Política

Presidente destaca perda de valores nos 46 anos de independência

O Presidente da República Evaristo Carvalho considerou que os 46 anos de independência nacional foram marcados por enorme perda de valores fundamentais como, respeito, disciplina e trabalho.

O Chefe de Estado cujo mandato de 5 anos termina no dia 3 de Setembro próximo, disse à nação santomense que sociedade nenhuma desenvolve estando mergulhada numa tão profunda crise de valores.

Os valores que foram inculcados na sociedade pelos «nossos antepassados», constituem segundo Evaristo Carvalho, as maiores perdas dos últimos 46 anos.

O país deixou de valorizar o respeito. «Respeito ao próximo, em particular aos pais, aos professores, aos chefes e aos idosos. Tratamos os outros cada vez com menos atenção e consideração», declarou o Presidente da República.

Disciplina é outro valor que desapareceu da sociedade santomense. «A disciplina tem estado cada vez menos presente na sociedade santomense. Reina a indisciplina e a desordem nas ruas, nas escolas e nas instituições do Estado. De modo geral é baixo o cumprimento das regras e normas de boa conduta, pondo assim em causa a convivência são e harmoniosa entre as pessoas, e o normal funcionamento das instituições, quer públicas, quer privadas», detalhou Evaristo Carvalho.

Trabalho, é o terceiro pilar que tombou nos últimos nos últimos 46 anos. O Chefe de Estado citou um provérbio em criou fôrro, que orienta a sociedade para o empenho no trabalho, como a única fonte de rendimentos.

«Mas, a onda de roubos e assaltos, a corrupção desenfreada nas instituições do Estado, a tendência para trabalhar pouco e querer ter muito, os esquemas, as burlas, tudo isso tem levado a que se trabalhe pouco, e com muita baixa produtividade», denunciou.

O Presidente da República chegou a conclusão que «país nenhum se desenvolve, tendo a sociedade mergulhada numa crise de valores tão profunda».

Justiça foi a bandeira do seu mandato nos últimos 5 anos. Evaristo Carvalho, acredita que o fórum de concertação sobre a Justiça, instituído por si no ano 2019, e que teve a assessoria técnica das Nações Unidas, poderá garantir a verdadeira reforma do sector da Justiça.

O Presidente da República, disse também que a Covid-19, veio agravar a crise social e económica.

A campanha em curso para as eleições presidenciais de 18 de julho, não pode segundo Evaristo Carvalho, por em causa os sucessos alcançados pelo país no controlo da pandemia.

«Não podemos correr o risco de virmos a enfrentar uma terceira vaga, devido a actos irresponsáveis das candidaturas. Constatamos lamentavelmente que não tem sido dada a devida atenção ao grave problema da aglomeração», pontuou.

O 46º da independência nacional, foi celebrado em pleno período de campanha eleitoral. O presidente denunciou a tradicional compra de consciências.

«Não posso deixar de me referir ao fenómeno designado por “Banho”, que tanto tem manchado os nossos actos eleitorais. Deixo um apelo às candidaturas, no sentido de limitarem ao máximo todos os tipos de acções visando a compra de consciência dos cidadãos eleitores. Explorar a pobreza do cidadão, para beneficiar do seu voto, é imoral e indecoroso», frisou, o Chefe de Estado.

Na sua última celebração do dia da independência nacional, na qualidade de Presidente da República, Evaristo Carvalho, explicou porque razão, não entrou na batalha eleitoral por um segundo mandato no cargo. Disse que retirou-se para dar lugar a quem tem mais energia.

«Não me recandidatei porque entendi que é tempo de passar o testemunho as gerações mais jovens, capazes de imprimir novas dinâmicas. As gerações dos novos tempos, provavelmente mais promissoras, em termos de energia, dinamismo e criactividade», concluiu o Presidente da República.

No dia 3 de Setembro Evaristo Carvalho deixa de ser Presidente da República de São Tomé e Príncipe.

Abel Veiga

    11 comentários

11 comentários

  1. Granda Chatice

    13 de Julho de 2021 as 10:13

    Por acaso STP perdeu e continua a perder muitos valores monetários.

    Pedem dinheiro emprestado no banco e não pagam. Depois usam para fazer campanhas …
    Se perderem as eleições vai ser uma Granda Chatice

  2. Povinho

    13 de Julho de 2021 as 10:38

    Os valores fundamentais reinaram no país desde a independência e infelizmente, até o seu mandato dos últimos 5 anos shr presidente. É preciso também dizer que foram marcados de discursos bonitos que não saíram de papel ou da porta do palácio. Não faz qualquer sentido vir cá criticar um passado ruim, em que o shr também faz parte. Se não conseguiu fazer nada, é só lamentar. Temos pena. O shr não esteve preparado, foi muita areia para o seu camião. Não fale da justiça porque o presidente da República tem algum poder da reforma na justiça. O shr se limitou a ver. Quem cala consente.

  3. Original

    13 de Julho de 2021 as 11:35

    O Sr.também contribuiu para isso e por favor não limpe as mãos.

  4. Pedro Costa 2

    13 de Julho de 2021 as 15:40

    Perda de valores fundamentais como, respeito, disciplina e trabalho.
    Nem mais; a começar pela classe política.
    Um país perdeu-se; já não tem aquele encanto que nos caracterizavam. A indisciplina reinante é de bradar aos céus.

  5. Nada haver

    13 de Julho de 2021 as 16:48

    A desordem aumentou no país desde a sua chegada no poder com seus elenco, és o pai da desordem, ainda bem que Sr não si recandidatou irias si arrepender porque o povo já anda aborrecido com Sr ao cubo.

  6. Gregorio Furtado Amado

    13 de Julho de 2021 as 16:52

    Parece que Sr. Presidente esteve na Suíça a assistir governação de S.T.P., aliás é a atitude assumida também pelo chefe do governo. Fazem fé nas informações vindas dos outros e adulterados e deixam andar e foi assim que passamos 46 anos. Como é que se explica que o Sr. P. Pede reestruturação do governo e o ministro acusado de sobrefaturacao de um milhão de dólares apresentado no relatório de Tribunal de Contas é aceite e reconduzido? E todos enchem o peito sempre a falar de combate à corrupção? Seja feita.

  7. Tony

    13 de Julho de 2021 as 17:48

    VIVA O RESULTADO DA INDEPENDENCIA !!! Nem é preciso entender, basta andar na rua para ver o resultado de 46 anos de governação fraudulenta, criminosa, comunista, cujo sentido foi a destruição e levar rapidamente o Povo á miséria… Parabens !!!

    Porquê não ficamos como região autonoma de algum Pais digno desse nome !!

    Enfim é STP

  8. Fuba cu bixo

    13 de Julho de 2021 as 18:30

    O valor que se perdeu é políticos que pedem as instituições internacionais dinheiro emprestado em nome do povo e usão em benefício próprios e de grupos e vão comprar casas na Europa e constroem vivendas no campo de milho.
    Perdas de valores é um Primeiro Ministro que prometeu tanta coisa na campanha eleitoral e chegou ao poder não fez nada só ficou gordo com queixada grande.

  9. Lima

    13 de Julho de 2021 as 19:01

    Pois é senhor presidente.Perdemos tudo tudo ,tudo.Unidade ,disciplina e trabalho todos os que hoje teem por volta de 50 anos cantaram isso.Mais o que parece mais estranho é que nem soubemos guardar certas herancas.Destruimos tudo.As casas bonitas das rocas as lojas da capital,Os hospitais de certas rocas nem isso soubemos concervar.Voces os politicos abusaram desse povo.Voces roubaram a dignidade desse povo,voces violaram o respeito que esse povo tinha.Roubaram destruiram ate a vergonha que caracterizava esse povo.Hoje ele so fonciona com copias mal feitas do estrangeiro.Estamos numa selva.Mas como foi possivel voces fazerem isso como se essa terra devia-vos alguma coisa e que ela tinha que pagar dessa maneira,a esse preco?
    Senhor presidente,senhor que dentro em breve sera ex-presidente quando fizer o balanco ,acha que foi um bom presidente?O que significa ser presidente?
    Como foi possivel o senhor ter aceitado ser presidente?O senhor tinha condicoes intelectuais,a inteligencia,o caracter,todos os outros requisitos para ser presidente? Os outros tres que la estiveram antes de si o senhor acha que fizeram algo de bom?Sera que o senhor nao lhes criticou?Como foi possivel fazer o pior?Sim ,o pais esta sem eiras nem beiras.Eu fui assaltada duas vezes e roubaram-me ate o colchao na cama.Levaram tudo ,tudo ,tudo.Fui pagar um documento nas financas a foncionaria recebeu todo dinheiro levou la para traz e vem sem vergonha dizer-que estava a faltar um maco de 5000 mil.porque ela serviu-se descaradamente.Nao ha nada a dizer.Nao se pode fazer queixas em parte nenhuma porque o tribunal nao fonciona.As mulheres sao violadas ,assassinadas .Voces inventaram catorzinhas abusando ,descaradamente de criancas fazendo filhos sem pais,esfomeados, vendendo as 4 da manha no aeroporto.Criancas de 6,7,8 anos.Voces fizeram criancas da rua.
    Senhor presidente se o senhor nao pagar ,si os tres outros nao pagarem havera geracoes suas mesmo a terceira ou quarta que pagara.
    Pessoas doentes sem tratamento ,criancas que nao podem ser tratadas nem no estrangeiro.Mas as suas familhas e mesmo voces os ladroes que pensam que sao homens politicos vao sempre ao estrangeiro para serem tratados.Onde esta conciencia?O que aconteceu convosco?Voces venderam a vossa alma ao diabo.Pois governar,presidir nao é facil mas, nos tinhamos condicoes minimas para assegurar o que os outros gatunos nos deixou depous de la roubarem durante 500 anos.O que fizemos,nos voces comportaram-se como esfomeados e que tinham que comer lambendo os prtaos e as panelas.
    Ha ainda esfomeados que vao lhe substituir para talvez meter um pouco de agua e tirar ainda um resto.STP foi essa panela de acucarinha que toda gente comeu raspou e hoje a panela so tem burraco e vai ser dificil fazer-se qualquer coisa dentro,porque nem meter pano nos furos das panelas,nem esfregar com sabao ou banana crua sabem fazer hoje.So vivem de emprestimos confundindo com oferta.Sendo oferta cada um toma e esquece que sao falsas ofertas e que elas teem que ser pagas.Pagam com o que^?
    Fico por ai.Estou triste,triste,triste mais com uma grande raiva,uma grande revolta.Nos nao tivemos guerra como em Angola,como a Guine-Bissau,como Mocambique.O que aconteceu com o nosso pais para que ele esteje tao destruido?Que ele estaje em ruina?Voces deveriam ser julgados pelo tribunal internacional,todos.Os ministros os primeiros ministros para que justifiquem donde veio os vossos bens,donde veio a vossa riqueza e porqu^e que esse povo esta nesse estado.Sim sem disciplina,sem trabalho,sem unidade, os tres pilares que deveriam manter-nos em vida.

    • Célio Afonso

      17 de Julho de 2021 as 8:19

      Muito bem sr (a) Lima.
      Pura verdade.
      Esses bandidos nao escolhem meios para atingirem o fim.

  10. Original

    14 de Julho de 2021 as 9:10

    Uma das principais causas da desgraça deste País é quando um candidato é encomendado por alguém para prestar serviço na Presidência quando o mesmo por iniciativa própria não está engajado.O mesmo terá que satisfazer os caprichos de alguém que lhe indigitou e que financiou a sua campanha.

    1º Exemplo,O Sr.Miguel Trovoada encomendou o Fradique e o mesmo nem queria segundo as suas
    palavras e o mesmo Fradique tinha que demitir Posser da Costa devido pressão do Sr. Trovoada
    que funcionava como manivela no boneco de corda. deu torto porque Fradique cansou.

    2º Exemplo: O Patrice Trovoada encomendou o Evaristo e o mesmo nem estava preparado para tal e
    enquanto o Patrice foi 1º Ministro o Evaristo só esteve na Presidência a chocar ovo e
    fazendo tudo quanto Patrice queria e o mesmo é que representava o País como Chefe de Estado
    e só conseguiu respirar quando o Patrice partiu.

    3º Exemplo: Não creio que o Vila Nova candidatou por iniciativa próprio.Foi imposto por Patrice
    para dar continuidade ao seu projecto de ter alguém na Presidência para mandar e desmandar
    não tenho nada contra o Vila Nova mas para mim o cenário está muito obscuro sabendo de onde
    partiu esta proposta e conhecendo a história do passado recente.

    Enquanto Presidentes funcionarem nestes moldes ao serviço de alguém,a história vai se repetir
    e País não avança.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo