Destaques

Cronómetro da ADI corre risco de anunciar o tempo errado

O partido que desde o no passado, marcha ao ritmo de um cronómetro que colocou no seu sistema de informação e propaganda, indicando os dias, a hora, o minuto e o segundo que faltam para a realização das eleições legislativas, manifesta- se agora preocupado, caso o seu cronómetro anuncie ao país e ao mundo o dia D – 00:00:00 – e nada de eleições em São Tomé e Príncipe.

Levy Nazaré o Secretário-geral do partido, foi ao Palácio do Povo na quarta-feira, para apresentar ao Chefe de Estado Pinto da Costa, as propostas da ADI, sobre as possíveis datas para marcação das eleições.

Segundo Levy Nazaré, 27 de Julho, 3 de Agosto ou 10 de Agosto, são as datas que propôs ao Presidente da República, para marcação das eleições, autárquicas, regional e legislativas. Datas que podem também salvar aa marcha do Cronómetro, que o partido activou  desde o ano passado, anunciando quantos dias faltam para as eleições.

No entanto o Secretário Geral da ADI, reconheceu que a lei eleitoral, impõe que as eleições legislativas sejam marcadas entre os dias 22 de Setembro e 14 de Outubro, como aliás tinha dito o Presidente da Assembleia Nacional, após encontro de auscultação com o Presidente da República. «De facto a lei eleitoral diz aquilo que disse o PR da Assembleia Nacional. Mas toda gente sabe que a constituição da república prevalece sobre as demais leis da república. A nossa constituição no seu artigo 102 diz que a legislatura tem a duração de 4 anos e ela inicia-se com a tomada de posse dos seus membros. Logo se em 2010 os deputados tomaram posse no dia 11 de Setembro, logo a legislatura termina no dia 11 de Setembro o que significa que as eleições devem realizar-se antes de 11 de Setembro», justificou Levy Nazaré.

ADI, defende a sua posição, com mais um argumento que considera forte. «Tendo em conta a própria proposta da Comissão Eleitoral Nacional que apresentou a todos os partidos políticos incluindo a sua excelência o senhor Presidente da República a proposta de Julho ao Agosto. Logo é nessa base que foi a nossa proposta», reforçou.

Para Levy Nazaré se o Presidente da República não marcar a data das eleições para Julho ou Agosto, o país corre risco de ver aumentar a crispação. «Penso eu que é sensato para alguém que de facto quer paz, como diz, quer concórdia, acalmar a sociedade, que marque rapidamente a data das eleições para que o país possa entrar num clima sereno», concluiu..

No momento em que o Téla Nón fechou este artigo, o Cronómetro da ADI anunciava que faltam 104 dias, 23 horas, 30 minutos e 56 segundos, para se realizar as eleições legislativas em São Tomé e Príncipe.

Abel Veiga

    25 comentários

25 comentários

  1. PATRIOTA DA NAÇÃO

    8 de Maio de 2014 as 9:18

    Eu não percebi o que o secretário geral da ADI queria dizer com ««Penso eu que é sensato para alguém que de facto quer paz, como diz, quer concórdia, acalmar a sociedade, que marque rapidamente a data das eleições para que o país possa entrar num clima sereno»»
    Resumindo : A não marcação das eleições na data que os senhores da ADI quer significa guerra??
    Mesmo na luta pela independência nos soubemos conversar de forma humana com o nosso opressor (colono) salvaguardando os superiores interesse do povo Santomensse e São Tomé e Príncipe chegou a independência sem ARMAS NA MÃO
    E não se pode admitir que um grupo de gente irresponsável, com ambições desmedida e desconhecidas, esteja seduzir o povo a pratica de uma cultura de CAOS/ GUERRA para atingir os seus objectivos.
    E sendo assim enquanto Santomensse e conhecedor daquilo que uma GUERRA DE VERDADE exijo que medidas EXEMPLARES sejam tomadas o mais rápido possível.
    A ADI é um partido e não é povo absoluto destas Ilhas.
    Que São Tomé e Santo António proteja estas Ilhas destes Dinossauros

  2. Falar Verdade

    8 de Maio de 2014 as 9:18

    Julgo que a decisão legal e sensata para marcação da data de eleição legislativa deveria ser antes do dia 11 de Setembro, em detrimento entre o dia 22 de Setembro e o 14 de Outubro do ano em curso.
    Senão vejamos:
    O princípio de hierarquia das leis defende categoricamente que as leis do grau superior devem prevalecer sempre sobre as leis do grau inferior, sob pena de estamos perante a inconstitucionalidade da lei, o que poderá pôr em causa todo o processo eleitoral são-tomense.
    Fico apreensivo o facto de ter ouvido o Presidente de um órgão legislativa por excelência e mais grave ainda um jurista a defender de ânimo leve a data para realização de eleição legislativa entre o período compreendido de 22 de Setembro a 14 de Outubro, sabendo de antemão que a nossa lei mãe reza o contrário.
    Pelo exposto, sou de opinião que o interesse coletivo ou nacional deverá sempre sobrepor contra os interesses individuais.
    Abaixo a República das Bananas!

  3. Cidadão

    8 de Maio de 2014 as 9:49

    Olha outro a falar de cronómetro!!! Sinceramente! Isto é uma rede grande! Quem é que está neste país, que não sabe que esta é máfia dos bandid… da tróica??!!!! Até o cidadão comum sabe de tudo! Estiveram neste fim de semana em Favorita e no Mouro da Trindade a combinar para o presidente da República adiar as eleições para Outubro! Isto é uma praga!! Autênticos criminosos!! Se o PR for nessa, então é melhor esquecer esse país!!

  4. Blangadesh

    8 de Maio de 2014 as 12:54

    Tive o cuidado de pela primeira vez visitar o site da ADI (adi digital) e por acaso ví o cronometro a contar! E já só faltam 104 dias para as eleições em São Tomé, e pelas minhas contas faltando 104 dias quer com isso dizer que as eleições teriam lugar numa QUARTA FEIRA. ISSO É QUE SE CHAMA MESMO UM DESNORTEO, ou coisa do Islão, Islamista. Quando as leis da República definem que as eleições devem ter lugar somente e só se aos domingos.

    Certamente que quem controlou esse cronómetro foi o Elísio Teixeira e bem tomado como sempre fica(Flá Cué).

  5. zeme Almeida

    8 de Maio de 2014 as 13:17

    O poder é mesmo saboroso está mais claro que evidente.O melhor de tudo isto,e que todos sabemos de tudo que tem um principio,tem um fim.Apesar de fazerem de tudo para permanecerem por mais tempo no poder,está mais que evidente, que os troikácanos vao pra casa.Haver vamos

    • mandja

      13 de Julho de 2014 as 19:51

      E você Zeme, para aonde é que vai se pousar? O q é q conta fazer de melhor q os “troikanos” , para STP? Já tem algum projecto concreto, útil e Bom para o país, ou então faz parte dos que criticam à toa, sem propor alternativa….Afinal, é o modo de agir dos militantes da ADI, para tentar détstabiliser, manipular e criar confusão nos espíritos de alguns indivíduos, para q haja polêmica no momento das eleições, pois q o secretario e o líder da ADI querem provocar distúrbios entre políticos e a população, em suma em STP…para chegarem aos seus fins REINAR. Não pode ser, não votem para individuos inúteis ao país, tenham coragem e boa vontade. O povo vence se está unido.”…um povo unido jamais será vencido”!

  6. Miaker

    8 de Maio de 2014 as 16:03

    “Não senhor Levy Nazaré
    Não Patrice Trovoada
    Não ADI
    Não, Violência Não
    Bé nacê,camian nancê bi fô ,
    Cu tudo cuá nancê,
    Cu tudo plaga nancê
    Não,inó, inó êê”

  7. Anzol sem isca

    8 de Maio de 2014 as 18:44

    Toda essa conversa ameaçadora e de mau gosto revelam que secretário-geral do ADI está deveras preocupado com adiamento das próximas eleições por mais alguns dias.

    Será politiquice, ou há prazo a expirar?

    Pois, se pode haver motivos razoáveis para eleições antecipadas, do mesmo modo, as eleições podem ser adias por mais alguns dias. Não há inconveniente nenhum, vejamos:

    A antecipação ou adiamento das eleições por alguns dias nunca põe em causa o desenvolvimento de São Tomé e Príncipe, como também nunca pôs em qualquer outro país democrático.

    O que efectivamente tem posto em causa desenvolvimento de STP, é a falta de consciência, a incompetência, o baixo nível intelectual de cidadão, a falta de escrúpulo, o orgulho e oportunismo de rápido enriquecimento ilícito, de políticos que são eleitos para nos representar e que têm governado nosso País.

    Temos que admitir que o ADI está preocupado com a expiração do prazo com que seu chefe se comprometeu para fecho de um dos tais negócios que alimenta e sustenta a faustosa e confortável vida do chefe e sua família fora de São Tomé e Príncipe, enquanto os militantes mais próximos vão aproveitando migalha, a espera de melhor oportunidade.

  8. Francisca CL

    8 de Maio de 2014 as 20:38

    As eleições terão que se realizar no dia 27 de Julho ou 3 de Agosto ou 10 de Agosto, “nem que isso tenha que custar a vida de alguns”…não é sun Levy…ê sa kada kua

  9. Deus o Poderoso

    9 de Maio de 2014 as 8:48

    Podem adiar as eleições, para Setembro, Outubro, Novembro ou raio que queiram.. Podem combinar, fazer truques como quiserem, mas uma coisa é certa: a vossa sentença está feita e destinada. É como a morte!!! Vão para casa duma vez para sempre, ámen…para que esse país possa respirar de alívio. Ímpios do raio!!

    • trindade

      11 de Maio de 2014 as 6:50

      Os maiores ímpios são vocês da ADI. Em dois anos de Governação fizeram o que nunca se viu em STP. Tudo as escondidas e falta de prestação de contas!!! Até o vosso chefe está escondido em Portugal em nogócios sujos… Não vem a STP porquê? O nosso país estava a caminhar par pior do que a Guiné Bissau. Eleições em Julho ou Setembro que seja. Não será por aí que alguma coisa vai se alterar. A única alteração será a presença do Patrice Trovoada com a intenção de vir mandar em todos nós através de negócios sujos! Demore o tempo que demorar esse gajo irá ser apanhado para libertarmos um grupo de jovens seguidores das garras desse mafioso.

  10. Cascavel

    9 de Maio de 2014 as 8:55

    O Senhor Anzol sabemos que o senhor é daqueles corruptos que está cá neste espaço disfarçado de Anzol! O senhor é outro que terá o seu destino, nem o senhor, nem o seu PCD! o senhor vai deixar de pescar com o seu anzol o pouco que este país recebe da ajuda dos nossos parceiros! Seu ban…

    • quintal grande

      11 de Maio de 2014 as 7:01

      Vocês conhecem sempre os bandidos. Vocês são sempre os mais honestos! Só que vocês tiveram azar, porque o vosso líder incontestável é uma pessoa que vocês não sabem o que faz, nem onde encontra dinheiro que vos sustenta. Estou curioso para saber o que será da ADI quando o Patrice Trovoada cair em desgraça!!! Porque um dia esse “play boy” que não trabalha irá ser confrontado com a fúria dos seus próprios apoiantes, quando estes descobrirem que o seu líder não passa de um indivíduo pouco transparente! Que ganha a vida em negócios escuros! Acredito que um dia o Levi Nazaré vai pedir desculpas ao país por essa cegueira que manifesta em relação ao seu chefe supremo Patrice Trovoada.

  11. Equilibrado

    9 de Maio de 2014 as 9:20

    Meus senhores, o que se pôde até agora ver e ouvir, são as opiniões dos actores políticos deste país, relativamente a data das eleições. A marcação da data das eleições é da competência exclusiva do sr presidente da república. Ele apenas andou a ouvir os partidos políticos e alguns dirigentes, para ter uma opinião final. Mas acredito apesar de tudo, que o senhor Dr. Manuel Pinto da Costa, enquanto presidente da República, não se deixará influenciar por qualquer que seja a manobra ou opinião propositada, para que as eleições tenham lugar num dia ou mês que prejudique o seu sucesso ou que fira grosseiramente a constituição. Porque felizmente temos vindo a realizar eleições desde os anos 90 e até agora sabemos quando e como se tem feito as eleições. Creio que o presidente da república irá respeitar as sugestões, quer do ponto de vista da constituição quer dos outros aspectos exógenos que poderão ajudar no seu sucesso e no futuro do próprio país!

  12. Feijoada

    9 de Maio de 2014 as 10:28

    Vejamos meus caros compatriotas, se o mandato do governo termina em agosto, logo o Presidente deverá propor um governo de gestão até Outubro ou mesmo novembro ou seja até as Eleições. Acho até melhor. Os Troikanos que querem vandalizar este país e todos nós já sabemos quem são eles, poderão ver as coisas saírem do lado oposto… Cuidado com Pai Grande. Não se esqueçam que o partido mais preparado para essas eleições é UDD. A verba vem de China Popular ( Pinto da Costa) e da China Taiwan para Gabriel. Cuidado que UDD pode vir surpreender muitos e uma possível coligação com ADI se ganhar… MLSTP, PCD, MDFM jamais ganharão eleições em STP. O povo já conhece as manobras e enriquecimento ilícito dessa equipa dos J. dos D. e dos F., fui

    • cobra preta

      11 de Maio de 2014 as 7:06

      Não tens vergonha, parece-me que queres ter o país em que os governantes sejam cúmplices de pirataria e tráfico de drogas no Golfo da Guiné, e em particular nas nossas águas. Talvez isso te alimenta!!! Fui

  13. boa ideia

    9 de Maio de 2014 as 13:53

    “Logo se em 2010 os deputados tomaram posse no dia 11 de Setembro, logo a legislatura termina no dia 11 de Setembro o que significa que as eleições devem realizar-se antes de 11 de Setembro”. Esta frase é a mais certa, pouco importa quem a tenha expresso. A minha pergunta é : por que é que cada legislatura não inicia num só dia determinado de 4 em 4 anos , ou seja, no dia 11 de setembro? Ou uma outra data que seja consenso e fique plasmado na Lei eleitoral, como se observa em alguns países do mundo, como nos EUA. De 4 em 4 anos todo o povo residente ou não residente sabe( torna-se uma cultura)que a data x é a da eleição legislativa e a da autarquica, de 5 em 5 ano a data z é a da presidencial.
    A lei tem de ser clara e não deve conter dúvidas. Assim, todo o processo eleitoral seria desencadeado antecipadamente para que no dia 11 de setembro tome posse deputados da nova legislatura. Não há razão nenhuma para que esse plano não seja realizado…obrigado.

  14. nelson santos

    9 de Maio de 2014 as 18:11

    tenho mta pena de mtos jovens k somos e k n tamos a enchergar ou n queremos enchergar k este senhor(LEVY NAZARÉ)quero poder,quero estar no podio.

  15. Anzol sem isca

    9 de Maio de 2014 as 22:05

    Compatriota Cascavel.

    “fala dá ku bêtô caçô vijdan bana labu”

    Gostaria de lhe informar que utilizo o pseudónimo por receio de perseguição aos meus entes mais queridos e íntimos familiares que ainda vivem em S. Tomé e Príncipe, tal como já fui vítima dos ditos políticos governantes, motivo que forçou-me a viver na Europa (diáspora) onde na luta pela sobrevivência, a pá e picareta, colher de pedreiro, pá, nível, régua e fio-de-prumo, por último pequeno empresário, passei para reformado.

    Se achas que este cidadão é corrupto porque escreveu o que pensa, problema é teu.

    Mas aproveito o direito a contraditório que me assiste para rejeitar e devolver-lhe o termo “corrupto”, quem sabe se quem diz o é? Porquanto a experiência nos diz que “ melhor guarda é sempre o melhor ladrão “ e não só, na nossa terra é costume dizer:
    “ladron só ká concê fitxicêlu, punda inem dôçu só ca nda notxi”

    Quem faz afirmação do seu palpite não pode ser tido como pessoa séria, será o seu caso? Vejamos:

    Sou Santomense de gema mas tenho nacionalidade portuguesa, nunca pertenci a partido nenhum, a minha política sempre foi de trabalhar, estudar, dar educação e formação universitária aos meus netos e mais de 80% dos 14 dos meus legítimos filhos, aos mais de 80 anos de idade, não sinto motivado para filiar ou ser simpatizante em partido nenhum.

    Acidentalmente tenho ido gozar minhas férias no nosso maravilhoso País. Até aqui não sei explicar o porquê de quando daqui parto e viajo cheio de ansiedade e durante a estadia vivo com satisfação e muita alegria mas no dia de regresso fico envolvido de tristeza a pensar na oportunidade para a próxima visita.

    Aqui vivo com pensão de reforma há mais de 15 anos, sinto-me feliz e realizado e sem qualquer ambição devido a excesso da idade, só desejo que os meus restos mortais fossem sepultado na terra onde me viu nascer e crescer.

  16. kaikonena c.dias da graça

    10 de Maio de 2014 as 13:54

    Muito bem SR.LEVY NAZARÉ, quem ti viu quem ti vê!?….
    Tas bonito!!……

  17. arelitex

    11 de Maio de 2014 as 15:49

    senhor Levy Nazaré . nâo queira pôr a carroça á frente dos bois , aprenda a ter calma , nem queira fazer do povo STP , um povo nervoso ,nem queira inverter as coisas ( porque você é que está nervoso ) . porque naturalmente nâo é um povo nervoso . porque se fosse um povo nervoso , vocês políticos já há muito tempo , que nem se via o vosso rasto , tinham que fugir da ilha a nado ,porque nem tempo tinham de apanhar o avião . ( durante todos estes anos de independencia . só se viu da vossa parte ( políticos no geral ) roubo e incompetência . nâo tenho problemas nenhuns em tirar o chapéu , se vir que você trabalha com rigor e competência ( independentemente do seu partido ) . até agora ainda nâo vi declarações suas com pés e cabeça . as suas declarações chegam a ser mal intencionadas e sem sentido .

  18. truquim sundeçu

    12 de Maio de 2014 as 15:38

    Caríssimos compatriotas, com todos esses dizer ficamos afinal de contas sem saber o que passa e o que os homens querem, mas nem toda gente fica assim despercebidos.
    Eu vi 3 estudantes na nossa praça de independência, a refletirem sobre situação do pais, como errão aparentemente moços de 15 á 16 anos eu nem queria ouvir o que estavam a dizer.
    Eles dizia o seguinte:
    Guilherme, o nosso país dentro em breve vai sair dessa marasma. O Patrice trovoada esta a vir de novo povo vai aliviar, outro respondeu , nessa terra só Deus,
    Escuta João, qual dos que vão melhorar esse país?
    MLSTP Significa melhores Ladrão de S. Tomé e Príncipe, MDFM Significa Mafiosos Democráticos de Fradique de Meneses PCD Partido que come dinheiro PPP partidos de parvos e palermas UDD união de doidos e demónios ‘e eu entrei na conversa e perguntei o moço que tão inteligente interpretava os partidos do nosso país, e o ADI, ele riu e me disse pelas sua obras conhecereis, o senhor próprio já disse ADI significa Ação do Diabo no inferno. Portanto o nosso país só com Guerra de Armagedon

  19. SEABRA

    14 de Maio de 2014 as 12:59

    …quer realmente combater? fazer a guerra? Và, hà muitos paises que precisam de gente como você para combater, jà que lhe falta o sangue…começa pelo seu e o dos seus proximos!!!
    Quero dizê-lo apenas uma palavrinha” gente irresponsàvel como você, nunca devem confiar um posto de envergura”, porque suscita e induz os outros ao êrro.Atençao, do que diz!

  20. eduardosantos

    27 de Maio de 2014 as 7:29

    Pimenta no olho dos outros é refresco. STP ESTA EM CIMA DE UM BARRIL DE POVORA, ninguem disse nada. Pátria ou morte expressão em Cuba, ninguém argomenta. Que tipo de gente somos nós enquanto os inteligentes caminham todos dias para céu vocês caminha para inferno. Bem haja.

  21. Sama Bobô

    26 de Junho de 2014 as 13:12

    ESTÚPIDOS! Andam a brincar com coisas muito sérias. O Pinto da Costa há de mostrar vos. Podem criticar Patrice, Levy e outros do ADI. Esperemos pra ver! Sou apenas simpatizante do MDFM.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo