Política

Cerco a Água Grande para caçar Covid-19 no seu feudo em STP

Água Grande é o menor distrito de São Tomé, em termos de dimensão territorial, mas no entanto, é o mais populoso do país. Água Grande que envolve a cidade de São Tomé, alberga cerca de 70% da população de São Tomé e Príncipe estimada em cerca de 200 mil pessoas.
Água Grande, tornou-se feudo do novo coronavirus em São Tomé e Príncipe.

O acumulado dos testes realizados indicam que dos 212 casos positivos registados até esta sexta feira, cerca de 100 são habitantes do distrito de Água Grande.

Para intervir de forma massiva em Água Grande, o Governo através do Ministério da Saúde, impôs a partir da noite de sexta feira, 8 de Maio, uma cerca sanitária para isolar Água Grande do resto de São Tomé.

«Visa permitir que as equipas médicas de saúde possam trabalhar de forma mais concentrada no distrito. Para colher o maior número de amostras, seguir os contactos mais próximos das pessoas infectadas, e assim juntos possamos estancar a rede de contaminação», explicou o Ministro da Saúde, Edgar Neves.

Segundo o decreto do Governo, até segunda feira, o feudo da Covid-19 no país, será bloqueado para facilitar o combate cerrado contra a doença.

«Das 22 horas do dia 8 até as 5 da manhã do dia 11, fica bloqueada a circulação entre o distrito de Água Grande e o resto, nomeadamente os distritos de Cantagalo, Mé-zochi e Lobata», detalhou o Ministro da Saúde.

Água Grande, em cerca sanitária.

RESULTADOS DOS TESTES RÁPIDOS DE SEXTA FEIRA 

Nas últimas 24 horas Covid-19 saltou de 208 para 212 casos em STP . É o resultado de 9 testes rápidos realizados nesta sexta feira em São Tomé. Informação divulgada pela Directora dos Cuidados de Saúde, Feliciana Sousa Pontes.  4 testes positivos, 4 outros negativos e 1 inconclusivo, foram os resultados apurados na sexta feira.

Abel Veiga

    12 comentários

12 comentários

  1. Pensador

    8 de Maio de 2020 as 22:12

    Colocar uma cerca sanitária numa região onde vive mais de 40% da populacional nao faz qualquer sentido, a nao ser que o objectivo e mesmo que mais de metade do pais fique contaminado….Medida eficiente, e colocar cerca em regiões especificas mais pequenas onde o numero de infectados por habitante e maior .
    Para além disso, o objectivo de confinamento e de reduzir a taxa de programação dando tempo para que o sistema de saude adquira meios para lidar com a doença , algo que esta a dar passos muito lentos .
    Cada mês de confinamento tem repercussões muito negativas sobre a situação sócio económica do pais e se a situação demorar demasiado tempo as pessoas vão eleouquecer e ninguém vai mais obedecer

    • Nita

      9 de Maio de 2020 as 9:19

      Não me parece mesmo que alguém está a obedecer… As pessoas estão na rua como antes. Não sei como vai ser. Bom verdade que a população é maioritariamente crianças e jovens.

      • Como será

        9 de Maio de 2020 as 21:53

        Por serem jovens deveriam ser mais flexivel em acatar as ordens do estado, lembrando que esta pandemia é mundial, todos paises do mundo estao a cumprir esta orientação da OMS, e nos que so somos 200mil nao quer cumprir, com dizeres de que no pais nao tem VIrus, isto é tolice.

  2. Andorinha

    9 de Maio de 2020 as 1:05

    O governo esta a anunciar medidas como confinamentos domiciliar agora o cerco a a distrito de água grande mas até agora não paga o apoios monetário que foi promulgado pelo presidente mas onde anda o dinheiro?
    Como podem pedir a um povo ja massacrado pela pobreza estrema a ficarem em casa com fome nenhum pai e mãe conseguem estar sentados em casa com filhos a chorar fome e mais agravante em plen pandemia estão a cortar 10% do ordenados aos trabalhadores isso é insustentável e vai espludir.

  3. Convetavirus

    9 de Maio de 2020 as 9:15

    Reduzam o salario dos políticos em 20% e distribuam para funcionários da área de saude que estão na linha de frente e os policias..Neste momento sao as pessoas mais importantes .

    Dêem casas a estes profissionais para necessidades de isolamento

  4. Mezochi

    9 de Maio de 2020 as 13:15

    Este Governo está fraco sobre fazer diplomas legais e comunicar. Se esse ministro Wando não é jurista então tem k arranjar assessor pra ajudar a fazer legislação. Muitas falhas de amadores

    • Como será

      13 de Maio de 2020 as 0:33

      Claro Mezochi, é preciso que se faça uma revisao na nossa legislação, porque isto andar numa desordem.

  5. Isaias Abraão

    9 de Maio de 2020 as 13:23

    Minhas felicitações ao Governo.
    Governar é agir.
    Estão a fazer o necessário para a salvaguarda da saude de todos.
    Que todos os santomenses acatem as medidas do governo, porque somos muito poucos para brincar com coisa séria.
    Que Deus nos abençoe, que Deus nos Proteja.

    • Mepoçon

      10 de Maio de 2020 as 16:04

      Felicitar o governo não passa de partidarização, embora o momento não é de politica. Felicitaria ao governo se soubesse exercer a autoridade de estado para estancar as primeiras sequelas do vírus, o que não aconteceu com os que regressaram de Portugal, cujos uns aceitaram a quarentena e os poderes recusaram. Querem que o povo cumpra o confinamento com fome? Deus que tenham mesericordia desse povo submetido a partidárismo, nepotismo, clientelismo, etc…

    • Ralph

      11 de Maio de 2020 as 8:09

      Este comentário ilustra muito bem porquê teria sido muito melhor ter prevenido a doença de entrar no país no primeiro lugar. Tem sido tão difícil para os países ricos controlar a pandemia, até com os seus sistemas de saúde avançados e os seus sistemas de assistência social avançados. A situação fica quase impossível quando se fala sobre países subdesenvolvidos. Porém, tem-se de continuar a tentar controlar a expansão do vírus para que a economia possa começar a recuperar, eventualmente. Sem a doença controlada, a economia sofrerá muitos danos de qualquer maneira porque mais pessoas ficarão doentes e morrerão. É um cíclo vicioso.

  6. Joni de cá

    9 de Maio de 2020 as 17:25

    Pois não sabem o que fazer, vão mandar umas medidas ridículas para o ar e esperam que chegue kumbu de ajuda e que chegue ajudas das cooperações!!!!

    Como fazer confinamento na realidade habitacional de Stp???
    Como manter as pessoas em casa sem energia, sem água potável, sem net, sem condições sanitárias…
    Mas o cerco é para cercar o quê??? Se nem conseguiram cercar o Príncipe!!!

    Que realidade existe quando a infeção alastra e somente fazem 9 testes rápidos….

    Quando é que finalmente estes senhores governantes de há 45 anos, emigram de vês, e se cria uma classe dirigente que olhe para o país, que faça evoluir o hospital, que monte um simples laboratório, que comece a olhar para as pessoas.

    Stp vergonha, governantes responsáveis pela catástrofe.

  7. Nikoverdade

    10 de Maio de 2020 as 9:23

    Mentirosos…. Então a compactuar com os maus que querem dominar as massas e tomar controlo do mundo…. Querem acabar com os pobres…e instituir o mundo so dos ricos e fazer de alguns paises como é o caso do nosso s. Tomé o paraiso de ferias deles….

    Pobres de nós santomenses…. Eu insisto…. MENTIROSOS…. ISTO CHAMA DOMINIO DAS MENTES….

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo