Sociedade

Record de casos da Covid 19 em STP

De segunda-feira, 11 de Janeiro à terça Feira 12 de Janeiro, São Tomé e Príncipe terá registados o maior número de casos de Covid-19, diagnosticados pelo laboratório nacional de referência.

O boletim informativo do ministério da saúde, indicou o registo de 24 casos positivos da doença num espaço de 24 horas (11 para 12 de Janeiro).

O novo coronavirus dá sinais em 2021 de que pretende ganhar terreno em São Tomé e Príncipe, país de cerca de 200 mil habitantes. País onde o uso de máscaras de protecção facial deixou de ser prática desde o ano 2020, onde as medidas preventivas foram relaxadas, por causa da fraca prevalência da doença, pelo menos até Dezembro de 2020.

O diagnóstico do ministério da saúde, provou que nos primeiros dias de 2021 o vírus SARS -COV-2 instalou-se e progride na ilha do Príncipe, a reserva da biosfera, que manteve-se imune ao vírus durante 7 meses.

Até terça feira 11 de Janeiro o número de pessoas com Covid – 19 e sob vigilância do Ministério da Saúde atingiu 83, sendo 65 na ilha de São Tomé e 18 na ilha do Príncipe. Assim o número total de casos de Covid-19 acumulados em São Tomé e Príncipe é de 1090. Deste total o boletim informativo do ministério da saúde diz que 990 pessoas já recuperaram da doença.

Abel Veiga

 

 

    3 comentários

3 comentários

  1. Crisotemos Café

    13 de Janeiro de 2021 as 14:20

    Claro. Com estes tipos que vem da Europa, sobretudo do Reino Unido da Grã Bretanha, e anda aqui a vagabundear, só pode dar nisto. O Estado tem que pedi-los para não visitar o país, neste dias, enquanto a pandemia estiver em alta. Espero que entendam e se contenham.
    Por outro, o próprio o Governo de Bom Jesus, tem que ser mais sério com este assunto. Evitem aglomerações.
    Porquê deixaram o Agostinho Rita, realizar esta megacerimónia do IUCAI com too este povo +membros do Governo?
    Agora, tomem lá.

  2. Manuel Queirós dos Anjos

    14 de Janeiro de 2021 as 14:26

    Pois é. Um grupo de cambardas, escondidos por detras de ONG’s”sociedade civil” e que não se afirma como partidarios deste ou daquele, elaboraram uma carta dirigida a diferentes organizações internacionais, onde STP é membro e não só, acusando o Estado, sobretudo este Governo de violar os direitos humanos, isto e aquilo em STP.
    Pior de tudo, é que este lacaios, querem que o Governo, através do Ministério dos Negócios Estrangeiros, faça chegar a referida carta a estas organizações.
    Santa paciência. Onde é que se viu isto. Elaboraram a vossa carta, agora façam chegar ao destinatário. Porquê governo?. Isto não é assunto da governação.
    Senhor Primeiro Ministro, mande devolvê-los as suas cartas.

  3. Ralph

    18 de Janeiro de 2021 as 0:12

    Isto mostra quão transmissível é o virus e realça a necessidade de se ter cuidado até que esteja disponível uma vacina de confiança. Quase todos os países em volta do mundo estão a viver uma segunda ou terceira onda de transmissão porque tinham relaxado as suas regras de circulação e contacto sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo