Política

PR deseja que em 2020 a “União faça Força em STP”

O Presidente da República Evaristo Carvalho, apelou os cidadãos são-tomenses a primarem pelo princípio de que a união faz a força. Na mensagem por ocasião do ano novo, o Chefe de Estado, destacou algumas acções de cariz económico desencadeadas no ano 2019 e que terão impacto sobre a vida da população no ano 2020.

Evaristo Carvalho, saudou as acções empreendidas pelo Governo que permitiram a assinatura de um novo acordo de facilidade de crédito alargado com o FMI. « É sem margem de dúvidas um grande esforço do Governo que traduzirá num esforço conjunto do povo são-tomense, pois as medidas a serem tomadas serão mais um aperto de cinto. O mais importante é que os objectivos preconizados no âmbito desse acordo sejam de facto atingidos», declarou o Presidente da República.

No ano que terminou, Evaristo Carvalho participou na Guiné Equatorial nas negociações com vista a exploração de petróleo na fronteira marítima entre os dois países. «A Assinatura de blocos petrolíferos será indícios de que a indústria petrolífera poderá a vor tornar-se uma realidade com benefícios importantes para a nossa economia ….», precisou.

A fábrica de óleo alimentar recentemente inaugurada pelo Governo, é uma das acções económicas de 2019, que segundo o Presidente da República terá impacto na vida das populações e do país no ano 2020.

«Saudámos a inauguração recente da fábrica de óleo de palma, unidade que irá contribuir significativamente para a melhoria da balança de pagamentos do país, e para a criação de empregos», sublinhou o Chefe de Estado.

O Presidente da Republicou não esqueceu dos acidentes e sinistros que marcaram o ano 2019. O naufrágio do navio Anfitrite, o vandalismo contra a igreja do Reino de Deus, e mais recentemente os vários incêndios alguns de origem duvidosa, e que causaram a morte de crianças.

«Estes casos de sinistros devem-se ao comportamento das pessoas na sociedade, que não tem sido o melhor. É preciso reflectirmos todos e procurar a saída apropriada para as causas desses acontecimentos», frisou.

No entanto São Tomé e Príncipe entrou no ano 2020, com a sua Zona Económica Exclusiva, mais segura. Uma garantia dada pelo Presidente da República, graças a parcerias que foram tecidas pelo Estado são-tomense no âmbito da cooperação internacional.

«Particularmente no que tange a defesa e segurança reiteramos os nossos agradecimentos aos parceiros tradicionais de cooperação a este nível, particularmente Portugal que já há longa data vem mantendo a presença do navio Zaire nas nossas águas marítimas dissuadindo nelas quaisquer actos de pirataria. O apreço também a marinha brasileira e aos Estados Unidos de América, República Popular da China e Angola pelas formações técnico – militar», concluiu o Presidente da República.

Para 2020 Evaristo Carvalho desafia os são-tomenses a seguiram o princípio de que a união faz a força. O Chefe de Estado disse que encoraja o XVII Governo Constitucional e desejou que «o plano de actividades e o Orçamento Geral do Estado aprovados para o ano económico de 2020, sejam executados sem sobressaltos».

Abel Veiga

    3 comentários

3 comentários

  1. SEMPRE AMIGO

    2 de Janeiro de 2020 as 18:18

    MINHA GENTE querida! até quando as nossas opiniões, emitidas nos comentários sobre textos publicados no TÉLA NÓN,não ultrapassam as fronteiras de desabafos sem nenhuma outra consequência’???… O GOVERNO já deveria ter premiado o nosso jornalista ABEL VEIGA por ter aberto ao público um espaço que permite ao cidadão o exercício da cidadania, participando livremente no debate público e contribuindo do seu jeito para aprofundar a democracia.Este espaço deve ser respeitado e preservado por todos nós.Não pode ser transformado num caixote de lixo onde são depositados ódios, rancores e remanches. Á propósito,que é feito do santomense(?) MIGBAI??’??????????????”””””””””’ QUAIS FORAM AS MENSSAGENS CONTIDAS NO DESCURSO DO PRESIDENTE EVARISTO DO ESPIRITO SANTO CARVALHO ????…Não consegui captar nenhuma.O gabinete do senhor Presidente tem por obrigação revelá-las aos santomenses.EU fico a espera.

  2. SEMPRE AMIGO

    4 de Janeiro de 2020 as 11:45

    Mas então?…..Ninguém reage????……

  3. Baba

    4 de Janeiro de 2020 as 19:03

    Muito triste o discurso do PR.
    É uma vergonha! E não se vê nenhum analista política para debater os discursos dos governantes.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo