Política

Covid-19 ainda sob controlo das autoridades santomenses

A equipa de 12 médicos especialistas chineses que trabalhou durante uma semana em São Tomé e Príncipe, chegou a conclusão que a pandemia da Covid-19 no país, ainda está sob controlo das autoridades sanitárias.

Composta por médicos intensivistas, pneumologistas, infecciologistas, epidemiologistas e outras especialidades, a equipa chinesa realizou 6 sessões de formações para os profissionais de saúde de São Tomé e da ilha do Príncipe.

O governo santomense através da Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Elsa Pinto, considerou de “competente” a intervenção da equipa médica chinesa. «Temos a partir de agora um quadro técnico nacional e estrangeiro, capaz de reformular a estratégia de actuação contra a pandemia que assola o pais e o mundo», declarou a ministra dos negócios estrangeiros e cooperação, quando recebeu a equipa médica chinesa, na semana passada.

Os especialistas chineses, deram nota positiva a instalação de dois hospitais de campanha na cidade de São Tomé, para atender os casos da Covid-19.

A situação na ilha do Príncipe também foi analisada pela equipa médica chinesa, que também trocou experiência com os quadros de saúde da ilha do Príncipe.

«Acho que os profissionais da saúde, e o nosso sistema nacional de saúde, enriqueceram-se e estão muito mais capacitados hoje para dar resposta a esta doença», precisou o primeiro-ministro, Jorge Bom Jesus.

No fecho da missão de 7 dias, os especialistas chineses foram recebidos pelo Primeiro-ministro. Jorge Bom Jesus agradeceu a ajuda do Governo e o Presidente da China.

O embaixador Wang Wei, prometeu transmitir ao Presidente Xi Ping os agradecimentos do Governo santomense. O diplomata definiu a intervenção dos 12 especialistas chineses como sendo mais uma prova de fraternidade entre os dois povos.

«Testemunho fraternal da amizade entre o povo chinês e o povo de São Tomé e Príncipe», referiu oi embaixador, Wang Wei.

No balanço da missão, os médicos chineses, garantiram que até o momento a pandemia está sob controlo.

No entanto avançaram algumas recomendações, consideradas como fulcrais para cortar a cadeia de transmissão, e reforçar o controlo sobre o vírus.

«Por em funcionamento o mais rápido possível o laboratório PCR. Cumprir as medidas de prevenção nos hospitais e serviços públicos, com a medição da temperatura corporal e a desinfecção das mãos. Intensificar o controlo de contaminação nas instalações hospitalares para evitar infecção dos profissionais de saúde que trabalham na linha de frente, e melhor gestão dos doentes assintomáticos e ligeiros».

Abel Veiga

    2 comentários

2 comentários

  1. Ralph

    9 de Junho de 2020 as 5:51

    Fico muito feliz por saber que a situação está sob controlo em São Tomé e Prínicipe. Tendo visto tão difícil tem sido para os países mais desenvolvidos trazerem a pandemia sob controlo, eu tinha estado muito preocupado à perspetiva de um surto descontrolado a alastrar-se por um país pobre como São Tomé e Príncipe. Agora todos nós temos de esperar até que haja uma vacina para que possamos reabrir as nossas economias e retomar uma vida normal.

  2. Dádiva

    9 de Junho de 2020 as 20:26

    Espero que com essa capacitação já não teremos mais mortes por COVID-19, que realmente o governo e a população consigam bloquear o rítimo de transmissão comunitária nos próximos tempos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo