Política

China ofereceu navio de guerra ao vizinho Gabão para combater a pirataria marítima

Ali Bongo Ondimba Presidente do Gabão marcou presença no novo porto internacional do Gabão, designado Owendo, para receber o navio de guerra ofertado pela República Popular da China.

«É um navio de última geração, e vai reforçar as capacidades da nossa guarda costeira, que luta corajosamente contra a pirataria marítima, a pesca ilegal, a imigração ilegal, os actos de criminalidade ambiental, e todo tipo de tráfico», afirmou o presidente do Gabão.

Segundo a imprensa do Gabão, a cerimónia de recepção do novo navio ofertado pela China teve lugar no dia 11 de Junho.

O navio de patrulha marítima tem 66 metros de comprimento, e tem capacidade para albergar uma tripulação de 21 membros, ou seja, 21 militares.

O Presidente Ali Bongo Ondimba, garantiu na ocasião que «a segurança dos gaboneses e das gabonesas deve ser efectiva tanto na terra como no mar».

O Estado gabonês considera a luta contra a pirataria e todo tipo de tráfico, assim como a luta contra o terrorismo e o jihadismo, como sendo um dos principais desafios de segurança para o continente africano no século XXI.

Note-se que à semelhança de outros países do Golfo da Guiné, nomeadamente São Tomé e Príncipe, o vizinho Gabão, se confronta com um aumento alarmante dos ataques de pirataria marítima, e de todo tipo de tráficos, nas suas águas territoriais.

Abel Veiga

    4 comentários

4 comentários

  1. Fuba cu bixo

    29 de Junho de 2021 as 19:18

    Se você não da ao respeito ninguém ti respeita é o caso de S.tomé ninguém nus respeita, não comprimos nem honramos nenhum compromisso a S.Tomé China ofereceu ovo de pato.

  2. Bandalheira

    30 de Junho de 2021 as 0:18

    Assiste 3 reuniões do grupo de Delfim Neves em 3 locais diferentes ganhei 150 dobras, comprei voador panham safei minha vida hoje… por favor china oferece STP vacina de giba também porque eu estou a comer meu dinheiro só e não vou votar no Delfim. Se praga pegar me aplica-me 4 dose de vacina de giba/roubama.

  3. méên cabláá bodje

    30 de Junho de 2021 as 8:08

    Pensando bem, é para combater a tirania francesa no território gabonês ..~eêêêêê…. desculpa a indescrição..

  4. Beto t

    30 de Junho de 2021 as 23:14

    Esse Delfim mais conhecido por Roubama pensa que somos burros ou quê? Vou comer seu dinheiro sim e votar noutro candidato. Essa praga de jiba volta para ele mesmo porque esse dinheiro é de povo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo