Política

Primeiro Ministro promete assacar responsabilidades pelo naufrágio de Amfitrit

Jorge Bom Jesus endereçou sentimentos de pêsames às famílias enlutadas da ilha do Príncipe. Garantiu todo apoio do Governo Central ao Governo da região do Príncipe. Prometeu medidas, para esclarecer as causas do naufrágio. « Todas as medidas estão a ser tomadas para abertura imediata de um inquérito para apurar as causas deste trágico acontecimento e assacar as responsabilidades», afirmou o Primeiro Ministro.

Numa comunicação à nação, o Chefe do Governo, anunciou a convocação extraordinária do Conselho de Ministros, para analisar a situação de tragédia que mais uma vez se abateu sobre a ilha do Príncipe.

Por outro lado o Procurador Geral da República, Kelve Carvalho, também se pronunciou sobre a tragédia do Amfitrit. Num comunicado, o Procurador Geral da República anunciou, que «foi mandato instaurar o respectivo processo criminal para apurar responsabilidades».

Abel Veiga

    17 comentários

17 comentários

  1. antónio josé costa

    26 de Abril de 2019 as 5:31

    Muito bem e parabéns Sr PM pela forma muito seria como está encarando esta tragédia que vitimou vidas humanas e a maneira solidária e humana em que o governo está lidando com esta situação.
    Para a procuradoria da República já agora, junte o útil ao agradável e aproveite para ver o caso do Navio Santo António que também afundou na mesma rota para o Príncipe com pessoas e bens na altura do Governo de Patrice Trovoada que até agora nada se fez, nada mais se disse pondo assim os familiares em total desespero até a presente data.
    As minhas mais sinceras condolências aos familiares dos falecidos, que se encontrem os desaparecidos e que Deus os tenham;e uma recuperação total em todos os aspectos e que as autoridades centrais e regionais lhes dêem as devidas atenções.
    Por S.Tomé e Príncipe,
    Que Deus nos abençoe.

    • Livre

      26 de Abril de 2019 as 11:28

      Senhor primeiro-ministro fala muito e faz pouco. É preciso fazer mais. Até agora eu só estou a ouvir promessas e mais promessas. Tudo está igual ou pior que dantes. Assim não dá senhor primeiro-ministro.

  2. Eu sou a mensagem

    26 de Abril de 2019 as 7:04

    Shr primeiro ministro isto é uma situação que vem desde há muito anos. Esses coitados da ilha do Príncipe tem levado com consequências gravíssimas perdendo dezenas de seus familiares e parentes. Tantos milhões a entrarem para o país. Não existe um plano na compra de melhores embarcações mais seguro para transportar esses nossos irmãos do Príncipe? O shr primeiro ministro já tem constatado o valor que a transportadora aérea cobra para pessoas que vão áquela ilha, tanto para nacionais como estrangeiros? Vamos ter vergonha. Referente ao shr procurador geral da República, está a falar agora sobre este acidente para fazer distrair o seu caso. Como se trata de um acidente o shr agora quer mostrar o trabalho. Os processos que envolvem milhões no seu gabinete ainda estão pendentes. Deixa de ser falso. O país tem inúmeros problemas a serem resolvidos e o shr primeiro ministro já falou em arregaçar as mangas. Vamos trabalhar mandriões. O povo está a espera das promessas principalmente no combate a corrupção shr primeiro ministro. E se não o fizer o povo vai cobrar isso de si.
    Um bem haja a todos.
    Que Deus abençoe STP.

  3. EUMILTOM

    26 de Abril de 2019 as 8:01

    O 1º Ministro ao invés de simplesmente trazer um discurso insatisfatório, deveria trazer a solução para resolver de uma vez esse flagelo que assola a ligação entre as ilhas.

    Há mais de 40 anos, esses indivíduos andaram a delapidar este país e, as pessoas continuam engolidas pelo mar por falta de condições dos transportes marítimos.
    E o aeroporto do Principe? Para que serve? Onde estão os aviões que deveriam ligar frequentemente as duas ilhas e a preço que um santomense que aufere o salário mínimo possa também comprar um bilhete e deslocar-se para uma ou outra ilha?
    Que solução este governo traz para esta população que lutou e os colocou no poder? E tanto lutou que a população até queimou um carro de uma juíza, tudo para os colocar no poder? O quê que essa população recebe em troca? Afundamento no mar? Por bilhete de avião custar cerca de 300 EUROS?
    O povo quer solução eficaz e segura sr 1º Ministro, e não flasoooooo!!

  4. Nuno Menezes

    26 de Abril de 2019 as 9:53

    Meus Pesames a toda familia em primeiro Lugar.

    O segundo Lugar necessario ter infraestrutura dentro de Sao Tome and Principe para assim fazer a manutencao dos Barcos,Infraestrutura de marinas.
    E isso logico se assim aplicarem o governo,o seu Povo vai passar fome e vai faltar muita coisa dentro do Pais que se chama Sao Tome and Principe.
    Os 55 sobreviventes so conseguiram salvar, Necessario chamar todos os sobreviventes 1 de casa vez e contar a sua historia o que aconteceu neste dia,exemplo: se neste dia ouviram barulho vindo do barco,se conseguiram aperceber se o mar estava calmo na altura,se estava a chover e se estava muito vento.
    Tambem ‘e necessario o governo perceber a quantidade de carga dentro desse mesmo barco e tambem o numero de pessoas.

    Exemplo: existe elevadores que o numero permitido o total ‘e 10 pessoas e se la entrar 20 pessoas ele pode nao aguentar e causar um acidente.
    Tudo isso conta para nos perceber a causa desse mesmo acidente.
    E o que apresenta na imagem o barco tombou, ele ‘e muito pequeno para levar com seguranca 55 pessoas e outras 10 pessoas desaparecidas e 7 mortas que da no total 72 pessoas e concerteza essas mesmas pessoas tem carga para levar (transportar) para outra ilha.
    O investimento so se investe 1 vez,necessario fazer 1 investimento de barco que sao capazes de levar um certo numero grande de pessoas para assim serem transportadas de uma ilha para a outra,e existir comunicacao entre as ilhas,pagamento ‘e necessario assim fazerem as pessoas quando assim quizerem movimentar de uma ilha para outra, e Kilo de carga tambem necessario pagar para assim transportarem,e tambem aplicarem um seguro de viagem que fica incluindo nos bilhetes quando assim alguem comprar.

    Necessario desenhar e investir de uma vez para todas em varios problemas que existe dentro de Sao Tome and Principe.

    Nuno Menezes
    Lincoln,Reino Unido

  5. Deputado

    26 de Abril de 2019 as 11:30

    Dizem que muito arroz do Japão ia escondido no barco para o deputado do MLSTP no Príncipe. Isto o senhor primeiro-ministro não fala.

  6. Matrusso

    26 de Abril de 2019 as 13:19

    Que governo está referir o sr EUMILTOM?

    O de 4 meses? O de 4 anos? O de 8-2 anos? O de 29 anos? Ou 44-29anos?

    Tem que ser mais específico se quiser ajudar?

    Que eu saiba o governo que mais valores manejou foi o anterior e o que deixou na situação mais rastos.

    É óbvio que tem de arranjar soluções, mas não precisa gozar de uma situação tão triste.

  7. Rapaz de reboque

    26 de Abril de 2019 as 13:35

    Os meus sentimentos a toda a familia, mas pergunto onde anda as autoridades competentes na fiscalização dos transportes maritimos? Na era colonial esta travessia eta feito pela empresa Castela, com a lancha Anabela, e depois com a lancha Elisabete e tudo correu bem agora tem havido sempre tragédia nesta travessia algo vai mal o governo tem que tomar medidas

    • Mário Martins

      27 de Abril de 2019 as 11:45

      Boa tarde estimados compatriotas.De facto estamos todos de luto, e necessário avaliação com seriedade esta trágico acontecimento. Nós não estamos habituados à essas coisas de grandes óbitos ou tragédias, já somos poucos, cada um são-tomense vale mil para muitos. Por isso devemos inclusive o estado saber nos proteger. Será que há alguma rocha ou se atropelaram regras de navegação? Terá algum caminho histórico, conhecido ou identificado por essas empresas que outrora usavam essa rota? É de facto preocupante, pois vivemos e precisamos que mais gentes visitem esse nosso santuário com segurança.Manifesto a dor profunda por esse trágico acontecimento e meus pêsames às família enlutadas.

  8. Túnel submarino ou Ponte (auto-estrada)

    26 de Abril de 2019 as 13:55

    Querer é poder e devemos acreditar na possibilidade de um dia conseguir-se financiamento para construção de um túnel submarino (auto estrada) ou de uma ponte aérea para ligar as duas ilhas. Todos os grandes projectos começaram com um sonho…

    • Zagaia

      26 de Abril de 2019 as 16:12

      Só,daqui há quinhentos anos…….

    • Eu sou a mensagem

      26 de Abril de 2019 as 18:22

      Deve ser verdade. Túnel ou ponte para ligar as duas ilhas? Se está a ser difícil tapar os buracos das estradas da capital, agora vai haver dinheiro para túnel e pontes. O shr deve estar a viver no mundo da lua. Ou deve ser a sua história da carochinha.

    • Púmbú

      26 de Abril de 2019 as 19:21

      Sonhar é bom, mas ter alucinações e pesadelos doces já é outra coisa.

  9. Cacau

    27 de Abril de 2019 as 7:22

    Santomenses, santomenses… Chega…
    Até onde querem chegar com a ignorância, até quando vão tapar o sol a peneira e deixar de enxergar o óbvio. Todos sabemos a real situação deixada pelo governo anterior. Cofre do estado vazi, País sem credibilidade internacional, capital transformado em subúrbio no tão prometido Dubai. Hospital com infraestrutura sem equipamentos mínimo para salvar vidas.
    Será que estão a espera do milagre?
    Não se faz omelete sem ovo, o atual governo mal começou .

    Deem tempo e apoio para necessário ao atual governo para que possamos pelo menos resgatar a esperança de ver um São Tomé e principe melhor.
    Não busque desculpas desfarapadas para caluniar, busque ajuda.
    Momentos como este, não deveria servir para fazer políticas mas sim para união.
    Chega de puchar sardinha para o teu saco e ver o povo pequeno morrer.
    Pará de ser enganado com uma garrafa de cerveja.

    A você que é do príncipe.
    Você sabe a quantidade de apoio que o presidente regional recebe?
    Você sabia que até equipamentos hospitalar este senhor recebe e coca em suas posses e não apoia o povo? Não de méritos a aqueles te te enganam com o pão mas enriquece as tuas custas.

    Acorda meu povo.
    Política não, união sim em prol de um país melhor.
    Meus pêsames ao povo do príncipe e em especial a todas as famílias enlutadas.

  10. Naufrágios em viagens de cabotagem 2019

    27 de Abril de 2019 as 16:00

    O Sr Túnel ou ponte tem razão.Cabo Verde tem dado passos grandes rumo ao desenvolvimento porque pensam com mentalidade europeia, pese embora ser um país sem recursos naturais, como STP. A rota da morte, não perdoará e sejamos coerentes…uff…Em breve teremos o próximo capitulo de um outro naufrágio,com outro navio e outras personagens como elenco da novela…

  11. Cua non

    27 de Abril de 2019 as 21:08

    Opinião.
    Já chega. Ou cai o responsável da fiscalização ou cai o Ministro se tutela. E deve ser julgado.

    Sr. PM
    Arranja forma de por o PGR a andar.
    É altura de mudar STP E ACREDITO SIM, EM MAIS ALÉM.
    Ainda temos muita gente que enriqueceu a custa do estado e que já deveria estar na cadeia.
    Por causa deles andamos todos a sofrer.

  12. Rapaz de reboque

    29 de Abril de 2019 as 16:23

    Muito bem senhor ministro, ver a inspecção e a manutenção do barco se estava em dia, verificar se o barco possuia todos os meiosde socorro, certificar se a tripulação estava toda habilitada , verificar o manifesto da carca para verificar se levava carga a mais, consultar a lista de passageiros que compraram o bilhete de embarque, e caso encontre anomalias não ter do para com os responsáveis punilos severamente para que sirva de exemplo, porque sao vidas humanas que se perderam.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo