Política

Novos grupos de geradores começaram a chegar ao país

Já foram desalfandegados pelo menos 3, dos 5 grupos de geradores, que foram financiados pelas companhias petrolíferas BP e Kosmos, no valor de 4,5 milhões de dólares.

Em Agosto passado, a Empresa de Electricidade – EMAE, assinou acordo com o Centro Industrial Electromecânico (CIEM), para a importação e instalação dos 5 grupos de geradores, com capacidade para produzir cerca de 10 megawatts de potência.

Esta segunda – feira 16 de Dezembro, o Ministro das Obras Públicas, Recursos Naturais, e Ambiente Osvaldo Abreu, recebeu no porto de São Tomé, os primeiros 3 geradores, que foram encomendados pela Empresa Estatal de Electricidade a EMAE.

A empresa santomense, Centro Industrial Electromecânico, representante da Marca Caterpillar, foi seleccionada para comprar e importar os geradores, e terá cumprido com os prazos definidos.

«A chegada ao país desses geradores,contribuirá para atenuar eventuais falhas de luz eléctrica, sobretudo, na Ilha do Príncipe, onde seguirá nas próximas horas 1 gerador para mitigar a falha de luz na região», explica uma nota do Ministério de Osvaldo Abreu.

A nota do ministério que tutela o sector da energia, acrescenta que «o governo aguardar receber no ano 2020 mais dois geradores, de modo a fechar o leque das encomendas».

O governo fecha a nota referente a chegada dos primeiros geradores, com a ressalva de que está a encerrar o período da produção de energia por via térmica e a gasóleo.

O Ministério das Obras Públicas, Infra-estruturas, Recursos Naturais, e Meio Ambiente, concluiu que as suas acções para o presente e o futuro, estão concentradas na promoção das fontes de energia renovável, limpa e de qualidade.

Abel Veiga

    10 comentários

10 comentários

  1. Smash

    16 de Dezembro de 2019 as 22:56

    Caros,
    Façam pouco mas façam-no bem feito e não metam carroça a frente dos bois. Não cometam os mesmos erros outrora cometido pelos outros, sejam inteligentes e PRAGMÁTICOS na gestão da coisa pública.

  2. Pedro Costa

    17 de Dezembro de 2019 as 6:10

    Sejam bem vindos e que possam resolver os problemas de energia.
    Espero que não sejam adquiridos em segunda mão e que os políticos também paguem os custos de energia nas suas habitações.

  3. Antonio Danqua

    17 de Dezembro de 2019 as 8:55

    Eu sempre disse, vamos dar tempo ao tempo para que a seriedade deste governo venha a tona. O primeiro ano do seu mandato foi reerguer o país corrigir os males que o Patrice Trovoada e seu Governo deixaram para só depois dar o impulso necessario.
    Portanto vao os meus parebens ao Governo de Jorge Bom Jesus que com a devida humildade esta a demostrar a sua competencia. O Povo agradece pelos seus esforços.
    Hoje estou em condições de dizer que esta equipa governativa esta a dar provas do juramento que fizeram. Todos os membros do Governo, cada um ao seu nivel esta a se revelar.
    Na verdade com tudo isto, com toda esta maquina a funcionar com responsabilidade e transperência vamos a ver o que os doidos de Adelino Cassandra e Abilio Neto na RDP vão dizer. Aliás os dois ja deveriam ser conduzidos à psiquiatria e serem entregues ao nosso Alipio.

  4. Cosme Cruz Leitão

    17 de Dezembro de 2019 as 10:49

    A milhor para fazer nergia renovavel menos costo para país e população

  5. Renan Carlos

    17 de Dezembro de 2019 as 12:02

    Muito bom. E um grande investimento ao país

  6. ADI 2

    17 de Dezembro de 2019 as 14:09

    Outros fizeram festa e passeata pela cidade com sucata . . .

    Pior ainda pagando como se de novo se tratasse.

    Hoje criticam por vergonha.

  7. Joni de ca

    17 de Dezembro de 2019 as 18:39

    Como é normal daqui a um ano estão avariados….

    Quando aplicam estes custos em energia alternativa?!?!
    Problema não há comissões de combustível.

    A ilha de Porto Santo na Madeira, em 2020, vai ser autónoma em produção de energia através de energias renováveis, já que gostam de passear poderiam ir ver como fizeram….

  8. Carmona de Jesus

    17 de Dezembro de 2019 as 22:33

    Isto demonstra claramente que quando nos relacionamos com gente séria, com gente de bem ou entidades responsáveis e de idoneas, a nossa vida melhora. Pelo contrário, quando nos relacionamos com gentes de idoneidade duvidosa, gentes sem escrúpulos, só regredimos. Foi assim durante desde a independência. Os nossos amigos da onça só nos enfiaram o dedo. Vejam para a seriedade da Kosmos e BP. Há resultados a vista. Enquanto os outros assambarcaram os blocos, tanto da Zona Conjunta com a Nigéria, bem como os da Zona económica Exclusiva, para revenda e fazerem fortunas. Até hoje não se ouve falar dos resultados das pesquisas feitas. Só se houve falar de este ou aquele titular do bloco X revendeu para o Consorcio Y. Factuaram e vazam. Que pouca vergonha. Onde estudaram os nossos ditos académicos? Ladroes, safados, “abubes”, sem vergonha e cheios de banga. Não conseguem confiscar os blocos arrebatados sem actividades até há tantos anos? FDP. Enveredam para a combinacao das energias hidricas, solares, eolicas, e marinhas o mais rápido possível e acabem com esta roubalheira da ENCO. 87 milhoes passam para 150 milhões e outros Cafajestes dos MANGOPES, sobem em menos de duas semanas para 180 milhões? 30 milhões que dariam para compra 7 vezes mais em geradores adquiridos agora? Ou seja esses 30 milhões de roubalheira da ENCO serviriam para comprar 35 geradores destes com capacidade total de 70 megawatts de potencia. Meus senhores isto foi-me no coração. De 87 milhões para 180 milhões são 100 milhoes. Quantos Megawatts de energias limpas combinadas não se instalaria no país com esses quase 100 milhões de diferença em dívida apenas da ENCO? Rebentaram o país com as suas bandas. Peço-vos encarecidamente digam chega de roubo, de bugigangas ( carros de altas cilindradas, fatos e gravatas de marca num país tropical húmido tão quente). Digam basta as bangas! Digam sim ao trabalho árduo e sério. Digam sim a vos próprios: tolerância zero a corrupção ao desvio do erário público. Mais uma vez ladroes, e cheios de banga. A IATA, colocou a Airways na Lista Negra há duas semanas o que quer dizer que a.nossa companhia de bandeira não pode voar para Europa. Isto não e matéria de interesse público. Telanon investigue e publique. O povo agradecer-te-a.

  9. Victormo Macy

    19 de Dezembro de 2019 as 22:34

    Este governo esta esta a trabalhar bem
    Estamos com os olhos posto num Sao Tomé melhor
    Até então ninguém trabalhou de forma que este governo esta a trabalhar sao tome esta bastante atrasado via ao desenvolvimento
    Nao podemos ter giradores pra produzir energia é deitar dinheiro no fogo temos de ter barragens idro-electrica é urgente
    Com o financiamento pra rabilitar a marginal deveria ser em pedras de calçadas ( pedras naturais) mais barrato e gera mais imprego interno na produção da nossa materia prima
    Por favor nao esqueçam dos simaforos nesses cruzamentos e entroncamentos
    Deus abençoe a nossa terra São Tomé e Príncipe

  10. Victormo Macy

    19 de Dezembro de 2019 as 22:44

    Espero que esses grupos que andaram la só a roubar
    Esse patrico trovada nunca mais tenha ipototesse de governar minha terra
    Ladroes corrupto ele e os seus antessessores pusseram o meu país na ruina
    O pais trm aspecto de suportou uma grande guerra ou uma catastrofe de magnetude gigantesto
    45 anos de indipendencia ? E esta assim tao desvastado
    Umas cabeças sò que enriqueceram
    Mas esta nova equipa tem vontade de fazer a diferencia
    Deus vos abençoe

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo