Destaques

Pinto da Costa visita República Popular da China  

O Presidente da República, deverá deixar São Tomé nesta sexta – feira, para realizar a primeira visita a China Popular, depois de ter sido eleito Presidente em 2011. Uma visita de carácter privado, apurou o Téla Nón, com base na resolução da Assembleia Nacional aprovada por unanimidade no dia 29 de Maio, que deu assentimento ao Chefe de Estado para se ausentar do país, em visita privada a China Popular.

A cidade chinesa de Xangai, é segundo a resolução da Assembleia Nacional, o primeiro destino de Manuel Pinto da Costa.

Pinto da Costa é o primeiro Presidente de São Tomé e Príncipe, que vai pisar o solo da República Popular da China desde o ano 1997, altura em que Pequim cortou as relações diplomáticas com São Tomé e Príncipe, por causa do reconhecimento pelas autoridades são-tomenses de Taiwan como Estado soberano.

A reaproximação de São Tomé e Príncipe e a China Popular, ganhou dinâmica com o regresso de Pinto da Costa ao poder. No ano 2013, a Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Natália Umbelina, acompanhada pelo assessor diplomático de Pinto da Costa, Paulo Jorge, liderou uma delegação são-tomense que visitou Pequim.

Alguns dias depois da visita da Chefe da Diplomacia são-tomense a China, foi inaugurada na capital são-tomense uma representação de ligação comercial entre São Tomé e Príncipe e a China Popular. Foi em Novembro de 2013. A representação de ligação, funciona no edifício da antiga embaixada da República Popular da China em São Tomé.

A viagem em sigilo da Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação à Pequim(sem qualquer anúncio nos órgãos de comunicação social), gerou especulações que apontavam para o início do rompimento das relações com Taiwan. As autoridades são-tomenses, desmentiram tais especulações, e anunciaram que privilegiam as relações diplomáticas mantidas com Taiwan desde 1997, a par do incremento das relações comerciais com a China Popular.

Ainda em Novembro de 2013, Gabriel Costa Primeiro ministro e Chefe do Governo , visitou Taiwan. Uma demonstração de que as relações com Taiwan estão vivas, garantiu ao Chefe do Governo nas audiências que teve em Taipei. Em Janeiro de 2014, o Presidente de Taiwan Ma Ying –Jeou respondeu ao convite formulado por Pinto da Costa e visitou São Tomé.

Uma visita que permitiu fortalecer e relançar a cooperação bilateral, com novas áreas de intervenção.

O Téla Nón apurou que nos últimos dias, a diplomacia são-tomense manteve encontros com a embaixada de Taiwan em São Tomé, para aliviar alguma preocupação gerada com a notícia da visita privada de Pinto da Costa a República Popular da China.

Pinto da Costa ainda não visitou Taiwan na qualidade de Presidente da República. Nos próximos dias estará em Xangai, China Popular com carácter privado.

Abel Veiga

    23 comentários

23 comentários

  1. Eu também sou filho da terra

    5 de Junho de 2014 as 5:15

    Acho bem que o Presidente da República visite República Popular da China (RPC). Uma coisa nada tem a ver com a outra. O facto de STP ter optado pelo estabelecimento de relações diplomáticas com Taiwan, isso não impede que o cidadão Dr. Manuel Pinto da Costa visite RPC. Na minha opinião, à semelhança de muitos países, STP devia manter relações diplomáticas com a RPC e estabelecer relações comerciais com Taiwan, e não o contrário. Não nos esqueçamos que a RPC muito ajudou STP no início da independência. Quem não se lembra do passado, também se esquecerá do presente, e hipotecará o futuro porque perderá a confiança de velhos e novos amigos.
    Boa viagem Dr. Manuel Pinto da Costa

  2. Eterno Madiba

    5 de Junho de 2014 as 7:28

    Quem tudo quer, tudo perde.

  3. Mria Madre Deus

    5 de Junho de 2014 as 7:51

    Embora privada, esperemos que algum benefício venha no sentido de contribuir para aliviar o sofrimento do povo e não aquela que temos e que só serve para promover a corrupção.

    • Ze Konder

      5 de Junho de 2014 as 11:39

      Quais lá privada? Quem paga o bilhete de passagem? Vocês acreditam nisto. São-tomenses acordem. Lembram das visitas privadas do Patrice? De viajar 52 vezes num ano, era tudo privado. E agora que ele foi, quem está pagando? Nós, o povo são-tomense. Divida ficou. Portanto, não caiam nesta, pergunte aos que trabalham no Tesouro e Património quanto vamos gastar agora com está visita “privada” do cidadão Manuel Pinto da Costa a China?

      • Atento ao Dossier

        5 de Junho de 2014 as 21:00

        Não vamos gastar nada,há um “AMIGO”,que vai pagar tudo
        e ainda vai oferecer uns presentes.

  4. arroz podre

    5 de Junho de 2014 as 8:11

    Téla Nón, o Presidente Pinto da Costa irá visitar a China Popular como um cidadão comerciante e não como Presidente de São Tomé e Príncipe (visita privada). As entidades Chinesas (Presidente da China, Governo e Parlamento)não sabe que um Presidente encontra no seu território, mas sim um cidadão santomense.
    Nem todos os Deputados sabem que Pinto da Costa irá viajar. A autorização foi dada na conferência de Líderes sem consentimento dos Deputados.

  5. .A. Gomes

    5 de Junho de 2014 as 8:11

    Bem vindo China Popular
    Mas Muito Bem Vindo Taiwan
    O povo santomense jamais esquecerá a amizade que une os povos de S.Tomé e Príncipe e a República de Taiwan.
    Estamos muito gratos com o que têm feito em vários domínios no nosso país. Se hoje estamos a viver um pouco livre de paludismo, é graças a Taiwan.
    Por isso volto a dizer, Bem vindo relações comerciais com a China, mas Muito Bem Vindo a nossa relação com Taiwan.
    Viva o povo e o Governo de Taiwan
    Bem Haja o povo santomense
    Gomes

  6. amizade stp-rpc

    5 de Junho de 2014 as 10:17

    Viva a amizade China Popular/S.Tomé e Príncipe.
    Viva a amizade Taiwan/Stomé e Príncipe.
    Viva Povo de S.Tomé e Príncipe.
    Para que VIVA o desenvolvimento de S.Tomé e Príncipe.

  7. Mé Zemé

    5 de Junho de 2014 as 10:24

    CITAR A NOTÍCIA:
    “Pinto da Costa ainda não visitou Taiwan na qualidade de Presidente da República. Nos próximos dias estará em Xangai, China Popular com carácter privado”.
    Em três anos de mandato, ainda não foi para o país (Taiwan) que é a nossa galinha do ovos de ouro, vai de visita para China Popular. Que ilações a tirar deste comportamento do PR?
    Será que ele não se sente bem com a nossa cooperação com Taiwan? Todo esse benefício que Taiwan nos tem dado nos anos todos que cá estão, em especial a quase erradicação do paludismo, mesmo assim não merece mais atenção do PR?…arranja uma forma de ir a China popular primeiramente e não vai a Taiwan…Acho esse comportamento mau para o relacionamento que temos com Taiwan. Embora, os membros do governo já tenham ido por diversas vezes a Taiwan, a questão é que, arranjaram uma forma de aproximar a China Popular e lá vai o PR visitar, Taiwan, nada. Porque Será???

  8. Antonio Sampaio

    5 de Junho de 2014 as 10:25

    Quando é uma viagem privada, o Sr Pinto da Costa pode fala em nome do país?
    Boa praia

  9. Fernado Castanheira

    5 de Junho de 2014 as 11:11

    DEixem de truques e deixem o homem trabalhar. As eleicoes estao proximas quem quizer pode candidatar. este momento ele e Presidente da Republica e deixeam de ser cegos.

  10. luisó

    5 de Junho de 2014 as 11:39

    Se é de carácter privado então não vai representar ninguém. Ainda há pouco tempo foi a Portugal em privado para consultas médicas e ninguém lhe pôs os olhos em cima.
    Quer dar-se bem com Deus e com o Diabo e pode acabar mal.
    E já agora: se é em privado quem vai pagar as viagens dele, da Umbelina e do Pajó acrescidas das despesas de logística e não só?
    Alguém me pode responder, em privado?
    Enfim, mais do mesmo.

  11. Jorge Alberto

    5 de Junho de 2014 as 11:54

    Trata-se de uma aproximação, refletida e com muita ponderação diplomática do Presidente da República de STP à um país, hoje líder no comércio mundial e, ainda mais, membro permanente do Conselho de Segurança da ONU.
    Dispenso demais comentários porque é possível calcular fácilmente a relação custos/benefícios.

  12. santola

    5 de Junho de 2014 as 14:30

    Boa Viagem ao nosso Presidente, Saudações de STP para RPC.

  13. Decepcionado

    5 de Junho de 2014 as 15:15

    Não é só o sr presidente da República que deve e tem necessidade de viajar dentro de uma agenda. Qualquer cidadão deve ser livre de programar as suas acitidades. O problema é que só o sr presidente sabe a data das eleições´, por isso vai quando quiser e onde quiser. Há muitos cidadãos que querem saber quando serão as eleições para poderem programar as suas atividades: viagens, férias, etc. O presidente deve facilitar vida ao cidadão e não lhe complicar como tem feito protelando a marcação da data das eleições. A sua viagem privada para tratar da sua saúde ou coisa de género e de lá aproveitar para a margem dela tratar de assuntos de interesse nacional é sempre bom. Mas toda a gente tem o direito enquanto cidadão que vive num país democrático, de saber a data das eleições… Portanto marque as eleições que é uma competência sua!

    • luisó

      5 de Junho de 2014 as 16:24

      Mas quais eleições?
      Vai haver mesmo?
      Será?

  14. ambrosio quaresma

    5 de Junho de 2014 as 15:36

    Palhaços.

  15. Saudoso Francisca

    5 de Junho de 2014 as 17:02

    Porquê gastar-se tanto dinheiro com esta comitiva presidencial, visto tratar-se de uma visita privada, que benefícios trarão para STP? Precisa-se de mais esclarecimentos, quando os bilhetes e os subsídios são financiados pelos cofres do estado, porquê que o PR não pede férias.

  16. mangungu

    5 de Junho de 2014 as 20:41

    Diplomaticamente nao ‘e cortez. Veja bem que ultimamente o Pr do taiwan esteve em Sao tome. E esta visita do pai grande deveria ser ao taiwan e nao China.
    Esperemos que taiwan nao decida romper a cooperacao.

  17. Eusebio Neto

    6 de Junho de 2014 as 17:22

    Parabéns ao PR Pinto da Costa,

    Uma saudação extensiva a Assembleia da Republica por autorizado essa importante visita. Frutos dela chegarão ao pais muito em breve. Se os santomenses precisam da ajuda de Taipe, não tenho quaisquer duvidas que a Republica Republica Popular da China merece toda nossa gratidão por tudo que fez por nos antes e durante apos depois da independência nacional. Não ha melhor forma para demonstrarmos essa gratidão se não através de laços fortes de amizade e cooperação entre os nossos dois povos.Por isso um muito obrigado ao Dr. Manuel Pinto da Costa por essa corajosa e importante iniciativa. Viva o Povo Santomense.

  18. H.Vaz

    8 de Junho de 2014 as 18:23

    Pois seria muito bom China retomar as cooperaçoes com S.T.P visto que actualmente ser umas das maiores potencia e se temos Palacio dos Congressos considerado maior Edificio em Sao Tome na epoca de cooperaçao entre China e STP naquela altura, hoje entao com evoluçao eles podem fazer muito mais em relaçao a Taiwan que ja esta muito tempo e quase so da dinheiro alimentando o prazer da corrupçao julgo eu

  19. terra dos outros

    10 de Junho de 2014 as 15:13

    Força Drº Pinto da Costa queremos mais empregos já estamos fartos de receber nas mãos do partido abaixo mencionados as quantias Dbs. 40.000.00 à 150.000.00 que o nosso Partido (ADI) nos dá; homens brutos eles oferecem viaturas de luxos, mais dinheiros para paralisar o MLSTP/PSD,PCD e MDFM. VIVA MLSTP/PSD/PCD,
    E nós povo pequeno, queremos trabalhar para sair deste impasse.

  20. Sama Bobô

    15 de Junho de 2014 as 10:02

    Cuidado! Quem tudo quer, tudo perde.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo