Política

Crise financeira – Governo negoceia resgate com o FMI

Em 6 meses de governação, o executivo do Primeiro Ministro Jorge Bom Jesus, gere a crise financeira que o país vive sem um programa de acção com o Fundo Monetário Internacional. O programa de facilidade à créditos do FMI, terminou no ano 2018.

A implementação de um novo programa que é fundamental para o saneamento económico e financeiro do país, foi, posto em causa, segundo o Ministro das Finanças, porque « a situação económico-financeira do país é muito má».

Numa conferência de imprensa na última sexta – feira, o ministro Osvaldo Vaz, anunciou que os parceiros internacionais do país, também reconhecem que a situação económica e financeira é alarmante. «Como eu havia dito antes e hoje confirmado pelas instituições internacionais, nomeadamente o FMI, a União Europeia e o Banco Mundial, Os indicadores macro-económicos até 2018, estiveram todos em situação muito comprometedora. A taxa de inflação aumentou. O défice primário definido pelo FMI foi de 1,2%, mas realmente aconteceu 4,2%.  Contraímos muitas dívidas», desabafou o ministro.

Os desequilíbrios macro-económicos registados em 2018, comprometeram os compromissos assumidos com o FMI, e obrigam a execução urgente de um plano de resgate. «O FMI reconhece que o desempenho macro-económico não foi bom. Há um conjunto de medidas que o FMI está impondo, e estamos a negociar com o FMI, procurando alternativas para resolver o problema», disse Osvaldo Vaz.

Segundo o Governo, o parceiro FMI está disponível para avançar com um novo programa de facilidade a créditos,para garantir o saneamento financeiro. No entanto sob condições duras, que terão impacto devastador sobre a população. « São medidas estruturais, por exemplo, o reajuste da taxa dos combustíveis, o aumento das tarifas da EMAE, a redução da massa salarial, várias medidas. Por exemplo, ainda a implementação do IVA, que era um compromisso do Governo cessante que indicou a sua implementação para 1 de Janeiro de 2019, mas a lei nem sequer tinha sido aprovada. São situações que nos colocaram», explicou o ministro das finanças.

Respondendo a uma pergunta do Téla Nón, o ministro confirmou que a redução da massa salarial, significará a redução do número de pessoas na função pública.

São Tomé e Príncipe que arrecada anualmente cerca de 4 milhões de dólares em exportação, gasta mensalmente cerca de 3 milhões de dólares em pagamento de salário aos funcionários públicos. «Estamos a lutar para que isso não aconteça. Porque acontecendo isso, o impacto na vida da população seria maior. Não temos uma boa protecção social, e o sector privado está moribundo», pontuou o ministro.

Uma subida do preço dos combustíveis, acompanhada pelo aumento das taxas de energia cobradas pela EMAE, fecharia o cerco final aos são-tomenses. «Agora em conjunto com o FMI estamos a ver posições para mitigarmos isso», acrescentou Osvaldo Vaz.

Governo promete para breve o fim das negociações para o programa de resgate com o FMI.

Ao mesmo tempo o Ministro das Finanças, apresentou as contas da maior dívida do Estado são-tomense. Uma dívida igual ao valor do orçamento geral do Estado. 150 milhões de dólares, é quanto o Estado são-tomense deve à empresa ENCO, a única fornecedora de combustíveis do país.

A ENCO, é propriedade da petrolífera angolana, SONANGOL, que detém mais de 80% do capital social da empresa. Ou seja, São Tomé e Príncipe deve a Angola 150 milhões de dólares norte americanos. « É um valor insustentável. Uma dívida que o país terá muitos dificuldades para pagar. O valor do orçamento geral do Estado é exactamente igual ao valor que o Estado deve a ENCO. Isto prova que a situação financeira do país é extremamente difícil», concluiu o ministro das finanças.

A dívida de São Tomé e Príncipe para com Angola resulta do fornecimento de combustíveis, sobretudo para garantir o funcionamento das centrais térmicas poluentes, que são a única fonte de produção de energia eléctrica no país.

Abel Veiga

    25 comentários

25 comentários

  1. Nuno Menezes

    24 de Junho de 2019 as 9:11

    A psicologia dessa noticia ‘e Do,Re,Mi,Fa,Sol,la,Si,DO.

    As dividas elas existem,melhor solucao ‘e pagar as mesmas devagar devagarinho.
    Qual ‘e o estado ou Pais no mundo que as Dividas nao existem?
    Sao Tome and Principe,tem divida com Angola, e Angola tem dividas com Portugal ou mesmo Estados unidos de Amerida, o importante ‘e haver uma solucao de longo e longo prazo para assim liquidar as dividas nao apenas com a Republica de Angola que assim Sao Tome and Principe assim tem.
    Esse Longo prazo a nossa idade esta a avancar,depois vem a morte e deixamos de ser Angolanos,Saotomenses e Portugueses de Portugal, e nunca se sabe todos os Portugueses de Portugal nascerem em africa e nos africamos nascer na europa, sera que assim as dividas deixam de existir???

    Nuno Menezes
    lincoln,Reino Unido

    • Observador

      24 de Junho de 2019 as 14:47

      Você não leu a resposta do teu comentário da semana passada?!

  2. EX

    24 de Junho de 2019 as 10:23

    Mesmo assim alguns andavam a protelar que PT era bom PM e que estava tudo bem, ainda há gente burra nessa terra?
    Agora com muito sacrifício e com maior exigência esse povo ira sofrer mais uma vez devido a má escolha feita em 2014, e com certeza quando passarmos por essa crise em 2022, vão dizer k esse Governo não foi bom pk sacrificou o Povo, e vão colocar outro que irá afundar uma vez mais o pais, e assim se vai a vida e desgraça de pais e povo, pk o povo não entende o pk que os país batem nos filhos, ou castigam os filhos. ou será que os filhos devem trocar de país após os castigos?

  3. Referendo pela Autonomia com Portugal

    24 de Junho de 2019 as 10:30

    Não há outro caminho a seguir. A Assembleia Nacional deve reunir, aprovar uma proposta de referendo para que estas Ilhas passem a fazer de Portugal.
    Já passaram mais de 40 anos e sempre a mesma música, FMI, Banco Mundial, dividas, mais dividas, resgate, programa de ajustamento estrutural, renociação das dividas, frente para trás, trás para frente e o país continua como esta.
    Esses políticos, porque não têm uma imprensa séria sobre eles, um tribunal de contas sério,continuam fazendo das suas. Só nos resta como zé povinho, clamar pelo referendo para ser Região Autonoma
    Ze Povinho

    • luisó

      24 de Junho de 2019 as 15:35

      O senhor acha que Portugal vai querer essa ilhas ?
      Para quê ?
      Para pagar as dividas que esses marmanjos fizeram e roubaram ?
      Portugal está bem assim com as suas regiões autônomas a crescer e modernas.
      Se os santomenses um dia podessem espreitar os açores ou a madeira e ver como estão até lhes dava uma coisa e morriam logo de seguida.
      Fiquem com isso até ao fim……

      • Referendo pela Autonomia com Portugal

        25 de Junho de 2019 as 1:21

        Luiso, ainda bem que Portugal não é o senhor.
        Outra coisa, o referendo é uma forma de o povo se manifestar.
        1. Faça o referendo em São Tomé e Príncipe para que passe a fazer parte de Portugal.
        2. Caso houver contestação da parte de cidadãos portugueses, que se faça referendo ali também.
        Agora, que chega de ter esses “marmanjos” a desgraçar essas Ilhas Maravilhosas, chega.
        Portugal vai querer sim, porque felizmente essas ilhas têm muito para oferecer a Portugal que com certeza saberá aproveitar muito e tornar essa ilhas num encanto.
        Duzentos mil habitantes é menos que habitantes de Oeiras e veja como Oeiras está em Portugal.
        Nem vou falar nos Açores e Madeira porque não dá para comparar.
        Referendo já para passarmos a ser Região Autonoma junto a Portugal.
        Zé Povinho

        • luisó

          25 de Junho de 2019 as 18:03

          Caro senhor:
          Eu sou daqueles que sempre disseram que estas ilhas, assim com cabo verde, nunca deveriam ter sido independentes mas sim ficarem como regiões autonomas e disso há vários exemplos de países insulares que verificaram que não tinham condições e decidiram ficar nessa situação ( polinésia francesa, holandesa, e ilhas inglesas , etc ), e hoje estão a kilómetros luz de stp e de cabo verde, porque sendo consideradas regiões periféricas da UE, devido á sua ligação, para além de receberem do país central recebem da UE. Aliás cabo verde tem até uma relação de previlégio na UE através de portugal.
          Houve em tempos um politico do pós 25 de abril que me disse: stp e cabo verde não ficaram com portugal porque a população era maioritáriamente negra porque se fosse metade/metade eram hoje regiões autonomas como a madeira e açores…e porque portugal vivia tempos também politicamente conturbados fazer o contrario não era politicamente correto.
          Viu-se o que deu estas independências…..
          Portugal vive hoje tempos bons quase com superavit e assumir stp teria que investir bilhões de euros em vários anos, quiça uma geração.
          Não acredito que o povo português queira gastar o seu dinheiro numas ilhas que correram com eles e um pequeno grupo de ditos iluminados e letrados, a maioria até tirou os cursos em portugal, esbanjaram e dividiram entre si o bom e o mau deixaram para os outros que continuam ignorantes politicamente e como cidadãos ( dividir para reinar).

        • Nuno Menezes

          5 de Julho de 2019 as 8:36

          Senhor : Referendo pela Autonomia com Portugal

          A psicologia imediata para Sao Tome and Principe ‘e infraestrutura,aquelas todas que assim conheces dentro do Teu Pais que ‘e Portugal,aonde obriga outros povos ir conhecer visitar e viver,viver apenas das tuas palavras nao ‘e suficiente,apenas falar a Negro assim eles ficam com esperanca porque as Tuas Palavras sao lindas e ficam apenas com as palavras e frases construidas…
          Senhor Referendo pela Autonomia com Portugal as tuas palavras nao ‘e o mudelo neste seculo,quem sabe o mudelo das tuas palavras as pessoas acreditam na altura de escravidao em Sao Tome and Principe ano 1 de janeiro do ano 1975.

          Sao Tome and Principe com muita urgencia tem que melhorar para outros Povos conhecerem a nossa Psicologia e um especial poder que assim todos que nascem dentro de Sao Tome and Principe assim tem.
          Acredite Sao Tome and Principe tem bons profissionais em todo nivel,o problema sem infraestrutura dentro de Sao Tome and Principe e oportunidade de Trabalho e vencimento faz com que esses professionais sai do Pais a Procura da melhor condicoes de Vida.

          E Sao Tome and Principe a nivel de oportunidade no meu Ramo informatica TI (IT) ICT computer a psicologia Subwindows e programa acredite ficariamos em primeiro lugar e seria o primeiro a ir a Sao Tome and Principe viver ate a minha idade de reforma.

          Ser imigrante fora do nosso Pais nao ‘e agradavel, seremos escravos de imigracao mesmo na idade da reforma, a razao para tal temos que ficar sempre no Pais aonde escolhemos imigrar por motivo cortam a tua reforma, porque os mesmos nao sabem se estas vivo ou nao, apenas se calhar dependendo de caso apenas voltam para Sao Tome and Principe de Ferias 1 mes apenas, e muito casos ao viajar deixam dividas por pagar como por exemplo a renda,agua,luz,gas e outras coisas mais para assim irem a Sao Tome and Principe.

          Isso ‘e correcta psicologia… do que andares com muito bla,bla,bla, e se vamos ver existe coisas piores dentro do Republica Portuguesa de Portugal Tu proprio escondes e tambem faz com que tu imigras fora do Teu Pais que ‘e a republica Portuguesa.

          Os Politicos Brancos e Pretos e mulatos dentro de Sao Tome and Principe, tem que pensar mais no seu Pais e deixar de Roubos para depois irem esconder fora de Sao Tome and Principe, e escondendo esta tambem a ajudar as economias desse mesmo Pais e ficam sempre mais desenvolvido. E se queres esconder ou mesmo guardar deves assim fazer com o dinheiro do teu proprio vencimento.

          Temos que dar conhecimento as Pessoas que nunca visitaram a Europa como as coisas sao e como ‘e a vida dentro dessa mesma europa, nao ‘e pelo o facto sabes que o mesmo vai levar £6.000.00 pounds do seu esforco e tu contas uma maravilha de historia apenas para fazer essa pessoa ir gastar e ao mesmo tempo planeias o ROUBO isso sim ‘e a pura verdade dentro da Europa.

          E dizerem a mim que Sao Tome and Principe ja nao esta assim… aquilo que sei,e daquilo que voces procuram por la… Sao Tome and Principe merece estar em melhor condicoes.

          Nuno Menezes

  4. MIGBAI

    24 de Junho de 2019 as 10:44

    Negociar o resgate com o FMI????
    Deixem de atirar areia para os olhos da gente, pois o FMI vai impôr e o governo vai aceitar e pronto!!
    Que pais sem futuro este que os independentistas criaram e nos impuseram!
    Até onde irá o desgoverno de todos os que passaram pelo aparelho governativo deste país falhado e miserável?
    Santa paciência para aturar toda esta gentinha sem escrúpulos que gravita em torno do dinheiro e das mordomias governamentais.

  5. ANCA

    24 de Junho de 2019 as 10:57

    Uma situação em que o Sr. e o seus pares contribuiram, pois esteve na administração da Enco e foi corrido de lá, por alguma, razão.

    Despedir pessoas, na administração pública, recomendaria mandar alguns ministros para casa, fechar uns ministérios, direcção empresa, por o País na gestão externa, por sobre supervisão das Nações Unidas, ou acabar com a independência, entregar administração a potência, pois já demontramos que jamais somos organizados, jamais gostamos de trabalhar, nem administrar.

    • Alberto de morais

      24 de Junho de 2019 as 17:30

      *entregar a administração a uma potência* ninguem vai querer administrar esta terra

      • Referendo pela Autonomia com Portugal

        25 de Junho de 2019 as 1:26

        Vai querer sim. Veja o que apenas um homem está fazendo na Ilha do Principe. E que ele não tem poder político, sem falar dos problemas que os são-tomenses (des)governos Central tem criado a ele e ao Governo Regional.
        A ilha do Principe já não é a mesma, inclusive muitos deixaram ilha de São Tomé e rumaram a ilha do Principe com familia toda por causa de melhor condições.
        Portanto, valeu autonomia e vai valer para São Tomé e Príncipe.
        Referendo já e agora. Queremos referendo.
        Ze Povinho

  6. Povo pequeno

    24 de Junho de 2019 as 11:34

    Então vão descartar a promessa de campanha para baixar, baixar e baixar… vocês têm dias contados. Povo não vão vos perdoar a promessa deve ser cumprida.
    Nos temos um Pais não industrializado o que esperava Sr. Ministro sobre as dividas publicas?
    Sr. Ministro, disse que o sector privado esta moribundo, veja o que senhor fez com a “Rosema”. Como sente um investidor provado nacional/estrangeiro encorajado para investir se os senhores políticos assaltam as empresas privadas pela força do puder?
    Senhor deveria primeiro estudar finanças publicas, procurar entender mais sobre a matéria.

  7. Windows 11

    24 de Junho de 2019 as 15:10

    Ê bila táta de plocoô o anterior governo estava a implantar a cobrança do iva e política de contenção esta coligação outrora na oposição crificaram fizeram monte de zaragatas partiram urnas no parlamento agora queremos soluções.

  8. jordão fernandes

    24 de Junho de 2019 as 16:44

    Com estes BURROS no Governo, o país está feito ao Bife
    O Patrício governou 4 anos. Fez um novo Liceu em Lobata, pôs água em Lemba, Lobata, Mé Zochi, Ribeira Afonso, iniciou o projeto de água para Cantagalo, levou energia para 98% do país, construiu estradas por tudo é quanto, iniciou estudos para remodelar o Hospital Central, e vocês através de sabotagem e promessas falsas foram ao Governo. E agora estão a chorar. Como é que pensavam que iriam criar postos de emprego para os jovens. Como é que pensavam que iriam baixar as taxas alfandegárias, acabar com o pagamento de consultas, baixar o pagamento de autocarro escolar etc, etc.
    Vocês estavam a pensar que o Patrício é que iria vos dar dinheiro para cumprirem a vossa promessa? Quando o Patrício assumiu o poder os cofres estavam muito mais vazio do que agora. Ele conseguiu dar volta a situação. Durante os quatro anos, ele fez o que não se fez em 40 anos da nossa independência.
    Vocês estão a passar o tempo a denegrir o Patrício, precisamente porque têm medo de ele voltar. Mas ele vai ter que voltar. Pois ele tem um programa para o país. Ele tem visão. Vocês são uns cegos, rancorosos, que estão a conduzir o país para o poço.
    Se o Patrício roubou, eu prefiro alguém que roube, mas que faça alguma coisa boa para o país. Mas estar aqui choramingando todos os dias, não vale.
    O Ministro das Finanças tem o seu pajero alugado para Assembleia. O senhor Octaviano tem o seu pajero alugado para Assembleia,. O novo Director da EMAE tem uma viatura alugada para EMAE onde fatura todos os dias cerca de 100 euros.
    Este é que é o vosso programa de governação.
    Vocês podem estar a encher as redes sociais de porcarias contra Patrício, mas o povo já não é burro. O povo sabe o que quer. Vocês destruíram os grupos da EMAE aquando das eleições para ganharem eleições e na altura puseram o país as escuras, agora estão a colocar de novo as peças sabotadas para dizerem que estão a resolver energia.
    Onde é que pára o petróleo para o povo. Vocês dizem que estão a guardar. Então é mesmo o MLSTP/PCD quem está a esconder o petróleo, porque todas as bombas do país, são vossas.
    Os nossos alunos que estão a estudar fora do país estão todos na verdadeira miséria. O Senhor Bom Jesus diz que conhece bem a educação, Porque é que não resolve o problema destes alunos.
    Meu caro Ministro das Finanças e companhia limitada.
    Se for para andar a chorar para o povo é que foram para lá, então arrumam as vossas pambas e vão cada um para os seus cúbicos. Em seis meses o que vocês também já roubaram já chega.
    Faz e Sai.
    Bem Haja STP e que Deus proteja o povo inocente e castiga os bandidos e maldosos que estão no Governo

  9. Chang de Taiwan

    24 de Junho de 2019 as 17:23

    Durante os mais e menos 20 anos de cooperação com Taiwan. Tiveram 15M doláres USD para cofre do estado santomense. Este dinheiro anual vivo serviu para estimular a economia santomense, e manteve estabilidade de sua macro economia. A caracter de cooperação chinesa, depois de desembro de 2016, São Tomé e Príncipe perdeu este vantagem….este é minha observação..

    • Nuno Menezes

      25 de Junho de 2019 as 9:34

      Senhor: Chang de Taiwan

      E esse 15M doláres USD esta incluindo arroz que assim a china ou a Taiwan ajuda a Sao Tome and Principe?

      Nuno Menezes
      Lincoln,Reino Unido

      • Chang de Taiwan

        25 de Junho de 2019 as 11:36

        Inculindo alimentação mensal para militar e para-militar durante 20 anos. Midicamentos e equipamentos para hospital, luta contra paulidismo, casa social….todas áreas no porjectos que o governo santomense queria fazer com o fim de ben estar do povo….

        • Joaquim

          25 de Junho de 2019 as 15:26

          É melhor que STP e Taiwan voltarem a estabelecer relação diplomática de novo.

          Eu sou chinês e nínguem chinês se importa da relação bilateral entre china e STP, o povo chinês também não quer dar o dinheiro ao chão.

        • Nuno Menezes

          25 de Junho de 2019 as 20:48

          Senhor Chang de Taiwan

          Muito obrigado pela a resposta.
          Sao Tome and Principe ‘e um Pais mais pequeno da colonia Portuguesa se torna estranho muito dinheiro emprestado que tambem passa a ser divida interna que Sao Tome and Principe assim tem e nao esta desenvolvido nem infraestrutura assim tem ou mesmo oportunidade de trabalho para as pessoas jovens e para as pessoas que tem 42 anos ate 67 anos.
          Algo se passa neste Pais aonde as organizacoes que controla devem acordar e verificar qual sera a razao de um Pais mais pequeno da colonia Portuguesa encontra dessa forma sem desenvolvimento e com muita escaceza em varios tipos de setores, e falhas graves em medicamentos e outras coisas mais.
          Um Povo que deixou de ter o gosto a ele mesmo,quem sabe controlado por algum tipo de medicacao para assim nao desenvolver.
          Lei dentro de Sao Tome and Principe tambem nao existe,trabalham com uma lei muito antiga e com uma psicologia que faz nos a pensar e quem sabe se ganha raiva, e em questao de pensar porque que o meu Pais Sao Tome and Principe ‘e assim um Pais triste e sem alegria???
          Aonde levamos apenas com uma psicologia Sao Tome and Principe ‘e muito e muito bonito e ficamos apenas com essas palavras lindas mais em relacao a desenvolvimento e basicas infraestruturas assim nao tem.Apenas tem um livro de 2 metros cheio de dividas por pagar e novas geracoes que sao as criancas recem nascidas vao acompanhar ou mesmo mais tarde aumentar as dividas porque nao existe solucao para Sao Tome and Principe ou quem sabe os mesmos vao imigrar….

          Nuno Menezes
          Lincoln,Reino Unido

          • Chang de Taiwan

            26 de Junho de 2019 as 17:29

            O desenvolvimento real tem haver com as pessoas, não apenas com as obras de infraestrutura.
            São Tomé tem que concentrar na formação qualificada para os jovens nos proximos anos,
            assim para prepara a equipa de alicerce de desenvolvimentos. Sem eqipa qualificada nacional, o desemvolimento não vai ser possível. Nos anos 50’s e 60’s, Taiwan começou a mandar os filhos para EUAs etc.. para formação. E nos anos 70’s e 80’s, os filhos começaram a regressar o país, e a economia de Taiwan assim começou a crecer. Este é segredo de milagre de economia de Taiwan, com a equipa qulificada nacional, não apenas o apoio bilateral com EUA na altura…uma referência para santomense…

          • Fernandes

            28 de Junho de 2019 as 2:39

            que pena TAIWAN eatá a cair

  10. Mixa

    24 de Junho de 2019 as 19:25

    Oi gente! Não se preocupem com dívidas. Faz parte do jogo político. Temos obrigação de viver tranquilos. Estas dívidas são nosso dinheiro(africano) que colonos e esclavagistas nos devolvem em migalhas para viverem a grande e à francesa na Europa e EUA.

  11. Pereira Rui

    24 de Junho de 2019 as 20:03

    Caros cidadãos.
    Vamos perguntar a nós mesmos o que já dizemos para a nossa família? Aos nossos parentes? Nossos amigos….
    O que já fizemos para o nosso país

    Vamos mudar em vez de fazer critica e constatações vamos ajudar as nossas familia construir um país de amor.como disse Jesus amar ao como a ti mesmo
    Essa é a formula para o desenvolvimento sustentado
    Um forte abraço irmão STP

  12. Rice Strategy

    6 de Julho de 2019 as 17:35

    Pinta Cabra deixou um presente envenenado enquanto vai gastando a grana que assambarcou no Casino de Estoril , acompanhado por bom champanhe , p e vinho verde..

    Vai fazer com que o ADI se divida em dois .. O partido ADI e ADI/PT ( ADI / partido telecomandado) …qd o povo ficar bem sufocado ele vai regressar como Salvador e voltar ao poder… Pelo menos e o que se passa na cabeça dele ..

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo