Política

STP celebra dia africano da alimentação escolar

SÃO TOMÉ – Em parceria com o Programa Nacional de Alimentação e Saúde Escolar (PNASE), o Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas (PAM) celebrou esta sexta-feira, no auditório do Instituto Guimarães Rosa, o  9º Dia Africano da Alimentação Escolar – sob o lema “Investir na alimentação escolar caseira para transformar sistemas educativos – para um futuro inclusivo e próspero do continente africano” .

 A data foi instituída em janeiro de 2016 pelos chefes de estado-membros da UA, em reconhecimento da importância da alimentação escolar baseada em produtos locais para a educação e nutrição das crianças, e com o objetivo de definir novas estratégias e planos de ação para a implementação da alimentação escolar no Continente, através de visitas de estudo, palestras, workshops e debates.

A celebração foi por meio de um atelier reflexivo entre o Ministério da Educação, Cultura e Ciências, os parceiros do PNASE, crianças beneficiárias da cantina escolar de diferentes escolas,  sobre a sustentabilidade do PNASE tendo em conta os principais desafios que o programa enfrenta para garantir um prato quente ao longo de 180 dias letivos.

No seu discurso, o Encarregado do Escritório do PAM em São Tomé e Príncipe, Leon Victor Mushumba, afirmou que “ Continuaremos a apoiar o governo nos próximos anos para investir num programa sustentável de alimentação escolar baseado em produtos locais frescos e saudáveis.”

Anualmente o PNASE serve  8.777.340 milhões de refeições a cerca de 50 mil crianças de todo o país. O PAM tem apoiado apoia o PNASE e seus parceiros no fomento de hortas escolares. De modo a garantir que as escolas, as famílias e as crianças de São Tomé dependam menos de ajudas externas e se sustentem mais na base de produtos de seus campos, suas hortas escolares e seus próprios quintais. 

FONTE : PAN

FAÇA O SEU COMENTARIO

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top