Política

 MLSTP: Crise agudiza-se vice-presidente bateu com a porta

Osvaldo Vaz, vice-presidente do partido MLSTP, até a bem pouco tempo braço direito do Presidente Aurélio Martins, decidiu e de forma irreversível afastar-se da estrutura de direcção do partido.

Numa carta endereçada ao Presidente do MLSTP, Aurélio Martins em que anuncia a cessação das suas funções, Osvaldo Vaz, acusa a actual direcção do MLSTP de ser uma marioneta do partido ADI de Patrice Trovoada. «Tendo tomado conhecimento da intromissão indirecta do ADI, no funcionamento interno do partido, através de altos dirigentes do partido….», refere Osvaldo Vaz na missiva, para depois destacar as consequências  do domínio e influência que o ADI, vem tendo sobre os altos dirigentes do MLSTP.

«Venho pela presente apresentar de forma irreversível apresentar o meu afastamento no cargo de vice-Presidente do MLSTP do qual fui eleito no ultimo congresso do Partido. Continuo sendo um militante activo do partido e disposto a apoiar em tudo o que for necessário», conclui Osvaldo Vaz.

A polémica que  fez Osvaldo Vaz denunciar   que a direcção do MLSTP funciona como uma marioneta do partido de Patrice Trovoada, tem a ver com o processo de alegada tentativa de suborno aos juízes do  Supremo Tribunal de Justiça, com vista a devolver a cervejeira Rosema ao seu proprietário original, o Angolano Melo Xavier.

Osvaldo Vaz, foi acusado por Nino Monteiro, administrador da cervejeira Rosema e deputado do partido MLSTP, de ter sido um dos financiadores da alegada tentativa de suborno aos juízes do Supremo Tribunal de Justiça.

Muitas figuras da direcção do MLSTP defendem e apoiam o administrador da cervejeira Rosema, que segundo fontes do MLSTP, garante mensalmente uma verba para  o funcionamento administrativo do partido.

O Téla Nón apurou que muitos militantes de cúpula do MLSTP, incluindo alguns veteranos, beneficiam mensalmente de centenas de grades de cervejas para revenda, o que garante a estabilidade financeira dos mesmos.

Nino Monteiro, é por tudo isso, um homem forte no seio do MLSTP, ou seja, de acordo aos militantes do partido, é quem ao longo de vários anos põe o pão na mesa da família MLSTP, através da Cervejeira Rosema.

Por isso, a alegada participação de Osvaldo Vaz, na alegada tentativa de suborno aos juízes do Supremo Tribunal de Justiça, com vista a retirar a fábrica de cervejas das mãos de Nino Monteiro, para devolê-la ao empresário angolano Melo Xavier, lançou enorme tensão no seio dos tais militantes de cúpula do MLSTP.

Também em estado de tensão ficou o Presidente do ADI Patrice Trovoada, que logo após a denúncia do seu amigo Nino Monteiro na comunicação social, também  usou da palavra para  dizer justiça sobre a gravidade da tentativa de suborno dos juízes do supremo, e para defender a cervejeira Rosema, como património do deputado do MLSTP, Nino Monteiro.

Há muito tempo que rumores no seio dos militantes do MLSTP; denunciavam o domínio e subserviência da actual direcção liderada por Aurélio Martins, aos jogos políticos da ADI e de Patrice Trovoada.

Agora é o próprio vice-presidente Osvaldo Vaz, que abandona a estrutura de direcção por considerar que o partido de Patrice Trovoada, a ADI,  influencia a direcção do MLSTP.

Note-se que ainda neste mês o MLSTP deve decidir se realiza ou não um congresso extraordinário para legitimar uma nova liderança.

Leia na íntegra a carta de Osvaldo Vaz –cessação

Abel Veiga

    13 comentários

13 comentários

  1. explicar sem complicar

    11 de Dezembro de 2017 as 14:35

    Muito bem OSVALDO VAZ.
    Junte ao grupo de revitalizaçãi do partido e ganhem eleições.
    Proporciona o Congresso. Porque com o Aurelio Martins a frente do mlstp a favor de patrice trovoada nunca maidms.
    Agira dou razão ao grupo de revitalização quando dizem que fentes da direcção com Aurelio Martins está envolvido con Patrice Trovoada.
    Tudo já veio a superficie.
    Americo Barros voce tem futuro peka frente. Também é melhor fazer comi Osvaldo enquanto é tempo.
    Façam CONGRESSO rapidamente.
    Aurelio Martins é um grande TRAIDOR.
    Traiu o MLSTP Traiu os militantes do MLSTP e traiu os Santomenses.
    Osvalso Vaz junte ao grupo de revitalização e faça CONGRESSO.

  2. Original

    11 de Dezembro de 2017 as 14:37

    Osvaldo,fizeste um grande favor e falta o Aurélio Martins.
    Deixa o Partido para aqueles que são verdadeiros militantes e não cobram nada,não fazem confusão e estão por convição.Já sabia que Patrice tem metido focinho através de interesseiros,vira casacas que estão no seio do partido porque ele sabe que estando MLSTP unido será uma dor de cabeça para o seu projecto maléfico.Deixa o MLSTP em paz.
    A Maioria absoluta não vos dá certeza da próxima vitória?

  3. Martelo da Justiça

    11 de Dezembro de 2017 as 15:04

    Esse Osvaldo Vaz é um burro e não tem postura de ser dirigente de um Partido com a dimensão do MLSTP. Então só agora é que ele se apercebeu que o Patrice tomou conta do MLSTP através do NINO e do Aurélio Martins, com objetivo de aniquilar esse Partido!! Mas não é só Osvaldo. Haverá muito mais. Todo o problema é que os rapazes gostam muito de dinheiro fácil e não preocuparam em saber a origem do dinheiro que alimentava o Partido ou que recebiam, para alem de fornecimento de cerveja a alguns dirigentes da cúpula do Partido. Já la foram os tempos de almoços grátis.

  4. Soso

    11 de Dezembro de 2017 as 15:16

    Osvaldo Vaz é um bandido.
    Deveria estar preso.
    Gente como VC não faz falta ao MLSTP.

  5. Eugenio Costa

    11 de Dezembro de 2017 as 15:18

    ato normal nos partido Politicos quando o militante com cargos de chefia ve o seu nome nas acusacoes deste tipo e imediatamente fazer o que fez por cargo a disposicao de partido isso nao torna o partido mais fraco ou mais forte mas sim mais Credivel. O Pais limpo dessa infermidade saimos todos a ganhar.

  6. Nosso Dubai

    11 de Dezembro de 2017 as 16:36

    Tino tem que pagar pelo frete que tem feito a Patrice Trovoada, não de admite um militante a trabalhar para destruir o seu proprio partido. Nino vai arrepender pelo que tem feito ao nosso partido.

    Nino quer Aurélio a frente do MLSTP, para felicitar a Vitória do ADI.

  7. pumbu

    11 de Dezembro de 2017 as 17:11

    Isto esta fede demais!!! escrementos em ebolicao!!!

  8. E. Tavares

    11 de Dezembro de 2017 as 17:37

    Perante esta denuncia e o afastamento do vice presidente do MLSTP, aquele que era visto como o possivel candidato a primeiro ministro na eleição de 2018, só resta uma altetnativa a este partido o congresso para a eleição de uma nossa direção para o partido.

  9. Guida Gostosa

    11 de Dezembro de 2017 as 17:54

    MLSTP, quem te viu e quem te vê!

  10. Quidide

    11 de Dezembro de 2017 as 19:18

    Pelos vistos onde tem fumo existe fogo. Uma calamidade.. Que tristeza!

  11. Carlos Alburquerque

    12 de Dezembro de 2017 as 11:50

    Perante tanta coisa a acontecer neste país, perante as declarações politicas de uns e outros, e perante esta decisão do Osvaldo Vaz, fica claro que na verdade o futuro de S.Tomé e principe continua cada vez mais incerto. Não porque o osvaldo Vaz seja o futuro, mas porque ele faz, ou pelo menos fazia parte de direcção de um partido que se poderia apresentar como alternativa ao ADI, e ainda mais, numa altura que que a familia do MLSTP manifestou junto da população a vontade de se reunir e unificar para objectivos comuns nos pleitos eleitorais de 2018.
    Ora perante os ultimos episódios sobre a corrupção, tentativa de suborno, casos com a justiça, processos crimes e queixas contra uns de outros, e problemas internos no seio de parrtidos como o MLSTP, PCD e mesmo no seio do ADI, resume-se que o futuro de STP continua cada vez mais incerto, porque são justamente essas as tres maiores forças politicas se se tomar em consideração os resultados das eleições de 2018. Ora, porque que tambem me refrido a problemas no seio da ADI? Porque como disse alguem, não há fumo sem fogo, toda a tramoia sobre o caso rozema tem dedo de gente da ADI senão tão depresa o Patrioce não viria para o publico defendendo o Nino Monteiro da forma como defendeu. Pode ter dedo da ADI também porque ao que consta a rozema tem uma elevada divida com as financas publicas e que esta a ser protelada por conversas de corredor entre Nino e as lideranças da ADI.
    Por tudo isto, e porque estamos perante uma Assembleia Nacional (Parlamento)em que mais de 80 por cento dos deputados são considerados corpo presente, limitando-se a levantar dedos para votar, o que o povo ja se apercebeu e não esta disposto a repetir a experiencia, conclui-se que estamos perante um cenario vazio em termos de oportunidades politicas, ao menos que na verdade a tal coligação MDFM-UDD se apresente em publico com programas concretos e alternativas concretas que possam ser analizadas pelo povo e depois escrutinadas. Aliás, em termos de figura, como se tem falado de que o dr. Carlos Neves podera ser o lider dessa nova coligação, tem-se que admitir que Carlos Neves tem de facyo postura e presença para ser lider e também para eventualmente vir a ser um primeiro ministro, já que parece não haver registo de casos que o envolvam pela negativa.
    Resumindo, o Osvaldo Vaz fez bem em querer distanciar-se do seu MLSTP em que ele acha que possa ter conluios com ADI e Patrice Trovoada. No entanto, fica a duvida, se ele é membro ou foi até a bem pouco tempo membro da direcção do MLSTP, porque só agora esta decisão? Será porque ao nivel da justiça o caldo esta a entornar em seu desfavor? Ou será porque ele acha que houve fuga de informação no seio do proprio MLSTP?
    A ver vamos, pois o tempo dirá!

  12. Maria que sabe

    12 de Dezembro de 2017 as 15:34

    Osvaldo Vaz vem fingir agora, demitindo-se para culpar o outro. Mafioso! Ele fazia parte da cupla. Por isso induziu o Aurélio a declarar-se inapto para assumir a pasta de Primeiro Ministro. Ele (Osvaldo) nunca seria um bom Primeiro do país, e ainda em representação de um partido como MLSTP. Não tem postura, nem voz, nem estatuto. Isso é que era bom! MLSTP ficou transformado em bobo de danço. Eu estava a ver no meu xixi essa história, tê hola za. O tempo é um santo remédio! Acreditem! Minha gente, desde das eleições directas (do partido) que falcatruaram a vitoria. O que nasce torto morre torto. Está na lenda! Tinham a vontade tremenda em acabar, aniquilar completamente o partido na companhia de Patrice e ADI.Falta de amor próprio! Desterrados e desgraçados!

  13. Reflexão

    13 de Dezembro de 2017 as 16:38

    Enquanto o MLSTP não organizar novas caras com gentes modestas e experientes com novos dinamismos, sem interesses apenas pelo poder mas sim de governar para a salvaguarda da vida desta população, jamais triunfará. E daí quem irá vencer as próximas eleições?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo