Política

ONTSTEP-CS nas ruas em manifestação pacífica neste 1º de Maio


João Tavares, secretário-geral da ONTSTEP-CS, a organização dos trabalhadores de São Tomé e Príncipe – central sindical, considera que está cada vez mais difícil a vida dos trabalhadores no arquipélago.

«A inflação no ano passado foi cerca de 17 por cento e no ano anterior foi de 24 por cento. Com elas, não houve atualização salarial e o IVA veio complicar ainda mais a situação socio-laboral das pessoas. Outro especto é que o atual governo não está a aplicar o memorando assinado entre as centrais sindicais e o governo do então primeiro-ministro Jorge Bom Jesus. E pelo facto de não ter cumprido essa programação, vem complicar um pouco mais a situação sócio laboral».

Os preços da cesta básica é outra dor de cabeça, segundo o líder da ONTSTEP-CS. “Cada dia que passa os operadores económicos, por cada importação que fazem, aumentam o preço das mercadorias e não há uma fiscalização. A Inspeção Económica não está a exercer o seu papel com eficiência” – lamentou João Tavares.
O cenário fica aina mais complicado com a ausência de investimentos no país.

«Não há investimentos para as obras públicas e outros serviços que possam criar riquezas e oportunidades para que as pessoas possam fazer outro tipo de trabalho».

Por tudo isso, considera que o dia do trabalhador deve ser um dia de luta para os trabalhadores de São Tomé e Príncipe.

«O primeiro de maio é um dia de luta. Por isso, há mais motivos para podermos sair as ruas e reivindicar os nossos direitos, exigir da entidade empregadora, do governo e do sector privado melhores condições de vida porque se não fizermos isso, a situação será pior».

A ONTSTP-CS tem agendado para este primeiro de maio uma manifestação pacífica pelas ruas da cidade de S. Tomé exigindo melhores condições salariais e laborais para os trabalhadores.

José Bouças

2 Comments

2 Comments

  1. GANDU@STP

    1 de Maio de 2024 at 9:09

    Bom dia STP!

    “A inflação no ano passado foi cerca de 17 por cento e no ano anterior foi de 24 por cento. Com elas, não houve atualização salarial e o IVA veio complicar ainda mais a situação socio-laboral das pessoas.”

    EU vejo a nossa gente a reclamar tanto da introduccAo do IVA, como se fosse algo de negativo ou ruim para o Pais!

    O IVA E ALGO POSITIVO, E VAI FORTALECER A NOSSA ECONOMIA. A base da nossa Economia E o comercio de produtos locais e importados. Penso que deveria ter sido implementado A muito tempo.

    Em nenhum Pais dito desenvolvido se faz uma transaccao legal, de compra+venda de bens e serviccos, sem que haja uma contribuiccAo para os cofres do Estado. Tente comprar um kilo de arroz em Portugal sem pagar o IVA!!! Ou tente comprar uma cerveja em Inglaterra sem pagar o IVA!!!???

  2. ANCA

    1 de Maio de 2024 at 19:39

    Muito ha a estruturar, organizar, muito ha a fazer relativamente ao rigor e trabalho, produtividade, segurança laboral, deveres, direitos, garantias,….

    Isso remetemos para a área da justica, tribunais, trubinal do trabalho, tribunal de contas, inspecção laboral, regras, normalização laboral, lei do trabalho.

    Na peça lemos que ninguém vem investir em São Tomé e Príncipe,….

    Enquanto não se punir os actos de trapacear, e ser trapaceados, roubos, malandrices, os investidores quer sejam nacionais, quer externos, jamais teremos sucesso nesta construção de país(território, população, administração, mar e rios), que se quer de emprego, modernização e prosperidade.

    Remetemos mais uma vez para uma efectiva reforma, modernização do sector da justiça que está custar aparecer.

    Precisamos de uma academia militar, escola prática e superior militar

    Precisamos de uma escola academia policial, escola superior de formação policial

    Escolas de serviços, turismo e gastronomia

    Escola de formação e da administração publica

    Formações profissionais

    Aproveitamento dos recursos humanos e naturais disponíveis

    Necessidade de uma politica de gestão e evolução salarial consoante o crescimento económico, a inflação, o PIB.

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top