Sociedade

OMS saúda parceria com a China na luta contra Covid-19 em São Tomé

Anne Ancia(na foto), representante da OMS em São Tomé e Príncipe, participou esta quarta feira na cerimónia de entrega ao Governo são-tomense do lote de materiais e equipamentos que o bilionário chinês Jack Ma, ofereceu ao povo de São Tomé e Príncipe, para prevenir e combater a Covid-19.

A representante da OMS, destacou a parceria de três vértices que permitiu a colocação dos equipamentos no país. O bilionário chinês proprietário do grupo Alibaba, adqueriu os equipamentos e materiais, a União Africana assegurou a distribuição, através de aeronaves da companhia aérea da Etiópia. Para o caso de São Tomé e Príncipe, a OMS participou nos custos do transporte da ajuda de Addis Abeba até São Tomé.

«Essa parceria é muito importante porque não há nenhum governo em nenhum país do mundo que está a conseguir lutar contra esta doença sozinho», afirmou Anne Ancia representante da OMS em São Tomé e Príncipe.

O embaixador da China em São Tomé e Príncipe, também enalteceu a parceria, que permitiu a ajuda do empresário chinês chegar a São Tomé. «Unidos somos mais fortes, e com a solidariedade de todos vamos poder fazer ainda mais», precisou Wang Wei.

O Ministro da Saúde Edgar Neves que recebeu os equipamentos com destaque para 2 ventiladores, agradeceu a ajuda chinesa, e anunciou que nos próximos dias deverá chegar ao país mais um carregamento de materiais, desta vez, adquiridos pelo governo santomense.

Abel Veiga

    1 comentário

1 comentário

  1. Vanplega

    30 de Abril de 2020 as 19:34

    Peco perdao aos inocentes

    Que o covid-19, acabe com essa palhacada que Reina em Sao Tome e Principe.

    Que acabe com essa pouca vergonha, com esses ladroes de coisa publica. Vou ver, se Deus quiser, vosso caixao indo cheio do bens roubado.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo