Sociedade

Projecto Equador formou 23 operadores turísticos

Associação de Defesa do Património de Mértola

Comunicado à imprensa

PROJECTO EQUADOR: ENCERRAMENTO DA AÇÃO DE FORMAÇÃO PARA OPERADORES TURÍSTICOS EM SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

A 1.ª ação de formação para operadores turísticos de São Tomé e Príncipe decorreu de 17 de maio e 01 de junho, entre as 14H00 e as 17H00, na sala 2 da Biblioteca Nacional, conhecendo o seu término ontem, com a realização de uma mesa redonda subordinada ao tema: o Futuro do Turismo em São Tomé e Príncipe.

A mesa redonda contou com convidados e representantes da Direção Geral do Turismo e Hotelaria (DGTH), da Plataforma do Turismo Responsável e Sustentável(PTRS), da Associação Santomense do Turismo (AST).A moderação esteve a cargo do técnico do ADPM afeto ao Projeto Equador, em São Tomé.

A sessão teve seu início como Presidente da ADPM, que teve oportunidade de agradecer aos formandos, aos convidados, aos parceiros do projeto e ao Instituto Camões enquanto cofinanciador. De seguida o moderador teve oportunidade de colocar várias questões aos convidados sobre o Futuro do Turismo em São Tomé e Príncipe por forma a promover a partilha de informação e perspetivas das várias entidades convidadas.

Seguiu-se um espaço de debate com a participação ativa dos vários participantes (operadores turísticos/formandos) e os convidados, constatando-se a vontade conjunta para se continuar a trabalhar em rede, de forma colaborativa, incluindo os operadores turísticos e todas outras organizações públicas e privadas, com o objetivo de melhorar o turismo do país, bem como a sua imagem.

Exif_JPEG_420

No final procedeu-se à entrega dos certificados aos 23 formandos que frequentaram a formação de 36 horas, finalizando o evento com um simbólico cocktail.

Esta iniciativa insere-se no âmbito do projeto EQUADOR – Promoção do Turismo Sustentável e Inclusivo em São Tomé e Príncipe, promovido pela ADPM em parceria com a Direção Geral de Turismo e Hotelaria de São Tomé e Príncipe, a Câmara de Caué, o Pestana Hotel Group e com o cofinanciamento do Instituto Camões.

Sobre a ADPM: A ADPM é uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (ONGD) sedeada em Mértola (Portugal). Foi constituída em 1980, desenvolvendo desde então uma estratégia de atuação centrada na capacitação das populações com quem trabalha e na promoção dos recursos endógenos. Tem desempenhado um papel fulcral na promoção dos recursos endógenos, atuando paralelamente em diversas áreas intervenção, tais como: Ambiente e Agricultura Sustentável; Educação/Formação; Empreendedorismo e Inovação Rural; Património, Indústrias Culturais e Criativas e Serviços de Turismo; Intervenção e Animação Social; Educação/ Cooperação para o Desenvolvimento.

    2 comentários

2 comentários

  1. Carlos Miguel

    2 de Junho de 2021 as 23:26

    Onde está ministro? So ker estar no facebok com perfil falso a ofender conteranios dele la de princípe. Sou de adi mas nunca tivemos um ministro fraco como este senhor. Secalhar por ser de princípe. Nos guia turístico de água grande estamos mal

  2. Carlos Miguel

    2 de Junho de 2021 as 23:26

    Onde está ministro? So ker estar no facebok com perfil falso a ofender conteranios dele la de princípe. Sou de adi mas nunca tivemos um ministro fraco como este senhor. Secalhar por ser de princípe. Nos guia turístico de água grande estamos mal

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo