Sociedade

Coronavirus : Embaixada da China afasta o pânico

A doença, designada Coronavirus, que já matou mais de 300 pessoas na República Popular da China, é grave. Garantia do embaixador da China em São Tomé e Príncipe Wang Wei.
No entanto, o diplomata chinês, assegurou a todo o povo são-tomense que o coronavirus não é «não tão grave para se entrar em pânico».

Numa conferência de imprensa conjunta com o ministro da saúde Edgar Neves, o embaixador da China em São Tomé e Príncipe, apelou ao fim do pânico em torno do coronavirus, porque segundo as suas palavras, trata-se de uma « epidemia curável».

«Queria em nome do governo chinês declarar que nós vamos fazer todos os possíveis, de uma maneira responsável para salvaguardar os interesses, e a segurança dos amigos estudantes são-tomenses na China, e também de outros estrangeiros», afirmou o embaixador Wang Wei.

Dos mais de 160 estudantes são-tomenses que se encontram na China, não há registo de qualquer situação de coronavirus. «Nenhum bolseiro são-tomense na China, e ninguém da comunidade chinesa aqui em São Tomé está contaminado com este vírus», pontuou Wang Wei.

O Ministro da Saúde de São Tomé e Príncipe, também usou da palavra para rejeitar as reacções de pânico, que tem marcado sectores da sociedade são-tomense e internacional. «Não vamos cair em situação de pânico. Nós temos é de tomar todas as medidas dentro das nossas possibilidades e respeitando o regulamento sanitário internacional. Os mecanismos de vigilância epidemiológica para termos maior controlo sobre a situação…», precisou o ministro Edgar Neves.

O Governo de São Tomé e Príncipe, manifestou solidariedade para com povo chinês, e para com o Governo da República Popular da China.

São Tomé e Príncipe, garante que participa na luta contra o coronavirus, seguindo as orientações da OMS.

Abel Veiga

    1 comentário

1 comentário

  1. Gilberto de Andrade

    5 de Fevereiro de 2020 as 1:25

    Bons tempos. Obrigado Telanon.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo