Opinião

A indiferença mata-nos e mata os outros também

Começo este texto por agradecer a todos os profissionais de saúde e a todos aqueles que estão na linha da frente na luta contra o Covid-19. Diante do momento difícil que o mundo inteiro e o nosso país atravessam, creio que o “cuidado para com o outro” devesse ser o lema fundamental que rege a nossa vida neste tempo de pandemia. É com esta atitude, do cuidado, que devemos valorizar e salvar a vida e não com a da indiferença. A indiferença mata-nos e mata os outros também.

Enquanto não levarmos a sério o drama de quem continua a pedir o reconhecimento efetivo da sua pessoa e da sua família, não teremos introduzido as condições necessárias para combater a Covid-19. Os esforços prioritários são com as pessoas que até agora estão privadas do essencial: a saúde, o cuidado.

Portanto, “a vida e a dignidade de toda pessoa humana devem ser protegidas desde o momento da conceção até o último suspiro”, diria mais, até as vítimas da Covid-19 merecem a dignidade no enterro. Elas têm um rosto, um nome e uma história. Hoje, mais do que nunca, as pessoas (particularmente os infetados pela Covid-19) devem estar no centro das nossas escolhas e decisões.

É o sentido do Bem que está em causa quando nós, os homens, relativizamos aquilo que é a nossa responsabilidade para com a verdade e a vida dos nossos semelhantes. A humanidade não estará bem constituída nem será fecunda, se ela não orientar pelo compromisso.

Esta virtude, que tem o seu fundamento na natureza humana, é necessária para a unidade da sociedade, da cidade e da humanidade, porque sempre que nós falhamos neste compromisso é a humanidade que sofre; é a nossa gente que sofre injustamente.

Vicente Coelho

    2 comentários

2 comentários

  1. Gente daqui

    18 de Maio de 2020 as 22:57

    Não será o seu artigo provocatório?

  2. Luz

    19 de Maio de 2020 as 8:32

    Verdade. A indiferença mata. Precisamos mesmo de nós comprometer mais.
    Obrigado pela partilha

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo