Sociedade

Polícia já recuperou mais de metade do dinheiro que foi roubado na segurança social

A Polícia de Ordem Pública, capturou a quadrilha que assaltou o Instituto Nacional de Segurança Social, no passado dia 15. A polícia actualizou o valor roubado. Afinal os assaltantes levaram 495 mil dobras, equivalentes a 19.800 euros. 

 

No dia do assalto o director do Instituto Nacional de Segurança Social, falou no desaparecimento de 400 mil dobras, igual a 16 mil euros.

Números actualizados e os assaltantes detidos. Tratam-se de 4 jovens. 1(na foto de pé) é funcionário do Instituto de Segurança Social, e terá sido o autor intelectual do assalto. Os outros 3(na foto sentados) executaram a operação que tinha sido encomendada. 

O porta voz da polícia de ordem pública, explicou que o departamento de investigação da polícia entrou em acção a partir do dia 18, e conseguiu deter um dos assaltantes. O jovem detido deu pistas para a polícia chegar aos seus outros 3 colegas integrantes da quadrilha. 

 

A Polícia de Ordem Pública que já transferiu o caso para a Polícia Judiciária, anunciou que já recuperou cerca de 300 mil dobras(12 mil euros) em dinheiro, e mais uma motorizada, que um dos membros da quadrilha adquiriu recentemente. 

Recorde-se que o dinheiro roubado estava destinado para o pagamento de pensão dos idosos acamados.

 

Abel Veiga

    15 comentários

15 comentários

  1. Zaua

    23 de Junho de 2020 as 7:34

    Todos sabíamos que esse assalto tinha envolvimento de pessoas de dentro. Deviam demitir o director que nem sabia qual o montante que levaram e autorizou que guardasse tanto dinheiro naquela instituição quando o banco podia fazer tais pagamentos. Hoje esses indivíduos que andam com fatos e gravatas são os mais perigosos e bandidos. Burracha com esses gatunos.

  2. Original

    23 de Junho de 2020 as 8:29

    Se o Director disse que tinham levado 400 mil e afinal levaram 495 então havia dinheiro sem controle no gabinete.E daí?

    • Generosa

      23 de Junho de 2020 as 10:31

      O tiro saiu-vos pela colatra. Por isso, têm que dizer que o Director nao sabia quanto dinheiro existia. A vossa intençao era queimar o Director dizendo que ele estava envolvido no caso. Mas como Deus é grande fez sem demora a justiça. Trouxe os verdadeiros actores do crime. Só vos resta inventar outra coisa. Malfeitores. Podem crer que a vossa justiça virá. Tarde ou cedo. Eu nao tenho nenhuma relaçao de amizade com o Director ,mas nao defendo a maldade. Vou rezar para ele e acredito que vs pagarao caro por essa calunia.

    • Ôssobô

      23 de Junho de 2020 as 12:44

      KKKKKKaaaaaaa
      Não se pode acreditar que um homem de fato branco e sapato do alto gabarito, seja o instrutor de um assalto no departamento onde ele é funcionário.
      É uma verdade quando se diz que o perfil da pessoa não se lê na testa.

  3. Santo

    23 de Junho de 2020 as 8:35

    Bom trabalho da polícia nacional.
    Desde o início eu já desconfiava que esse furto tinha alguém orquestrando o grupo. E agora eu pergunto onde estão as 195 mil dobras em falta? Se um dos elementos comprou 1 motorizada, ela não custou o valor em falta porque foi pouco tempo para gastarem 195 mil.
    É bom que a investigação continue para se descobrir o paradeiro do valor em falta.

  4. Manuel Lucena

    23 de Junho de 2020 as 8:36

    Bom trabalho da policia
    Agora falta recuperar os 400 000 euros nas mãos do senhor Posser da Costa por ter vendido um Jardim Público na cidade de S.Tomé.
    Não pode haver dois pesos e duas medidas.
    Eu como santomense, também passava algum tempo neste jardim que é de todos nós. Ele não estava a ser muito bem cuidado, mas não é a culpa nem do próprio jardim, nem do povo que lá estava. Era a irresponsabilidade da Câmara Distrital de Água Grande que tem o dever de manter os jardins da cidade bem cuidado. No entanto como o fôrro nunca cuidou jardim, nunca cuidou a sua própria parcela de roça, então o jardim público parecia estar meio abandonado. Mas isto não dá direito a ninguém de vende-lo em proveito individual. Neste caso, eu posso vender o Jardim que está a frente do tribunal. Eu também sou santomense e o Posser não tem nem mais um milímetro de direito do que eu. Portanto, peço à PJ e ao Policia de Investigação para que recuperem os 400 mil euros da venda do jardim nas mãos do senhor Posser da Costa.
    Viva as Zonas Verdes de S.Tomé e Príncipe

  5. Santo

    23 de Junho de 2020 as 8:44

    É certo que deve haver uma auditoria do tribunal de contas para se saber quais foram os montantes precisos para o pagamento e montantes acrescidos e que muitas das vezes não eram devolvidos ao cofre da instituição porque próprio o director já deu pistas que o mesmo nem conhecia o valor levantado. Afirmou que era 400 mil e depois da apreensão dos gatunos soube-se que são 495 mil. Qual foi o paradeiro dos 195 mil todos os meses de pagamento?

    • Santo

      23 de Junho de 2020 as 8:51

      É certo que deve haver uma auditoria do tribunal de contas para se saber quais foram os montantes precisos para o pagamento e montantes acrescidos e que muitas das vezes não eram devolvidos ao cofre da instituição porque próprio o director já deu pistas que o mesmo nem conhecia o valor levantado. Afirmou que era 400 mil e depois da apreensão dos gatunos soube-se que são 495 mil. Qual foi o paradeiro dos 95 mil todos os meses de pagamento?

  6. Deontchi

    23 de Junho de 2020 as 9:20

    Este país é uma autêntica palhaçada onde os dirigentes fazem de governação comédia deixando o dinheiro de estado a mercê de gatunos dentro das instituições. Jorge por amor a Deus toma medidas… Será que é tão difícil para ti fazer as pessoas respeitarem o dinheiro de estado? É muito desvio para uma ilha tão pequena.

  7. Ana

    23 de Junho de 2020 as 11:44

    O funcionário bem bonito, estimado, ja trabalhando ainda assim teve a necessidade de planejar o roubo ?

    • Como será

      23 de Junho de 2020 as 16:05

      Minha cara Ana, as pessoas agora ja nao contentam no pouco que ganham, ate o respeito pelo seu sacrifício ja nao interessa, tornaram todos mediatistas, ganancia fe se tornarem ricos, um jovem deste na tenra idade tem pressa de ficar boss, ja trabalhou quantos anos? Entao da golpe do Bau no estado, também sabe que no pais a justica é fraca, o pais anda numa desordem. Cada um quer lamber seu dedo. Quanto ao senhor Posser vendeu jardim publico,isto e falta de patriotismo, ele como filho da terra ja brincou neste jardim, e quando cresceu stome era lindo de se ver, era encanto por todos que visitavam o pais, o senhor Posser tem ido a Portugal varias vezes e nao vê como os jardins dam um ar de graca na ruas, nao vê que os portugueses fazer do jardim o seu espaco de lazer,, se fosse em Angola isto lhe daria cadeia, ja acontenceu isto em Angola com um dos governadores que tambem tinha vendido um jardim público, e foi julgado e cumpre anos de cadeia, mas parece quem em stome isto é normal e fica tudo entre nós.Santa Paciência.

  8. Generosa

    23 de Junho de 2020 as 17:54

    A miseria e ambiçao sao duas coisas que deixam as pessoas frustrdas. Isto de dizer que o Director nao disse o valor certo e questionar isso é devido a miseria em que vive quem disse ou ambiçao de querer viver em grande e nao consegue. Agir assim nao vos leva a melhor. Nao vejo o porquê questionar o Director pelo facto de ter dito 400 e tal!…

  9. zálima bluco

    24 de Junho de 2020 as 8:28

    Vocês acham que o tribunal de Contas vaí fazer alguma coisa nesta terra? O presidente já veio dizer que não tem condições não obstante todos sabermos que é a instituição de Estado que teve mais apoios nos ultimos anos.Enfim
    Outra coisa se esse director da segurança social pensa que pode vir a este forum camuflado de generosa para dar lições as pessoas está muito enganado. Se fosse um pais sério o senhor jamais devia autorizar que tanto dinheiro fosse guardado num gabinete e como o autorizou devia ser demitido como manda as boas regras de gestão. Fica a saber que o banco pode fazer tais pagamentos.
    Só bandidos nesta terra….

  10. desgraca de pais

    24 de Junho de 2020 as 8:34

    Manbu rijo com esses gajos lá na cadeia para aprenderem a serem sérios. Jovens com vícios e ainda por cima querem estar de fato e gravata. Por isso é que esse jovem motorista vestia assim e melhor que muitos pais de familia trabalhador.É tudo a custa de bandidagens.

  11. Olivio

    13 de Agosto de 2020 as 20:42

    Nessa Terra a justiça não funciona, se funcionar é só para os coitados vejam só as fotografia deles foram poblicados e aqueles senhores que robam povos e que sao politiqueiros,quais são as medida, acredito que a policia estam a fazer muito e sem apoio, dou anota positiva

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo