Sociedade

Covid aumenta  e ” JBJ”  constata falta de oxigénio e de água no hospital  

Por causa do aumento exponencial de casos da Covid-19 em São Tomé e Príncipe, o Primeiro Ministro, Jorge Bom Jesus(JBJ), visitou com carácter de urgência o hospital de campanha montado num campo de futebol, para atender os doentes, e também a unidade de assintomático respiratório localizada no hospital Central Ayres de Menezes.

O Chefe do Governo disse a imprensa que constatou falta de oxigénio, falta de água, muito calor, e falta de ventilação nas duas unidades que visitou.

O Primeiro-ministro, prometeu apoio ao ministério da saúde para suprir as carências nas duas unidades que atendem e dão assistência médica aos doentes da Covid-19.

«Saúde é a prioridade das prioridades, vida em primeiro lugar..», declarou Jorge Bom Jesus.

Perto de completar 12 meses sobre o registo do primeiro caso da Covid-19 em São Tomé e Príncipe, o Chefe do Governo, considera que apesar de o país se confrontar com a falta de recursos humanos, materiais e financeiros, já há uma grande experiência acumulada em termos de combate a esta doença.

«Temos que melhorar a gestão de forma geral», pontuou.

O número de pessoas infectadas pela Covid-19, não pára de aumentar em São Tomé e Príncipe. O boletim diário do Ministério da Saúde referente a 22 de Fevereiro, indica o registo de 18 novos casos de Covid-19 no país. O número de mortes explodiu. Até Dezembro de 2020, o número de mortes estava estagnado em 17. De Janeiro para Fevereiro de 2021, disparou de 17 para 22 mortes.

Abel Veiga

 

    8 comentários

8 comentários

  1. Fuba cu bixo

    23 de Fevereiro de 2021 as 14:07

    O Patrice Trovoada pela primeira vez em S.tomé instalou no hospital Ayres de Menezes uma fábrica de oxigênio foi pela primeira vez o passamos a produzir o nosso próprio oxigênio Patrice Trovoada conseguiu também o financiamento do fundo do Kuwait para construção de um hospital novo de referência Véio o governo de Jorge bom Jesus arrebentou com tudo agora o hospital Ayres de Menezes não tem oxigênio nem água,alguém que mim explica uquê que esta a fazer este governo de Jorge bom Jesus?
    Rua ja com este governo de Jorge bom Jesus.

  2. Andorinha

    23 de Fevereiro de 2021 as 16:20

    Esta nova maioria liderada por Jorge bom Jesus provocaram tumultos no país queimaram carro da juíza com fúria de poder volvidos quase 3 anos temos um País pior.
    Temos piratas a invadir o nosso mar com a nossa marinha a clamar por apoios e recursos
    Combustível no Príncipe esta a 4€ por litro com seus hospital em uma calamidade com estradas que não da circulação.
    O nosso hospital em uma calamidade falta água falta tudo e não ha um melhoramento salarial em S.tomé
    Lançam obras que nunca concretizam.
    O país esta a receber apois mais o povo não esta a ver nada os camaradas comem tudo mais esse é último ano que MLSTP e a sua coligação governa S.tomé nunca mais.

  3. Mepoçom

    23 de Fevereiro de 2021 as 17:11

    Foi preciso o ativista Óscar Baía vir denunciar essa situação calamitosa para que o Chefe do Governo saísse das quatro paredes, zona de conforto para se inteirar da realidade. O que não percebo é quando o primeiro ministro promete ajudar no problema, se bem que saúde tem um ministro que tutela o serviço, julgo eu, com poder e capacidade para resolver. O problema é que o fundo doado para emergência pandemica está sendo aplicado em negócio de compadres contratando serviços sem obedecer o procedimento administrativo legal a um valor exorbitante, que não obstante a denúncia continua em silêncio. Sendo assim, como pode sobrar para investir noutros serviços essenciais. A verba tem que ficar cativo para satisfazer negócio de compadrio. É isto que podemos chamar de uêchaismo. Os pacientes de covid-19 ou não covid que se lichen.

  4. Clarinho

    23 de Fevereiro de 2021 as 17:45

    “O Chefe do Governo disse a imprensa que constatou falta de oxigénio, blablabla”.

    Temos que, o que ?Queremos medidas concretas. O que é que o governo vai fazer?

    Será que foi surpreendido? O ministro da saúde, ou mesmo um vizinho do lado não o tinha informado.?

    Por favor deixem de politiquices

  5. Ralph

    24 de Fevereiro de 2021 as 5:31

    Boa sorte com os esforços para trazer o espalhamento mais uma vez sob o controlo. Uma coisa boa é que a administração das vacinas contra a COVID-19 parece estar a prosseguir bem recentemente em volta do mundo, o que deveria ter um efeito bom em breve.

  6. Mario Rosário

    24 de Fevereiro de 2021 as 9:21

    Têm mais é que ter vergonha
    Num Governo sério, este Ministro de Saúde já estaria em casa a beber o seu whisky a muito tempo. No entanto, como Jorge Bom Jesus está amarrado a uma coligação sem sentido, se ele mexer em qualquer um dos medíocres ministros do seu governo, é todo o governo que cairá.
    Vocês recordam quando o Diogo da ENAPOR estava e continua a cometer graves erros de gestão, ele disse, se me tirarem do Diretor da ENAPORT eu deixo cair este governo, retirando o meu deputado que tem estado a apoiar o Governo.
    Como é possível que o Governo anterior em menos de 4 anos tinha construído duas fábricas de oxigénio e com este governo, as fábricas pararam e as pessoas estão a morrer a dezenas devido a falta de oxigénio.
    Meus senhores. A situação da saúde no país está uma calamidade. Não sou eu que o digo. São pessoas mesmo da saúde que dizem, mas que têm medo de dizer oficialmente por medo de represálias

  7. matabala

    24 de Fevereiro de 2021 as 13:46

    o dinheiro para apoio ao Covid já se esfumou,…querem mais! com tanto equipamento ( mascaras, reagentes, oxigenio, medicamentos) ofertado e algumas equipas no terreno para capacitar o nosso pessoal, não se vê diferença do antes e depois…enfim.

  8. anonimo

    26 de Fevereiro de 2021 as 11:49

    Faleceu hoje no hospital de campanha um doente de covid 19, era português e residia em São Tomé a varios anos, morreu por falta de assistência medica, tinha outras complicações de doença cronica e a assistência era quase nula como referiu nos dias que esteve internado atiram-nos para aqui para morrer, pergunto onde andam os milhões dados ao país para a covid 19 pergunto onde anda a embaixada de portugal para dar apoio aos portugueses residentes no país que possam estar contaminados com covid 19

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo