Desporto

PM marcou presença na final do Torneio “Di Maria”

O Chefe do Executivo santomense, Jorge Bom Jesus, voltou a demonstrar este domingo, que está a par das grandes manifestações desportivas no país, a marcar presença na final da segunda edição do Torneio “Di Maria”, prova que vem ganhando público e entrando no repertório competitivo de muitos jovens que não têm a possibilidade de experimentar adrenalina das provas realizadas pela Federação Santomense de Futebol.

Jorge Bom Jesus, no uso da palavra, ressaltou a importância do desporto para as nossas vidas, alertando para a continuidade da promoção do desporto no país.

“Desporto é muito importante nas nossas vidas, desporto é vida, deporto é saúde, uma pessoa que está doente não faz o desporto, portanto o desporto é algo que nós precisamos de continuar a promover em prol da nossa juventude e em prol da saúde do nosso povo”.

Em seguida fez a questão de relembrar que “não podemos esquecer que nós estamos aqui por causa do Di Maria e temos que lembrar este combatente que morreu com a bola nos pés”.

Por fim, Bom Jesus sublinhou que “temos que saber que quando estamos numa guerra e morre um combatente, a luta tem que continuar. Nós os vivos, temos que dá o exemplo em honra deste grande jovem, Di Maria”. Afirmou o Chefe do Governo.

 

 Ministro do Desporto congratula-se com o Torneio “Di Maria”

Presente pela primeira vez no torneio que visa homenagear o antigo jogador do Aliança Nacional e o Sporting de Praia Cruz, Di Maria, o Ministro da Juventude, Desporto e Empreendedorismo, Vinícius Pina, mostrou-se bastante satisfeito com a iniciativa, sublinhando que o mesmo revela o quanto os santomenses estão engajados na promoção da prática desportiva no país.

“A iniciativa é muito boa. Isso revela que a comunidade está interessada em prática desportiva e desenvolver desporto nacional, o que para nós é muito bom, uma vez que isso vem de encontro a um dos nossos objectivos, que é massificar o desporto, levando o desporto para as comunidades e as escolas, de forma a tirar daí bons talentos, para fazerem parte das nossas selecções, no sentido de nós competimos e ganharmos medalhas internacionais”.

O titular da pasta do desporto frisou ainda que “todos nós devemos abraçar eventos deste carácter, e o ministério está engajado neste tipo de iniciativa” pontuou o ministro.

 

Cruz Tutu sagra-se campeão do Torneio “Di Maria”

Terminou este domingo no campo de Wembley, em Pantufo, a segunda edição do Torneio “Di Maria”, com a consagração da turma de Cruz Tutu como a campeã, sucedendo o conjunto de Boca Júnior.

Quatro meses de emoção e um novo campeão no Torneio “Di Maria. Cruz Tutu, que nesta última jornada cilindrou o Ganda City, por 3-0, é o novo campeão da competição que visa homenagear o antigo prodígio da turma de Pantufo, falecido em 2017.

Com este título, o xadrez de Cruz Tutu entrou para a galeria dos emblemas campeão da prova, depois do Boca Júnior ter vencido a primeira edição, em 2018.

Enquanto Cruz festejava, Água-Guêgue e Turma da Vacalia contentavam com o segundo e o terceiro lugar do torneio, respectivamente.

A jornada da consagração, realizada este domingo, contou com a presença especial do Primeiro-ministro santomense, Jorge Bom Jesus, e do Ministro da Juventude, Desporto e Empreendedorismo, Vinícius Pina.

A emoção da taça “Di Maria” regressa no final do ano, confirmou a Comissão Organizadora, que mostrou-se bastante satisfeita com esta edição, que mais uma vez conseguiu reunir 14 equipas de diversos pontos do país, com a sua maioria oriundas de Pantufo e arredores.

Henrie Martins

    1 comentário

1 comentário

  1. ONDE MESMO?

    20 de Fevereiro de 2019 as 10:24

    E a primeira vez que ouço falar deste torneio “Di Maria”. Inicialmente pensei que seria em homenagem ao grande talento do futebol argentino que passou pelo Sport Lisboa e Benfica e mais tarde pelo Real Madrid. Mas, ao longo da leitura do artigo fiquei a saber que a equipa de Pantufo tinha um jovem que assumiu o referido nome “Di Maria” e que faleceu em 2017. Espero que pelo facto do governo na pessoa do Sr. Primeiro Ministro e do titular da pasta de desporto ter patrocinado com as respectivas presenças no torneio, a Federação Santomense de Futebol possa dar o apoio necessário para a realização futura do referido torneio e quem sabe para além da participação actual de equipas não federadas passam participar também outras equipas mesmo que sejam da segunda divisão fazendo com que o torneio ganhe outras dimensões e quem sabe chegar ao conhecimento do atleta internacional e este um dia também patrocinar o referido torneio.
    Sei que é pensar muito alto mas que sabe.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo