Sociedade

Príncipe homenageia investimento que protege o ambiente

Mark Shuttleworth, o milionário sul africano, baptizado na ilha do Príncipe como sendo “O Homem da Lua”, foi homenageado na segunda – feira na cidade de Santo António do Príncipe, pelo Governo daquela região autónoma.

«O Governo Regional do Príncipe “em nome do seu povo” prestou homenagem, está segunda-feira, ao empresário sul-africano Mark Shuttleworth, pela sua valiosa contribuição na construção de um novo Príncipe, enquadrado numa visão comum de futuro sustentável», declarou o Governo do Príncipe numa nota divulgada pelo seu gabinete de imprensa.

O investidor sul africano, que recebeu a homenagem nas mãos do Presidente do Governo Regional do Príncipe, José Cassandra, foi definido pelas autoridades do Príncipe, como sendo «mais que um investidor é um parceiro».

O parceiro que o Governo Regional do Príncipe, escolheu há cerca de 8 anos para juntos materializar a política de desenvolvimento sustentado, através da protecção do ambiente singular da ilha do Príncipe,  contribuiu com investimento privado na ordem de 80 milhões de dólares. «Valor aplicado essencialmente em infra-estruturas de desenvolvimento turístico de natureza, em projectos de recolha e reciclagem de resíduos sólidos, e na preservação da biodiversidade da ilha que é Reserva Natural da biosfera», refere a nota de imprensa do Governo da Ilha do Príncipe.

Foi no salão nobre do Passos do Conselho, edifício emblemático do poder na ilha do Príncipe, que Mark Shuttleworth proprietário da empresa HBD, foi homenageado e ouviu do Governo regional, um discurso de parceria. « um “parceiro” que comunga a mesma visão do Governo Regional, que concebe o desenvolvimento económico, social e cultural da Região Autónoma do Príncipe, apoiado em turismo sustentável», concluiu a nota do Passos de Conselho da ilha do Príncipe.

Os filhos do Principe protegem a sua natureza exuberante e singular, para conquistar o desenvolvimento.

Téla Nón

    1 comentário

1 comentário

  1. Clemilson Brasileiro

    2 de Fevereiro de 2018 as 1:59

    Enquanto isso em São Tomé destroem a floresta e até estão construindo uma pedreira que país organizado !

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo