Política

Patrice cai na “cilada do arroz” no comício da Trindade

Arroz foi nas eleições de 2014, o principal trunfo político de Patrice Trovoada, na conquista da maioria absoluta para o seu partido ADI. Prometeu arroz barato para o povo, e depois de ganhar as eleições com o arroz como principal estratégia de campanha política, emitiu um decreto a fixar o preço do arroz em 13 mil dobras o quilo, como havia prometido a todo o povo.

Só que ainda no primeiro ano do seu mandato como Primeiro Ministro e Chefe do Governo, Patrice Trovoada começou a registar reclamações das populações, porque não havia arroz de 13 contos no mercado. O Chefe do Governo, chegou a ordenar que as câmaras distritais passassem a vender o arroz, de forma a chegar ao povo ao preço de 13 contos o quilo.

Patrice Trovoada que transformou o arroz no factor decisivo para a conquista do poder em São Tomé e Príncipe, confronta-se actualmente com a falta do produto no mercado nacional. Mais grave ainda, é que o preço que foi aumentando de ano em ano, matou a sua principal promessa eleitoral de 2014, e atingiu em Setembro de 2018, o valor de 40 à 50 contos por cada quilo.

 

No comício-festival que Patrice Trovoada organizou na cidade da Trindade no último sábado, a problemática do arroz, esteve no centro do seu discurso. «O Governo só recebe o arroz do Japão. O resto do arroz são os comerciantes que importam. Arroz do Japão só vem em Novembro», avisou o Presidente da ADI, aos seus apoiantes concentrados na capital do distrito de Mé-Zochi.

O povo chora pelo arroz de 13 contos, e Patrice Trovoada, manifestou-se embaraçado no palco do comício – festival da cidade da Trindade. «Se algum comerciante escondeu o arroz nós vamos tomar medidas. É verdade que há falta de arroz, mas no governo deles(oposição) havia arroz podre», afirmou.

Depois da mensagem do arroz, que praticamente não existe no mercado, e está a ser vendido a preço proibitivo para o povo pequeno, o candidato da ADI ao cargo de Primeiro Ministro, pôs-se a dançar no palco do festival, ao som das músicas de um cantor da Nigéria, que foi contratado pela ADI, alegadamente a preço mais caro do que o arroz de 13 contos.

Abel Veiga

    20 comentários

20 comentários

  1. Fubá com bicho

    30 de Setembro de 2018 as 20:54

    “Se algum comerciante escondeu arroz vamos tomar medida”. Ok, dentro de dias alguém será preso porque escondeu arroz…..De tanta máfia e montagem de casos já consigo saber quando é que PT vai preparar alguma cilada em STP. Eu aposto com qualquer pessoa que PT vai fazer de alguém vítima do arroz. Mais encenação estará a caminho!

  2. Bem de S.Tome e Principe

    30 de Setembro de 2018 as 21:05

    Antes de ser governo com maioria absoluta, ADI explicava sem complicar, desde que começou a governar a partir de 2014 complica sem explicar.

  3. Dubai

    30 de Setembro de 2018 as 23:09

    O Americo Oliveira que por sinal é o Ministro tutelar pode responder isso. Grande cambalacheiro. Saio das Finanças aonde também fazia Cambalachos enquanto Director do Orçamento. Deixou essas práticas corruptas aos seus meninos sucessores e agora criou um armazém do arroz em Santo Amaro para especular e fazer dinheiro. Quem esconde arroz é gente como Américo e companhia e não os comerciantes. Vcs irão pagar. Ladrões, corruptos, maquiavélicos e arrogantes. Estão a se Enriquecer a custa deste povo coitado.

  4. WXYZ

    1 de Outubro de 2018 as 4:11

    Nessa cronica foi omitido o apelo feito convista ao consumo de produtos da terra como matabala, banana, ynhame, mandioca, fruta pao, etc… Que muitas vezes vemos nos nossos mercados a estragar.

  5. Madredeus.igreja

    1 de Outubro de 2018 as 4:27

    Que medida vais tomar? Você + teu ADI, é que não cumpriu a promessa.

    Que medida vais tomar, se vais para rua,rua,rua

    Mentiroso

  6. Cansado do Intrigas

    1 de Outubro de 2018 as 8:02

    Sou um profundo admirador e leitor assíduo do jornal “Tela Non” e felicito a equipa que trabalha nos bastidores para nos manter informados do que se passa no nosso maravilhoso país. Me entrestesse muito que este jornal se esteja tornando a cada dia num meio digital de propagandas e manipulação da consciência social, esquecendo-se do seu real papel de informar de forma imparcial.
    Quero esclarecer que não defendo nenhum partido politico São tomense, até porque acredito que quase todos já tiveram a sua oportunidade de fazer o bem para este país. Defendo sim, que a política é para os políticos e cabe aos jornais informar presenvando os seus princípios deontológicos e a ética jornalística, servindo de veículo de informação aos leitores e não de um instrumento de manipulação.

    Para a redação do Jornal “Tela Non”, que sejam aceites as minhas críticas para a melhora continua.
    Para os São Tomenses em geral, o meu apelo é para que consultem os diferentes programas de governação apresentados pelos diferentes partidos políticos e votem segundo a vossa consciência do que acreditam ser o melhor para o futuro do nosso São Tomé e Príncipe.

    • Onde mesmo?

      1 de Outubro de 2018 as 10:16

      De certeza que o melhor para o futuro do país é poder o ver a distância o PT e o seu ADI.

    • Semba

      1 de Outubro de 2018 as 18:20

      Cansado de intrigas, não estará a tentar coagir e condicionar o TELA NON? Não vejo, no jornal, o que diz e sou tambem leitor assiduo. Porque razão não deu exemplosz concretos, apontando ao jornal as suas falhas? Que o TELA NON continue na sua senda de liberdade e isenção. Que Deus nos livre do fascismo da TVS e da Radio Nacional que nunca o ouvi criticar, aqui.

  7. Procuro

    1 de Outubro de 2018 as 12:03

    Sr(a) Cansado do intrigas, O senhor(a) diz que não defende nenhum partido politico São-tomense, será o este artigo está a dizer é mentira?. Então melhor o (a) senhor (a) ficar calado(a), pois a sua intervenção fora infeliz e só diz que o(a) senhor(a) é o (a) defensor(a) da ADI e o su líder Patrice Trovoada. Não existe nenhuma propaganda nem manipulação da consciência social, pois a maioria do povo Santomense sabe o que esta a passar neste país e está a espera apenas do dia 7 de Outubro para vos mostrar como gozar deste povo. Podes ficar tranquilo, que o tempo ditará.

  8. Renato Cardoso

    1 de Outubro de 2018 as 13:48

    Breve nota sobre o arroz:
    Ganhar eleições promovendo o preço deste bem alimentar pelo valor de 13,00 novas dobras o quilo.
    Infelizmente o País real permite obter votos usando este meio.
    Mas é triste inverter o foco nesta necessidade básica ao invés de focar sobre medidas que ajudam a resolver as condições miseráveis em que vivem as pessoas.
    O outro assunto que prende—se com o comentário sobre a imparcialidade do tela non:
    Alinho com a imparcialidade dos fazedores de opinião.
    E sem pretensão de representar este fazedor concreto penso que seria pior se ele não existisse quando sabemos da monopolização total e instrumentalização total dos órgãos públicos de informação pelo adi.

  9. Seabra

    1 de Outubro de 2018 as 15:19

    Patrice -ADI, Varela, Diogo; Abnilde, Agostinho, Levy… o vosso lugar é fora da vida social e politica de STP.
    Tu Afonso da Graça Varela, foste a grande surprêsa, uma das maiores traiçoes do MLSTO- STP e da JOTA; pois que era o mais ferrenho representante da oposiçao dos TROVOADA, até ainda em França (nos anos 90/92), quando andavas a preparar o teu DEA. Em Clermont Ferrand, chegaste até a te disputar com alguns compatriotas para defender o presidente saotomense na época, Manuel Pinto da Costa, os teus inimigos n° 1 eram os TROVOADAS. Hoje é o contràrio, quem sao os teus inimigos é o partido que te permitiu hoje de ser o que és (diplomado e com estatuto dito de homem dirigente), MLSTP, que combates para destruir.
    Gente, contra os factos nao hà argumentos. Muitos pretendem que os comentàrios feitos por mim sobre certas pessoas sao insultantes, agressivas etc. Intrepetem como quiserem, o facto é que eu exponho aquilo que conheço e sei, eventos, atitudes , factos que foram ou sao VERIDICOS…as constataçoes, que contrariam a muitos , cuja conduta querem apresentar apenas com qualidades, perfeiçao, com a tendência de esquecerem o que fizeram, como se comportaram outrora. Muitos de nos , temos uma memoria de elefante e podemos até dar endereços, horas, presenças e nomes dos eventos que citàmos e que muito incomodam.
    Curioso é que certos paises desenvolvidos, imesnsos pelo tamanho e grandeza na reputaçao, ousa-se denunciar certos individuos que falharam outrora. Podem vir ao pùblico tentar explicar , e/ou defender-se…temos neste momento o exemplo do caso KAVANAUGH, nos Estados Unidos, que cometeu um acto grave durante a sua adolescência e que hoje foi denunciado publicamente. O saotomense que derrapou, um momento, fica FORA DELE, quando alguém ousa expôr publicamente a sua DERRAPAGEM.
    Quero confirmar, e insisto sobre o que vai dito, até hoje, tudo que publiquei foi AUTËNTICO, nada foi inventado.
    Se é por esta razao que serei una personna non grata, assumo e continuo a repetir (outros casos estao vindo ao publico), tudo o que sei sobre os PRETENDIDOS homens que esperam dirigir STP. Dou aqui a minha palavra de honra.
    Nada e NINGUEM me intimida. Ter passado por uma interrogaçao aos 18 anos, pelos ditos DUROS, que pude enfrentar , assim como outras situaçoes tao complicadas e complexas que enfrentei, estimo que nao é um GATO PINGADO com nomes e atitudes ameaçodaras que vao-me fazer MEDO…NAO!
    Quanto ao falso SEABRA que se tem apresentado (3 vezes), com a minha identidade, pretendendo que vive em NY e que circula por Paris etc, pessoalmente , sempre o denunciei junto do nosso estimado Abel Veiga.
    Quanto ao resto, nao me cabe a mim , cada cabeça a sua sentença. A pessoa que usurpou a minha identidade que seja ele o responsàvel do que escreve e publica…cada um a sua consiência!!!!

    • Zani

      5 de Outubro de 2018 as 0:15

      Kkkkkkkkklkkkkkkkkk
      Xxxxxxxxxxxcc!

      Dê uma olhadinha com carrinho e leia o que escrevestes! Seabrinha inteligentissimo!
      Aí verás os erros em algumas palavras! Erros de acentuação dentre outros que não te conto!
      B U R R O! J U M E N T O! J E G U E!

      Esses adjetivos te caem bem! Sabias?

  10. Ditadura jamais

    1 de Outubro de 2018 as 22:31

    Meus senhores, jovens e todos aqueles que são verdadeiramente Santomense, temos que erguer a cabeça e dizer um basta.Não pudemos admitir que um grupo minoritário de gente, mas os seus lambe botas fazem do nosso país, uma fonte de riqueza e nos trate de burros. Eu quero sublinhar que PT, mas todos os seus lacaios, aldrabões não são mas inteligente que nós, nós sim lhe demos uma maioria absoluta para fazer a diferença dos outros que lá estiveram,este é o principal descontentamento deste povo,nós vos demos a maioria absoluta para que o país descole como disse o Pinta Cabra,mas os resultados estão à vista de todos :1-Miséria profunda. 2-Aumento da corrupção com casos não esclarecidos até hoje dos 30 milhões de dólares com assinatura do Américo Ramos,mesmo no parlamento o PT não conseguiu explicar o paradeiro deste valor, temos os 17 milhões de Kuwait, temos os Catamaras que o povo desconhece toda a sua história e pior de tudo o PT disse no parlamento que um deles se encontra no Gabão sem dar satisfação ao povo, nem no parlamento como se tratasse de um seu bem particular.3-O Sr.Américo Ramos um Ministro das Finanças,Comércio e Economia Azul a fazer negócios de arroz,foi visto por muitos em um dos seus armazéns e nada se fez,nem a procuradoria se pronunciou, aliás essa procuradoria durante esses 4 anos com muitos casos, não fez nada, só sabem prender ladrões de banana e galinha e como resultado o Ex.procurador foi ainda premiado pela máfia com um salto ao Supremo Tribunal de Justiça e o Sr.Pinta Cabra usa a comunicação social para dizer que a justiça agora vai funcionar, isto é está a chamar -nos de burro e tolo, mas estamos a entender a sua jogada.4-Em 4 anos, os Ministros arranjaram carros topo de gama, outros com quintas, outros com hotél,o povo quer esclarecimento do Sr.Levy principalmente que se arma em melhor jurista, que se arma em mais inteli gente o justificativo que comprova esse poderio económico e financeiro nesses 4 anos. 5-Apagao total. 6-Aumento da impunidade. 7-Aumento do desemprego.8-Bolsas de estudos são dadas aos filhos e amigos do Adi. Resumindo o país nesses 4 anos andou para trás, uma miséria terrível, que nem mesmo a esperança de sonhar têm os Santomenses. MAS PARA OS LAMBE BOTAS O PAÍS ESTÁ BEM! POR ESSAS RAZÕES MENCIONADAS E AINDA MAS POR TER UM PRIMEIRO MINISTRO TÃO MENTIROSO E ALDRABÃO NO DIA 7 TEMOS QUE LHE MANDAR PARA CASA.ESTÁ REPROVADO.

    • Seabra

      2 de Outubro de 2018 as 19:29

      Está tudo dito e bem dito. A atitude Totalitária de Ditador do PT, choca sem dúvida, mas já era de esperar(quem sai dos seus não degenera).O PT não surpreendeu à ninguém. Agora o kambuta Afonso da Graça Varela,um militante ferrenho, mais que engajado na vida política e social de STP após à independência , adepto numero UM da JOTA MLSTP,seguidor do Manuel Pinto da Costa, até no jeito de se vestir, de falar…uma cópia conforme do líder Pinto da Costa (com o seu camba da época Gabriel Arcanjo Ferreira da Costa ). A questão não é de ter mudado de ideologia política, de líder (soit disant. …),de partido . É sim, pelo facto do Afonso Varela estar a participar ativamente na DESGRAÇA de STP, do povo sãotomense que sofre….Varela viveu na pobreza das grandes, com um pai chofer do Estado português, ganhando dificilmente a sua vida,honestamente e na humildade. Como é possível que hoje o Varela faz parte dos dirigentes do país que maltrata o povo pequeno (como lhe chama o “pote”dele corrupto e ladrão PT? O Varela que aparentemente fez militância para a IGUALDADE dos homens,para uma franca e estàvel liberdade do povo,onde todos deviam comer , trabalhar, ter educação e instrução…. . Cadê estes valores?
      Que farão todos estes colaboradores CORRUPTOS do sistema PT-ADI, quando este sacudir a poeira de STP dos seus pés e bazar,que será feito da equipa maquievélica do governo da maioria ADI.???

      • Zani

        4 de Outubro de 2018 as 1:51

        Pará de falar aqui da vida passada dos outros! Seabra fofoqueiro dos infernos! Dedo duro! Acusador! Lingua afiada!
        Tas a precisar de exorcizar!
        Haver se porventura te tornes em uma pessoa melhor!

        • Seabra

          4 de Outubro de 2018 as 12:57

          Professor dos BURROS, que pretendeu me corrigir. HAVER é verbo, é diferente de ” a ver “. CONNARD!
          Creio que lhe faço tremer, COVARDE….você é um INVEJOSO e odioso.
          Ou entao é um caso patolôgico. Nota, muitos lhe dizem diretamente o seu SER BRUTO e violento, mas você cismou com o SEABRINHA, mister paranoia Zaniku.
          PONHO um TERMO a esta DESCONVERSA, Imbecil!

          • Zani

            4 de Outubro de 2018 as 15:34

            Responda por si oh senhor seabra arauto da inteligência! Senhor educado, cortez e sempre afável nas palavras! És um comédia! Agressivo como tu aqui neste espaço, só tu mesmos e olhe que ganhas de goleada! Se tem alguém aqui que odeia as pessoas e as difamam com conversas de que conhceses tais pessoas é vc mesmo!
            Pare de ser fofoqueiro!

  11. Adeliana Nascimento

    2 de Outubro de 2018 as 6:58

    Quem pode ter escondido o arroz de 13 contos o quilo, só pode ser os comerciantes do partido ADI, quem mais vende arroz doado pela cooperação, se não for libaneses ou simpatizantes do ADI, mesmo não sendo comerciante.

  12. Paulo Jorge dos Reis

    2 de Outubro de 2018 as 7:02

    Que vergonha. Patrice sobre faltas promessas ganhou as ultimas eleições legislativas e autarquicas. Agora tem vindo a enganar o dito povo pequeno com conversas fiadas. Agora o gajo, dá uma entrevista a TV Zimbo, dizendo que o MLSTP-PSD, têm trazido promessas falsas aos eleitores? Brincadeira tem ora. E as promessas do ADI são verdadeiras, exequíveis?
    Deixa lá de brincadeira Patrice, Você é o politico mais mentiroso que este país conheceu, pior até que o seu pai.

  13. Seabra

    5 de Outubro de 2018 as 11:20

    Zanicu, “cortes” e nao Cortez. Burro ao cubo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo