Política

PERIGO une Pinto da Costa, Miguel Trovoada e Leonel d´Alva

Figuras históricas da luta pela independência de São Tomé e Príncipe, e fundadores da República Democrática de São Tomé e Príncipe, Manuel Pinto da Costa e Miguel Trovoada ex-Presidentes da República, e Leonel Mário d´Alva, ex- Primeiro Ministro do Governo de Transição em 1974, decidiram reunir-se para reflectir em conjunto sobre a situação actual do país, após a realização das eleições gerais de 7 de outubro.

Reunidos num hotel da capital São Tomé, as três figuras, emitiram um comunicado, onde se declaram «profundamente preocupados com o elevado nível de tensão política e crispação social que se instalou no país, na sequência das eleições realizadas no passado dia 7 de Outubro, com a ocorrência de episódios de uma rara violência nunca antes registados na história da nossa jovem democracia».

Os três homens, que combateram politicamente o colonialismo português, para que São Tomé e Príncipe fosse país soberano, consideram que o actual clima tenso, apresenta riscos de agravamento. «A persistência desse clima apresenta riscos de agravamento, com consequências imprevisíveis e incontroláveis, susceptíveis de por em causa a coesão social, a segurança das pessoas e dos seus bens, assim como a boa imagem de São Tomé e Príncipe no plano Internacional».

O comunicado assinado pelas três figuras políticas, e lido por Leonel Mário D´Alva, acrescenta que no quadro da reflexão conjunta que vêm fazendo da actual situação, é urgente « que os ânimos serenem e que a razão e o bom senso se sobreponham às paixões partidárias».

Felicitaram o povo de São Tomé e Príncipe, pelo seu tradicional comportamento pacífico manifestado mais uma vez durante o processo eleitoral, e pela forma maciça e ordeira como exerceu o poder político no dia 7 de Outubro.

Lamentam os actos de violência e de destruição, que segundo os três anciãos da política são-tomense, são contrários às tradições ancestrais da cultura e da paz do povo são-tomense.

No quadro da reflexão conjunta, Pinto da Costa, Miguel Trovoada e Leonel Mário d´Alva, exortam « os responsáveis políticos de todos os quadrantes, a absterem-se de proferir declarações que possam incitar à violência e conduzir ao agravamento da tensão política e social reinante».

Os três anciãos defendem que o apuramento dos resultados eleitorais em curso, seja efectuado «no estrito cumprimento da Constituição e das leis».

Nos tempos em que Manuel Pinto da Costa, Miguel Trovoada e Leonel d´Alva estavam na política activa para derrotar o colonialismo em São Tomé e Príncipe, as mensagens para o interior do país, eram transmitidas através de cartas. Demorava muito tempo.

Hoje, os tumultos do Bairro 3 de Fevereiro na capital São Tomé, estavam a ser transmitidos em directo para o mundo inteiro através das redes sociais. Os três anciãos estão preocupados com o poder da comunicação dos dias de hoje, sobretudo pelo seu lado negativo. «Apelar à cessação da divulgação de informações falsas e manipuladoras da opinião pública, nomeadamente, nas redes sociais», apelam as três figuras da nação são-tomense.

Para além de apelar às forças políticas, para aguardarem com serenidade pela proclamação dos resultados definitivos das eleições, desejam também que o processo de formação do próximo governo, « decorra com toda a normalidade, no respeito da lei e na salvaguarda da estabilidade política», frisa o comunicado.

Manuel Pinto da Costa, Miguel Trovoada e Leonel d´Alva, convidam as forças políticas que participaram nas eleições « para um encontro em busca de uma saída para a actual crise», conclui o comunicado.

Abel Veiga

    27 comentários

27 comentários

  1. Antonio Nilson

    13 de Outubro de 2018 as 14:39

    Quel é a vossa opinião sobre a criação de um governo de unidade nacional onde alguns membros do ADI e alguns membros da coligação se juntem e colaborem para a criação de novo governo? A melhor forma de resolver conflitos entre as partes seria via colaboração, consenso, paz e harmonia para servirem o povo. Existe um ditado que diz o seguinte: “Quem tudo quer, tudo perde. Parece-me que nenhum partido político ganhou uma maioria absoluta, mesmo a coligação não conseguiu obter 2/3 de 55. União faz força—-temos que aprender a colaborar uns com os outros para toda gente ganhar e o povo ficar satisfeito.

    • Manuel Vicente

      14 de Outubro de 2018 as 5:30

      sR António,
      Colaborar???? Agora??? Porque é que o ADI não colaborou a respeito dos outros, durante os últimos 4 anos??????

      • Antonio Nilson

        14 de Outubro de 2018 as 18:34

        Manuel Vincente, eu entendo o sentimento. Mas, vingar ou retribuir com o mesmo castigo sem colaboração não vai dar. São Tomé é uma ilha Santa, quem fez ou faz mal ao povo e ao país, STP, não vai sair bem. Patrice Trovoada não tem maioria absoluta. Os deputados da Assembleia Nacional tem uma boa oportunidade agora para trabalhar estreitamente com o Presidente da República para passarem leis e regulamentos estritos contra a corrupção. Se a maioria dos deputados se entenderem, colaborando rigorosamente para obterem a CORRUPÇÃO como um ato extremamente offensive e detrimental para o povo e severamente proibitivo punido com sanção criminal de gravidade, e acrescentado nos preceitos estipulados nas cláusulas do Código Penal de São Tomé e Príncipe, só assim, Constitucionalmente, poderão por Patrice Trovoada na cadeia se houver provas suficientes que ele roubou o dinheiro do povo. O Presidente da República por sua via diplomática poderá negociar com os países Africanos vizinhos e outros países ondem o Santomense em fuga da Justiça poderá ser repatriado expulso e enviado de volta para São Tomé em extradição ou deportação para ser julgado publicamente no tribunal. O outro problema é que existem muitas pessoas da Elite em São Tomé com múltiplas nacionalidades e passaportes. O que estou a promover neste âmbito, é o diálogo de como se encontrar uma forma de sancionar a corrupção em STP, d’outra forma, estaremos apenas a “apanhar água com cesto de andá-la” porque também existem muitos corruptos na oposição e coligação, se o Patrice Robou o dinheiro do povo, não me parece que existe alguma forma legal neste momento em São Tomé para levá-lo à justiça ou cadeia com aconteceu com o Lula do Brasil. Não existe esses mecanismo em STP, ou se existe não funciona porque estão todos metidos no roubo da coisa pública, desvios de fundos do orçamento geral do Estado, dinheiro de empréstimos que vem do Banco Mundial ou Fundo Monetario Internacional, UE, dinheiro de ajuda externa, etc, todo esse fundo de financiamento ao Estado para promover melhorias de vida do povo, melhorar infraestruturas, criar empregos no sector privado, investir na juventude, etc., nada disso irá acontecer porque todos os gatunos de ADI e da Coligação ou Partidos políticos, estão todos à espera de oportunidades para roubarem o que é e pertence ao povo Santomense.
        Para o deixar mais tranquilo, ADI não colaborou há quatro anos porque não precisava de oposição, devido aquela prepotência, Deus fará Justiça. Agora, eles terão que colaborar porque existe equilíbrio de poder, o que significa que qualquer governo que ADI criar, sem suporte da oposição ou o seu programa for rejeitado na Assembleia pelos os deputados na maioria, o Presidente da República poderá a qualquer momento despedir o Patrice e o seu govertpara rua se o governo dele não for sustentado n’Assemble. O povo fez bem, a democracia é mesmo assim. Temos que manter a fé e esperança. Vingar as pessoas não dá porque é ciclo vicioso que só traz odeios e ressentimentos. O país não avança assim. O única forma mais eficiente seria usar leis de punição contra corrupção agravada, e sobretudo tirar imunidade àqueles que forem acusados e sentenciados pelos tribunais com CRIMES DE CORRUPÇÃO AGRAVADA. D’outra forma com ou sem Patrice Trovoada na liderança do governo, não vai dar nada. O pessoal deve refletir e agir no sentido de encontrar uma solução constitucional para erradicar com esse mal em São Tomé portes o incentivo do roubo continuar a existir, todos irão roubar o povo, e o sofrimento não irá acabar ou diminuir.

        São todos bandidos e não tenho nenhuma confiança em nenhum deles. O povo é deve exigir trabalho, transparência, e contribuir para a melhoria de STP e da vida do povo com trabalho, unidade e disciplina.

        O povo está zangado, aborrecido, chateado, frustrado, nervoso, com fome e miséria, não apenas devido apenas o Patrice, o pessoal da elite e todos que roubaram STP são também culpados.

        Lei e Constituição da República para enforcar-se cadeia para crimes de roubalheira das finanças do Estado e corrupção se não assim não vai dar nada.

    • Metido a Besta

      14 de Outubro de 2018 as 11:55

      Sr Antonio Nilson, gostaria de lhe informar que para formar governo e governar nao necessitas de 2/3 dos deputados.

      Para se formar um governo estavel necessitaras de 50% dos deputados mais 1 e neste caso concreto sao nada mais que 28 deputados uma vez que 27+27=54-55=1

      27+1= 28 ora, 28+27=55 e sendo que 28 maior que 27 e numa votacao na Assembleia da Republica para aprovacao de OGE o que sem os quais nenhum governo pode governa se nao tem um programa aprovado na Assembleia da Republica e so consegues aprovacao de qualquer programa e leis se tiver a maioria 50% + 1 quanto basta.

      A maioria de Povo Santomenses nao querem O ADI e nao estao desposto a levar com mais dsemando,abuso, arrogancia e ditadura de ADI e de seus gringos,A comunicacao social nao deve ser partdarizado e ate isso acontece.

      Basta e povo decidiu e os politicos so tem que acatar.

      Outra coisa seria legislar e fazer certas Leis que mexem com a Constituicao da Republica e ai necessitas de 2/3 dos deputados.

      Assim como aprovacao de grandes planos desenvolvimentos Nacionais que ultrapassam uma legislatura, Grande privatizacaao em todos estes casos covem haver grande consenso para nao se da o caso que cada governo que ganha muda tudo e nao anda para frente.

      Foi ai que O ADI falhou arrendondamente , a nao respeitar a CR , nao respeitou a oposicao, nem respeitou os Tribunais.

      Tendo em conta a situacao que passou na Africal de Sul depois na Zimbabwee e por ultimo em Angola, so um tolo poderia pensam e agir como fizeram no caso da Cervejeira Rosema cujo alguem dei a ordem aos policias para desobedecer uma ordem judicial. Uma vergonha perante a comunidade internacional.

      Deputados expulso da Assembleia Nacional por policias especiais? Os deputados sao para exercer funcoes na Assambleia Nacional como esta casa para os deputados.

      Quer tribunais ou Assembleia existem leis e normas que regem respectivo funcionamente de cada uma desta Orgao da Suberania.

      Estado vivi dos impostos porem, ha limites e devem ser estipulado na lei e de uma forma universal e imparcial e nao cobrado segundo a cor , grau de parentesco e amizade.

      Nunca vi tanta estupidez numa governacao como o de ADI e quem pratica tais acto de governacao espera ser reconduzido para mais 4 anos so pode ser tolices ou entao andou a tratar o povo como um povo sadmasoquista que gostam de ser tratado como burro ,besta e a pancada,

      O Sr P Da Costa, por muito menos foi rejeitado a primeira vez quanto mais estes punhado de maufeitores de toda especes.

    • Armindo Assuncao

      14 de Outubro de 2018 as 19:35

      Não pertenço nenhum daqueles supostos partidos.
      Mas,sou amante da liberdade e da democracia
      Na minha modesta opinião,o suposto partido que obteve maior número de voto deve formar o governo,depois no parlamento logo se verá.

  2. Matrusso

    13 de Outubro de 2018 as 17:33

    Pois, mas é natural.

    Qualquer ação tem que ter uma reação, especialmente qndo ação é negativa.

    Ninguem aceita que se lhe metam mãos aos olhos sempre sem ter que dar uma resposta.

    Se o processo fosse justo e transparente de princípio a fim, não teriamos essa confusão.

    Mas como temos um chico esperto no comando da PR, AR, GR, CNE, PGR. STJ, e agora tbm TC e manipula as leis conforme o convém, não podemos esperar melhor.

    Minha humilde opinião, pf os 3 juntos, tentem convencer o chico esperto que em demogracia não pode usurpar todos os poderes, ele não pode ser jogador e árbitro ao mesmo tempo.

  3. Metido a Besta

    13 de Outubro de 2018 as 18:27

    Finalmente , Estas figuras decidiram quebrar o silencio o que nao era sem tempo se analizar-nos series de atropolos a COnstituicao da Republica.

    Antes tarde do que nunca mais ,nao posso deixar de dizer: Nao existe nada pior quando um pai poe no mundo um mostro.

    O senhor Miguel Trovoada , como pai deve e tem a responsabilidade de chamar seu filho a razao e caso falha de o fazer o povo sabera.

    Caso ainda nao perceberam,em sao Tome nunca vincou o modelo de racionalidade de compras por cartao ou a cardenneta de combra porque o meu padrinho, Sr Frances, de Riboque de santana juntamente com outros comite decidiram que nao era plaucivel tendo em conta que mesmo o colonialismo nao impos esta medida , logo nao fazia sentedo que aqueles que apeledam de libertadores venham impor tais medida,

    Foi apenas um introito a dizer quem somos e nao fai ser um punhado de jovens que em nome da politica pensam que tudo podem.

    Antes tarde do que nunca

    Apraz me resistar a presenca dos ilustre , pese embora nao nutre de nehuma simpatia pela pessoa de Sr M Trovoada.

    Enquanto militar, no ramo das comunicacao, fui encombido de estabelecer alguma ligacao no Palacio e quanto estava a efeituar tais trabalho fui subreendido por Sr Jorge , antigo professor primario , que na altura trabalhava no gabinete de Sr M Trovoada , tentando acusar me de que eu estava na possa de alguma arma , tendo o dito cujo apalpando procurando alguma arma , sabre , faca sei la o que mais tal estudo queria encontrar,

    Ja conversei com O Senhor Pinto da Costa a caaminho de mouro da Trindade, sua residencia fora de palacio de Povo.

    V Excelencia paraou seu automel e abriu a o vidro e abordou me procurando saber o que eu fazia a esta hora da noite a pe a caminha da Vossa residencia.

    Grande Homens medem-se pela forma como trata com os mas fraco.

    Sr P Costa , a Vossa Excelencia nao poderia ser um Feitor , capataz e apontador em todas as Emprezas agriculas nacionalizada.

    Houve muita gente que nao trabalhava e recebia porque feitor e capataz eram analfaberto e dependia de alguem para fazeram a folha.

    Eu fui o primeiro cabo das comunicao numero 178/05/1978 ,

    Sou de Distrito de Cantagalo, Riboque santana , local onde a vossa Excelencia passava aos fim da semana em vista ao seu Irmao na R Agua Ize.

  4. MIGBAI

    13 de Outubro de 2018 as 20:39

    Os três homens que lutaram para colocar São Tomé e Príncipe na lista dos países mais pobres do mundo.
    Que lutaram a favor do colonialismo negro.
    Que lutaram para viverem de barriga cheia.
    Que o diabo carregue estes três homens e os seus filhos para as profundezas do inferno e que lhes faça pesada a terra que um dia os vai comer.

  5. Madredeus.igreja

    13 de Outubro de 2018 as 23:19

    MIGBAI, vai lavar sua boca noutra freguesia. Você é um burro a torta e direita, és um cedo, estúpido. Nunca falas coisa por coisa.
    Se teu pai, estiveste vivo, teriam vergonha do filho que têm. Vai estudar a história, senhor burro.
    Só falas do passado, quando tua família, celebraram independência com satisfação e orgulho. Você era um bebê Zinho ou andavas em ovo de bode

    Boa reflexão dos senhores, que ajudaram a foder são Tomé e Príncipe. É bom e, ajuda o Patrice Trovoada. O homem está doente e precisa de tratamento com urgência. O povo, não vai ficar calado, estou disposto deixar de batepa com gancho na mão, matar ou viver, para bem dos nossos filhos e de S. Tomé e Príncipe.

    Viva a democracia, viva a liberdade

    Abaixo a ditadura

  6. MANUEL VICENTE

    14 de Outubro de 2018 as 5:24

    GRANDE CINICO E DESCARADO,

    Aí vem o Miguel Trovoada armado em chico esperto. Como o Miguel e o Patrice Trovoada estão a sair muito mal nesse filme, aí vem ele fingir que defende a paz!!!!! Aí vem ele a chamar o Pinto da Costa e o Leonel para caucionar a estratégia deles. O Pinto da Costa que se ponha à pau e que não caia nesta armadilha. O Miguel Trovoada o que quer é uma saída para proteger o filho e ele mesmo dos crimes e das bandidagens que cometeram durante quase 28 anos. Não há outra leitura.

    Deixem o Evaristo, que não sabe ler e interpretar a Constituição, dar posse ao IV governo do Patrice Trovoada. A oposição no seu momento decidirá o que fazer respeitando a Constituição. O Pinto da Costa e Leonel que continuem nos seus cantos a não fazer nada como até agora. E o Miguel que chame a atenção ao seu filho e deixe de continuar a estragar o país. Enquanto o Patrice dividiu os são-tomenses, viajou por todo o mundo com o dinheiro do povo, governou com uma arrogância nunca vista, violou sistematicamente a Constituição, violou a ética e os principios de transparência durante as eleições, proibiu a liberdade de imprensa e de expressão, ONDE é que o democrata Miguel Trovoada estava? Agora é que aparece a defender a democracia e apelar à unidade nacional???. Grande cínico e descarado.

    MLSTP/COLIGACAO/SOCIEDADE CIVIL, mantenham a serenidade, mas não abandonem os princípios democráticos e não desrespeitem a Constituição. Mantenham-se vigilantes às manobras que querem contrariar a vontade popular para que os Trovodas continuem a viver do suor do povo. Esses Trovoadas que deixem o povo com a vida dele. Não defendam mais o povo, por favor. Deixem-No em PAZ.

    • Seabra

      14 de Outubro de 2018 as 11:01

      Adiro-me às suas análise e posição.
      O Manuel Vicente falou em nome de todos os sãotomenses democratas, para o bem do Povo e da Nação .
      Que vêm estes 3 senhores INDEPENDÊNCIA fazer nesta giganstérima situação, que dura há já longos anos?
      O mais descarado e CARA DE PAU deles é o M.Trovoada, a pessoa que deu a origem a esta situação caótica, lastimável, Totalitária de DITADURA , CORRUPAÇÃO, tendo feito pacto com outro franganote de presidente Fradique Menezes, para colocar o filho no trôno, depois da sua presidência.
      Todos eles são responsáveis pela situação do país, STP, actualmente ..
      …mas a TOTAL no BATER o record de descida ao inferno deste povo e país é incontestávelmente os TROVOADA .
      Esta família deve ser julgada e a seguir EXPULSA de STP, sem dó.
      O PT não está doente….e se estiver ? Ele ao menos pode e tem meios de se fazer tratar no estrangeiro pelo desvio financeiro abundante que fez do bem do Estado sãotomense. A pobre jovem de 18 anos que morreu últimamente no hospital Ayres, não teve tal chance por falta de meios materiais cujo país carece….ela e muitas outras pessoas não tiveram a chance de viajar tanto de curtir o bem estar no seu próprio STP.
      PT-ADI nunca teve DÓ de seja quem fôr, também ninguém deve ter dó dele.
      BASTA!

  7. Nini

    14 de Outubro de 2018 as 6:05

    O povo está com nervoso, uma raiva bem forte contra o Patrice Trovoada. O povo tem razão. Mas, não devemos esquecer que ele, o Patrice, não é a única pessoa que deixou o país nesta situação triste. Eu dou o meu suporte a coligação 100% para se encontrar um equilíbrio de poder e fazer auditoria às finanças públicas do Estado. Não conheço qual é a estratégia é o programa de governo que a coligação dos partidos políticos têm na mente deles. Têm que consultar com o povo para obterem informações sobre aquilo que o povo precisa e pesquisar sobre o que é possível fazer para melhorar o país. A única coisa que me descoragem é o vício círculo de corrupção que não acaba de existir em São Tomé e Príncipe. E gostaria de também deixar bem claro que não estou do lado do Patrice Trovoada ou da Coligação, estou sim do lado do povo sofredor que está a padecer todos os dias sem saberem o futuro. Entretanto, apelo à paz, serenidade, harmônia para se resolver o impasse “Stalemate” de forma pacífica e inteligente. Agitação, violência, coisa de nervoso toda hora não dá—-temos que ter calma e não deixar ninguém violar à Liberdade do povo e a Constituição da República Democrática de São Tomé e Príncipe.

  8. Mezedo

    14 de Outubro de 2018 as 6:18

    Devia o Miguel Trovoada aconselhar o seu filho a abandonar o país e nos deixar em paz. Porque ele é o mentor de toda confisao que está no país.
    E estamos à espera que haja qualquer bandidagem do tribunal constitucional para uma vez mais irmos à guera porque povo põe povo tira e povo não quer ele mais. Então ele que vá embora.

  9. Atento aos que se venderam a espera de tacho

    14 de Outubro de 2018 as 7:08

    É com grande alegria que vejo sentados a mesma mesa pessoas que até não são amigos mas que o interesse soberano do povo e da pátria fez com que estivessem lado a lado a mostrar a todo mundo que os Santomenses tem que se entender, sem violência e sem contra informação,e que os partidos políticos tem que deixar de manipular o povo pequeno.
    Triste fiquei por não ver ao lado destes camaradas , o eis presidente Fradique de Menezes, acredito que também foi convidado mas por não se interessar com STP decidiu não dar a cara.
    Vamos deixar as instituições da republica trabalhar , vamos seguir o que manda a nossa constituição, a precipitação é inimiga da paz e como tal, todos os ditos intelectuais que andam nas redes sociais a incendiar a mente de pessoas menos informadas/formadas e depois se escondem, tem que ser responsabilizados.
    A contra informação começou quando Levi Nazaré veio ainda no domingo 7/10 a noite dizer que o ADI teve 27 deputados eleitos quando nem metade dos votos tinham sido contados; claro que quem estava a acompanhar pela radio nacional a contagem dos votos conseguiu perceber que o ADI sabia que tinha perdido a maioria absoluta e que teriam que começar a baralhar a cabeça dos Santomenses para assim conseguirem mudar o rumo das coisas no gabinete.
    Hoje o Patrice ja pensa em conversar com todos, quando nos últimos 4 anos tentou dividir todos, hoje duvido que alguém queira olhar para o rosto de Patrice e muito menos sentar a mesma mesa com ele.
    Amanha segunda feira o tribunal ditara os resultados e apesar de ADI ter 25 deputados não ira conseguir ter um governo sustentável e sofrerá uma mução se censura dando assim lugar a formação de um governo liderado pelo MLSTP e apoiado por toda oposição incluindo os movimento CAUÉ.
    Doi mas vai passar, e se não passar problema é vosso, daqui a 4 anos tem mais.

  10. Caharamba

    14 de Outubro de 2018 as 7:21

    Anteriormente, todos malabarismos eram feitos as escondidas. Hoje tudo e feito com clareza e com divulgacao imediata a novel international. A selvajaria apresentada pelo povo guiado pelos politicos de hoje, foi sendo bem assimilado durante anos de selvajaria demonstradas pelos libertadores de STP. Nunca se entenderam. Estiveram sempre de Costa’s viradas. Hoje, tornou-se tarde. Ease gesto nao passa de um show-off. Que chamem o constitutionalists Portuguese, pai da CR de STP para desenlacar o laco. Que pouca vergonha. Um partido e o Mai’s votado entre todos e nao forma governor. Ou seja quatro alunos vao a uma prova de admissao. Apos o apuramento Dos resultados, o melhor aluno nao e admitido, porque os restantes Mai’s burros ou menos inteligentes, recusam que o aluno Mai’s inteligente, o Mai’s competence seja admitido. Que trapalhada. Sendo assim STP continuara a Ser governado por grupo/conjunto Dos alunos Mai’s burros ou memos inteligentes. Obrigado Sr Constitutionalists Portuguese, pai da CR de STP.

  11. Ex militante do ADI aborrecido

    14 de Outubro de 2018 as 8:28

    Aonde se encontravam essas três figuras, sobre tudo, o Miguel Trovoadas nesses 4 anos quando o Pinta Cabras e o seu ADI cometia todas as atrocidades?
    Mas pronto, antes tarde do que nunca…

    • WXYZ

      14 de Outubro de 2018 as 14:39

      Se essas tres figuras ca estivessem durante esses 4 anos emitindo as suas opinioes de certeza que haveriam criticas. Isso ta cada vez mais complicado meu mano.

    • Realista

      15 de Outubro de 2018 as 12:38

      Antes nunca mais desejaria de ver cara deste Miguel Trovoada pk ele nos quatro anos d ditadura de PT ele nunca deu a cara vai mais sim pra raios k partas o tanto sofrer k vces estao fazer povo santomense sofrer fds

  12. Rice Strategy

    14 de Outubro de 2018 as 12:23

    Pinta Cabra viajou, já começou a levar bens pessoais e não pessoais.
    Se as coisas não lhe correrem bem, foge, alegando perseguição política e regressa dentro de 2 anos para concorrer as eleições presidenciais.

  13. Ex militante do ADI aborrecido

    14 de Outubro de 2018 as 12:29

    Caharamba, vai consultar maze a tua cabeça, vc é um/a carrasco do povo santomense. Nos próximos 4anos o lugar de ADI será na oposição. ADI não venceu as eleições, os 25 deputados que apresenta é falso l, ainda assim é minoria parlamentar tendo em conta o nosso sistema democrático ser de pendor parlamentar. Vc é um demente de mer…Quer continuar agarrado ao poder a qualquer custo. Povo que vcs chamaram de bêbados afinal sabe o que faz… Ganha juízo.

  14. Nespereira Santa

    14 de Outubro de 2018 as 12:30

    O Partido Mai’s votado ou seja que fez melhor trabalho de casa deve format governo. O PCD sempre esteve ao lado do MLSTP no passado. Antes das eleicoes o PCD juntou-se ao MDFM e ao UDD. NESTA’s eleicoes ganhou apenas 2 deputados entre os cinco da Coligacao. Ou seja, passou de mediocres nas eleicoes passadas para may/pessimo NESTA’s eleicoes. O UDD juntou-se ao MDFM e conseguiu 2 Deputados Dos 5 ganhos pela Coligacao. Ou seja de mau/pessimo days eleicoes passadas passou a mau+ / pessimo+ nestas eleicoes. Portanto de acordo com as classificacoes just as atribuidas pelo povo NESTA’s eleicoes, nao e justo nrm sensato que Partidos com classificacao de Mai’s e mediocres se juntem para governar quando exists um Partido com classificassao SUFICIENTE- (suficiente memos) que e impedido de formar o governo conforms a vontade do povo expressa nas URNAs. Todos policos passaram pelas carteiras escolares e muitos pelas Universidades. Em nenhum sistema de ensino a novel mundial (MAU + MAU + MEDIOCRE) foi superior a SUFICIENTE MENOS. Portanto, esta gingana apos as eleicoes com um simples objective de governar, e prova Mai’s do que evidente que muitos politicos so passaram de classe, cabulando e agora recorrem a cabula Constitutional para que o STP seja governado pelos MEDIOCRES. Los MUTCHACHOs do SUL ha muito que ultrapassaram esta cabula por uma questao de consciencia.

  15. Jorge

    14 de Outubro de 2018 as 14:16

    É tudo falso

  16. Jorge

    14 de Outubro de 2018 as 14:18

    Falsos

  17. Barão de Água Izé

    14 de Outubro de 2018 as 14:37

    Se o modelo econômico vigente em STP não for alterado, O que passa pela privatização/reprivatizacao de toda a propriedade produtiva em poder do Estado e seus bens imobiliários não adstritos a necessidades públicas, STP não sairá da miséria. Que partido, ou político tem coragem de defender Novo modo econômico, que acabe com as nacionalizações ,reestruturando o tecido social e econômico. E as pescas; e o turismo? Haja coragem patriótica em defesa do sacrificado povo.

    • Mandelax

      15 de Outubro de 2018 as 8:51

      Que “propriedade productiva” tem o Estado? A ” privatizacao” e como o “mais alem”… O privado quer “pegar” os financamentos públicos (Estado, bilaterais, multiraterais..) para comer, nos casos como o de STP. Em outros casos, como no Brasil, e para entregar as multinacionais os recursos naturais a cambio de corrupcao años politicos e postos remunerativos nessas empresas cuando saem do goveno. Nunca a política de privatizacoes deu nada para o povo pelo contrario ficou mais individado e pobre, para alem de um aumento da precariedade nas relacoes sociaes e de trabalho.

  18. Adeliana Nascimento

    15 de Outubro de 2018 as 9:04

    António Nilson, Como Governo de Unidade Nacional? Para quê agora. Depois de todas estas besteiras de Patrice? Nunca.

  19. seabra

    15 de Outubro de 2018 as 10:52

    Queremos que se forme o novo governo.
    MLSTP ganhou, é tudo. Nao hà nenhuma polémica, tudo està bem claro.
    Quer queiram, quer nao, é um facto!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo