Política

Manifestação exaltou Silva e condenou Patrice e Evaristo

Para os cidadãos são-tomenses que ainda vêem o Telejornal da Televisão do Governo, (a TVS), a manifestação organizada pela oposição só conseguiu atrair cerca de 1 centena de pessoas.

As redes sociais, e a imprensa livre acompanharam a manifestação e demonstraram pelas imagens e declarações dos manifestantes, que a Televisão do Governo bateu no fundo, em termos de credibilidade.

A direcção da TVS e os demais assalariados do Chefe, cometeram uma das maiores imbecilidades de todos os tempos em termos de fraude informativa. O tratamento informativo que a TVS deu à manifestação de terça feira veio dar razão ao protesto popular contra a instalação da ditadura.

Na verdade só em poucos países ditatoriais, ou seja, só pelas bandas da Coreia do Norte, é que uma televisão suportada pelos contribuintes pode brindar ao público com sucessivas fraudes informativas, mentiras atrás de mentiras, e culto de personalidade ao Chefe. Uma fraude diária que chegou ao ponto de completa loucura, como aconteceu na cobertura da manifestação de terça – feira.

Os cidadãos são-tomenses que já há muito tempo se aperceberam da fraude informativa da TVS, e deixaram de seguir o canal, principalmente o seu Tele-fraude, certamente não foram torturados pela manipulação tresloucada da informação da TVS.

Os milhares de manifestantes que a TVS não viu, mas que a imprensa livre contabilizou e relatou, marcharam pelas ruas da cidade de São Tomé. Protestaram diante do Palácio Presidencial onde entregaram ao assessor do Chefe de Estado Evaristo Carvalho uma nota de protesto.

A manifestação foi mais ruidosa, quando deixou o palácio presidencial e avançou para o edifício vizinho, o Palácio da Justiça, onde funciona o Supremo Tribunal de Justiça.

Silva…Silva…. o apelido do Juiz Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, foi entoado e ovacionado. Os manifestantes apoiam o acórdão do Supremo Tribunal de Justiça nas vestes do Tribunal Constitucional que chumbou a lei orgânica para criação do novo Tribunal Constitucional, por estar enfermo de inconstitucionalidades, e anulou as decisões do Presidente da República, em promulgar o diploma e a sua publicação no Diário da República.

O Primeiro Ministro Patrice Trovoada, foi o principal alvo dos ataques. É acusado pelos manifestantes de ser o arquitecto da ditadura em fase de implementação no país. Evaristo Carvalho o Presidente da República, foi apelidado de Presidente “ Assino Logo”. Os manifestantes consideraram Evaristo Carvalho como  vice-Presidente do partido ADI, e não como Presidente de todos os são-tomenses.

O novo horário imposto pelo Governo mereceu condenação dos manifestantes. Manifestantes, que prometeram lutar contra a instalação da ditadura no país. Manifestantes que não aceitam a presença da tropa ruandesa no território nacional. Manifestantes que saíram as ruas para dizer ao poder liderado por Patrice Trovoada, de que não têm MEDO.

Os partidos da oposição e membros da sociedade civil que se envolveram na manifestação, consideram que o protesto foi bem sucedido.

Téla Nón

    28 comentários

28 comentários

  1. Ditadura em Marcha

    10 de Janeiro de 2018 as 10:32

    A TVS perdeu toda a credibilidade há muito tempo. Isto está mais do que provado. Toda a gente sabe isto. O que me faz confusão é que existam pessoas, dentro da TVS e do próprio governo que acham que com esta atitude, num país pequeno como o nosso, ainda conseguem manipular as pessoas. As notícias chegam de boca em boca mais rapidamente em Angolares, Bindá ou Neves do que através da TVS. Faz-me confusão como é que pessoas que aparentam ser inteligentes e trabalham no governo e na própria TVS não se apercebem disto. De qualquer forma o problema é delas. Cada um sabe a sua vida. Acho que estas pessoas querem convencer a elas mesmas que estão a enganar os outros. Mas eu não acredito que os outros se sintam enganados. Faz-me lembrar também aquele ministro de propaganda de Iraque de Sandam que dizia que iam ganhar a guerra mesmo quando os Americacos já estavam em Bagdad. Cada um acredita naquilo que quiser acreditar. Fui!!!!!

  2. JOAO CARLOS

    10 de Janeiro de 2018 as 10:40

    Ainda bem que existe a Internet, a RTP Africa, onde existe a imparcialidade… O Patrice e os seus seguidores andam perdidos, a verdade prevalece sempre sobre a mentira ! SÂO TOMÈ E PRINCIPE SEMPRE !!!!!!

  3. ROSTOV

    10 de Janeiro de 2018 as 10:40

    Já se mudou horario. Agora quero que a TVS me esclareça uma centena equivale quantas unidades? kkkkkkkkkkkk

  4. Ludimila Costa

    10 de Janeiro de 2018 as 10:50

    Finalmente o povo de STP abriu os olhos.
    Está na altura de colocarmos um basta nesse jogo sujo e de interesses da sua Exª PT.
    Homem manda com tempo, Deus manda para sempre. Aqui é mundo!

  5. Vicente

    10 de Janeiro de 2018 as 10:59

    Numa televisão séria, nunca poderiam deixar de transmitir o discurso dos líderes da oposição, mesmo que seja estratos. Mas a TVS do ADI transmite conversas dos seus marionetes de rua. Se aumentos soubessem falar…
    Lá dizia o meu AVÔ.
    Bébé pôr tê lungwa lévé, ê na ca fla dôquê papagué fã.

  6. Guadalupe

    10 de Janeiro de 2018 as 11:03

    Esta atitude tem de ser todos os dias para ecomodar esses golpistas, fazer alarmes as comunidades internacionais.
    Essa gente tem que ser precionada porque seus êrros são mto graves para comunidades santomenses, quer dentro ou fora de são tomé.
    Se for possível manifestam-se também nas diásporas para alertar as comunidades.

  7. luisó

    10 de Janeiro de 2018 as 11:29

    Não existe nenhum País chamado de Correia do Norte.
    Só porque o senhor carrega nos rr`s não precisa escrever com 2 rr`s…….

  8. EX

    10 de Janeiro de 2018 as 12:04

    Apelamos que a manifestação seja realizada de 8 em 8 dias para mostrar a insatisfação do povo.

  9. Inconformado do ADI

    10 de Janeiro de 2018 as 13:08

    Triste, muito triste esta TVS e não só a RNSTP no noticiario de 19:30h disse que uma marcha pacifica e ordeira de uma centena de pessoas. E por volta das 21/22 horas o jornalista de serviço andou a fazer passar musicas com piadas/recados a quem não se revcer neste Governo do ADI, dizendo que é nossa vez e que o povo nos deu o poder ( uma musica dos Lionenses)

  10. manuel

    10 de Janeiro de 2018 as 14:07

    se andar-mos com este caminhar e não trazer alternativas outras para este povo . MLSTP PCD jamais a governação em Tomé.

  11. E. Tavares

    10 de Janeiro de 2018 as 16:43

    O ADI distribuído arroz a população e também vendeu arroz a 11 conto de modo a convencer as pessoas a não aderirem a manifestação.
    Onde estava estes arroz?
    Será que estes arroz estavam guardados a espera de campanha para enganar n população mais uma vez?

  12. Maria de Fátima Santos

    10 de Janeiro de 2018 as 18:13

    Ontem ficou demonstrado que a união faz a força. Espero que daqui para a frente a oposição trabalhe mais perto da população. Esclareça, explique,, diga a verdade e não pare na manifestação de ontem porque o caminho para combater a ditadura é longo e exige muito, e muito trabalho todos os dias

  13. Púmbú

    10 de Janeiro de 2018 as 20:49

    Meus senhores, tenham muitissimo cuidado com o que escrevem… escreve-: “assassino logo” ou “assino logo”?

  14. Martelo da Justiça

    10 de Janeiro de 2018 as 22:01

    Essa gente são tão estupidas que ainda não perceberam que hoje, estamos num mundo globalizado e que não vale apenas esconder nada. Aquilo que a TVS esconde é possível ver e/ou ouvir noutras rádios ou televisões. Para alem disso, há a internet que sem muitos custos levam informações a qualquer parte do mundo. Graças a esse meio de comunicação e sem muito custo, vimos em direto uma boa parte da manifestação. Porque tanta burrice? Esses jornalecos, provavelmente estão ofuscados por algumas migalhas e esquecem-se que o verdadeiro profissional de comunicação social deve ser isento para dignificar a profissão e servir melhor os ouvintes e telespectadores. Eles devem impor a qualquer Governo o seu profissionalismo e a sua imparcialidade. Esses que andam a fazer frete ao ADI, de certeza que serão escorraçados quando esse Partido perder nas próximas eleições.

  15. Clemilson souza

    11 de Janeiro de 2018 as 2:01

    Povo unido jamais será vencido! Trovoada se cuida seus dias estão contados no poder !

  16. Original

    11 de Janeiro de 2018 as 7:21

    admira-me muito alguém que anda aos copos todo dia, bandido,aldrabão aparece na TVS a dizer que Patrício está a trabalhar bem.Gostaria que fosse alguém com um emprego,que sabe o que é estar no trabalho a horas a viver do seu salário a vir a TVS dizer que tudo está bem.Agora um indivíduo como etc não poderiam dizer outra coisa porque vivem de mesada do Patrício.Se manifestar é um direito universal,porquê que andaram a pagar as pessoas para não participar nas manifestações? Outro assunto perigoso!Porquê que as dobras antigas ainda estavam a ser distribuídas por gente ligado ao banco?Estas dobras não deveriam ter um carimbo de invalidez?Estão a meter na circulação dinheiro a mais em relação a capacidade na nossa economia isto não é rebentar com mercado?As eleições deveriam ser após estas notas antigas entrarem em desuso.

  17. Pedro Pinto Fernandes

    11 de Janeiro de 2018 as 7:56

    Caros santomenses estrangeiros que aqui vivem! Será que a comunidade internacional confia neste Governo de PT? Será que alguma vez ele será devidamente atendido? Tenho muitas dúvidas. Como é possivel ter-se dirigente tão mentiroso e falsa como PT? Uma coisa tão clarividente como a transparência da agua pura, o PT vem confundir a opinião pública e mentir descaradamente na cara do povo, dizendo que a manifestação que umas 700 pessoas e os uns 3000 eram os que o apoiavam? Olham só a a falsidade deste politico”larápio). E quanto se trata de coisa séria, como será? Quantas mentiras e manipulação não foram endereçadas aos nossos parceiros de desenvolvimento?

    Se os 3000 eram os seus, porquê não se faziam acompanhar de cartazes de apoio ao Governo?

    Se os 3000 eram seus, quem os mobilizou? De livre e expontânea vontande em STP? e se não quer dizer que o PT não é democrata e não aceita o contraditório como se pode constatar?

    E ainda com a cara de pau, veio dizer que queria ser entrevistado por jornalistas ditos da oposição e que não estavam disponiveis? Um doente e outro de férias e lá foi o tipo buscar os seus habituais entrevistadores. Oh patricio, se és democrata convicto e não bandido manipulador, nestes casos convidas a comunicação social, pública privada e outras se houver para uma entrevista e ponto final, deixa de tretas e chamar santomenses de idiota, seu fanfarrão.

  18. ANCA

    11 de Janeiro de 2018 as 10:11

    Os Sãotomenses devem ser pessoas inteligentes e jamais ir atrás desta palhaçada que se vem assistindo de manifestação ou manifestações.

    Quando se convoca uma manifestação, para reivindicar a criação do Tribunal Constitucional-matéria de foro político, legislativo, matérias como mudança de hora do País, a nova dobra, justificando que há ditadura no País, ainda que tendo liberdade para manifestar, algo deve soar a interesses políticos partidários, pois que a maioria da população vive na miséria, fome e pobreza a muitos anos e jamais foi convocada manifestações, pelos ditos libertadores da Pátria, pois que aproxima -se as eleições cada um quer puxar a brasa a sua sardinha.

    Se a matéria e de foro constitucional, porque não se discute na casa parlamentar da representatividade, se houver ou haja normas que regem a constituição da República?

    Recordo-vos caros cidadãos Sãotomenses, um episódio que se passou numa das eleições no País, em que o ministro da defesa teve que intervir na altura o Sr Óscar Sousa, com militares, lembram -se? Por causa da alegada fraude eleitoral. Quem estava a governar o País? Pois é são os mesmos que hoje convocam a manifestação ou manifestações, têm é memória curta. Houve a presença tropa de Angola as FALPAS durante quantos anos em São Tomé e Príncipe? E com consequências que todos sabemos, mães solteiras, meninos de rua,filhos em pais.

    Os Sãotomenses quando viajam, ou residem em Portugal ou em Inglaterra, na Europa trabalham, produzem, cumprem normas, chegam às horas ao trabalho, mas em São Tomé e Príncipe, são desleixados, preguiçosos, roubam, querem vida fácil.

    O País para se desenvolver precisa de liberdades mas também de rigor,ordem, da justiça, de estrito cumprimento de normas, do muito trabalho.

    Se nos Sãotomenses temos que levantar cedo, acho que sim. Se se levantamos cedo quando estamos fora do país até nos dias de inverno com chuva e frio para ir trabalhar porque não no nosso país.

    É a isso que se chama de ditadura?

    Tenhamos juízo.

    Temos mais é que trabalhar produzir ser rigorosos connosco mesmos, deixar de estar sempre de mãos estendidas, temos que nos organizar, apesar da ajuda dos outros povos.

  19. Militantante de ADI e de Mudança Indignado

    11 de Janeiro de 2018 as 11:21

    O meu partido ou ex-partido, já não sei, pois cada dia que passa eu já não me identifico com este partido, tem respondido a critica de que a TVS está ao serviço unicamente do Governo e do ADI, acusando a oposição de ter feito a mesma coisa entre 2012-2014.

    Mas, Exmo. Sr. Patricio Trovoada, também foi por isso que muitos que votaram para si e para o ADI. Votamos porque estávamos indignados com essa forma de fazer a política.

    Não votamos em ADI para fazer o pior. Votamos em mudança. No progresso de São Tomé e Principe, porque erradamente acreditávamos que consigo na testa do país, poderíamos avançar.

    Tenho uma pergunta e a mesmo tempo um desafio para si, S.E. PM:

    Porquê que quando o Sr. vai dar uma entrevista o Sr. só fala para 3 jornalistas, que são péssimos como entrevistador, que não têm competência nenhuma, fazendo a sua entrevista perder todo o interesse.

    Eu desafio o Sr. a convocar uma conferencia de impressa e a convidar todos os jornalistas interessados e todos os orgão de comunicação social, tanto nacional como internacional a estarem presentes.

    O meu maior sonho é ver a São Deus Lima entrevista. Tenho certeza que sera uma grande entrevista para si.

    O Senhor tem-se comportado como um verdadeiro ditador. A sua mascara já caiu, pelo menos para mim, e para muitos jovens como eu, indignados que entre 2012-2014, defendemos o Sr. com unha e garra.

    Ai se arrependimento matasse. Mas a minha consolação é que seremos chamados de novo as urnas.

    • WXYZ

      11 de Janeiro de 2018 as 16:13

      Estas fora da realidade. Foram os primeiros a ser convidados. Fique mais atento.

      • Pedro da Conceição

        12 de Janeiro de 2018 as 12:58

        Identifique-se se faz favor e saia debaixo desta marcara. Por que o teu chefe mentiu.

  20. Carlos Fernandes pinto

    11 de Janeiro de 2018 as 12:20

    Este tipo, que se esconde por detrás do ANCA, e que já sei quem é, é um grande Lava Pinico do ADI. Recordas senhor Manuel? Recordas aquela conversa que tivestes no outro dia com o fulano? Lembras?Lá no Ministério?
    Achás que a entrevista de ontem do seu Lider/chefe não Envergonha a Nação?
    Então o gajo convida os 2 mesmos jornalistas de sempre, diz que podem lhe fazer perguntas e que ele a partida não sabe quanto tempo vai durar, e mesmo assim nem lhes dá a possibilidade de colocar questões? Que entrevista é essa?
    Que vergonha, este tipo e TRAMPA que não é TRUMP não se diferenciam, ambos são psicopatas

  21. António Nazaré

    11 de Janeiro de 2018 as 17:18

    A TVS violou o Artigo 43 da leinº 1/2001, a não assegurar o pluralismo, o rigor e a objectividade da informação, bem como a sua independência perante o Governo.
    O Cameraman Yuri Will e o “Jornalista” Nelson Silva violaram flagrantemente o Artigo 32º da Lei 2/93 e são responsáveis civil e criminalmente pelos danos que causaram com a informação inverídica sobre a manifestação.

  22. Pedro

    12 de Janeiro de 2018 as 7:12

    O Patrice Trovoada e o Quita Zé na Região autónoma do príncipe não diferem muito um do outro, ambos são ditadores e tem caraterística megalómana. Ambos gostam de se perpetuar no poder, por isso tenta criar toda engenhoca para serem sempre eleito nas urnas. Desta vez vocês não terá alternativa, devia se fazer manifestação na região autónoma também…

  23. ANCA

    12 de Janeiro de 2018 as 15:40

    Tenhamos atenção ao que disse o Presidente dos Estados Unidos, em relação a entrada dos povos de origem Africana nos EUA, devemos estar cientes que no Ocidente EU, se pensa da mesma forma.

    Penso que a memória destes povos devem ser curta para quem praticou tanto mal a povos de África, depois vem pregar valores, como a vida, a liberdade, a humanidade, etc, etc,…blá blá blá, depois de espoliarem, escravizarem, massacres,venderem povos de África como mercadoria,…e ainda a quem acredite que se estava melhor em África naquele tempo.

    A História a de os julgar, pensam que são os únicos a olhar o céu, os únicos donos da verdade cultural de excelência,…devíamos pedir boa indenização pelo que andaram a fazer, e a prova documentadas dos massacres, da escravatura, vendas de pessoas, seres humanos para trabalho esforçados, da qual a ultima memória, o falecido Nelson Mandela, de que tanto veneram, como são falsos.

    O ocidente só é o que hoje é porque andou a espoliar, as riquezas e recursos naturais e humanos dos outros durante séculos, até hoje com razão da religião por detrás…com consequências que hoje bem conhecemos, desaparecimento das culturas dos povos, quantas línguas materna suprimidas desaparecida, em substituição por língua dos outros, em virtude de comercio internacional, território conquistados, territórios sombra, mas que na verdade ninguém quer saber dos seus povos, se matam, se vivem na pobreza se são iletrados.

    Caros Africanos, caros SãoTomense a única coisa que os move são interesses econômicos financeiros, as riquezas de África, as matérias primas naturais, pois sempre assim foi…o capitalismo selvagem puro cruel, quando acenam, que vão ajudar, doar com milhões…vão mas é gerar mais pobreza e miséria, corrupção e conflitos, com a nossa conveniência.

    Tenhamos vergonha na cara, pautamos pela nossa dignidade dos nossos povos, dos nossos concidadãos, das nossas crianças.

    Ninguém da nada a ninguém neste mundo sem esperar receber algo em troca.

    Deixemos de viver de esmolas, apregoamos, o valor liberdade, trabalho, rigor, ordem, justiça, repartição da riqueza, ainda que pobre sejamos como Estados. Organizemos o nosso País, a nível social, cultural, ambiental, desportivo,

    Devemos estar cientes da nossas fragilidades como Território/População/Administração, fomentar a organização consolidação do Estado, das instituições do Estado, Estado este a que pertencemos todos, demos ser mais rigorosos e exigentes conosco próprios em primeiro lugar, apostar na educação, no ensino, na formação dos SãoTomenses, cimentar a cultura do rigor, do trabalho, da justiça, da ordem social sentido de Estado de direito, a nível social, cultural, ambiental, desportivo, político, econômico e financeiro.

    São Tomé e Príncipe segundo estado mais pequeno de África, um estado frágil.

    A nossa dupla insularidade tem custos enormes em termos de energia, de telecomunicações, de transportes, vivemos rodeados de mar, razão mais que suficiente para apostarmos no setor do mar, do ar, da agua, do sol,…assim na energias renováveis, nas infraestruturas do mar, nas BIOS-tecnologias do mar, nos transportes do mar, nos recursos do mar, o chamado cluster no mar, estamos longe dos grandes centros de decisão do mundo, mas inserido numa região com polos de necessidades a serem suprimidas, temos que nos organizar internamente, trabalhar, produzir, seja na agricultura nos seus diversos subsetores, assim na pecuária, na pequena indústria, na imobiliária, no setor financeiro, no desporto, no ambiente, na formação qualificação interna, nas tecnologias de informação e comunicação, na segurança interna e do Estado, etc, etc,…mas para isso é necessário gerar riqueza, a riqueza cria-se com valor trabalho e organização, poupança, investimentos, estruturar Estado, Território/População/Administração.

    Quem duvida tiver presta atenção a diferença da nossa balança comercial, e presta bem atenção a perda de tempo e falta de consciência que é as convocações manifestações, de criticas de isto e daquilo, quando todos nos devíamos unir nalguns assuntos para organização e progresso de nosso Estado,…pois que de outra forma alguns, outros nestes mundo continuarão a pensar que somos “Estados de Merda”….

    Quarenta anos já lá vão, ainda continuamos como Estado frágil, desorganizado, por falta de rigor a nível social(Justiça, Saúde, Educação, Formação, Qualificação, Energia, Agua, Lazer, Turismo, Mar, Agricultura, Indústria, Serviços), a nível, cultural, ambiental, desportivos, político, econômico e financeiro.

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tome e Príncipe

  24. Mitó

    12 de Janeiro de 2018 as 20:12

    Calado farias melhor figura anca de m**d

  25. olivio

    19 de Janeiro de 2018 as 11:51

    quem sofre e povo pequeno neste PAIS NENHUM PARTIDO POLITICO ESTA A PRESTAR CONTA, CADA UM ESTA A SABER DA SUA VIDA E SUAS FAMILIA NOTA BEM QUEM SAIU A RUA E POVO PEQUENO

Deixe um comentário

Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo