Política

Convulsão na ADI : Levy Nazaré partiu as loiças todas e diz que teme pela sua vida

O secretário geral do partido ADI, chamou a imprensa para denunciar Patrice Trovoada, o presidente auto-suspenso do partido, assim como alguns membros da direcção.

Levy Nazaré disse que se tornou um alvo a abater no seio da ADI.  Tudo por causa de posições que tomou, sobretudo após as eleições legislativas de 7 de Outubro. «Tenho conhecimento que sou um alvo a abater dentro do partido, devido a posições que venho tomando, em nome de um ADI mais coeso, mais democrático, um ADI onde os seus dirigentes e militantes possam ter direito de se expressar, de exprimir e de ter ideias e opiniões», afirmou.

Consequência directa do seu posicionamento em prol da democraticidade interna, diz que a ADI mudou. « O partido mudou, o ADI já não é o que era. As pessoas pedem melhor espaço para discutir as ideias, que as decisões sejam tomadas nos órgãos próprios e não seja uma pessoa a decidir tudo», frisou.

O posicionamento democrático do secretário geral acabou por aumentar a vontade da liderança em abatê-lo. Segundo Levy Nazaré o seu companheiro de partido Abnildo Oliveira, garantiu que a liderança auto-suspensa, vai abatê-lo.  « O Abnilde Oliveira me disse aqui na sede, …Levy o dr, Patrice quer te abater como Secretário Geral do partido, e quer te abater como vice-presidente da Assembleia Nacional».

Para demonstrar que é um alvo a abater, o secretário geral do partido, disse que o Presidente auto-suspenso Patrice Trovoada, nem queria que ele fosse eleito vice-presidente da Assembleia Nacional. « É um plano orquestrado para me eliminar. Não sei se é só eliminação política, não sei se essa eliminação não vai mais além. A minha vida pode estar em perigo, pode estar em risco, talvez pode ser mesmo eliminação física», denunciou.

Levy Nazaré conhece bem o ambiente onde milita, e teme pela sua vida. Mas, com objectividade, detalhou factos que ocorreram após as eleições legislativas e que segundo ele, provam a disposição de Patrice Trovoada em eliminá-lo para já politicamente. « Essa arma contra Levy Nazaré tem a ver com na altura do apuramento geral dos votos nulos e brancos pelo tribunal constitucional, que havia um grupo de cidadãos reunidos a frente do Tribunal. Na altura o Presidente do partido estava fora do país, e me ligou pedindo que eu mandasse vir militantes do ADI, para junto do Tribunal para fazer pressão…. Eu havia dito que não dava essa ordem por questão de responsabilidade, porque eu estava em São Tomé, e ele estava fora…. e em São Tomé estávamos a viver o clima que existia. Trazer militantes do ADI para confronto com os que lá estavam iria dar morte, iria dar problemas gravíssimos. Ele Insistiu mais eu mantive firme, disse que não….

Pedi ao Presidente(Patrice Trovoada) para dar directamente essa ordem, e ele não deu… Daí começa já o problema de Levy ter que ser abatido…..», detalhou.

Levy Nazaré, detalhou mais casos de alegada insubordinação ao seu Chefe, que lhe colocou na mira como alvo a abater. «Depois da decisão do Tribunal Constitucional sobre o resultado definitivo das eleições, o Presidente (Patrice Trovoada) agora suspenso, pede-me para na minha declaração que eu dissesse que as eleições não foram justas, livres, e nem transparentes. Eu respondi que não….., é uma questão de honestidade intelectual. Em minha opinião as eleições do dia 7 foram livres, justas e transparentes».

O Secretário Geral da ADI, explicou a imprensa que Patrice Trovoada não está sozinho nesta luta para eliminá-lo. Alguns membros da direcção da ADI, estão envolvidos na campanha do Presidente auto suspenso. « São pessoas que andam a difamar e a sujar o meu nome, Arlindo Santos mais conhecido por Bala, Domingos Boa Morte de Santana, Elísio Teixeira, o ex-presidente da Assembleia Nacional José Diogo, Idalécio Quaresma da Trindade, Abnildo Oliveira, e outros, mas estes são os cabeçilhas, desta prática de difamar o meu nome, só porque eu fui eleito vice-Presidente da Assembleia Nacional», sublinhou. 

 

“Patrice e os seus apoiantes não querem que seja realizado o congresso da ADI”

 

Apesar do temor pela sua vida, Levy Nazaré não desarma e promete combater para que o conselho nacional marcado para este domingo 16 de Dezembro se realize de facto, e seja marcada a data do congresso electivo do partido.

O secretário Geral, acusou Patrice Trovoada e os tais membros da comissão política, de não quererem que o partido se reforme através do congresso. «Não querem a realização do Conselho Nacional do dia 16, e não querem a realização do congresso. Cabeça política do partido não existe e há necessidade urgente de se convocar o conselho nacional e convocar o congresso para eleger os órgãos.  Não sou candidato nem estarei em nenhuma das listas que possam vir a concorrer às eleições dentro da ADI, e não serei mais secretário geral do partido. Continuarei como membro da comissão política, e depois do congresso continuarei como militante do ADI.  O objectivo talvez é me abater até como militante da ADI», reforçou.

Denunciou mais uma tentativa de Patrice Trovoada no sentido de comprometer a realização da reunião do conselho nacional deste domingo. « O Presidente suspenso não quer a realização do conselho nacional, e fez-me um convite para que eu fosse a Lisboa para encontrar-me com ele, para discutir questões do partido, e eu disse a ele que não estou disponível», precisou Levy Nazaré.

Garantiu que a reunião do conselho nacional será realizada neste domingo, apesar das acções dos seus companheiros Arlindo Santos vulgo Bala, Abnilde Oliveira, e outros no sentido de desmobilizar os militantes da ADI.

Levy Nazaré, convocou a imprensa para partir a loiça toda, após ter sido informado hoje, na reunião do grupo parlamentar da ADI, de que há uma petição subscrita por alguns membros da comissão política do partido, para o seu afastamento do cargo de Secretário Geral da ADI. « Estatutariamente a Comissão Política não tem competência para isso. Pelos Estatutos o secretário geral é eleito no conselho nacional. Não é competência de a comissão política destituir o secretário geral», explicou Levy Nazaré.

Levy disse que sabe quem está por detrás deste movimento que pede o seu afastamento do cargo de secretário geral. ««São umas pessoas que infelizmente estão a mando do Presidente auto-suspenso do partido, o dr Patrice Trovoada, que continua a manobrar e infelizmente a influenciar algumas pessoas para tomarem esse tipo de atitudes», concluiu.

O leitor deve acompanhar na íntegra as denúncias do Secretário Geral da ADI em registo audio :

Abel Veiga

    29 comentários

29 comentários

  1. Bem de S.Tomé e Príncipe

    12 de Dezembro de 2018 as 18:50

    feitiço virou contra o feiticeiro. É o que queriam que acontecesse com Mlstp e pcd.

  2. GenteDeLa

    12 de Dezembro de 2018 as 19:17

    LEVI LEVI LEVI.

    Nós do outro lado da bancada(oposição) te avisamos, teu chefe ia basar e vc ia ficar na lama, mas não nos ouviste!
    Agora tas aprovar do mel. Vê-la ainda conseguiste uma boca para mamar por mais 4 anos.

    Tudo o que te posso dizer é: Boa sorte.

  3. Metido a Besta

    12 de Dezembro de 2018 as 20:09

    Existe este ditado ate na Bliblia: Quem com ferro mata da mesma forma sera morto. Nao deve ser estranho para nenhum militante de ADI o atitude de P Trovoada de contrario como explicar o caso Cervejeira Rosema e exoneracao dos Juizes com a reforma compulsorio.

    Boa arvore da bons frutos e mau dao maus frutos.

    Cemeou vento entao escolhe a tempestade.

    Porem, tendo estado firme perantes os interesses de povo de Sao Tome tens a chance de ser salvo.

  4. Amar o o que é nosso

    12 de Dezembro de 2018 as 20:13

    Patriço não volta mais é!!!! Satanás, bezebú. Má índole. Vai reto!!!!

  5. Amar o o que é nosso

    12 de Dezembro de 2018 as 20:27

    Evaristo vendeu a alma ao diabo! Teve várias oportunidades de dizer basta! Não o fez, uma pena. Está aqui a prova do que esse homem é capaz. Definitivamente ele não é daqui. Tem sangue de pessoa de África Central, serra leoa por aí. Maus por natureza! Homem queria matar nos!!!

    • Bebuxu

      12 de Dezembro de 2018 as 22:25

      Senhor ou senhora amar o que nosso, eu discordo consigo, quando diz que os africanos de África central são maus por natureza. Isso não é verdade, eles são tão humanos como a senhora ou o senhor. Simplesmente, existem homens que sacrificam os outros para o seu proveito próprio e a senhora sabe disso. Quando a pobreza e a desigualdade, a ditadura são extrema o povo revolta,dando origem as guerras civis. Também fica a saber que por de trás dessas guerras civis estão muito interesse económico, político.

      • Jacinto Novais

        17 de Dezembro de 2018 as 9:03

        Pleanamente de acordo consigo, Bebuxu. As pessoas não são más pela natureza. O ser humano reage quando é confrontado. Daí que, quando se sente oprimido, na pobreza e na desigualdade, ele reage.

  6. Barão de Água Izé

    12 de Dezembro de 2018 as 21:26

    P. Trovoada é que deve estar “morto” politicamente. Se ele ainda não percebeu, os militantes da ADI abandonados pelo seu chefe,devem assumir a sua independência face ao aprendiz de ditador e participarem livremente na política de STP.

  7. peter

    13 de Dezembro de 2018 as 5:43

    Hoje quem e o frustrado? e o Peter Lopes ou e o Patrice e o seus barbarros..? eu queria uma resposta do nosso Povo.
    ja virao que da mesma forma que ele praticou nas eleicoes 2016 na comisiao eleitoral e o mesmo que ele queria que o Levy fizesse?
    as pessoas me chamaram de frustrado bandido, marginal, hoje ja sabem quem e o marginal? ate ouvi capangas que forao a Tvs dizer que fui pago, agora pergunto quem pagou Levy Nazare?
    o Patrice Trovoada tem que responder nas barras do Tribunal enquanto eu estiver vivo

    • Seabra

      29 de Janeiro de 2019 as 1:05

      Amén ! Que assim seja.
      Patrice Trovoada deve pagar para tudo que fez, especialmente, atos de crime onde envia pessoas para suprimir a vida daqueles que lhe incomodam…há-de se saber de tudo.

  8. António cunha dos santos

    13 de Dezembro de 2018 as 8:35

    PT é um bandido e mercenário. Não viram que mesmo o Levy teme pela sua vida? Quem não lhe conhece que lhe compre. Avisamos. Os que ainda teimam, seus dias estão contados. Quem brinca com o Fogo, com o Fogo será queimado.
    Dansem lá.

    • Seabra

      29 de Janeiro de 2019 as 1:17

      Camaradas, não é assim tão fácil. …o PT não tem nenhum poder mais ou maior que os outros. Eu condanarei e denunciarei sempre o que é e o que está errado , que prejudica os demais, podem me contradizer com a mesma arma que utilizo “a EXPRESSÃO , a sua liberdade ” , lutámos e demos a vida para esta liberdade. Pergunto, quem ousa vir impedir esta liberdade tanta procurada que custou-nos sangue?
      Pessoalmente digo e confirmo que se eu for maltratado de manhã ,antes do fim do dia o responsável deste ato será torturado até a morte. Afirmo. Se o PT tentar algo contra mim às 10h, ás 12h ele estará na posição horizontal definitivamente….c’est un fait!

  9. nós da diáspora

    13 de Dezembro de 2018 as 10:58

    Peter, estas ainda com dor do cotovelos por causa das bolas gigantes de gaz que ficaram a flutuar nas Neves. Doi, mas passa…

    • Seabra

      29 de Janeiro de 2019 as 1:21

      Patrice Trovoada na diáspora. Ninguém apoia este fdp do PT.
      Ele que se cuide bem porque tanta raiva se tem dos abusos dele , que há riscos de massacrá -lo , deixando -o vivo mas inutilisado. …handicapé à vie.
      Que ele não abuse mais….cuidado !

  10. Canguro Velho

    13 de Dezembro de 2018 as 14:18

    Hoje mais do que nunca o MLSTP/PSD e a Coligação PCD/MDFM-UDD vão estar mais solidos porque de certeza que o Levy Nazaré e todos os outros deputados que têm suficiente lucidez, irão apoiar os propositos da governação de Jorge Bom Jesus na perspectiva de um futuro melhor para todos.
    Bem haja a estabilidade politica em STP e bem aventurados aqueles que aderirem a causa da paz, do entendimento nacional.

  11. SEABRA

    13 de Dezembro de 2018 as 16:12

    Sempre denunciei o sistema TROVOADA, a màfia, a ditadura, o totalitarismo, os desvios dos bens materiais de STP, omaltratto feito ao povo etc etc…foram insultos, ataques de toda a ordem contra mim…hoje hà muitos queestao repetindo , exatamente, os mesmos propôsitos que publiquei, mesmo o Secretàrio doADI, na pessoa do bruta montes Lévy Nazaré. Afinal, jà era mais do que tempo de pôr um termo a toda esta mascarada, que tem estado a eternizar-se com a presença da familia Trovoada,que reina em STP hà jà mais de duas três décadas…continuando assim, podemos imaginar que mesmo a camisa pertencendo a esta familia vai acabar por mandar em STP e no seu povo.
    Tornou-se preocupante, quando demos conta que mesmo os esclarecidos deste ADI (Varela, etc), nunca ousaram dizer um NAO categorico ao DITADOR Patrice Trovoada, pois que ele reflete e toma decisao em nome de todos, sem que nenhum membro deste partido ouse dar o seu palpite. Aliàs, o que o Lévy Nazaré declarou na sua intervençao quanto as ORDENS do Guru PT, demonstra claramente que este homem quer é confusao, conflito , guerra e tudo que leva a caàstrofe ao pais e ao povo é que lhe interessa…quer dizer, pôr uns contra os outros (guerra, mortes…). O PT tem , sem dùvida , a postura de um DITADOR perigoso, “quem nao està comigo, està contra mim…” . Este PT é um ser RUIM , que tem muito ôdio no coraçao, deseja vingar-se de nao sei o QUÊ. Este individuo deve ser eliminado na cena politica de STP, mas antes deve ser julgado.
    Apraz-me saber que as palavras se LIBERTARAM, as ideias, as opinioes se impoêm…STP està livre, independente, as pessoas começam a tomar consciência e a enfrentar a BOMBA NUCLEAR.
    Ainda BEM! Sinto-me feliz e com Bwé esperança no futuro STP em paz, com liberdade de expressao, em harmonia e na concôrdia nacional.
    Viva STP,
    Viva o Povo,
    Viva a Vida,
    Saùde e Paz nos nossos coraçoes!!!

  12. MadreDeus.igreja

    13 de Dezembro de 2018 as 16:19

    Inem moço eeeeee, saia banco tason punda Levy, tê cua pê conta povo.

    Ainda na chegou a fim, o filme so agora começou.

    Quem com ferro mata, com ferro será morto

    Próximo capítulo

  13. Manuel do Rosario

    13 de Dezembro de 2018 as 17:51

    O melhor que temos fazer é agradecer ao Jesus Cristo de ter salvado os seus servos da consumação da ditatura sem trégua e de devolver a alegria e liberdade aos filhos deste amável país em primeiro lugar, não esquecendo de igual modo a participação de toda população que reconheceu o perigo em que nos encontrávamos. O melhor ainda são os que pensavam que o Patrice era a salvação do país já estão a tirar provas que era precisamente o contrario. Era um grande comprometedor das nossas relações diplomáticas e internacionais com os países que nos podem ajudar. Acredito que mesmo sua Excelência o senhor presidente da República está actualmente a se sentir mais feliz, mais livre pela reconquista da democracia.

  14. Luxenburg

    13 de Dezembro de 2018 as 17:56

    Querramos o nao, o Senhor Levy nos deu una demostracao de duas coisas:

    1. Na política todo pode acontecer e é necessario pensar que a autocrítica faz parte e nos permite melhorarnos;

    2. Que as alianzas cegas o as obediencias cegas e surdas podem acabar por complicarnos a vida.

    O melhor desta historia é que Levy demostrou que ainda ha santomenses de verdad e pronto para evitar o peor. Levy, aunque tarde, mostrou uma actitude que so um santomense de verdad e capaz de fazer: contrariar ordens de mando contrarias aos intereses da populacao. Nao si qualquer outro no seu lugar o teria feito. Viva Levy!!!

  15. Papafigo

    13 de Dezembro de 2018 as 18:45

    Meu caro Levy, como diz outro,diz me com quem andas, digo ti quem és. Chupa essa manga.

  16. S.tomense

    14 de Dezembro de 2018 as 0:48

    Kkkkkkkkkkkkkkkkkķkkkkkkkkk k ja estou cm dor de bariga

  17. Paulino torres

    14 de Dezembro de 2018 as 8:20

    Xiei…..
    Onde foram aranjar aquele marmanjo que tentou ler comunicado conselho de ministros ontem?
    Aia, ai,ai….comecaram bem mas estao a querer estragar o guizado muito cedo. O gajo nao sabe ler, passou a vida a resmungar apenas

  18. antonio lemos

    14 de Dezembro de 2018 as 8:33

    Senhoras e senhores, Os nomes que Levi, citou, fez parte incluindo ele, dos que mais torturaram DIABOLICAMETE as pessoas. ainda falta mais elementos, como o inesperado, Afonso Varela. Existem outros lacaios, como a Izabel Domingos, o Bakuda, o Adérito Bonfim etc etc. E agora?!……..

  19. Merenguê

    14 de Dezembro de 2018 as 8:55

    O ADI, é um castelo construído no ar e que o seu esteio foi o vento enquanto soprava a seu favor, mas, que quando este vento deixou de soprar, o castelo caio e todos que estiverem por dentro deste castelo caso não tomar alguma providência enquanto é tempo porque poderão quebrar a cara ou outro lado qualquer e quem sabe até perder a vida.

  20. OCosta

    14 de Dezembro de 2018 as 20:53

    Conversa da treta!

  21. SEABRA

    17 de Dezembro de 2018 as 16:40

    Hà um tal Anjo Gabriel, que nao é outro que o Patrice Trovoada, que começa a imitar o estilo de escrever Seabra, mas sem sentido porque imita muito mal. Imiter ce n´est pas egaler!

  22. OLIVIO ALMEIDA

    19 de Dezembro de 2018 as 14:05

    quando tinhas tudo no seu poder,nao abriste a boca , hoje perdeu o poder estas a por boca na trombeta contando mentiras para aquele que te fez ser gente, o povo ja nao acredita se um dia for eleito como primeiro ministro ou cheve da naçao

  23. Caminheira Peregrina

    19 de Dezembro de 2018 as 15:54

    Levy disse muita coisa que ele mesmo não reparou.
    Ao dizer que teme pela vida, quer dizer com isso que a pessoa pela qual ele afronta é capaz de tal acto (matar) ou como ele sabe mais da pessoa por ter sido testa de ferro esse tempo todo, pode saber de coisas que ninguém sabe nesse domínio.
    Mesmo alguns políticos no poder nem sequer têm a visão da operação ilusionismo que ocorreu no dia 7 de Outubro de 2018.
    Hoje ADI supostamente perdeu poder porque Levy se atrapalhou e falou dos 27 deputados + 2 de Caué quando ainda só contavam 25.
    Mas os 25 deputados permaneceram assim como poderiam ter permanecido os 27+2=29 como planeado se Deus não interferisse. Porque a oposição já se encontrava derrotada os sindicatos silenciados e os seus líderes perseguidos.
    PT só mandou Levy dizer que as eleições não foram livres Justas e Transparentes desconfia-se com um único propósito se repetir as eleições e daí aplicar-se a operação ilusionismo devidamente e com um número maior de deputados, uma vez que algo correu mal. Mesmo que para tal custasse investimentos adicionais. Levy estranhamente rejeita isso, acreditando que a Juíza e companhia limitada pudesse dar a volta na Assembleias Distrital de AG acrescentando mais 2 deputados. Essa infantilidade deu errado graças a vigilância reforçada. A queima da viatura com consequente afugentamento da juíza salvou o país de uma maioria absoluta fraudulenta e conduziu a uma democratização profunda, onde mesmo MLSTP que venceu as eleições com maioria absoluta proveniente do povo (não expresso nas actas devido a fraude) foi forçado a negociar com coligação para ter sustentabilidade parlamentar…
    Porém se essa moda de fraude eleitoral pega, a democracia sai a perder… Essas eleições foram a maior vergonha de sempre na nossa democracia, que era vista como uma das melhores em África.
    Os nossos políticos devem deixar o povo decidir e enquanto governam devem servir a Nação conforme o Juramento. Temos um país muito rico para nós o empobrecermos como estamos habituados a fazer. Vamos deixar de baboseiras e dar um rumo a esse país que até não é assim tão difícil como pensam muitos dirigentes bloqueados e com olhos só para oportunidades pessoais…

  24. Caminheira Peregrina

    19 de Dezembro de 2018 as 16:00

    Todo problema está em Levy ter feito adi perder eleições do dia 8 de Outubro, falhando porcamente operação ilusionismo, uma operação que não tinha porquê falhar, uma fez que ninguém estava preparado nem está para conter tal operação. Nem os políticos mais atentos perceberam o que se passou. Ainda desobedeceu em dizer que as eleições não foram justas de forma a se repetir com eficácia a tal operação. Hoje adi está fora do poder só porque essa operação falhou. Claro que foi Deus porque não houve digamos um trabalho capaz de a travar uma vez que ninguém a conhecia… Mas Ninguém vai matar Levy, porque não seria para tanto…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo