Sociedade

Santa Maria já tratou este ano 48 doentes de STP e quer alargar a cooperação com o país

O Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte de Portugal, mais conhecido por Hospital de Santa Maria, é o maior hospital de Portugal. Anualmente recebe dezenas de doentes de São Tomé e Príncipe, que são tratados nas diversas especialidades no âmbito do acordo de cooperação no sector da saúde entre os dois países.

Carlos das Neves Martins(na foto), que desde 2013 é Presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte, em entrevista dada em Lisboa ao Jornal N´dependenxa, explicou que anualmente mais de 6 dezenas de doentes oriundos de São Tomé e Príncipe, são atendidos no Hospital de Santa Maria. «Em 2013 tivemos 69 doentes evacuados e, sobre os anos seguintes, posso-lhe referir que em 2014 foram 83 doentes, em 2015 foram 72 doentes, em 2016 foram 70 doentes, em 2017 foram 60 doentes, enquanto, no corrente ano de 2018, até finais do mês de julho, já tínhamos assistido 48 doentes evacuados do país irmão», afirmou o Presidente do Conselho de Administração do hospital.

O maior hospital de Portugal, diz que continua com portas abertas para receber doentes que São Tomé e Príncipe, ainda não tem capacidade de tratar. Mais ainda, pretende lançar as bases para uma cooperação mais activa no domínio da saúde. «Continuaremos a ser uma porta aberta para todas as evacuações e continuaremos disponíveis para colaborar com a Embaixada e com as Autoridades de São Tomé e Príncipe, não descurando outras ações de cooperação e, sobretudo missões clinicas em São Tomé e Príncipe, ou apoio em formação de quadros da área da saúde nas nossas unidades hospitalares», precisou Carloss das Neves Martins.

São diversos os tipos de patologias, que são diagnosticados nos doentes enviados por São Tomé e Príncipe. «Há um sem-número de doentes de áreas clínicas mais comuns, como a oncologia, a ortopedia, as doenças metabólicas e genéticas, as doenças tropicais e outras com sequelas em consequência de acidentes, decorrentes de um quadro de colaboração e cooperação regular e intenso entre países irmãos», detalhou.

A competência técnica dos profissionais de saúde do Hospital de Santa Maria tem sido fundamental para o sucesso no diagnóstico e tratamento das diversas patologias, que São Tomé e Príncipe ainda não tem meios para diagnosticar e muito menos para tratar. «Temos cumprido de forma irrepreensível o que nos tem sido solicitado e temos motivos de orgulho nos casos de sucesso clínico que têm valido vidas e dado renovada qualidade de vida», pontuou o Presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte.

Segundo Carlos das Neves Martins, o hospital de referência de Portugal, assinou um plano estratégico de cooperação, com 3 países africanos de expressão portuguesa, nomeadamente Angola, Moçambique e Cabo Verde, para o período 2013-2018, envolvendo áreas como a prevenção das doenças e a promoção da saúde, assim como a formação de quadros. «Não se desenvolveu ainda nenhum projeto de trabalho em cooperação com a República Democrática de São Tomé e Príncipe, o que importa analisar e com vista a incluir este país irmão no Plano Estratégico de Cooperação do Centro Hospital Universitário Lisboa Norte para o período 2019-2021, assim hajam propostas e vontades, desde a nossa Direcção Geral da Saúde até às Autoridades São-Tomenses», precisou.

O Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte conta nos seus efectivos com mais de 6300 funcionários.

Abel Veiga

    4 comentários

4 comentários

  1. Rapaz de reboque

    18 de Setembro de 2018 as 15:29

    Ainda a quem fale mal de Portugal a coisa de um mes vi um dos donos da cidade ou seja um motoqueiro que ia atropelando um casl de portugueses ainda portou se tao mal mandando para terra deles por incrivel que pareça a senhora é medica no hospital de Santa Maria e o senhor é de uma alta patente na policia em Portugal imagina este motoqueiro amanha precisar de tratamento em lisboa e ser a dita senhora a tratar dele ou de alguém da familia dele como este senhor irá se sentir se lembra se como tratou a senhora? É a educação que o senhor teve infelizmente a nossa terra vai a caminho de uma anarquia

  2. souza

    18 de Setembro de 2018 as 22:22

    não foste a escola hoje?

    • Rapaz de reboque

      19 de Setembro de 2018 as 13:30

      Fui mas a tua mae mao apareceu pata me dar aulas

  3. Barão de Água Izé

    9 de Fevereiro de 2019 as 7:44

    COOPERAÇÃO!? O que dá STP em troca? Quando será que os doentes Sãotomenses, não tenham que sair do Pais para se tratarem?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo