Política

COVID-19 : STP recebeu 20 mil testes PCR

O donativo que reforça os meios de diagnóstico e de rastreio da Covid-19 em São Tomé e Príncipe foi concedido por Portugal.

São 20 mil testes PCR e os correspondentes kits de extracção. Segundo a embaixada de Portugal em São Tomé e Príncipe os testes PCR doados ao sistema nacional de saúde, vão permitir «melhor, maior  e pronta capacidade de resposta na detecção e tratamento dos casos de infecção».

O embaixador de Portugal em São Tomé e Príncipe, Rui Carmo, que entregou o donativo à Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Edite Ten- Jua, destacou que se enquadra no compromisso assumido pelo seu país, de combate à Covid-19 e na mitigação dos seus impactos.

Segundo ainda a nota da embaixada de Portugal, a acção corresponde a segunda fase do plano de acção na resposta à pandemia Covid-19, entre Portugal e os PALOP, mais Timor Leste. «Visa apoiar estes países na área da testagem, na formação, e também no envio de equipamentos de protecção individual e na vacinação», concluiu a embaixada de Portugal.

Note-se que São Tomé e Príncipe, regista um aumento exponencial da infecção pela Covid-19, e também do número de mortes. Novas medidas preventivas e de confinamento da população entraram em vigor no dia 1 de Março.

Entre os dias 6 e 7 de Fevereiro, o arquipélago registou 6 novas infecções e mais uma vítima mortal. O número acumulado de mortes está agora em 32.

Abel Veiga

 

    3 comentários

3 comentários

  1. Andorinha

    8 de Março de 2021 as 14:34

    Credo coisa só se nota que ha Ministros em S.tomé porque donativos que vão receber.
    Porque que não despedem todos os Ministros e fica só alguém para receber donativos e ofertas ja que governar em S.tomé consiste só em receber ofertas, poupava-se muitos milhões.

  2. Jorge D'Alva

    8 de Março de 2021 as 21:36

    Quero chamar a atenção das autoridades santomenses.
    O grupo de santomenses que tinham vindo à S.Tomé provenientes da Inglaterra e que tinha trazido testes de Covid falso e espalharam o covid por todo o país no fim do ano, estão a voltar de novo.
    Já se encontram em Portugal e devem chegar à S.Tome na próxima sexta feira. Todos são portadores de testes falsos. Por isso, o Governo deve obrigá-los a fazerem novos testes no aeroporto de S.Tomé, antes de lhes deixar sair para as sua casas.
    Se não forem tomadas medidas rígidas com este grupo, vai haver de novo um grande surto de covid no país. Estou a alertar ao Governo

  3. Ralph

    9 de Março de 2021 as 4:23

    O que me é sempre interessante é o facto que, em todas estas ocasiões de doação, os políticos conseguem sempre entcontrar uma maneira para aparecerem numa foto de publicidade, a sorrirem como se estivessem cruciais na realização do assunto em questão.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo