Opinião

“Foge Cão que te Fazem Barão! Para Onde? Se me fazem Visconde?”

Eterno São Tomé e Príncipe 

São Tomé e Príncipe, contrariamente aos indicadores, falsos que apresentou o antigo chefe da pasta da educação e ex sacerdote (convém relembrar) sofre dos piores indicadores da educação.

Relembrando o grande escritor português Ramalho Ortigão: “o modo mais eficaz de seres útil à tua Pátria é educares o teu filho”. E porque razão os filhos dos santomenses não são ensinados e educados? Já lá chegamos. Antes quero precisamos discutir a tese de “As Farpas” de Eça de Queiroz (também escritor português, do século XIX) que não poderia ser mais contemporâneo.

Saúdo Jorge Bom Jesus. Considero-o um homem íntegro, de valores e honesto. No seu discurso de homem de estado – o protocolo falhou – e nem as assessoras do Chefe de Estado dispuseram os Ministros (absurdo!!) numa escada de futebol como se de jogadores se tratasse… Bom Jesus precisou de apoios, para conseguir travar uma batalha dura, contra um usurpador dos Direitos Liberdades e Garantias.

O famigerado Trovoada. Medroso mas medroso como é, revelou não só ser mau líder como me provou (e a outros santomenses) tratar-se da maior farsa. Não gosta sequer de si, e do Povo, que usou para se servir. JBJ contou com amigos e conhecidos (o meu caso) que não lhe deve nada, nem ele a mim. Apenas respeito pelo trabalho académico que desenvolvemos. Uma, papel de investigadora, ele no papel de antigo Ministro da Educação. Reconheço também o mérito de 3 homens em especial: o motorista do Ministério, o Prof. Homero Moreno e o diretor Jorge Boa Morte. Mas do mesmo modo que os relembro pela positiva, por razões contrárias, quero aqui visitar o pior exemplo de funcionária, na forma mais baixa de servir a função que erradamente lhe foi incumbida, na pessoa aburguesada e ultrapassada na forma e no verbo, que serviu e se serviu do Estado.

Foi uma funcionária da Droga e toxicodependência, que usava os seus assessores para lhe servirem chá! Eu fiquei envergonhada. A ex Ministra Ten Jua chegou a ameaça-la com um processo disciplinar. A mesma pseudo viscondessa da Terra de Barões mas sem estatuto para Água e menos Izé, serviu e rendeu-se de amores pela ADI, e por Ilza Amado Vaz.  Quando tudo nos mostrava que esta pessoa era a prova viva da incompetência – azar dos Távoras! – saiu-lhe um afromilhões, integrando a Afrogeringonça!

É nomeada Ministra para o Governo liderado por JBJ. O curriculum desta funcionária é uma anedota. Com tantos quadros – juristas ao menos… não havia nada melhorzinho que a papa-hóstias? Além de ter dado aulas na primária, e nada perceber de medidas de prevenção de consumos excessivos de álcool e drogas – talvez ela consiga agora refutar esta carta protocolo que Bom Jesus (então Ministro da Educação) dirigido ao coordenador do estudo, liderado pela autora deste artigo de opinião. Vamos lá ver onde para essa coragem. Isto é uma brincadeira. E como JBJ no seu discurso em dialeto e depois em português pediu que denunciássemos casos de corrupção, este é um caso que se anuncia. Vamos agora discutir ciência, dados epidemiológicos, na televisão. E mostrar quem mentiu com estudos pirateados. Foi MLSTP PSD, foi ADI (Roberto Raposo também a herdou), depois de este anunciar dados (evidência científica) Patrice abateu-o, mas a pseudo Baronesa continuou. Continua. Mas não continuará. Conteste a Carta (aqui).

Este foi a primeira, grande prova de fogo que JBJ teve e não foi aprovada, por ninguém da diáspora e em São Tomé. Por mais ameaças ou indiretas que venham de vice presidências: não contem comigo. Sou e serei independente e a minha Pátria (além da língua portuguesa) e o País onde nasci. Depois o que me acolheu e que ajudou em muito JBJ. Ele sabe bem como e porquê. A provecta pseudo viscondessa (estatuto de viúva de Visconde) mas sem viscondado, e que não merece estatuto para tal, serve-se do seu 3º casamento e ser cunhada de Manuel Martins, o testa de ferro do caso Rosema. E que cedeu o seu carro a determinado político. Bem, tal coincidência.. (não há coincidências) leva-me a designar Ivete não como Lima, potenciado pelo seu azedume e olhar agressivo mas graxista, mas Ivete Lema, que liga com Rosema.

A vida tem destes Barões e falsas Vicondessas. Existem outros, Barões – estatuto da (falsa) nobreza, e das baronesinhas, de que me envergonho, o caso Posser. Não lhe chegou tudo o que de negativo fez ao País e, descontente com isso, agudiza mais a situação impondo a sua filha, a JBJ,caso que levou a terrível manifestação em frente à sede sem dignidade do MLSTP PSD. Nisso, aplaudo JBJ.

No meio disto tudo, veremos – não se atrevam – porque em anos aprendemos a juntar provas, de património alheio que a ganância de tais Barões levou muitos a – usando o seu estatuto de advogado – se apoderassem de bens alheios. E foram estas ganâncias que derrotaram Patrice e os seus confrades. Esqueceram-se que não apostaram na educação dos filhos do povo. Sei de onde venho, mas sobretudo, conheço o caminho para onde me dirijo.

Nos últimos dias tenho recebido mensagens e pedidos de líderes de partidos de oposição – levo em primeira linha as mulheres, inteligentes e que ajudam e não usam – para ajudar ao desenvolvimento. E em breve irão ver o que é o Movimento da Mulher Palaê. Preparem-se! Assim como outros que estão a preparar-se com os seus negócios de cooperativas e a preparar impostos que, em vez de encher os cofres do Estado, vai engrossar os bolsos dos importadores (X-M), linguagem económica. Estou a seguir a odisseia. Passo a passo.

Hoje, sinceramente, no meio disto tudo, Patrice era um homem inteligente – até acreditei nele um dia – quando (recordo artigo de Carlos Tiny) o MLSTP PSD vivia, vive (ainda) e espero que deixe de viver, até esta nova geração limpar os velhos Barões – velhos repito! – que se acham as últimas coca-colas do deserto e arrastam as crias achando que a linha da sucessão é dinástica e não democrática e sufragada. O País precisava mais que nunca de um Ministro das finanças credível.

Não um financiador que cobra o lugar para recuperar o seu empréstimo. Precisa de uma Assembleia Nacional que respeite o lugar sagrado de criador de Lei, e não Vice Presidente que dormem em sessões e fazem pré-acordos de perseguição a mulheres. O país precisa de mulheres sérias que puxem pelo estatuto e condição cada vez mais indigna das mulheres santomenses parideiras e usadas sem condições de higiene e saúde, e não de mais escravatura ao género. Acordem! Esses pseudo Barões de títulos furtados e não de mérito, tendo convertido o espelho de casa em espelho partido, trocam mensagens com a sua imagem deturpada, embrutecida e dizem, um ao outro: “Foge cão que te fazem Barão? Para onde? Se me fazem Visconde?” Acabaram as tréguas.

Veja a carta –  2013_12_10_Carta_Resposta_MECF_STP_Jorge Bom Jesus_IMG_10122013 2 (1)

Isabel de Santiago

[1] diretora do N’Dependenxa e  Investigadora e Regente de Comunicação em Saúde, Profª Convidada no I Medicina Preventiva e Saúde Pública, Faculdade Medicina Universidade Lisboa.

    18 comentários

18 comentários

  1. FERNANDO CHISSENDE

    6 de Dezembro de 2018 as 2:47

    Belíssimo trabalho de opinião, ccomo angolano e leitor, devo dizer que de pensamentos críticos e convincente, precisa-se, pra cativar o espírito, sobretudo da juventude STP. O meu bem haja!

  2. Luxenburg

    6 de Dezembro de 2018 as 5:46

    Nem parece “investigadora” de tan confuso artigo de opiniao. Se faz propaganda de si propia na defesa de no se sabe que; da inicio a um tema e salta para outro como si o lector tivese que estar ao tanto de as sus maguas e outros pormenores de sua vida e ainda temos que lhe dar os ” nossos muito obrigado” porque pretende que nos libertou de “un dictador”, mas nos ameaca com seu ” movimento da mulher palaie”. Muito confuso, muito memo!!!

    • Seabra

      6 de Dezembro de 2018 as 8:37

      Luxemburgo, mesmo para escrever o seu nome “MASCARADO”, você tem dificuldades.
      Nao é porque ela tem denunciado a sua impostura como agente de saùde INCAPAZ,
      que você vai continuar sendo ridicula/ridiculo.
      Serà que você é capaz de escrever um artigo como escreveu a nossa Isavel de Santiago?
      Se você nem conseguiu concluir o seus estudos imagina….Vira a sua frustraçao pra là “combatente da pàtria”.

      • Luxenburg

        6 de Dezembro de 2018 as 17:52

        Repara: TAS na línea de MGBAI e Luiso. Da pra tu entenderse o prefieres insultar.

    • luisó

      6 de Dezembro de 2018 as 9:35

      Percebo perfeitamente porque é muito confuso para si…….

  3. João Bastos

    6 de Dezembro de 2018 as 6:14

    Aprenda a escrever senhor!
    Não da para ler isso. Parece que está a ter uma convulsão.

    • Luxenburg

      6 de Dezembro de 2018 as 11:10

      Pode ser…Mas o melhor é aprender a entender!!!

  4. MIGBAI

    6 de Dezembro de 2018 as 8:36

    Cara Isabel Santiago.
    A minha proveta idade ensinou-me a ler os dados antes destes serem lançados.
    Foi assim quando alguns oportunistas quiseram a independência, foi assim quando se impôs uma ditadura ao povo em nome da liberdade, e foi assim com os governos que temos tido nestas amaldiçoadas ilhas que não conseguem parir Homens puros e dignos de serem estadistas.
    O que temos agora como governantes é mais do mesmo do passado.
    Quando afirmo que a merda é a mesma somente mudam as moscas , sei muito bem do que estou a falar!!! Vamos dar um pouco mais de tempo a estes negrumes e depois vamos ver as moscas.

  5. Amar o o que é nosso

    6 de Dezembro de 2018 as 9:43

    Pode ser que eu tenha deficiências em português… Mas desse texto entendi nem 30%. Linguagem muito avançada.. Tente simplificar. A gente não percebe nada!!!!!

    • Luxenburg

      6 de Dezembro de 2018 as 14:27

      Nem o titulo da pra entender. Ela nao escreveu pra santomenses; ela escreveu pra si propria e para ser leída en Pretugal. Cuidado com as manipulacoes e os populismos de “falsa bandeira”.

      • MIGBAI

        9 de Dezembro de 2018 as 9:15

        Tens razão Luxemburgo
        Ela para ter escrito para os santomenses teria que escrever mal, com frases cheias de erros ortográficos e de síntese. Santa paciência para vos aturar!!!!

  6. Bebuxu

    6 de Dezembro de 2018 as 9:46

    O artigo é pertinente, mostra uma visão crítica que suscita mudança não só das pessoas em causa, como de qualquer quer cidadão ou instituição. Fala-Se em poucas palavras, da competência, da integridade na condução de coisas públicas,da transparência .

  7. Antonio Passos

    6 de Dezembro de 2018 as 10:53

    Eu fiquei com impressão de que a senhora estava disponível para entrar para o governo mas, como não conseguiu e por isso escreveu este artigo.
    APassos

    • Pinta cabra

      6 de Dezembro de 2018 as 15:51

      Claro, uma vergonha esse artigo, ela acaba dando tiro no próprio pés… JBJ deve tirar as devidas ilações do artigo artigo aqui trazido por esta senhora.
      Não houve necessidade para tal, ainda é cedo para td isso…

  8. Zebra2

    6 de Dezembro de 2018 as 13:39

    A senhora queria ser ministra de saúde. Mas infelizmente não conseguiu. Fez alguns corredores mas nao conseguiu. Por isso ficou com dor de cotovelo. A Dra Ivete Correia está no ministério da justiça desde 1992. Ela ja desempenhou vários cargos no referido ministério, já representou o ministério e o país ao mais alto nível. Ela tem muitas informações deste ministério e não só. Agora se quer bem estar realmente deste país como diz que é seu, deve contribuir positivamente para seu desenvolvimento. Obrigado.

    • WXYZ

      7 de Dezembro de 2018 as 14:12

      Nem mais. Zebra2 acertou em cheio. Tive a oportunidade de ouvi la dizendo que se lhe dessem uma pasta no actual governo ela receberia de imediato e de bom grado. E ao olhar para o rosto dela naquela entrevista com o Sr. otavio bandeira do “informar com mentiras”, notava se um jubilo fora do normal, uma ganancia com cara de espertesa ( moo lagaia mulalii). Se assim continuar ca em San Tome vai perder credibilidade.

  9. Pinta cabra

    6 de Dezembro de 2018 as 18:44

    Esta senhora só demonstra até onde pode ir suas ambições,
    Já algem me tinha chamado atenção a respeito dessa senhora.
    JBJ que tire as devidas ilações….

  10. Seabra

    6 de Dezembro de 2018 as 21:16

    Gente de má fé….porque tanta inveja ?
    Aqueles, aquelas que devem ir terminar os estudos de medecina que o façam em vez de ficar a reclamar, a ter uma postura de baixaria. …o seu branquinho genro portuguesinho não vai gostar, todo aquele feitiço feito para o amarrar a feiosa dita espôsa, vai desfazer -se….não ataquem assim só, outro branco de é metade família de você vai fugir.
    Cuidado ĕ!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo