Política

Prorrogado o Estado de emergência em STP

No seu decreto número 4 do ano 2020, o Presidente da República Evaristo carvalho, anunciou que que a pandemia Covid-19, «encontra-se ainda numa fase de prorrogação, permanecendo intactos os ricos de contágios e consequente necessidade de reforço e consolidação das medidas de protecção e salvaguarda das populações, conforme a solicitação do Governo datada de 31 de Março…»

Assim no uso das suas competências constitucionais, Evaristo Carvalho, Presidente da República, decretou…. « é a pedido do Governo prorrogado por mais 15 dias o Estado de Emergência Sanitária sobre todo o território nacional», diz o decreto presidencial, com data de 31 de Março.

Abel Veiga

6 Comments

6 Comments

  1. Afonso

    3 de Abril de 2020 at 22:56

    Bom dia,
    Simplesmente quero dizer o seguinte,
    Mais 15vdias o que é? Por que nao dizer, é prorrogado ate ao dia x ou y do mes w e do ano n?
    Nao é mais seguro e claro?

  2. Carroteno Semedo

    4 de Abril de 2020 at 10:58

    Como o mundo dá voltas! Agora, o nosso Presidente está a “CUIAR” com o seu “assina só” para o bem da estabilidade política e governativa. Este e o melhor presidente do mundo. Ontem no reinado do “Pinta Cabra” ele era enxovalhado pelos mesmos motivos. MLSTP, MLSTP! Ai como o mundo dá voltas.

  3. Andorinha

    4 de Abril de 2020 at 11:11

    Foi prolongada um estado de emergência de faz de conta na realidade a população esta a fazer a sua vida normal o mercado cheio e atolado de pessoas.
    O governo deveria fazer como em Cabo Verde o governo mandou vendedores informais para casa e esta a pagar 90 euros a noventa mil pessoas para estar em casa agora em S.tomé onde as pessoas precisam ir vender desenrascar dia a dia para para comer o governo não pode simplesmente mandar as pessoas para casa.

  4. Sempre atento

    5 de Abril de 2020 at 8:10

    Gostaria de saber que tipo de emergência. Com uma população tão pobre, a falta de trabalho que fazem as pessoas lutar para ganhar um pão de cada dia. Quem vai fazer estas pessoas ficarem em casa? Só se for para morrer de fome. O shr presidente devia estar quieto com o seu assina, assina. Manda os seus funcionários do palácio ficarem em casa. Vão poder fechar o mercado? Vão proibir os condongueiros de venderem? E os motoqueiros? E os coitados destes agricultores que precisam de venderem porque não têm onde ganhar o pão? Eu pergunto; o governo tem capacidade de sustentar tudo isto? Fiquem quietos, emergência da treta.

  5. Sempre atento

    5 de Abril de 2020 at 9:46

    Às vezes fico a pensar que existem pessoas fora do país há muitos anos que já perderam de memória a verdadeira realidade de viver em São Tomé. Fazem comentários sem qualquer sentido. Vem aqui ver na realidade como funciona. Num quintal onde temos famílias numerosas, como mandar estas pessoas para estarem em casa fechados? Coisa de louco. Eu concordo que o país esteja no estado de alerta, isso sim. Agora, estado de emergência para São Tomé? Perguntem aos europeus o quanto isto está a custar. Vamos ter moderação nos comentários.

  6. Convetavirus

    5 de Abril de 2020 at 18:57

    Quarentena para quem vem de fora sim, mas fecharem as escolas e estado de emergência é um exagero porque o pais não tem nenhum caso e se continuarem com quarentenas dos viajantes e controlo das águas territoriais para evitar entradas vias canoas vai ser o suficiente. Acho que a quarentena deveria ser de 30 dias,por causa dos casos as-sintomáticos, ou seja, portadores do vírus que não manifestam qualquer sintoma mas que contaminam as outras pessoas.

    E digam”deuspaga” que conseguimos desembaraçar de um dirigente que viajava muito, porque quase certo que já teria trazido este vírus para STP

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

To Top