Eleições presidenciais

CEEAC garante que estão criadas as condições para que a 2ª volta seja ordeira e pacífica

Manuel Augusto(na foto em baixo), o enviado da Comunidade Económica dos Estados da África Central, CEEAC, reuniu-se com o Governo, o Presidente da República e também com o Tribunal Constitucional.

Das autoridades santomenses o enviado da CEEAC recebeu garantias de que «estão criadas as condições para que o acto eleitoral decorra de forma pacífica ordeira, e a expressão livre da vontade do povo santomense», afirmou Manuel Augusto.

Durante o período de contestações, que se seguiu a divulgação dos resultados da primeira volta das eleições presidenciais, a CEEAC enviou uma missão à São Tomé e Príncipe, para em diálogo com as autoridades e as partes em contenda, ajudar a pacificar o momento tenso, que o país viveu.

«Estamos a espera que a segunda volta decorra da melhor forma até porque algumas falhas registadas na primeira volta já foram corrigidas», reforçou o enviado da CEEAC, à segunda volta das eleições presidenciais.

A CEEAC, tem também no terreno uma missão de observação eleitoral, que está a acompanhar ponto por ponto, o processo de votação que decorre desde as primeiras horas deste domingo 5 de Setembro.

Abel Veiga

 

    Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo