Política

China cria prémio para estimular os alunos de todas as escolas de STP

Para estimular a dedicação ao estudo, a República Popular da China, decidiu criar um prémio para os 3 melhores alunos de todas as escolas de São Tomé e Príncipe.

No acto de abertura do novo ano lectivo na escola de Desejada, o embaixador da China em São Tomé e Príncipe, anunciou o lançamento do prémio “Amizade China – São Tomé e Príncipe”.

Segundo Wang Wei, o prémio se enquadra nos esforços da China com vista ao reforço da educação de qualidade em São Tomé e Príncipe. «Queremos premiar os melhores alunos da 4ª,6ª e 9ª classes de cada escola do país, e os primeiros três melhores alunos a nível nacional. Queremos também premiar os três melhores alunos da décima e décima primeira classes de cada escola», afirmou o embaixador.

Acompanhado pelo Primeiro Ministro Jorge Bom Jesus, e pela Ministra da Educação Julieta Izidro, o diplomata chinês fez a entrega dos primeiros prémios aos melhores alunos da escola básica de Desejada, no ano lectivo 2018-2019.

«Entre os prémios há bicicletas, materiais escolares, mochilas, tecidos para uniformes escolares, um certo abono, e tablets», detalhou.

O embaixador prometeu fazer a entrega dos prémios em todos os distritos de São Tomé e na Região Autónoma do Príncipe.

Segundo Wang Wei, mais de 200 alunos serão beneficiários dos prémios, que visam estimular a dedicação ao estudo no meio escolar em São Tomé e Príncipe.

Abel Veiga

    5 comentários

5 comentários

  1. António Rodrigues

    2 de Setembro de 2019 as 23:55

    Para Haber bons alunos tem que haver bons professores e esse é o grande problema

  2. Isabel de Santiago

    3 de Setembro de 2019 as 22:41

    Como é possível enganar-se q pobreza com TÃO POUCO…

    • Púmbú

      6 de Setembro de 2019 as 19:58

      Mais vale o POUCO do que nada.

  3. mundo

    9 de Setembro de 2019 as 9:43

    Isabel se é pouco faça mais.
    Tudo à seu tempo, antes melhor esse pouco para os estimular do que nada e eles perderem o interesse pelos estudos.
    Agora só falta um estimulo para que os professores também possa exercer de bom grado o seu papel.

  4. Antonio Rodrigues

    18 de Setembro de 2019 as 19:51

    Como referi anteriormente não podem haver bons alunos se 90% dos professores não teem formação para exercer essa profissão.Eu vivo em S.Tomé e correspondo-me com muitos jovens e alguns deles com o décimo segundo ano .Numa frase com vinte palavras dez dessas palavras estão mal escritas
    Eu tenho a simples quarta classe de antigamente ,escrevo com alguns erros mas não assim
    O ministerio da Educação que faça primeiro um exame aõs professores
    Bem Haja

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo