Movimento Cívico exige fim imediato ao teste de milho dito híbrido em STP

O Movimento Pró-Ambiente São Tomé e Príncipe, está em fase de consolidação e nasceu após o anúncio pela imprensa internacional da introdução pela cooperação sino-são-tomense de milho transgénico no arquipélago.

O Ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Teodorico Campos, reagiu desmentindo a informação divulgada pela imprensa internacional, e tranquilizou os cidadãos tanto no país como na diáspora de que o milho que está a ser testado n zona de mesquita é híbrido e não transgénico.

As explicações do Ministro da Agricultura, não tranquilizaram os cidadãos são-tomenses na diáspora, que decidiram se organizar para impedir a introdução na agricultura são-tomense de milho tanto transgénico como híbrido.

Aliás o principal slogan da campanha cívica em forja, é “Não a introdução dos OGMs, Transgénicos e Híbridos”, em São Tomé e Príncipe.

Num comunicado com data de 17 de Abril e que enviou a redacção do Jornal Téla Nón, o Movimento Pró-Ambiente São Tomé e Príncipe, renova os protestos contra o plantio de milho importado da China, e solicita ao ministro da agricultura e desenvolvimento rural, que suspenda «a experiência do plantio do milho dito híbrido no solo agrário são-tomense».

O Movimento de Cidadãos, desafia o ministro da agricultura a agir e a esclarecer uma série de outras situações a volta do caso do milho importado, que segundo o movimento, são fundamentais o bem-estar de todos os são-tomenses. Por isso deve ler na íntegra o comunicado do Movimento que nasceu em Lisboa mas que une são-tomenses no país e em todas as paragens do mundo. clique - Movimento-Anti-OGM-comunicado_2

O Movimento faz saber ao público são-tomense e não só, que «desde a primeira carta aberta sobre o tema, existe uma petição online. Dispomos de um grupo de trabalho online e pensamos formalizar o movimento brevemente, e temos também uma pagina Facebook aberto ao publico para abordar , debater sobre assuntos ligados a OGMs, Transgênicos e ou Híbridos,  leis de enquadramento e a politica agrária das ilhas» clique em baixo :  

https://www.facebook.com/N%C3%A3o-a-Introdu%C3%A7%C3%A3o-Do-Ogm-Nas-Ilhas-De-S%C3%A3o-Tom%C3%A9-E-Principe-417117721989653/

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Militante da Sede de Ribó Responder

    A loucura do Primeiro ministro,está afectar quase todos os ministros. O ministro de agricultura não foi capaz de explicar o que é milho híbrido tamben não explicou ao povo pequeno o que é milho transgênico.

    Governo perdeu norte é acha que só eles conhecem toda verdade das coisas. Um governo de gentes arrogantes, desde topo a base. Uma vergonha Nacional.

  2. img
    Jose Rocha Responder

    La esta novamente a força de bloqueio querendo atrapalhar. Desta vez estão enganados porque o período de brincadeira já acabou, não vamos parar nada porque sabemos que a oposição que nos colocou no buraco em que nos encontramos está lixada ao se aperceber dos ganhos que temos tido e dos que teremos no futuro. Ao que parece as manobras maquiavélicas da oposição deixaram de sortir efeito, esta de cabeça perdida ao dar conta que deixou de ter hipóteses para voltar ao saque do País pondo a maioria na miséria. AO MLSTP, PCD só se lhes resta um caminho, desaparecer de uma vez por todas e deixar o País avançar.

    • img
      mezochi Responder

      otario, parvo,…

  3. img
    guadalupe Responder

    José Rocha, devia ter verhonha em afirmar essa atrocidade que todos com sentido do bem já sabem. O senhor é um cego que não quer ver, ou é um engajado em beberão desses mafiosos. Seus desgraçados…

  4. img
    Brasileiro Responder

    Quem sou eu como estrangeiro para dar-lhes conselhos sem conhecer em pormenor a situação. Mas, como alguém imbuído de boa fé, eu sugiro que governo e população dêem as mãos e realizem um grupo de estudos qualificado que possa realizar uma conferência com prós e contras de uma eventual cultura de tais vegetais em seu país, no sentido de esclarecer a população e que essa possa formar uma opinião embasada acerca do tema, em seguida poderia ser feito uma consulta popular para saber se o povo deseja ou não tal medida.

  5. img
    Eusebio Neto Responder

    Caros compatriotas,

    Segue abaixo uma noticia que tirei da internet e que achei importante levar ao vosso conhecimento em geral e de forma muito particular do sr. Ministro da Agricultura do nosso país. Se corresponde à verdade ou não, não reúno competências para avaliar mas, no mínimo serve para nossa reflexão como pessoas adultas, responsáveis e amigo do nosso povo.

    Eis o texto:

    “Sua Saúde Pode Estar em Risco ao Consumir Esses 10 Alimentos Falsificados na China
    A comida chinesa é famosa em todo o mundo. No entanto, a indústria de alimentos na China é provavelmente umas das maiores culpadas por falsificação e toxicidade de alimentos. Isso primeiramente atingiu a atenção do público em 2008, quando muitas crianças morreram de insuficiência hepática como resultado do leite em pó que estavam bebendo com um composto de plástico chamado melamina. Depois disso, foram encontrados muitos outros casos semelhantes de alimentos sintéticos sendo ilegalmente fabricados no país. Estes itens parecem idênticos com os produtos originais, mas em muitos casos eles são tóxicos e podem causar danos nos rins ou câncer.

    Para ajudar a informá-lo sobre o perigo de comer certos alimentos na China, ou as importações chinesas que você compra mas não tem certeza, fizemos esta lista chocante de 10 alimentos chineses que você deve evitar:

    1. Ovos falsificados

    O que algumas pessoas sem escrúpulos fazem são surpreendentes. Estes ovos falsos parecem muito reais. Eles são feitos com gelatina, corante alimentar artificial, água e uma casca de cera. As “gemas” são ainda moles depois de cozidas.
    2. Arroz de plástico falso

    O arroz é o alimento chinês mais famoso, contudo infelizmente não é seguro supor que todo o arroz da China é genuíno. Alguns foram fabricados inteiramente de batatas misturadas com uma resina industrial que pode ser mortal. O arroz falso é muito difícil de digerir, e comer três tigelas é dito como comer um saco de plástico. Você pode diferenciar o arroz falsificado do real, queimando um grão com fósforo. Caso o cheiro seja de plástico queimado, você foi enganado e descobriu a tempo. Outra dica é que o arroz que não é genuíno também se dissolve em óleo quente.
    3. Nozes recheadas com cimento

    Foi descoberto por alguns compradores azarados que vendedores da cidade de Zhengzhou estavam vendendo nozes cheias de cimento. Os vendedores estão esvaziavam as nozes, vendiam as castanhas separadamente por um alto preço e enchiam a casca vazia com cimento coberto de papel, selando-as. Fica difícil para os compradores perceberem a diferença no momento e, quando tentam retornar, não encontram o mesmo vendedor no local.
    4. Carne de vaca falsificada

    Embora a carne de porco esteja prontamente disponível na China, a carne bovina não é um item comum. Portanto, por causa do alto valor de mercado colocado na carne vermelha, os fornecedores encontraram uma maneira de falsificá-la, alterando a carne de porco para torná-la parecida fisicamente e ter o sabor de uma carne bovina. Eles deixam a carne de porco em molho no caldo de carne concentrado por mais de uma hora e depois adicionam outro produto para dar brilho ao alimento. Os médicos dizem que esta carne falsa pode causar deformidades, envenenamento ou câncer.
    5. Carne de carneiro falsificada

    Para combater o alto preço da carne de carneiro defumada, alguns vendedores de alimentos estão utilizando ratos e raposas quimicamente alteradas para produzir essas carnes falsificadas. No período de três meses, a polícia prendeu 900 pessoas que participam deste esquema criminoso. Eles também apreenderam 20 mil toneladas dessa “carne”. O nível da bactéria E. coli encontrado nesse alimento falsificado é seriamente elevado.
    6. Vinhos falsificados

    O vinho é um grande negócio na China, mas os clientes estão desastrosamente mal informados sobre os produtos que estão comprando. Assim, muitos vendedores de vinho simplesmente enchem as garrafas vazias de aparência elegante com suco de fruta barato e álcool. Você não pode confiar nesses rótulos na China!
    7. Mel falsificado e adulterado

    Você deve evitar consumir mel na China. Na província de Jinan, cerca de 70% do mel disponível para compra é falso e existem dois tipos. O primeiro é conhecido como mel adulterado, ou seja, uma mistura de mel com açúcar, beterraba ou xarope de arroz. O segundo parece mel, mas é feito de alúmen, açúcar, água e corantes. Um quilo de mel falso pode ser produzido pelo equivalente a R$ 5,20 e vendido por cerca de R$ 30,00.
    8. Ervilhas verdes falsificadas

    Você provavelmente nunca iria imaginar que na China existem ervilhas verdes falsificadas. Elas são feitas a partir de uma combinação de ervilhas, feijão de soja, corante verde e metabissulfito. Este último item é realmente conhecido por causar câncer e tem seu uso proibido no mundo. Felizmente, existem alguns sinais reveladores de ervilhas falsas. Quando fervida, a água fica verde do corante alimentar, e as ervilhas não amolecem.
    9. Sal falsificado

    Sal de mesa barato também pode ser falsificado. Na verdade, o sal industrial está sendo usado na China em grandes quantidades e realmente é um dos itens mais difíceis de discernir o falsificado do real. Infelizmente, se você consumir o sal não genuíno, pode correr o risco de ataque cardíaco ou derrame.
    10. Ginseng alterado

    O ginseng é uma raiz medicinal e culinária extremamente popular na China que é vendida por peso. Para fazer o ginseng parecer mais pesado, algumas pessoas o fervem em água com açúcar. O ginseng natural deve conter 20% de açúcar, enquanto o ginseng falso pode conter até 70%.”

    Com esse documento, espero ter conseguido contribuir para que os dirigentes santomenses sejam mais exigentes consigo mesmos quando o assunto é alimentação.
    ATENÇÃO, não quero com isso dizer que estou contra a China, nada disso! Quero dizer sim, que a China e todos aqueles que querem nos ajudar não nos podem utilizar como cobaias para suas experiências.Que nos respeitem rigorosamente!

  6. img
    JB Responder

    O que admiro e que tenho conhecimento o CIAT por vezes não tem reagentes para uma simples análise científica, não sei se porventura se tẽm tecnologia para analisar a veracidade deste milho?

  7. img
    Rei Artur Responder

    Tudo por causa da arrogância e prepotência das pessoas, ao achar que tudo sabem e não têm que dar satisfação a ninguém.
    Em vez de uma política e inclusão, excluem até os supostos beneficiados das acções.
    Explicar, ouvir, difundir, antes de se avançar com qualquer projecto deveria ser a principal premissa de qualquer governação, em vez do “eu quero, posso e mando” com que vivemos hoje em dia.
    Assim evitaria-se os “mal entendidos ou mal explicados”, que espero eu que seja esta questão Transgénicos/Híbridos.

  8. img
    Gervasio . A . Neves Responder

    Simmmm S.Tomé Poderoso està com olhos abertos,ficam a saber que tudo de mà fé segue em mà fé . Espero que o Senhor Ministro de agricultura nâo foi capaz de explicar o que é o milho hirbido também nâo explicou ao povo pequeno o que é milho transgênio. Se queremos trabalhar com a maioria nâo da entender a oposiçâo porque eles ja deram o que estàva para dar . Oposiçôes sâo panelas que ja foram utilizadas, ao mesmo tempo ja têm trussidos nos fundos das panelas( Buracos). Como ja sâo apusentados,mafiosos como diz em francês ( retraitées,sans parole )nâo querem que vocês avançam,trabalhar . Libreville-Gabâo aos 19/04/17

  9. img
    Emilio Freitas Responder

    Se as pessoas que sempre surgem com essas lenga lenga tomarem como exemplo a Singapura, vão deixar imediatamente de querer bloquear tudo que se tenta fazer ai. Deixem de querer bloquear tudo, depois são os primeiros a dizerem que temos que produzir riqueza, que ha mto miseria. Miseria começa nesse espirito de malucos, tolos e bobinhos, sempre bloqueando tudo.

  10. img
    Jose Rocha Responder

    O sr Guadalupe tem sido muito mal aconselhado pelo Leoter Viegas, outro distinto membro das forças de bloqueio de Guadalupe. Tenha juízo e aprenda a destrinçar o bem do mal porque o senhor já não é criança. O MLSTP e PCD nunca fizeram nada de bom pelo País, só souberam enganar e extorquir o que a todos nós pertencia. Esses dois partidos que desapareçam e não pensem que vão continuar a mamar porque os jovens de hoje sabem o que é melhor para o País. A ADI é a nossa esperança de sucesso duradouro. Basta passar perto das casas dos bandidos do MLSTP e do PCD para ver a riqueza que esses senhores acumularam. Basta ver a lista das roças espalhadas pelo Pais que esses mesmos espantalhos usurparam. Mas estejam descansados que iremos recuperar tudo o que foi roubado ao país porque não herdaram nada do que hoje alardeiam. Se o Sr Guadalupe também é um os dilapidadores, fica descansado que também iremos reaver o que não lhe pertence.

  11. img
    Carlos Soares Responder

    Eh incrivel como nos mesmo nos destruimos. STP ja fui , na era dos colonos maior produtor mundial de açucar, mas so foi porque os portugueses introduziram a cana de açucar ai, mas se alguem decidir descampar uma boa parcela de terra pra plantar cana ai, caira a Carmo e a Trindade. Parem de criar o caos gente, precisamos evoluir, singapura so tinha em temos cerca de 500 Km quadrado de area, metade do nosso territorio, mas mesmo assim eh um gigante economico, porque seu povo eh evoluido, amam o desenvolvimento, produzem alimentos trangenicos no seu territorio, alias investem uma barbaridade nesse setor. Estamos recebendo a tecnologia dos chineses mas decidimos criar uma tempestade, mantendo todo mundo na miseria. Mas que raio de povo eh esse.

  12. img
    Guadalupe Responder

    Sr. sinto muito, pena tua seres infeliz prq eu não tenho tempo para trocar impressões com pessoas de neurónios poluídos, nunca o falei em partido algum, tão pouco fiz aqui alguma explanação em relação qlqr partido. Apenas frisei sobre má governação. O facto de que outros tiveram mau desempenho não quer dizer que actual governo deva ocorrer em mesmos erros e ir além pela mediucre na governação. Só não vê quem não quer.

  13. img
    o povo nos deu maioria absoluta Responder

    Estão a choramingar o que? DESOCUPADOS.
    O nosso Ministro de Agricultura TEODORICO Campos e o Chinês já não vos deu explicação? Se estivessem a trabalhar não estariam neste bôbô a fazerem na rede social.
    E LEMBREM o que o RECADO que o ministro vos deixou.
    NADA VAI TRAVAR ESTE PROJECTO! portanto podem tirar o cavalinho da chuva.
    E não esqueçam que temos a maioria absoluta no parlamento e somos poder.
    Temos justiça, segurança e militares nas mãos.
    Melhor socegarem.
    SENÃO!

  14. img
    Heleno Mendes Responder

    STP Think Tank,
    Para aquilo que eu estudei, ouvi, vivi e li, desaprovo, censuro, sentencio e veementemente condeno a intenção do presente governo em facilitar e/ou aceitar o cultivo de milho hibrido e/ou genéticamente modificado em São Tome e Principe. Isto não é filosoficamente, moral e éticamente aceitável, juridica e economicamente responsável, nem tão pouco politicamente vendável.
    Em primeiro lugar é inconcebivel, inadmissivel, inanceitavel até mesmo insólito para um adulto culto normal que o governo tenha esta postura, quando a função básica de um estado é proteger os interesses do cidadão e defender a segurança do seu Povo.
    Sem entrar nos detalhes da seguança nutricional e alimentar, o milho é de per si só um cereal pouco recomendável para os diabéticos, este acelera o envelhecimento precoce e causa inflamações e decadência da cavidade dentária incluido também osteoporosis em pesoas sãns.
    Por outro lado a cooperação com a República Popular da China deveria centrar-se extrita e exclusivamente no âmbito cibernético-militar, infraestrutural, comercial, industrial, ciencias e tecnologia.
    Não e curial que a China se ofereça para contribuir na matéria de segurança alimentar quando ela própria importa certos productos alimentares. A elite Chinesa consome quase todos os seus productos alimentares provenientes da Australia. O solo Chinês está puluido e os mesmos não têm confiança na qualidade de productos alimentares produzidos na China. Relembro a audiência para o escândalo do leite adulterado que dizimou um número elevado de infantis na China num passado muito recente. Esta história educa, ilumina, ilustra e ignita a imaginação que pode ser usada para levar a mudança de mentalidade dos Santomenses na narativa de que tudo que provem do fora é bom, sem ser questionado.
    As doenças derivadas de consumo directo e/ou indirecto de alimentos genéticamente modificados, os seus efeitos ondulatorios e nefastos para saúde humana são geracionalmente incomensuráveis. E não dispomos de meios e tecnologias para os combater. É deveras preocupante que um Pais com menos de um milhão de habitantes a enveredar-se na politica externa do “memo 200 do Kissinger” (sem querer entrar em meandros dos segredos dos paises desenvolvidos vis a vis aos do terceiro mundo). Quem é informado e lúcido saberá decifrar e tirar as ilações). Infelizmente como no outrora São Tome e Principe foi dilacerado pelos feitos malignos do então “José Brigada” que causou pânico terror e angústia aos Santomenses, os residos dos descendentes do então José Brigada (falo no sentido conotativo não pejorativo e latocenso do termo) sem deliberadamente querer ferir sensibilidades, continuam vassalando e vandalizando ao logo da nossa história e após a independência. Vendendo-nos ao troco de ninharia e pequenas elevações, são malfeitores traidores, presunçores, defamadores, levantadores de falso-testemunho e lacaios do imperialismo e do populismo.
    Não quero aqui politizar a intenção Chinesa, mas que os Santomenses têm que ser firmes e determinantes naquilo que querem e não culpabilizar o parceiro doador. O mesmo acontece com o Arroz do Japão. No mundo anglo-saxonico exacerbadamente liderado por um capitalismo desenfreado tudo o que é gratuito é duvidoso. “Um bom entendedor poucas palavras bastam”.
    O problema fundamendal, crucial dos Santomenses, o âmago do seu subdesenvolvimento esta na falta de confiança em si próprio, e nos seus quadros técnicos.
    Provoco a reflexão da audiência num facto, durante a primeira Republica em que se ignorou a experiência e conhecimentos empiricos dos técnicos nacionais em detrimento da produção abraçando as instruções e orientações dos técnicos estrangeiros, culminando com a dizimação de hectares de cacausal diminuindo consideravelmente a sua produção. (Facto Historico) Em 1972 Sao Tome e Pricipe ja foi o primeiro productor mundial do cacao.
    São Tome e Principe hoje, dispõe de recursos que valem em determinados mercados $300 Dolares Norte Americanos por unidade, não por quilo e nem tão pouco por toneladas, muito superior ao baris de petroleo que defradou as expectactivas dos Santomenses. Triste é que o Pais continua a se endividar de forma galopante, sem ter algo para mostrar destas dividas, após anos e anos de enormes sacrificios de sucessivos governos para obtenção do perdão da anterior divida que teve lugar em 2007.
    São Tome e Principe nunca teve durante toda a sua história uma oportunidade de ouro para alavancar o Pais como em 2006 e 2007.
    Falta de boa liderença e visão atrofiou os êxitos que poderiam ter sido alcancados.
    Continuamos 100% dependentes da ajuda externa, perseguem, defamam e acusam falsamente os lúcidos porque estes têm luz e a luz faz calor… e o Pais continua morribundo no sepulcro da ignorância. O propósito da perseguição aos lúcidos é para facilitar o dominio e a gorvernacão dos matumbos usando a manipulacão, sinismo e hipocrasia para asfixiar e oprimir o povo pequeno. O MLSTP, movimento que deveria garantir a independência politica e económica de São Tome e Principe, canibalizou-se a si próprio. Facilitando assim varios partidos que fazem do Pais meros gestores de uma economia marasmodica e artificial, sem sustentabilidade atraves das ajudas externas, e sem iniciativas que galvanize e fomente o crescimento económico para libertar o Pais da dependência externa.
    A falta de justiça no mundo de hoje crucifica a dignidade humana, e a pobreza aniquila a confiança em se próprio, mas se outrora, onten e no passado diziamos “construamos com as nossas próprias mãos uma Patria renovada”, Hoje agora e no presente dizemos construamos com as nossas próprias mentes uma Patria renovada.
    Com a União, Paz, Justiça Ordem e Progresso venceremos,
    Ex-assessor Económico e Financeiro
    de varios Primeiro-Ministros e Chefe de Governos da República.

  15. img
    Tradutor Responder

    Como vamos brevemente passar a ser colonizados pelos Chineses, estou a começar a fazer uma compilação de palavras importantes em Chinês que temos que apreender em São Tomé, de forma a de futuro podermos comunicar com eles de uma maneira mais fácil. Deixo aqui algumas já traduzidas de Português para Chinês. Espero que sejam úteis

    Cabelo sujo = Chen-champu

    Descalço = Chen chinela

    Top less = Chen-chu-tian

    Náufrago = Chen-lan-cha

    Pobre = Chen luz, Chen Água e Chen Gás

    Diarreia = Kagasoagua

    Emorroida = cu-chai-changue

    Minisaia = vitucu

    Sogra = aturatu

Deixe um comentario

*