Sociedade

Taxistas cortam ligação terrestre entre São Tomé e Neves

Os taxistas que ligam cidade a cidade capital-São Tomé, à cidade de Neves no norte da ilha, decidiram cortar a circulação de transportes na estrada nacional número 1, mais concretamente na zona da Ribeira Funda.

Tudo porque o governo ainda não conseguiu reabilitar a pequena ponte da Ribeira Funda. A ponte foi destruída pelas enxurradas de Dezembro do ano passado. Foi construída numa operação relâmpago que criou uma via alternativa, que também desabou alguns dias depois.

Assim, a circulação de viaturas na Ribeira Funda passou a ser feita dentro do caudal do riacho.

«Tem provocado estragos avultados nas viaturas. Água salgada está danificar os discos, e outras peças das viaturas», reclamou o taxista Silvério Lima.

Bloqueada a estrada que dá acesso a cidade de São Tomé, as palaiês (vendedoras de peixe..etc) da cidade de Neves não puderam comercializar os seus produtos na capital. Os camiões cisterna que transportam combustíveis do reservatório localizado na cidade de Neves para abastecer o resto do país, também ficaram retidos na ponte da Ribeira Funda.

Greve e bloqueio dos taxistas na Ribeira Funda

Albertino Barros, Presidente Câmara de Distrital de Lembá, passou a bola para o Governo Central.

«Esperamos que o governo encontre alternativas e que a reconstrução da ponte aconteça nos próximos dias», afirmou o autarca de Lembá.

Cremildo Gaspar, é outro taxista inconformado com a situação. Disse que cerca de 40 viaturas de marca Hiace, que asseguram o transporte de pessoas e mercadorias entre Neves e a Capital São Tomé, já avariam por causa do contacto com a água salgada no riacho fundo da Ribeira Funda. 

«Jorge Bom Jesus ainda não chegou aqui. Quem veio aqui foi o ministro das obras públicas», desabafou Cremildo Gaspar.

O Ministro das Obras Públicas, Osvaldo Abreu, prometeu solução para breve. «O ministro disse que está a espera da realização do concurso público, para realizar as obras», acrescentou o taxista.

Consequência directa do bloqueio da estrada nacional número 1, na Ribeira Funda, São Tomé começou a registar corte no fornecimento de energia eléctrica à população. Os geradores da empresa de electricidade EMAE, já não têm gasóleo suficiente para fornecer electricidade. Os camiões cisterna oriundos da cidade de Neves não conseguem passar pelo riacho da Ribeira Funda.

Passageiros e turistas bloqueados na Ribeira Funda

O bloqueio à travessia no riacho fundo da Ribeira Funda, põe também em causa o fornecimento da cerveja Rosemapara a população do país. A fábrica de cerveja está localizada na cidade de Neves. Os clientes em São Tomé podem se confrontar também nos próximos dias com uma redução do stock da Rosema.

Abel Veiga

6 Comments

6 Comments

  1. Pedro Costa 2

    21 de Abril de 2022 at 15:19

    Só gostei mesmo daquele automóvel com um letreiro escrito CASCAIS, neste amarelo berrante.
    Esta estrada ou este troço existe há mais de 50 anos e continua na mesma (com retoque) ou pior.
    Não sei quando é que saímos deste buraco se é que conseguimos sair.

  2. José Tomaz

    21 de Abril de 2022 at 16:13

    Saborosa cerveja Rosema…
    Se houver, de verdade, falta desse néctar amarelado, de certeza que reconstroem rapidamente a ponte. 😅🤓😂

  3. Sofia

    21 de Abril de 2022 at 19:25

    Os pinta cabra estão agitar as eleições. Tudo para queimar o grande Dr Jorge bom jesus. O povo é que sabe. Eu o pinta não me engana com suas manobras. Já não caiu no seus truques de criar caos.

  4. Karls Grayce

    22 de Abril de 2022 at 13:07

    Faltava a parte que o jovem chamou Ministro de aldrabão e mentiroso.

  5. Andorinha

    22 de Abril de 2022 at 14:44

    Que raio de governo que não consegue construir uma travessia de 10 ou 15 metros mas estão a comprar carros novos de 50 mil euros ministros todos gordos com casas em Lisboa e Campo de milhos.
    Este governo de Jorge bom Jesus que só priecupa em melhorar a vida dos camaradas não serve para governar S.tomé e Príncipe.

  6. ADELINO de Deus

    23 de Abril de 2022 at 10:50

    Mas onde anda o departamento da engenharia do exército? Construa ou monte uma ponte alternativa até outra ficar reparada! Meus senhores vamos pensar e trabalhar!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

To Top