Política

Convulsão na ADI : Chefe da JADI chumbou  decisão de Diogo e Abnilde

A situação política interna no maior partido da oposição, a ADI é estonteante. Sem liderança, o partido das argolas, revelou na última semana que deixou de navegar em mar azul.

No dia 19 de Março(terça- feira), Levy Nazré acompanhado por Ekneide Santos(ex-Presidente da Autarquia de Água Grande actualmente deputado), e Álvaro Santiago(Ex-Ministro da Educação e deputado), anunciou ao país que o congresso do partido será realizado no dia 30 de Março, contrariando a decisão tomada pela comissão de gestão liderada por José Diogo(Ex-Presidente da Assembleia Nacional e deputado).

Pois no mesmo dia, um comunicado assinado por José Diogo, dava conta que o congresso marcado para dia 30 de Março seria adiado sine die.

Após a intervenção de Levy Nazaré acompanhado pelos outros dois membros da comissão política da ADI, já no dia 20 de Março (quarta – feira), Abnilde Oliveira o líder da bancada parlamentar da ADI, acompanhado por uma deputada da ADI da Kua Téla e por mais um membro da comissão de gestão do partido, veio dizer ao país, que o congresso será mesmo adiado, e exigiu que o grupo de levy Nazaré que apoia a candidatura de Agostinho Fernandes, acatasse a decisão, para o bem do partido.

Já nesta sexta feira dia 22 de Março, Wadson Almeida, Presidente da JADI(Juventude da ADI), acompanhado pela sempre sorridente Arlete Zeferino, líder das Mulheres em Acção(braço feminino da ADI), e por mais um militante membro da JADI, veio dizer ao país que são membros da comissão de gestão da ADI, e que o congresso será realizado no dia 30 de Março, tendo em conta que a comissão de gestão não tem competência legal para adiar o congresso.

O Chefe da Juventude da ADI, enquanto membro da comissão de gestão deitou por terra a decisão tomada por outros dois membros da comissão de gestão, nomeadamente José Diogo e o sempre presente porta voz e líder parlamentar Abnilde Oliveira.

Os últimos acontecimentos indicam que a pilha do telecomando da ADI estará já a perder força, ou seja, a esgotar-se.

Abel  Veiga

    5 comentários

5 comentários

  1. Vanplega

    22 de Março de 2019 as 22:14

    Eh bi la cá cá ploco.

    Tentaram a acabar com o MLSTP. Com ferro matas, com ferro será morto.

    Organizem meus senhores, se o Pinta Cabra, não fugi-se, ninguém falava

  2. Metido a Besta

    23 de Março de 2019 as 9:25

    Se nao fugisse seria visto como um chefe com colhoes mais, fugiu~se como qualquer ditador e sem escrúpulos.

    O carácter deste cidadão nunca surpreendeu ninguém que estivesse atento.

    Um primeiro ministro que raramente apareceu na Assembleia da Republica para responder e dar conta ao pais que tem vindo a fazer e responder em nome do executivo nem dar satisfação de tantas viagens ao estrangeiro sao sinais claro de um ditador,

    Achou acima de todos e ate da lei portanto semeou= colheu.

    Aqui se faz e aqui também se paga

  3. Renato Cardodo

    23 de Março de 2019 as 11:06

    Os descontentes de geração esperança viram a cama feita e preparam—se para montar sua barraca na tenda de adi.
    Vamos observar o que pinta cabra e o seu núcleo duro pensam sobre este assalto de oportunistas convictos.
    Aliás deve haver entendimento tácito porque são todos da mesma farinha de fuba com bicho.
    O melhor de tudo era todos irem trabalhar e não estar a criar despesas desnecessárias.

  4. Vanplega

    26 de Março de 2019 as 8:50

    O ADI,teve tudo aos seus pés. Tiveram maioria, na Assembleia, no governo e na Presidência da República

    – A ganância matou-lhes

    – Estavam com tanta sede, que beberam demais e esqueceram que os outros também precisam

    – Vontade de perpetrar poder a todos custo, deu lugar a implantação da ditadura
    Falar não pode.

    – Com tanta fome que tinham, roubaram, criaram mais corrupção, desorganizaram ainda mais o país, para fazerem o que bem entenderem.

    – Criaram ódio entre irmãos, depois dizem ser defensor do povo pequeno.

    – O rapaz, aquele que pinta cabra, fugiu com bem do povo. Agora, comanda o ADI, no exterior

    Senhor Pinta Cabra, o pais não vive na ditadura, não há perseguições, o povo pequeno não mudou de vida, os ladrões desse pais, continuam solto, teu papá, não foi preso.

    Qual é teu problema?
    Porque fugiu?

    Talvez, queira que o povo pequeno, volta ir buscar ao aeroporto com pompas e circunstância doutra hora!

    Isto era bom, povo pequeno já ti conhece

  5. Caminheira Peregrina

    28 de Março de 2019 as 15:47

    ADI semeou vento, nas próximas eleições sem chance de voltarem à habitual fraude (Op ilusionismo) vai colher tempestade… Onde é que iríamos parar com um governo e governantes injustos dessa maneira? Pena só que de facto a ala que pretende destronar o PT é muito fraca na popularidade. 89% dos militantes de base de adi está com pt só 7% está com esse grupo que irá cair muito mal e 4% não têm opção vivem num tanto faz. Por outro lado se adi não estivesse desestabilizado, essa governação de mistura geral teria mais dificuldades em seguir… De todos os políticos e Presidentes da República o Pinto da Costa é visto como aquele que nunca derrubou um governo, algo que lhe confere título de presidente mais estável na democracia… Vozes atentas dizem que foi por causa dessa ala que o governo de pt perdeu 60% de popularidade…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo