as pessoas.
    Põem os polícias a trabalhar.
    Tantos bandidos numa terra tão pequena.
    Será que é tão difícil governar este país?
    Os políticos querem poder para depois gozar com a população.
    Simplesmente não resolvem os problemas das pessoas.

  5. José paulo

    21 de Abril de 2021 as 12:20

    Também com esse tribunal de família que existe acham que o crime vai acabar?
    Esta é uma terra de malucos que está muito atrás da Guiné Bissau.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo