Política

STP reforça a resposta contra a COVID-19 certificando o laboratório PCR

São Tomé  – No quadro do reforço da resposta nacional à Covid-19, a Organização Mundial da Saúde tem a honra de anunciar que foram hoje concluídos os trabalhos de certificação da Câmara de Fluxo Laminar – cabines – do Laboratório Nacional de Referência.

A manutenção e certificação das três Câmaras de Fluxo estiveram à cargo de uma empresa portuguesa, à serviço da OMS, cuja missão teve início na passada Sexta-feira.

A operacionalização dessas câmaras vai permitir a multiplicação dos testes PCR que até ao momento eram feitos de forma limitada.

A actual certificação tem a validade de um ano e mecanismos devem ser adoptados pelas autoridades para assegurar a manutenção sistemática dos equipamentos no Laboratório Nacional de Referência.

Está igualmente prevista a manutenção e certificação da câmara de fluxo laminar do laboratório na ilha do Príncipe.

Há varias semanas que a Organização Mundial da Saúde, vem contactando empresas estrangeiras para assegurar a manutenção e certificação das câmaras de fluxo laminar do Laboratório Nacional de Referência, por sinal única unidade do país com valências para a realização de testes de Covid-19.

Até ao momento, as operações de manipulação das amostras ao nível do laboratório eram realizadas em câmaras isoladoras o que requeria muito esforço e tempo aos analistas, chegando a realizar apenas 9 testes em cada duas horas. Agora com as três câmaras de fluxo laminar a funcionar o laboratório estará em condições de multiplicar a sua capacidade de realização dos testes no quadro do diagnóstico de Covid-19, e não só.

A OMS continua a reiterar o seu compromisso de ajudar o Governo de São Tomé e Príncipe na resposta à pandemia de Covid-19 e na busca de melhorias para todo o sistema nacional de saúde, através de apoios materiais e técnicos no quadro da ajuda internacional ao desenvolvimento.

A OMS juntamente com as outras agências do sistema das Nações Unidas tem garantido apoios de vária ordem quer ao ministério da Saúde como à outras instituições públicas santomenses engajadas na resposta nacional à pandemia de Covid-19.

Fonte : Comunicação da OMS em São Tomé e Príncipe disponível nas redes sociais

    1 comentário

1 comentário

  1. Como será

    21 de Julho de 2020 as 15:36

    O povo de stome agradace esta ajuda vinda da OMS. Bem haja.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo