Política

ZOPACAS – Segurança Marítima no Atlântico Sul

A Zona de Paz e Cooperação do Atlântico Sul (ZOPACAS) foi criada em 1986 pela Resolução 41/11 da Assembleia Geral das Nações Unidas da ONU, atendendo à iniciativa brasileira de promover a cooperação econômica e comercial, científica e técnica, política e diplomática e a manutenção da paz na região.

A iniciativa brasileira à época se apoiou em expectativas elevadas que acabaram por se resumir a questões prioritárias como a criação de uma zona livre de armas nucleares, a proteção do ambiente marinho e o combate ao tráfico de drogas e de armas.

Atualmente, a Política Nacional de Defesa brasileira estabelece para o País um entorno estratégico que extrapola a região sul-americana e inclui o Atlântico Sul e os países confinantes da África. A Estratégia Nacional de Defesa brasileira, por sua vez, ressalta a importância de se promover a cooperação com os países vizinhos na África Ocidental, particularmente com os países lindeiros ao Atlântico Sul.

O comunicado do núcleo da missão naval do Brasil em São Tomé e Príncipe, detalha tudo sobre a contribuição da ZOPACAS para o Desenvolvimento Econômico e a Segurança Marítima no Atlântico Sul”. Leia – Press release Zopacas

Abel Veiga

    Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo