Política

Presidente Evaristo acelera processos para sua despedida

«Ele não irá recandidatar-se…», anúncio feito por Delfim Neves, o Presidente da Assembleia Nacional. O país inteiro ficou a saber na segunda-feira 12 de Abril, que o Presidente Evaristo Carvalho não vai brigar por um segundo mandato de 5 anos, como Chefe de Estado. 

Até a marcação da data das eleições presidenciais, para 18 de Julho, Evaristo Carvalho não tinha se pronunciado sobre o seu futuro político.

Aliás não se pronunciou pública e oficialmente até o dia de hoje. Foi através de Delfim Neves, o Presidente da Assembleia Nacional, que o país ficou a saber que o Presidente Evaristo, está fora da corrida presidencial.

No entanto as últimas acções do Presidente Evaristo, provam que o mesmo deseja que a sua despedida aconteça o mais rápido possível.

Pela primeira vez na história da democracia santomense, um Presidente da República marca as eleições presidenciais, sem ouvir ou consultar as forças políticas actuantes no país.

No dia 6 de Abril, a sociedade civil e as forças políticas santomenses, foram confrontadas de repente, com um decreto do Presidente Evaristo a indicar 18 de Julho como sendo a data das eleições presidenciais.

O departamento de comunicação do Presidente da República, disse ao Téla Nón que o Presidente da República não é obrigado a auscultar as forças políticas antes de marcar a data das eleições.

«A constituição política não obriga o Presidente da República a fazer isto. É apenas uma questão de praxe, que vinha tendo lugar…não é uma obrigação, por isso o Presidente marcou a data das eleições, sem ter auscultado os partidos ….», afirmou para o Téla Nón, a assessoria de comunicação do Chefe de Estado.

O Téla Nón registou mais um acto insólito protagonizado pelo Presidente Evaristo Carvalho. Marcou a data das eleições sem ter em mãos o relatório final dos trabalhos da comissão eleitoral nacional de actualização dos cadernos eleitorais.

Prevê-se para Maio próximo a conclusão dos trabalhos em curso de actualização dos cadernos eleitorais. Só com a conclusão do recenseamento eleitoral, é que o Presidente da República saberá, por exemplo quantos eleitores foram inscritos, ou seja, qual será a população eleitoral que irá eleger o Presidente da República.

Todos os antecessores de Evaristo Carvalho, marcaram a data das eleições, após a conclusão dos trabalhos da comissão eleitoral nacional. Presidente Evaristo é o primeiro e único, que marca a data das eleições, e fica a espera que a comissão eleitoral nacional conclua os trabalhos, em função da data antecipadamente marcada.

O gabinete de comunicação do Presidente da República, disse ao Téla Nón, que Evaristo Carvalho, « recebeu luz verde do Presidente da Comissão Eleitoral Nacional», para marcar a data das eleições antes da conclusão do  recenseamento eleitoral.

Apesar de acelerar o processo para a sua despedida, Evaristo Carvalho, terá que segurar as rédeas do Estado santomense durante os próximos 5 meses, ou seja, até 3 de Setembro a já tradicional data, em que o Presidente Eleito toma posse diante da Assembleia Nacional, como novo Presidente da República.

Abel Veiga

    5 comentários

5 comentários

  1. Seabra

    13 de Abril de 2021 as 22:13

    Vá senhor Evaristo Pau Mandado Trovoada…já lhe vimos demais. Basta!
    Goze e aproveite do seu enorme salário que o seu serviço de cordeirinho FIEL ao seu mestre PT lhe atribuiu sem grande esforço.Você nunca serviu STP e tão pouco ao povo sãotomense, mas sim ao Patrice Trovoada. Infelizmente, nada de si, de bom guardámos da sua presidência.
    Bem haja!

    • Democracia em decadência

      14 de Abril de 2021 as 10:33

      Bom dia camarada Seabra! Nao concordo com a tua opinião, porque se o atual presidente da República fosse fiel ao Patrice Trovoada, o Governo atual nao estaria a governar. É um presidente pouco interventivo, mas muito idôneo.
      Fui…

  2. SANTOMÉ CU PLIXIMPE

    14 de Abril de 2021 as 7:30

    É de tirar chapéu,,, dessa eu gostei do Presidente Evaristo…Maturidade.

  3. Convetavirus

    14 de Abril de 2021 as 12:11

    Televisores, cortinados, sofás, carros do palácio/conselheiros …Cuidado é…..

  4. Seabra

    15 de Abril de 2021 as 11:49

    É muito curioso, de observar a mudança de posição da maioria que DESCARTAVA contra o senhor presidente Evaristo Carvalho, atribuindo-lhe o título de PAU MANDADO do PT, e hoje eles viraram a casaca tomando a defesa do homem.
    Como é possivel que STP progresse no bom sentido tendo em consideração a atitude indecisa da maioria deste povo, que está constantemente a mudar de opinião e que é FALSA…vive na mentira e no diz que disse, segue a ONDA de 1, de 2 e não tem opinião própria. É URGENTE de se lhe dar, a esta população, uma FORMAÇÃO CIVIQUE, porque nenhuma noção têm sobre o modo de funcionar de uma NAÇÃO.
    É TRISTEMENTE a VERDADE!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo