Desporto

CAN”2023″: STP parte na frente à boleia do habitual suspeito

A selcção “AA” de São Tomé e Príncipe entrou a vencer Ilhas Maurícias, por 1-0, no primeiro desafio da eliminatória de acesso a fase de grupos de qualificação ao Campeonato Africano das Nações (CAN) “2023-Costa de Marfim”.

O golo solitário que vale vantagem na eliminatória foi apontado por suspeito do costume, Luís Leal, aos 31 minutos.

Depois de um curto estágio em Portugal, onde o conjunto santomense realizou dois embates amigáveis, com equipas sem “expressão” no panorama luso, levando os críticos a questionarem sobre a qualidade da seleçcão, eis que o combinado às ordens do Adriano Eusébio “Tino” respondeu dentro das quatros linhas com uma vitória ante ilhas Maurícias, por 1-0, partindo em vantagem na eliminatória.

A turma santomense, que até se deu ao lucho de falhar uma grande penalidade aos 69 minutos, construiu o resultado “magro”, mas que pode ser fundamental para os cálculos do apuramento, aos 31 minutos por suspeito do costume, Luís Leal, após um pontapé de canto, cobrado pelo Jocy (capitão dos Falcões e Papagaios).

Embora tenha jogado no terreno do adversário (casa emprestada), por razões que é do conhecimento de todos, “Falcões e Papagaios” foram donos e senhores do jogo.

As equipas voltam a encontrar no próximo domingo,27,para o segundo e derradeiro desafio, que ditará quem seguirá para a fase de grupos, onde o xadrez santomense já esteve em duas ocasiões.

Com este triunfo, a seleção santomense faz o pleno nos desafios com o adversário (1-3; 2-1; e 1-0), com a curiosidade dos Luís Leal ter faturado em todas as partidas, que foram comandadas pelo Adriano Eusébio.

Martins dos Santos.

FAÇA O SEU COMENTARIO

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

To Top