Desporto

Mundial de Futebol no Brasil

O Embaixador do Brasil em São Tomé e Príncipe, José Carlos Leitão, deu uma conferência de imprensa, no Centro Cultural Brasil-São Tomé e Príncipe, para falar sobre a realização do campeonato do mundo de futebol, que vai começar no seu país.

O ponta pé de saída está marcado para esta quinta-feira as 18 horas TMG. A Embaixada brasileira, convidou diversas personalidades e jornalistas em particular, para assistirem a abertura da Copa do Mundo da FIFA de 2014, com destaque para cerimónia de abertura e o jogo inaugural que opõe o Brasil a Croácia às 20 horas TMG.

Segundo o embaixador do Brasil, as ilhas de São Tomé e Príncipe são amantes do futebol e tem todas as atenções viradas para o Brasil. José Carlos Leitão, considerou que a embaixada não poderia ficar indiferente ao maior evento futebolístico do mundo.

Na referida comunicação o embaixador deixou ficar bem claro, que a volta desta Copa há três milhões e seiscentos mil turistas; entre eles nacionais e estrangeiros. Estão acreditados 18.800 jornalistas, 57 mil militares e uma atenção popular que atinge 200 milhões de pessoas.

Os preços dispararam para este Mundial, mas os hotéis estão controlados. Existem muita procura e há pessoas que já estão a oferecer um preço de 90.000 milhões de reais para estadia no Rio de Janeiro e a zona a volta; quando um dólar custa 230 real, recorda-se
que na reabertura do Estádio de Maracanã se pagou a quantia de 100 dólares.

A seleção do Brasil, está composta por jovens até os 27 anos e só tem cinco jogadores que já estiveram nos outros Mundiais. José Leitão acredita nos favoritos a saber, o seu Brasil que ama, Espanha que pretende renovar o título, uma Alemanha bem renovada e a Argentina que tem varias cabeças de cartaz entre os famosos está o Messi.

Em relação a Portugal pairam diversas dúvidas porque só tem um cabeça de cartaz que é o Cristiano Ronaldo e a força motriz da seleção com grande dependência, pelos vistos a situação de CR7 está complicada e gostaria bem de ver Ronaldo; neste Mundial como vedeta do jogo de apuramento contra Suécia que fica para a história do Museu de Futebol.

Quanto as diversas manifestações que tem chegado a assobiar no Brasil, o embaixador, José Leitão, considerou normal fazer esses protestos, porque estão a aproveitar a facilidade das presenças para fazerem ouvir a sua voz, como é óbvio em qualquer país do mundo que
acolhe grande evento desta natureza e garantiu que dentro do Estádio é super seguro e bem tranquilo para todos os presentes.

 

Inter Mamata

    2 comentários

2 comentários

  1. câmblassato

    12 de Junho de 2014 as 8:55

    Fiquei estupefacto e ao mesmo tempo comovido ao ver a tal conferência de imprensa dada pelo embaixador de Brasil em STP à propósito do mundial de futebol naquele País.Vi que o Sr. embaixador viu-se na necessidade de o fazer porque o País STP que tem uma relação tão amistosa com o Brasil até a véspera do evento, não se pronunciou nada em termos de notícia em relação a esse evento, quando isso já faz notícia em grande parte da mídia internacional. Admira-me como é que a TVS até hoje ainda não fez uma única reportagem em relação ao tal acontecimento. O Brasil apoia-nos em muitos sectores inclusive “deixa-nos” passar novelas brasileiras “de borla” que custa milhares de Reais às produtoras de tv daquele País. Nos finais dos anos oitenta e nos anos noventa, o período como este era de festa. A tv era o veículo de alegria às nossas casas. Havia notícias, reportagens, comentários, opiniões alusivos ao evento, mas hoje não se vê até hoje nada. Para aqueles menos atentos e que dependa infelizmente da “nossa” TVS, só ontem soube que vai ser realizado o mundial de futebol. É triste!

  2. santola

    13 de Junho de 2014 as 19:06

    Viva o BRASIL Viva STP, Vamos todos lá apoiar o nosso País irmão no Futebol go go.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo