Sociedade

Bispo avalia a tensão política e social no país

Com preocupação o Bispo da Diocese de São Tomé e Príncipe, Dom Manuel António definiu os confrontos surpreendentes da  passada segunda – feira, como sendo resultado  de «uma certa revolta da população» e de uma «linguagem política violenta».

A leitura do Bispo Dom Manuel António, sobre a situação que se vive no país faz parte de um artigo da Agência Portuguesa de Notícias, – LUSA.

Acompanhe :

Os acontecimentos de segunda-feira foram um pouco surpreendentes. Acho que acabaram por manifestar uma certa revolta do povo, uma certa tensão que se foi acumulando ao longo dos últimos tempos“, comentou o responsável da igreja católica, em entrevista à Lusa.
O povo são-tomense, disse, “tem ido de promessas ao longo dos tempos, umas atrás das outras”, mas “foi sendo sempre defraudado“.

Nos últimos quatro anos, acabaram por acreditar que mudando de paradigma político, aí finalmente iriam encontrar algum caminho que desse perspetivas de esperança, de futuro. E de facto, encontraram uma realidade que, se não foi pior, também não é que tenha sido muito melhor“, disse.

Por outro lado, o bispo apontou “outro aspeto que de há quatro anos a esta parte se impôs, e muito”: uma “certa linguagem política algo violenta”.
Alguns atores políticos [tiveram] uma linguagem muito agressiva. Creio que também contribuíram para esta situação, porque quem semeia ventos, depois colhe tempestades“, referiu.

O bispo confessou que a violência que se registou “foi uma surpresa, porque tem-se ideia de um país pacífico, calmo, sereno”. De políticos à população, todos afirmavam que o protesto atingiu um nível de violência inédito no país.

Manuel António dos Santos deixou um apelo à calma.
Espero que as pessoas tenham calma e que os agentes políticos ponham os interesses políticos acima dos interesses pessoais e, de facto, olhem para este país com perspetivas de futuro e evitando estas situações de violência, que não levam a nada“, pediu.

Na quinta-feira, a Polícia Nacional proibiu as manifestações até 72 horas após o anúncio dos resultados definitivos, pelo Tribunal Constitucional, das eleições legislativas, autárquicas e regional do Príncipe de dia 07 de outubro, e que é esperado esta semana.
Estranho como é que uma decisão dessas é o chefe da polícia que a toma. É o chefe da polícia que manda neste país“, questionou.
No entanto, o bispo considerou que a decisão tem “uma boa intenção“.

É preferível que se acalmem um pouco os ânimos. Poderia entrar-se aí em situações de violência que não ajudam“, comentou.

Fonte – Lusa

    12 comentários

12 comentários

  1. Ze Povinho

    15 de Outubro de 2018 as 11:18

    Grande Bispo.
    Só “peca” pelo excesso de diplomacia.
    Mas a “gente” entende! Bom entendedor, neste contexto, um quarto de palavra basta.

  2. Osvaldo carneiro

    15 de Outubro de 2018 as 11:30

    Esse está a falar quê está sempre no avião como PT, sm responsabilidade. Acha q o povo ñ está a ver? Tb usa expressões agressivas na púlpito. Que lição quer nos dar? São mesmas castas.
    Já é tempo para ter o nosso bispo, gente da terra. Tudo é importado.

    • Zagaia

      15 de Outubro de 2018 as 23:13

      Sr.OSVALDO,antes de expor as suas ideias pense bem,já reparou que o Sr Bispo tem um superior que é o papa,portanto se não há nenhum sãotomense Bispo, terá que perguntar ao papa e não andar por aí especulando. Sr.Osvaldo falta recursos humanos competentes e boas políticas em São Tomé.Com o leve leve só daqui há 2 séculos. Um bem haja

    • Caminheira Peregrina

      24 de Outubro de 2018 as 15:47

      Baboseira, bispo saído de São Tomé? Isso não seria solução. Veja no que se tornou alguns ex-padres, andavam lá a fingir de padres quando o resultado foi ter feito fortunas e abandonar igreja com garantias de mulher e em alguns casos já grávidas. Claro que não podemos colocar todo mundo no mesmo saco. Mas convenhamos. Eu em particular estive a espera que o ADI assumisse e desse uma lição de boa governação aos que andaram no poder a brincar. ADI fez o mesmo se não o pior, batota começou em concursos públicos e acabou em eleição. Só espero que essa moda não pegue. Porque se os outros que andaram no poder antes de adi tivesse esse espírito de batota, adi nunca chegaria ao poder. Contei com ADI tendo em conta que lá só um manda, pensei que a monarquia disfarçada pudesse funcionar, mas me esqueci que a monarquia só funciona, quando o rei ou o monarca é justo e honesto. Só vi ditadura e mais ditadura, até USTP colocaram um biscateiro a frente degradando por completo o sistema de ensino. Sr. Osvaldo tenhamos respeito com as pessoas e não sejamos fanáticos. O Bispo está 100% certo

  3. ospibinho

    15 de Outubro de 2018 as 12:20

    Entao o Sr Bispo quer dizer que a queima dos carros ou seja a violencia instada pela oposicao eh louvavel? Apartir de agora a igreja catolica apoiara todos os partidos que pasam a oposicao a queimarem carros ou destruindo bem public em Sao Tome e Principe.
    Convenhamos.

    • Metido a Besta

      15 de Outubro de 2018 as 14:21

      Sr Ospibinho, nunca ouvir dizer que a paciencia tem limite. O povo vinha assitindo todo o desmando de ADI , de P Trovoada mais seus deputados.

      Em que lugar deste mundo onde um governo da ordens a policia para desobedecer o uma decisao judicial.

      O ADI e P Trovoada era representante da Cervejeira Rosema? Onde ja se viu que deputados afcto a um partido tem algum poder para legislar subre uma materia que diz respeito a toda uma sociedade.

      Onde ja se viu deputados e legislar e impor uma lei sem 2/3 dos deputados lei essa que exonera e expulsa juizes e reforma compulsivamente.

      Onde ja viu a forca policia a arrastar e assassinar a pancada jovens ou pessoas e restricngindo familiares de velarem seu morto nem um interro digno.

      Assassinato de Economista Sr Jorge Dos Santos.

      Queres que o povo faz te um desenho das arrogancias destes punhado de individos que pensavam que poderiam fazer todo mais alguma coisa e povo estaria calado e imovel?

      Onde ja que um governo adquiri alguma propriedade sem o visto de Tribunal de Conta e por uma avultada soma acima de valor de mercado.

      Impor taxa aos comerciante que retira lucro e ate o capital?

      Se nao admitimos tas desmando dos em tempos colonial porque carga de agua que o povo haveria de suportas tais abuso de ADI e dos seus gringos.

      Desde a implatacao de multipardarismo que partidos tem ganho e perdido as eleicaoes e ate entao nenhum partido arrumou em chico espertos com superfugios e malambariso e expediente de gabinete.

      Nunca se ouviu que numa eleicao a oposicao mafiou, alterou fez alguma trafulhice ao ponto de manipular os resultados,

      Existe um juri , uma mesa de contagem perantes os observadores e representante dos partidos involvidos.

      A sociedade civil foi assintindo todo os demsndo de ADI sem comentar, talvez com o receio de nao interferencia nos assuntos de governacao, porem, esquecem ou esqueceram de nao analizar ” A Conivencia”

      Como disse Sr Bispo; Quem semea vento esta sujeito a colher tempestado.

      A maioria de povo que votou pediu a mudanca de governo e tao simples quanto isso.

      Acatar com o direito de povo surfrado nas Urnas no de 7 e quanto antes melhor.

  4. Joana Branco

    15 de Outubro de 2018 as 17:32

    Perdeu oportunidade de ser moderador( como Bispo), esperava uma outra linguagem de Sr. Para unir os tomenses- tendo em conta o momento q se vive. Quem não tem não pode dar.

    • Metido a Besta

      16 de Outubro de 2018 as 16:21

      Se Jesus Cristo a vir a este mundo nao foi em prol dos governos e sendo a Igreja e os Bispo seguidores de Jeus porque raio haveria um Bispo poupar nas sua analizes?

      Se estes ilustres calassem Deus faria levantar das pedras a voz em prol de povo Santomense.

      Lucas 19:40

      Jesus, entretanto, lhes afirmou: “Eu vos asseguro, se eles se calarem, as próprias pedras clamarão!” Jesus chora por Jerusalém

  5. Santome’ Podeloso

    17 de Outubro de 2018 as 2:56

    Santome’ Podeloso só Sá kua
    Nos não precisamos da Igreja Católica, seria melhor STP inventar a religião e igreja do povo onde o povo poderá rezar para Rei Amador, Zé Cangolo, e outros líderes Africanos, Samorá Machel, Patrice Lumumba, Kwame Khruma, Kadhafi, Antonio Agostinho Neto, entre outos, rezar para aqueles heróis que lutaram contra o sistema neocolonial e contra o colonialismo. Já não dá com os padres pedófilos da Igreja católica—-não precisamos de imoralidade Europeia n’Africa. Deveríamos nos separar das igrejas e denominações para criarmos à nossa religião de São Tomé e Príncipe, para os Santomenses. A igreja católica tem uma história muito escura de violência e matança e espionagem para beneficios aos governos Europeus. Roubaram muita riqueza d’Africa, como minerais, ouros, diamantes e muito mais.
    Não devemos condenar todos os católicos ou a instituição em si, mas devemos dizer a Verdade, e virar a página.

    Europa teve muito tempo para ajudar África desenvolver mas não o fizerem—-suportaram roubos e dinheiros roubados dos fundos das finanças dos países Africanos desviados para os bancos na Europa e Américas.

    Essa gente, a maioria dos pulas, igreja católica, Europa, Ocidente não dá. Nunca tiveram nenhum interesse no povo

    Nada eles passear. Queremos paz e harmonia, sim. Mas, a oração de Santome’ Podeloso é que dá. Temos que criar o que é nosso e deixar atrás aqueles que nos exploraram.

    • Metido a Besta

      17 de Outubro de 2018 as 19:22

      Rezar, orar e venerar mortos. Que ridiculo. Desde quanto que algo inerte , sem vida tem algum poder so se for no mundo das trevas.

      “Maldito o homem que confia no… Jeremias 17:5 – Pensador

      “Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do SENHOR!”… Jeremias 17:5. Inserida por lulupacha

      Maldicao a todos homens que confia no homem quao pior sera confiar em um morto?

      Estuda e consulte a Biblia antes de escreveres sobre reza e Igrejas.

  6. Adeliana Nascimento

    17 de Outubro de 2018 as 8:50

    O Bispo, fez e muito bem. Ouviu tanto os comentarios dos santomenses nas ruas e onde andou, e fez somente um pequeno favor de os transmitir na comunicação Social.
    Tudo muito simples. ” QUEM SEMEIA O VENTO, COLHE TEMPESTADE”

  7. Caminheira Peregrina

    24 de Outubro de 2018 as 16:16

    Conheci um professor de Inglês no ISP que dizia “Olho para o céu vejo 9 meses de chuva e três de gravana (estação seca para os que não sabem)
    Olho para terra e vejo terra fértil de norte a sul do país (ou seja capim pega em todo lado, o que já não acontece em alguns países deste mundo)
    Olho para volta da ilha vejo um mar rico em peixes algas, mariscos etc.
    Ouvi dizer que por debaixo das nossas águas até petróleo tem…
    Olho para pessoas vejo um povo humilde e obediente…
    Somos pobres porquê?
    Porque olho para dirigentes e vejo indivíduos que não sabem o que querem e nem sabem o que fazer com poder que têm.
    Acredito que se um autocarro embater no poste a culpa é do condutor e não dos passageiros…
    Os dirigentes dessa terra vivem culpando o povo, não é de se estranhar
    pois não sabem o que querem
    São bons de língua suja insultuosas e agressivas, desperdiçando tempo com críticas e justificando as críticas em sua direcção
    o que lhes tornam incapazes de perceber a riqueza da crítica construtiva do Sr. Bispo.
    Grandes empresas nesse mundo, muitas vezes têm a sua maior fonte de inspiração, precisamente no livro de reclamação dos seus clientes. Deveriam agradecer ao senhor bispo e pararem de semear vento e passarem a semear amor, competência, honestidade e desenvolvimento…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo