Política

MLSTP : Pinto da Costa medeia crise entre facções desavindas

Manuel Pinto da Costa, primeiro Presidente e membro fundador do MLSTP, regressou na tarde de quinta – feira a sede do MLSTP no bairro do riboque, para tentar aproximar as duas principais facções, que nos últimos meses endureceram as suas posições, gerando uma crise de identidade que põe em causa o futuro político do partido.

O actual Presidente do MLSTP Aurélio Martins, acompanhado pelos seus vice Presidentes, com destaque para o vice-presidente Osvaldo, sentaram num lado da mesa, e Guilherme Posser da Costa, ex-Presidente do MLSTP, acompanhado por outros militantes que se auto-proclamaram como sendo “grupo de revitalização”, posicionaram-se no outro lado da mesa.

O mediador, Pinto da Costa,  presidente fundador do MLSTP, ficou no centro, ou melhor na cabeça da mesa.

A reunião que pretendeu eliminar as divergências que separam os dois lados em contenda política iniciou às 15 horas de quinta – feira e avançou por noite dentro.

Segundo um porta voz da reunião, o encontro promovido por Pinto da Costa, visa abrir caminho, para que o MLSTP se una, e se encontre com a renovação, a revitalização e a modernização.

Um comunicado que reflecte os resultados da primeira reunião de concertação entre os camaradas desavindos do MLSTP, deverá ser emitido nesta sexta – feira.

Abel Veiga

    11 comentários

11 comentários

  1. Carlos Pedroso

    23 de Novembro de 2017 as 23:38

    Espero que SOLUÇÃO/RESULTADO seja a urgente realização um CONGRESSO.
    O vosso partido precisa ter um novo Lider “mais LIDER”,para reestruturar as estruturas do distrito já.
    Com Aurelio Martins voces nao ganham eleições porque ele está metido com Patrice Trovoada até o pescoço.
    E Patrice tem interesse que ele esteja la.
    Por isso vos aconselho :
    CONGRESSO.

    • Martelo da Justiça

      24 de Novembro de 2017 as 12:14

      Perante a governação desastrosa do ADI, chefiado pelo seu líder Patrice Trovoada e uma oposição fraquíssima do maior Partido da oposição, começo a acreditar na tese de que o Presidente do MLSTP Aurélio Martins esta a fazer o jogo do Patrice Trovoada para enfraquecer o MLSTP. Por outro lado, é notória a incompetência, falta de habilidade politica, falta de estratégia e ausência de carisma do Aurélio Martins, que o coloca como um Líder que não está a altura de dirigir um Partido Histórico como MLSTP, muito menos vir a fazer uma governação seria do Pais. Daí que o MLSTP terá necessariamente que encontrar um novo Líder. Eu não estou a pensar nos antigos lideres do MLSTP que apesar de alguns deles serem pessoas competentes, não fizeram uma governação séria se tivermos em conta alguns casos de corrupção verificados no seio do Partido e da Governação. Temos que por termo aos responsáveis políticos que vão para a governação mais para resolver os seus problemas pessoais e do grupos. Tem que se encontrar novas caras, de pessoas com competências reconhecidas imbuídas de vontade de fazer uma governação para por fim esta onda de corrupção e má governação para se mudar o atual paradigma.

  2. Toussaint L'Ouverture

    24 de Novembro de 2017 as 1:20

    Com adversários como este, Patrice Trovoada não precisa de amigos.

  3. Original

    24 de Novembro de 2017 as 7:56

    Com Aurélio Martins,MLSTP será cilindrado por Patrce e é o que ele quer.Aurélio não tem carisma.Na minha opnião só existe 3: Maria das Neves, Guilherme Posser e Rafael Branco.
    Estes não são santo no altar mas comparado com o actual 1º Ministro, prefiro um deles.

  4. Congresso é que sabe

    24 de Novembro de 2017 as 9:27

    Obrigado Pinto da Costa. O actual presidente do MLSTP bem como os seus seguidores têm que compreender que o Congresso é a melhor forma para se esclarecer sobre a liderança do Partido. Ou o Sr. Aurélio Martins continua ou se elege um outro. Mas pelo andar da corroagem é melhor que seja outra figura, isto porque com a actual direcção é só derrotas até ao desaparecimento completo do MLSTP.

  5. sotavento

    24 de Novembro de 2017 as 11:27

    A ver se os gurus do MLSTP sao capazes de mudar o rumo deste partido porque o actual lider nao tem estofo para liderar… em frente MLSTP

  6. Crer para Ver!

    24 de Novembro de 2017 as 12:30

    Por AMOR e RESPONSABILIDADE que o MLSTP tem ao povo”Santomense” e a estas ilhas maravilhosas, o Deus do universo proverá junto de homens e mulheres deste partido histórico, encontrem a solução ideal para ultrapassar e extinguir essa crise interna dentro do partido. Parece que não, mas quando o MLSTP se divide e fragmenta, o país”STP” tambem fica DIVIDIDO. Logo, ja não mais saida, é agora ou vai ser carta fora do barralho!
    Bem haja!

  7. Maria de Fátima Santos

    24 de Novembro de 2017 as 15:52

    Que o MLSTP finalmente acorde deste descanso que já parecia eterno. Que a atual liderança reconheça o seu fracasso e com humildade permita a mudança de rumo do partido para o bem da nação. É urgente acabar co o estado de coisas que se vive atualmente em STP. Falo especificamente da ditadura, da falta de liberdade, enfim conquistas duramente alcançadas no passado que é difícil vê-las fugir sem fazer nada. CHEGA!!!

  8. Bem de S.Tomé e Príncipe

    24 de Novembro de 2017 as 16:15

    Mlstp/Psd com problemas, em crise e dividido, significa São Tomé e Príncipe dividido, com problemas e em crise, porque é partido histórico e tem no seu seio mais quadros competentes e com experiência.ADI sabe disto. Só que este partido quer que Aurélio permaneça para tirar proveito.Aqueles do MLSTP que não querem unir, ou seja, não querem que Aurélio aceite o Congresso, não querem que o partido ganhe eleiçoes no próximo ano.Está visto e claro, Aurélio não é competente para estar à frente do partido.A maioria da sondagem feita, já confirmou.

  9. Tony

    25 de Novembro de 2017 as 19:46

    Pois, trata se de um partido importante , que esteve na génese da nossa independência.

    Passaram mais de 40 anos, e estamos como estamos, isto é, na miséria e com Patrimonio destruído, e ainda este partido tem como candidatos os nomes que causaram este resultado. Será que não existem outras opções com outras visões, talvez com capacidade de rejuvenescimento do partido, ou ficamos na mesma, muda a cor, mantém se a miséria.

    Não estou a defender o actual governo, agora soluções que não mudam o curso e não cortam com os hábitos de mais de 40 anos de governação, é chover no molhado, ficamos na mesma.

    Obrigado

    Fui

  10. Manuel Vicente

    26 de Novembro de 2017 as 14:53

    Sem duvidas que tudo indica que a actual direccao do mlstp nao confronta o Patrice. Quando o Aurelio parece criticar o Patrice este aceita a critica como parte do jogo. Há muitas evidencias para se pensar assim. Analisem também o comportamento do Osvaldo que nao quer perder o tacho na Enco e os Ninos e a cervejaria da Rosema. Todos fazem, querendo ou nao, o jogo da divisao do Mlstp.

    Tem que haver uma estratégia do Mlstp para promover quadros jovens. Enquanto nao se tem essa estatégia e ela nao dá frutos, o mlstp deve jogar no seguro e utilizar quem está preparado e tem experiencia suficiente para ganhar as proximas eleicoes. Dos 3 que o ORIGINAL aponta acho que a Maria nao dá. Ela joga e tem estado a jogar muito. O Posser é bom mas é menos politico que o Rafael. O Rafael Branco deve ser a melhor aposta se nao surgir de imediato uma outra cara com o perfil necessário.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo