Política

EUA alerta o poder são-tomense para garantia da liberdade de imprensa   

Um dos principais alicerces de qualquer Estado Democrático, é a Liberdade de Imprensa, e o acesso nomeadamente pelas forças políticas da oposição aos órgãos de comunicação social.

Foi um dos principais temas que a embaixadora dos Estados Unidos de América em São Tomé e Príncipe, Cynthia Akuetteh, debateu com o Presidente da Assembleia Nacional, José Diogo.

Segundo a diplomata norte americana, a DEMOCRACIA, e o estadio actual da mesma em São Tomé e Príncipe, dominou a reunião que teve com o Presidente da Assembleia Nacional. «Falamos sobre assuntos importantes para a democracia e o fortalecimento das instituições democráticas», confirmou.

Cynthia Akuetteh, explicou a José Diogo, Presidente do Parlamento são-tomense, que a Democracia  está em em construção contínua, como acontece nos Estados Unidos de América. «Uma oposição vibrante é fundamental para a democracia», realçou a diplomata.

Não pode haver democracia sem liberdade de imprensa. A oposição tem que ter acesso a imprensa, para que haja o debate, para que o contraditório considerado como alma da Democracia, alimente a sociedade.

Foi este o grande alerta que os Estados Unidos lançaram às autoridades nacionais. «Também é importante que haja a liberdade de imprensa e que a oposição tenha acesso a imprensa para exprimir e fazer conhecer os seus pontos de vista, de maneira que haja um debate saudável para a população», declarou a embaixadora dos Estados Unidos.

Confirme as declarações em registo audio –

Os Estados Unidos de América manifestaram-se preocupados com a crise político institucional que se instalou em São Tomé e Príncipe. «É uma preocupação para os Estados Unidos e para a comunidade internacional. Eu acredito em São Tomé e Príncipe, e creio que haverá uma solução para manter o diálogo», frisou Cynthia Akuetteh.

Confira as declarações da embaixadora norte americana em registo audio –

O Tribunal Constitucional faz parte das instituições democráticas. «Falamos sobre o Tribunal Constitucional. É importante que este Tribunal seja estabelecido, mas com bases firmes e fortes», defendeu a representante dos Estados Unidos de América junto ao Estado são-tomense.

A embaixadora dos Estados Unidos que também se reuniu com o Primeiro Ministro Patrice Trovoada, está no fecho da sua missão no país.

A embaixada dos Estados Unidos de América em São Tomé Príncipe está baseada em Libreville capital do Gabão. Cynthia Akuetteh, despediu-se das autoridades são-tomenses, tendo anunciado que o seu sucessor deverá ser nomeado nos próximos tempos.

Téla Nón

 

    12 comentários

12 comentários

  1. Revoltado

    2 de Fevereiro de 2018 as 18:57

    Espero que o PT e os seus carneiros fieis da ADI tenham entendido a mensagem. Sem os EUA não há dinheiro do banco mundial, nem dos outros países ocidentais. Acabem logo com essa palhaçada de tribunal inconstitucional.

    • Quidide

      2 de Fevereiro de 2018 as 20:25

      Caro revoltado, “falar não se pode”, se você disser “palhaçada”vêm logo os lambebotas e os lambecus defenderem o seu patrão. Só com Cristo.

  2. Cláudia

    2 de Fevereiro de 2018 as 20:19

    Fiquei com lágrimas nos olhos, quando ouvi a embaixadora Norte Americana,EUA, a falar cara a cara do Presidente da Assembleia Nacional. Muito obrigada senhora embaixadora. Isso só veio dar razão a povo pequeno que não tem voz. Lembro-me que um grupo de jovens tentaram fazer manifestação e nunca tiveram chance de falar. Só Téla Nón e Conselho Superior de Imprensa é k lhes deu voz. grande oposição…….

  3. Viva

    2 de Fevereiro de 2018 as 20:21

    Liberdade de imprensa já… Deixa o povo santomense falar sem medo.

  4. Ana

    2 de Fevereiro de 2018 as 23:38

    Parece que estar na moda, o povo que defende PT é que tem voz, as pessoas têm medo de falar mal do ADI, mas sentem liberdade para criticar MLSTP, PCD, UDD, MDFM, partido trabalhista, codo, até esse partido novo, os verdes, qualquer partido da oposição, mas do ADI, nunca, mesmo sabendo de grandes problemas desse partido, a corrupção tomou conta do país, a ditadura Trovodista, em peso. E está claro que os partidos da oposição, é que são verdadeiros democratas. As pessoas podem criticar k ele têm bom senso…….espectacular, fantástico o comportaento dos Estados Unidos de América.

  5. Conceicao Pereira

    3 de Fevereiro de 2018 as 11:03

    Grande satisfacao ouvir que a comunidade internacional esta preocupada com a situacao politica em sao Tome pois, eu encareguei me de fazer a minha quando um grande empresario Ingles o Sr R Branson disse que estava na hora de eles empresarios suportar e defender a democracia e direitos humanos que estao em perigo na Africa.

    Em resposta em comentario escrevi: Exactamente a situacao que esta acontecer em Sao Tome , uma pequena ilha em Africa.

    A jovem democracia estava em perigo por violacao da constituicao por parte de partido ADI e seu lider P Trovoada.

    Presidente da Republica, P Trovoada , Jose Diogo e todos os deputados de ADI devem receber esta alerta para restabelecer a legalidade democratica com urgencia,

    Caso a situacao nao for resolvida entao comunicarei com a UE , Banco Mundial, FMI , Japan e a R China , Angola para alertar da situacao politica em sao Tome e seremos ouvido.

    A Comissao Europeia, Banco Mundial , FMI, Estados Unidos , Japan nao suportam a ditadura ,nao suportam a opressao , nao suportao a privacidade da liberdade de expressar livremente , nao suportao a privacidade de direito de imprensa.

    Sao Tome nao sera outro Guine Bissau de Jose Mario Vaz. (Jamais) nem com o bruxo,

  6. Antonio Nilson

    3 de Fevereiro de 2018 as 18:32

    Patrice Emery Trovoada é um cão sujo? Ele não quero Estado Democrático e a Liberdade de Imprensa na República Democrática de São Tomé e Príncipe? Patrice de #erda tem que sair da política Sãotomense? Ladrão e gatuno, ele? O povo sofre demais, terra tá mal, infrastruturas degradantes, falta de instituições democráticas fortes. Não existe oposição forte em São Tomé e Príncipe. Todos são corruptos. Credo, credo!

    O Senhor Donaldo Trumpo pensa que o Senhor Patrice Emery Trovoada é um “SH!THOLE”, em Português significa um BURACO DE MERDA De CóCó, Patrice é?

    Povo! Vocês se lembram vários anos atrás, quando eu disse que o Patrice Emery Trovoada não pode ser confiável? Recebi muitas críticas por isso. Aconteceu que estava certo. E agora?

    Talvez eu tenho que entrar no terreno para educar as pessoas em São Tomé e Príncipe sobre política, as implicações de seus votos e como isso afecta a vida do povo.

    Se as pessoas que no poder em São Tomé e Príncipe não querem melhorar as coisas para as pessoas e melhorar as situações terríveis e tristes em todo o país, o último recurso talvez sera uma revolução? Assim como a Revolução Francesa, para que recuperemos esse país?

    Esse cara, Patrice, é tão delirante em pensar que ele pode se tornar o homem mais rico da África – não é possível. STP é pobre e dependente da ajuda externa. Eu discordei com as ambições dele derrubando Taiwan por razões gananciosas, e agora a China nem o está levando a sério. Patrice Trovoada é tão doente quanto o pai dele; Ladrões?

    STP está vivendo periodos dificies; um grande problema. As pessoas precisam de acordar e fazer mudanças sérias.

  7. 777

    3 de Fevereiro de 2018 as 18:39

    “«Uma oposição vibrante é fundamental para a democracia»”!.
    Sim,a aposição não pode/deve, deixar-se ser intimidada,ela se deve posicionar e manter o -ponto nos is- quando algo tende a sair da normalidade, mas também deve reconhecer o momento de ceder e dar a mão -isto é,quando o ajudado não tem intenções maldosas por trás dos seus atos-
    A democracia está no estado de aprendizagem no nosso país,
    Não obstante ela é -O Império democrático no estado embrionário-.

    ★O 777 está de olhos postos, naqueles que causam retrocessos ao seu País★

  8. Carlos Cravid

    3 de Fevereiro de 2018 as 21:57

    Que esta mensagem seja percebida pelos político são-tomenses em geral e os que estão no
    puder e m particular. O progresso de STP só será possível com a liberdade e não com falsos
    sábios que utilizam a demagogia e o “malabarismo” para MATAR a esperança de debates de ideias
    e projetos com recurso ao conhecimento e a inteligencia.

    Que a esferográfica e o papel estejam nas mãos certas, ao serviço da liberdade e união, nunca
    ao serviço de divisão, multiplicação de ódios geracionais e muito menos mortes encomendadas em STP. Como já foi referido anos atrás;

    “O canhão matou o feudalismo; a tinta matará a sociedade moderna.”
    NAPOLEÃO BONAPARTE

    “A liberdade é a liberdade de dizer que dois e dois são quatro. Quando se concorda nisto o resto vem por si.”
    GEORGE ORWELL

  9. Faz sai

    4 de Fevereiro de 2018 as 7:08

    Vergonha… Dizem que o BISPO não participou na cerimónia de massacre de um batepa, 53… Tudo indica que existe grande ruptura entre a Igreja e o Governo. A confirmar será mais um problema para o país… Governo faz saii, bobo de governo. Nunca vivemos assim… Nunca tivemos um ministro que falta respeito a um bispo. Mais nunca mesmo

  10. Quilixe Furtado

    4 de Fevereiro de 2018 as 11:49

    Este Primeiro Ministro Patrice Trovoada está tão empolgado a instaurar o “bongonismo”, isto é, o estilo de governação da família “Monárquica” gabonesa em STP. O Tipo esta bem enganado. STP não é Gabão, sua terra natal.
    Somos uma Terra Santa. Todos os vêm com o propósito de nos desunir para nos dominar e martirizar serão. eles próprios dominados e martirizados.
    A sua última conquista, chamada Tribunal Inconstitucional de Bandeira e Patrice, para manipular os resultados das próximas eleições não valerá nada. E tenho pena de alguns quadros bons que estão envolvidos nesta farsa de tribunal parido na legalidade!

  11. de

    6 de Fevereiro de 2018 as 14:23

    Minhas e meus conterrâneos, o povo deve sair a rua para arruar o Patrice Trovoada, este é um animal irracional, e depende de pouco que os parceiros internacionais colocam à disposição do Estado são-tomense para construir sua mansão e dos seus labebotas, aniquilando o país.

    Patrice Trovoada não teve boa infância, nunca trabalhou para reconhecer o esforço de um trabalho digno, vive extorquindo o estado são-tomense, e aquele que trai a pátria, segue-o para sobreviver.

    Porque razão a dívida de São Tomé e Príncipe atingiu o limite máximo de endividamento? Como deve saber São Tomé e Príncipe atingiu o endividamento astronómico porque recurso soberano está depositado nas contas offshore e bancos privados!

    Se fosse a oposição que participou na exportação de duas malas de novas dobras e apreendidas no aeroporto internacional de São Tomé, toda gente ficaria a saber e televisão de todos nós não se cansava de passar informações. Ninguém sabe a quantia e o valor real de novas dobras roubadas no país com destino ao estrangeiro.

    Droga apreendidas em São Tomé pela Polícia de Investigação Criminal nunca se conheceu o destino, país como Portugal vê-se na televisão o destino que se dá e a quantidade apreendida, estamos a conviver com Patrice Trovoada e esquecemos que o indivíduo não tem de roubar para sustentar a sua mulher e os filhos que residem e estudam no estrangeiro: Se o Patrice Trovoada tivesse amor à São Tomé e Príncipe porque não, aceitar a realidade do país e do povo, e fixar a residência para os seus filhos e mulher em São Tomé?

    Façam análise.

    Que Deus abençoe São Tomé e Príncipe

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo