Política

90 dias de pressões sobre Kelve Carvalho

O Procurador Geral da República Kelve Carvalho está por um fio. O Presidente da República que tem a competência constitucional de nomear o Procurador Geral da República, mas sob proposta do Governo, será o único órgão de soberania que segura o fio que ainda liga Kelve Carvalho ao cargo de Procurador Geral da República de São Tomé e Príncipe.

As declarações do Primeiro Ministro Jorge Bom Jesus(na foto) no balanço dos primeiros 90 dias do XVII Governo Constitucional, deixaram claro que o executivo não confia no Procurador Geral da República, e que a paciência está a esgotar-se. «Temos estado a pressionar a procuradoria geral da república para que dossiers de cabelos e barbas brancos possam ser resolvidos. ….há inúmeros dossiers na procuradoria. Temos pedido celeridade», afirmou o Primeiro Ministro.

O Chefe do Governo recordou que a Ministra da Justiça Ivete Lima, reuniu-se com o Procurador Geral da República e transmitiu a posição do Governo. «Foi precisamente isto que a ministra da área pediu ao senhor procurador geral da república».

O caso é sério. Pois o combate a corrupção, foi a opção política assumida e defendida como prioridade pelo Primeiro Ministro Jorge Bom Jesus, diante do Presidente da República Evaristo Carvalho, na cerimónia de tomada de posse do novo Governo no dia 3 de  Dezembro de 2018. «O combate à corrupção será a bandeira deste governo. É um imperativo nacional que os responsáveis pela gestão danosa e pelo desvio de dinheiros e bens públicos, comecem a ser criminalmente responsabilizados», declaração de Jorge Bom Jesus no dia 3 de Dezembro de 2018.

O Governo pediu celeridade do Procurador Geral da República no esclarecimento de cerca de 10 processos crimes, que estão na secretaria de Kelve Carvalho. O crédito de 30 milhões de dólares, que o Estado são-tomense contraiu com uma empresa chinesa no ano 2015, e cujo patrão da empresa foi detido pela polícia internacional pela prática de crimes de sangue e de tráficos, é um dos processos que o novo governo e o país querem ver esclarecido.

O Primeiro Ministro, reforçou a pressão contra Kelve Carvalho. «Eu em despacho junto ao senhor Presidente da República pedi para que usasse a sua magistratura de influência para que esses dossiers que se encontram na procuradoria geral da república ……sejam analisados, concluídos e eventualmente levados ao Tribunais para que a opinião pública conheça os resultados, e que não se continue a lançar suspeições e a descredibilizar a justiça, e toda gente de forma geral…não podemos continuar neste lamaçal», reforçou o Chefe do Governo.

Os sucessivos relatórios de auditoria realizados por instituições nacionais, como o Tribunal de Contas e a Inspecção Geral de Finanças, denunciam actos de gestão financeira lesivos aos cofres do Estado, ou seja, demonstram que a corrupção campeia pelo país.

Anualmente instituições internacionais fornecem relatórios comprovativos de que a corrupção é o mal maior em São Tomé e Príncipe. Os relatórios emitidos pelo departamento de Estado dos Estados Unidos de América também denunciam que a corrupção domina o país.

Mas, na prática o Ministério Público de São Tomé e Príncipe e os Tribunais, não conseguiram até hoje esclarecer nenhum caso de crime de colarinho branco no país. Processos de roubo de galinhas, os casos de violência doméstica envolvendo cidadãos comuns, e processos forjados contra cidadãos que são “persona non grata” do sistema, é que são tratados pelo sistema de justiça com grande celeridade.

Situações de conhecimento público, e que podem estar a mexer com paciência do Chefe do Governo que elegeu o combate à corrupção como bandeira do seu governo. «Tudo isto tem um tempo….há um tempo para cada coisa…enfim poucas palavras bastam», afirmou Jorge Bom Jesus, para depois acrescentar que :

«Não posso esconder que os problemas da justiça, daí a necessidade de continuarmos a pressionar o procurador, para que ele encontre solução rápida….  se não, não teremos outra alternativa se não cair-lhe em cima …temos que tirar essas pedras no sapato da política», concluiu.

A paciência do governo está a esgotar, ainda mais numa altura em que segundo o Primeiro Ministro, com apoio do Banco Mundial, as grandes empresas do país vão ser passadas a pente fino, por uma auditoria internacional.

A auditoria que segundo o Chefe do Governo será executada por empresas de renome internacional como a KPMG e a Deloitte vai revelar como é que os antigos gestores de empresas públicas nomeadamente a EMAE, ENAPORT, ENASA e outras, andaram a utilizar os fundos públicos de 2014 até 2018.

Podem acontecer casos de polícia após as auditorias internacionais, como é hábito na gestão pública são-tomense, e o Ministério Público deverá ser activo na defesa da legalidade e do Estado.

Abel Veiga

    39 comentários

39 comentários

  1. Púmbú

    16 de Março de 2019 as 8:13

    Gostei das palavras do senhor ministro. E procurador tem que mexer o pântano retirar dele os SAPOS que acumulou. Urgentemente.

    • Eu sou a mensagem

      17 de Março de 2019 as 9:31

      Pois é… e concordo. Se o PM já deu o seu bom exemplo todos devem seguir. E quem não está pronto para contribuir com o desenvolvimento do país, deve dizer desde já e ser afastado. É isto que se chama; lavar a roupa suja na sua própria casa.

  2. T

    16 de Março de 2019 as 9:58

    O que pude entender com esse manifesto todo, é o medo que o actual governo tem em relação ao Procurador dr.Kelve, que nem a impressa tem mais respeito…
    AGORA porgunto me mais do que têm assim tanto medo?? E chego a conclusão que JBJ está rodeado de corruptos, a começar do presidente da assembléia, o povo está de olhos abertos! Como queremos ver o resultado do actual governo, também queremos ver o resultado de trabalho do sr.procurador, e isso leva o seu tempo.
    Brincadeira de mau gosto!

    • WXYZ

      17 de Março de 2019 as 2:18

      Oh meu caro T. Quase que me tiraste as linhas que tinha nos meus pensamentos. Porque se fosse eu o actual procurador comecaria por investigar precisamente aqueles que estao me pedindo para investigar os outros do anterior governo. Conheces certamente a historia daqueles que tentam escamutear os prevaricadores indo buscar coisas outras para fazer distrair as populacoes. O Sr. primeiro ministro, a esse respeito esta agindo muito mal. Ele esta coagindo o procurador, pressionando o homem a fazer asneiras.

  3. T

    16 de Março de 2019 as 10:06

    A luta pela corrupção deve começar desde já dentro do vosso menbro, pois o senhor JBJ esta rodeado de pessoas que são muito mal vistas e corruptos! Disso todos nós sabemos. Nada contra a sua pessoa senhor primeiro ministro, mas contra os que o rodeiam e a brincadeira de mal gosto contra o Pgr que tem um currículo invejável, porquê não apoiar a a instituição MP, o resultado seria melhor.

    • WXYZ

      17 de Março de 2019 as 2:23

      Cuidado com esse JBJ, vulgo bana mao, boca de charroco de agua mato. O gajo tem cara de bonzinho mas pode nao ser flor que se deva cheirar. Tentem fixar bem no rosto do gajo.

      • Eu sou a mensagem

        18 de Março de 2019 as 8:36

        A aparência não reflete a acção. São coisas completamente diferentes.

      • PUMBU

        18 de Março de 2019 as 9:02

        Acho que voce nao deve fazer-se de comico insultando o homem. Antes veja a tua propria carinha no espelho… e entenderas melhor quem es.

      • Vanplega

        18 de Março de 2019 as 10:07

        WXYZ, deixe de ódio

        As pessoas são como são. Bonito ou feio, somos feitos pela mãos de Deus.

        O que está em causa é o carácter da pessoa. Pelo o csrgo que ocupa, se é cspaz de levar o pais para bom porto.

        Só isto. Insultos, ódio não têm lugar na sociedade

        Tu também és um bom feio, feito do nada

        • Eu sou a mensagem

          18 de Março de 2019 as 14:44

          Verdade. Infelizmente pessoas com falta de educação existem em todo lado.

    • Eu sou a mensagem

      17 de Março de 2019 as 9:00

      A questão aí shr T, é que o PGR quer desafiar o governo. Ninguém pode estar acima da lei. O shr PGR está procurar encobrir crimes que pode envolver o shr Pinta Cabra que o tem lá. Isto é que está em jogo. Quando se trata do combate a corrupção, o primeiro pente fino deve ser passado nos antigos dirigentes do ADI. Há muita coisa para se descobrir. A verdade tem que ser esclarecida. O cinismo deve acabar.

      • T

        17 de Março de 2019 as 20:48

        Quem acha que isto é cinismo são pessoas que estão envolvidas para além da conta…o actual governo só esta a repitir os erros, tirar pessoas só porque em princípio acham que pertencem a um outro é brincadeira de criança, e esse país já tem muitos anos de independência para cair sempre nos mesmos erros, quem está a extravasar e ir para além do seu poder o o senhor primeiro ministro, na qual gostava muito e admirava a sua pessoa, mas as aparências enganam…o que me parece é uma luta pelo próprio bem estar e não pela democracia e o respeito pela constituição. Espero que não me levem a mal, mas estou de facto mt sentido com a escolha que fiz, não estou a ver melhorias…

        • Vanplega

          18 de Março de 2019 as 13:34

          Não ti houve falar o nesmo quando Pinta Cabra, fez o mesmo.
          Quem não se lembra, Pinta Cabra, mandou todos pôr lugar a disposição do governo. Depois veio o pior, só os apoiante tinham lugar da chefia, funcionário que falasse era despedido.

          Hoje já podes falar, vês um bom programa na Tv, rádio Nacional, já passa boas música, em relação a ADI, era só propagandas

          Vens criticar o quê? Tás de barriga cheia, coisas de crianças

  4. Renato Cardodo

    16 de Março de 2019 as 11:07

    A verborreia revela empenhamento na reconfiguração das práticas de corrupção que está enraizada no País pelos partidos do arco de governação.
    Concordo que existe lamaçal e que os políticos quase sem exceção chafurdam nele com muito gosto.
    Afastando ou não o atual inquilino da Procuradoria Geral da República não traria melhorias significativas.
    Atentemos sobre as indicações dos Membros do Tribunal Constitucional…e cito esta atitude dentre outras que são tomadas sob o véu falso de noiva pura.

    • Eu sou a mensagem

      17 de Março de 2019 as 9:07

      Concordo consigo shr Renato. Pode não trazer melhorias, o que se pede ao PGR é que ele faça o seu trabalho como procurador. Se o primeiro ministro quer fazer um trabalho em prol do desenvolvimento de S. Tomé e Príncipe, ele deve colaborar e não encobrir crimes. Porque assim leva-nos a desconfiança desse PGR.

      • T

        17 de Março de 2019 as 20:58

        Pois é têm toda razão meus caros, e também não é desta forma que se deve fazer as coisas, ha aqui algo para além do que sabemos…acredito que a colaboração seria o melhor caminho, ao invés de mancharem a imagem de uma pessoa que mal entrou no poder, o mesmo se passa com o governo do JBJ ainda não há resultados…. O ódio dr bada serve, isso não levará o nosso país a nenhum lado!

  5. Seabra

    16 de Março de 2019 as 11:46

    O tal Kelve Carvalho é da família do Evaristo Carvalho ? No passado não foi competente no seu domínio, porque razão é-lhe atribuído de novo uma tão grande responsabilidade num sector muito delicado que é a justiça sãotomense ?
    As famílias e amigos das victimas de crimes-assassinato , estão desesperados à espera da justiça sobre os dossiês….os assassinos continuam livres , a viver e prontos a recomeçar. Que diz, que faz a JUSTIÇA ?
    Nós estámos ainda à espera da justiça sobre o assassinato selvagem do Jorge Pereira dos Santos, que nos arrebataram.

    • Eu sou a mensagem

      17 de Março de 2019 as 9:10

      Pois é caro Renato. Disto também que eu suponho. Este é um miúdo. O próprio antigo primeiro ministro não analisou bem a imensa responsabilidade do cargo.

    • T

      17 de Março de 2019 as 21:03

      Precisavas ter escutado a entrevista do PGR na radio jubilar, foi muito esclarecedora!

  6. EX

    16 de Março de 2019 as 12:50

    carrega com esses malandros, que andaram a usufruir de coisas do estado e do povo

    • Eu sou a mensagem

      17 de Março de 2019 as 9:26

      Verdade. Eles usufruem sim meu caro. O que é essencial aí, é que têm que comparecer e esclarecer a justiça. Todos nós temos que passar pelas consequências dos nossos erros.

  7. Amar o o que é nosso

    16 de Março de 2019 as 16:15

    Com todo o respeito pelo primeiro ministro. Mas será que o procurador não estará na posição de bode expiatório? Todos sabemos dentro do governo tem várias pessoas com processo na Justiça…incluindo a própria dita ministra da justiça! A entrevista do procurador na rádio jubilar foi bastante esclarecedora. Outra coisa será que a procuradoria tem meios para conseguir investigar tudo isso? Não está a ser muito correto isto!

    • Ze Povinho

      16 de Março de 2019 as 22:34

      Tens razão, o Dr Kelve é um jovem talentoso e promete um bom procurador geral.
      O Sr. Primeiro Ministro devia ter ouvido a entrevista na rádio jubilar. Foi bastante esclarecedor para qualquer santanense. Transmitiu a confiança e tranquilidade que todos precisamos. Acho que todas as pessoas de bem depois de ouvirem os esclarecimentos que deu deviam apoiá-lo. E o governo se realmente quer uma justiça célere e isenta tem de dar os meios necessários ao desempenho que diz pretender. A justiça não sai barata … mas claramente compensa! Basta uma pequena fração do que aparentemente é desviado e mal utilizado … e drenávamos o tal lamaçal.

      • Ze Povinho

        16 de Março de 2019 as 22:38

        Sãotomense .. saiu santanense
        Bom se calhar não saiu tão errado assim

    • Eu sou a mensagem

      17 de Março de 2019 as 9:20

      Se é o bode expiatório ou não, só ele o sabe (PGR). Ele que se entenda com o seu sócio Patrice. Se dentro do governo tem pessoas com processos judiciais e a bandeira deste governo é o combate a corrupção, então tudo tem que ser feito. Pelo menos assim todo o povo fica bem esclarecido da real situação política do país. O PGR que faça o seu trabalho e ponto final.

    • T

      17 de Março de 2019 as 21:09

      Pois é meu caro! Até então não entendi esse jogo todo contra a imagem desse jovem Procurador, dêm lhe meios e condições para investigar, tanta pressão sem meios? Que injustiça vem a ser essa?, ouvi por aí na banda que até a ajuda de parceria que o PGR tem da polícia judiciária querem cortar…

  8. Vanplega

    17 de Março de 2019 as 11:01

    O senhor 1 Ministro falou sobre o procurador, certo.

    Senhor Procurador, dei corda aos sapatos,esclarece os casos, sem ver a cor partidária. O senhor, é pago para trabalhar e mostrar trabalho. Agora, tantos casos sem respostas não pode ser.
    Não quer saber, se és família do presidente ou seja lá quem for, trabalha rapaz.
    Realmente são muito casos se respostas.

    Chegou a hora do Procurador dar respostas de todos os casos que têm no seu gabinete.
    Também é a melhor forma de limpar tua imagem. Cara tua cara, mostrar a coisa, que és pessoa de bem.

    Ou vais ficar com nome de malandro, que não quer que as coisa acontecem

    Fazer a justiça é um ganho para toda a sociedade.

    • T

      17 de Março de 2019 as 21:19

      Quem trabalha sobre pressão faz asneira, um SIM para que dêm condições de trabalho, Vanplega pregas a madeira sem os pregos? Poís é es a questao…
      Precisamos ter a consciência que não é dessa forma que iremos conseguir?
      Um bom pai de família dá condições aos filhos, estudos e além mais, mas no final quer ver resultados…

      • Vanplega

        19 de Março de 2019 as 18:35

        Engano seu. Em tempos a familias sem pose mais filhos na escola era:

        Um veste roupa de manha, vai a escola. Quando chega tira e da outro e, assim vai

        Tiveram bom resultados e até diploma trouxeram para casa.

        Não faltou crença, respeito, corajem, acima de tudo dedicação

        Dinheiro, não pode ser tudo. Aonde está organizacao?

        O procurador têm seu vencimento todos os meses e nao apresenta trabalho.
        Inferno

        • T

          19 de Março de 2019 as 22:13

          Meu caro dei apenas um exemplo, poderia até dar mais, mas para um bom entendedor poucas palavras bastam, os nossos pontos de vista divergem, eu só sei q isso não é justo. E outra coisa temos que ter em vista a separação de poderes!

  9. Vanplega

    17 de Março de 2019 as 11:17

    Já é tempo de a justiça esclarecer o que passa na agência Nacional de Petróleo. Desde assinatura desses acordos em 2002

    – O que lá passou, se foi benefico para os Santomenses

    -Quem beneficiou com está assinatura

    -Quem meteu mãos no dinheiro

    – A morte do Senhor Jorge Santos, tem alguma coisa haver com petróleo. Ele ia divulgar algo que sabia?

    Senhor Procurador, têm tanta matéria para trabalhar, só não faz porque não quer ou por ter medo ou se têm rabo preso

    O senhor também comeu algum?

  10. Fernando Fernando

    17 de Março de 2019 as 21:28

    Senhor Procurador da República
    Proponho que seja rápido nas investigações
    Comece com o arroz podre importado pelo senhor Delfim Neves
    Logo a seguir pegue o dossier dos 50 mil euros do Rosema em que o senho Delfim
    está envolvido
    A seguir pegue no dossier STP Trading de 500 mil dólares do Brasil que o senhor Delfim está envolvido
    Depois pegue no dossier de lavagem do dinheiro que o senhor Delfim tinha metido e já tem cabelo branco na procuradoria.
    Espero que siga esta dica para melhor esclarecer ao primeiro ministro
    S.Tomé e Príncipe agradece

  11. Aluno do ISP

    18 de Março de 2019 as 5:34

    JBJ sabe porque tem tanto medo do actual PGR. Ele que explique porque tem casa social de estado e nao paga. E porque vendeu Terre o de estado que recebeu de graça e nem impostos pagou. Presidente de Assembleia, Ministro das Financas; Ministra da Justica todos têm processos crimes sob alçada do actual PGR por isso o perseguem. Deixem o homem trabalhar e dêm-lhe mais meios em vez de valarem vom-vom.

    • T

      18 de Março de 2019 as 13:57

      Estou inteiramente de acordo, caro aluno do ISP!
      Não tenho opções partidárias, mas para ver injustiça e ficar calado isso é o cúmulo…
      Como ja havia dito não se exige a criança que estude e vá para escola sem lápis, que resultado ela nos trará? Pouca palavra basta.

  12. franciscoassis

    18 de Março de 2019 as 16:56

    não sei porquê que há tanto ódio contra o PGR que aliás foi nomeado no ano passado. As investigações levam tempo e é preciso ter meios. O governo não fez nada e esta a exigir dos outros. Vejam o estado de energia, da falta de água potável, das estradas dos mercados. Quando chove então pior. Este País está uma lástima e não vejo progressos nenhum neste 90 dias do governo.
    Agora acusar o PGR…sinceramente JBJ brincadeira tem horas…..andam sim é a procura de bode expiatório para dizer que não o deixaram governar…inventam outra…
    Deve-se sim começar pelo governo que tem pessoas com processos pendentes….Fui

    • Eu sou a mensagem

      19 de Março de 2019 as 15:57

      Pois é… A falta de energia, água potável e a degradação das estradas da capital, são frutos dos 4 anos do mandato do governo da ADI. O PGR, que faça o seu trabalho exigido pelo governo e ponto final.

      • Amar o o que é nosso

        20 de Março de 2019 as 18:04

        Com que meios? Olha o crime de José Sócrates? Até hoje está sob investigação. Quanto isso custa? Pessoas falam muito atoa. Tudo parece muito fácil, falando de fora. Isso tudo é muito estranho!!!!?

    • T

      19 de Março de 2019 as 22:18

      Assino em baixo!

  13. modesto

    20 de Março de 2019 as 15:27

    O senhor T/PGR parece ser mais um dos mercenários ao serviço do Pinta-Cabras.
    Todo esse blá-blá apenas mostra a sua falta de vergonha e dignidade.
    Diga-se T, PGR, PR, Lvy e toda a escumalha devidamente identificada, que deram apoio e o suporte para a consolidação da máquina criminosa comandada pelo PT, deviam estar todos na CADEIA. Não merecem viver soltos neste país, porquanto são de mente e espírito demasiado maléfico e perigoso. Contaminam e propagam mal-estar a toda a nação santomense.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo