Política

“A criminalidade marítima no golfo da Guiné – Desafios prementes para São Tomé e Príncipe”

É o tema de um colóquio que a embaixada de Portugal esta segunda feira em São Tomé.

O evento acontece no âmbito da Iniciativa “Mar Aberto”, que traz a São Tomé mais um navio da marinha Portuguesa, no caso o NRP Setúbal.

A ser aberto na manhã de segunda-feira pelo embaixador de Portugal em São Tomé e Príncipe Rui Carmo, o colóquio terá como tema de abertura a «A criminalidade marítima no golfo da Guiné tipologia actual, ameaças prementes para São Tomé e Príncipe».

A cooperação técnico-militar entre São Tomé e Príncipe evoluiu no ano 208, com o destacamento em São Tomé de um navio da armada portuguesa, vocacionada para fiscalização marítima. Trata-se do navio NPR Zaire.

O navio de tripulação mista (militares santomenses e portugueses), já realizou várias operações de fiscalização, e de socorro a navios mercantis que foram atacados por piratas.

O comandante da da Base Naval de Lisboa e Comandante da Força Tarefa para a Costa Ocidental Africana – Capitão-de-Mar-e-Guerra Cavaleiro Ângelo, vai apresentar tema apresenta para o público o tema «a criminalidade marítima no golfo da Guiné tipologia actual, ameaças prementes para São Tomé e Príncipe».

O colóquio que termina por volta das 13 horas de segunda vai debruçar sobre vários outros temas, nomeadamente :

 “A criminalidade no mar: enquadramento legislativo. Premência da atualização do regime jurídicotendo o Procurador-Geral da República Kelve Nobre de Carvalho, como orador.  Centro do Atlântico. Divulgação, tema que estará a cargo do Adido de Defesa junto à Embaixada de Portugal, o Coronel José Costa Reis.

A União Europeia e o Golfo da Guiné. Participação de Portugal no conceito de presença coordenada no Golfo da Guiné“, é outro tema que será apresentado pelo Assessor das Forças Armadas na Direção de Serviços para os Assuntos de Segurança e Defesa no Ministério dos Negócios Estrangeiros -Capitão-de-Fragata Mário Fonte Domingues .

Missão Mar Aberto – NRP Setúbal, fica sob a responsabilidade do Comandante do NRP Setúbal – Capitão-de-Fragata Artur Dias Marques

NRP Zaire. Três anos de missão em STP, é o último tema do colóquio, e será ministrado pelo Comandante do NRP Zaire – Primeiro-Tenente Miguel Vieira

Moderadores

S.Exa. o Procurador-Geral da República de STP, Dr. Kelve Nobre de Carvalho,

Exmo. Senhor Adido de Defesa junto à Embaixada de Portugal, Coronel José Costa Reis

12H40  Sessão de Encerramento

S.Exa. o Ministro da Defesa e Ordem Interna, Coronel Óscar Sousa

  1. Exa. o Embaixador de Portugal em São Tomé e Príncipe, Dr. Rui Carmo

Segundo a nota de imprensa da embaixada de Portugal, «devido às condições pandémicas atualmente vivenciadas a presença no referido colóquio será por convite, exceto para os Órgão de Comunicação Social».

Abel Veiga

 

 

    Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo