Sociedade

São-tomenses receberam 2019 com alegria

Milhares de pessoas começaram o ano 2019, a tomar banho na Praia. Uma tradição de lavagem do ano velho, para que o ano novo seja promissor. Este ano, a rumaria para as praias, foi marcada está a ser marcada pela expressão de liberdade e retoma da convivialidade entre os são-tomenses.

O ano novo dá sinal de que São Tomé e Príncipe, está a retomar o ambiente de convivialidade entre os seus cidadãos, independentemente da sua coloração partidária. Um ambiente  imposto pela tradição fraterna do homem são-tomense, mas que esmoreceu sobretudo em 2018, que foi o ano eleitoral, mais tenso da história do país.

Ângela Maria Afonso , uma cidadã que celebrava o novo ano na Praia, confirmou tal propósito. «Graças a Deus tudo está bem. Agora com nossa hora tradicional que foi reposta, estamos a celebrar o novo ano com alegria, e com esperança», afirmou.

As peripécias de 2018 foram lavadas no dia 1 de Janeiro, nas águas do mar, para renascer novo são-tomense em 2019. «É uma dia de festa e de alegria. Um dia de união, que os são-tomenses estejam unidos e juntos», disse Gilson Espírito Santo.

Os são-tomenses receberam 2019 com uma alegria, que faz inabalável a esperança que depositam no futuro melhor. As praias foram palcos de banquetes de várias iguarias, música ao vivo, e não faltou uma sopa a base de folhas da terra, para retemperar o corpo que acaba de lavar as mazelas de 2018.

François da Conceição é o cozinheiro da Sopa que está a ter fama no país. Explicou que a sopa a base de carnes de galinha, porco, e vaca, recebe diversas folhas terra como Folha Ponto, Folha de Micocó, e Coentros vulgo “Chêlu Sum Zon Maiá”.

2019, renova a esperança dos são-tomenses, que começam a recuperar a convivência mútua que sempre os caracterizou.

Abel Veiga

    5 comentários

5 comentários

  1. Seabra

    3 de Janeiro de 2019 as 2:07

    Se o nosso amigo Jorge Pereira dos Santos, estivesse vivo, teria sido ôptimo seu aniversário (02/01).
    Queremos lembrar à todos que complotaram este Odioso e violento assassinato assim como ao novo governo (com o antigo presidente Evaristo Carvalho, que nunca nenhum membro do seu governo pronunciou e/ou condenou este crime, o pior que teve lugar em STP ), que esperámos e exigimos JUSTIÇA…uma das criminosas (empregada do malogrado ),MARLENE encontra-se livre a viver à vida dela sem ser tormentada.
    O Jorge Santos foi cruelmente assassinado na madrugada do dia 2 de junho para o dia 3 , em casa dele perto do palácio. Apesar de torturado ninguém ouviu, ninguém suspeitou que se passava algo de grave. O Jorge não foi visto desde domingo mas ninguém se deu conta, mesmo aqueles / as que se diziam “kambas” do Jorge. A tal Marlene, ficou lá em casa do Jorge , ele já morto(suponho ) , esta vagabunda não teve a caridade de ir pedir socorro para se cuidarem dele e salvá-lo, aliás, ela não foi trabalhar na segunda feira depois do crime porque ( provávelmente), estava em casa do Jorge onde se passou o macabro assassinato. …só mesmo uma pessoa ruim, cruel , podia ter ficado sobre o mesmo teto com um defunto, cujo o fim dele participámos com o sangue frio de uma perversidade sem nome….ela será julgada, seja como fôr. Palavra de HONRA de SEABRA.

    • Metido a Besta

      3 de Janeiro de 2019 as 9:22

      Sim tratou de um crime horrendo jamais cometido em São Tome e ate agora ninguem sabe , ninguém ouviu ou viu nada.

      Podem esconder , abafar e ludibriar a justica de homem mais jamais escaparam a justiça Divina.

      A justiça vai ser feita e ao seu tempo saberemos.

  2. Seabra

    3 de Janeiro de 2019 as 2:08

    …queria dizer” teria sido hoje o seu aniversário :.

  3. Metido a Besta

    3 de Janeiro de 2019 as 11:28

    Quando o justo governa reina a paz e concórdia entre irmão, famílias e amigos com o espírito de camaradagem.

    Não existe nada melhor do que uma convivência democrática e pacífica em prol de uma sociedade justa rumo ao desenvolvimento sustentado onde todos sem exceção podem e devem contribuir para a reconstrução da sociedade livre e aberta.

    O exercício de poder tem seu fascínio mas procurar rete-lo a forca so causa horror e disaboro nao so a população , o povo bem como o ditador .

    Na era digital jamais algum ditador poderá perpetuar no poder por mais que tente sera fracassado.

    Caminhamos rumo a liberdade de pensamento e expressão como nunca antes visto e nesta peleja não haverá retrocesso.

    Louvado Seja

  4. Ralph

    8 de Janeiro de 2019 as 3:21

    Desejo a todos os são tomenses um bom ano 2019. É sempre dececionante haver um ano em que amargura política perturba a convivialidade de um povo. Gosto da idea de um tradição que dá a todos uma oportunidade de deixar atrás o ano anterior e cumprimentar o ano novo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo